Castanha-do-Pará: benefícios, malefícios, propriedades e mais!

Castanha-do-Pará: benefícios, malefícios, propriedades e mais!

A castanha-do-pará está cada vez mais presente na alimentação das pessoas e traz vários benefícios. Leia esse artigo e descubra como consumir corretamente!


Você conhece os benefícios da castanha-do-pará?

Pote com Castanhas-do-pará

Com diversos benefícios para a saúde, a castanha-do-pará faz parte da família das oleaginosas, como a amêndoa e o amendoim. Possui vitaminas importantes para o corpo como proteínas, fibras, selênio, magnésio, fósforo, zinco e vitaminas do complexo B e do complexo E.

Apesar de ser uma oleaginosa, a castanha-do-pará é um ótimo alimento para diminuir o colesterol e prevenir o câncer, apenas 100g tem 680 calorias. Apesar de seu nome oficial ser castanha-do-Brasil e ser pronunciado assim no exterior, os brasileiros continuam chamando de castanha-do-Pará.

A castanha-do-pará é uma semente de castanheiro-do-pará com nome científico de Bertholletia excelsa, sendo típica da Floresta Amazônica e de florestas virgens. Normalmente é encontrada em supermercados, feiras e lojas de produtos naturais. Para mais informações sobre os benefícios da castanha-do-pará e como consumir, leia esse artigo!

Entendendo mais sobre a castanha-do-pará

Pé de Castanhas-do-pará

Assim como as frutas, verduras e legumes, as oleaginosas são muito nutritivas e podem ser consumidas de diversas formas. Para entender melhor sobre a castanha-do-pará, leia os tópicos a seguir.

O que é a castanha-do-pará?

Além de ser um tipo de semente, a castanha-do-pará é uma oleaginosa que nasce das castanheiras, as árvores mais altas da Floresta Amazônica podendo alcançar de 30 a 45 metros de altura. Essa oleaginosa também cresce em outros países da América do Sul como a Bolívia, que é a maior exportadora de castanha-do-pará.

As oleaginosas são sementes comestíveis ricas em óleo e que possuem alto teor de gordura boa. É possível extrair óleos dessas sementes, assim como diversos outros tipos de plantas e frutas, através de alguns processos adequados para criar os óleos essenciais ou de cozinha.

Apesar de popularmente ser considerada uma castanha, para os especialistas é considerada uma semente, pois, nas castanhas as nozes e casca se dividem, separando sua “carne”. Possui uma polpa branca e com um sabor único, sendo revestida por uma casquinha fina.

Para que serve a castanha-do-pará?

Para quem está em busca de uma vida ou alimentação mais natural e saudável, a castanha-do-pará é um ótimo lanche da tarde ou da manhã, pois ajuda a diminuir a sensação de fome. Aqueles que praticam exercícios também podem consumir a castanha para perder peso, queimar gorduras, estimular o metabolismo e ter massa muscular.

O selênio presente em seus nutrientes ajuda a combater os radicais livres no organismo. A castanha-do-pará serve para trazer muitos benefícios para o corpo, porém, é importante consultar um nutricionista para saber a quantidade que pode consumir, se há restrições, alergias, dietas que não há consumo de castanhas, como deve se alimentar, entre outros exemplos.

Além dos benefícios para a saúde, a castanha-do-pará pode ser usada para criar leites vegetais, queijos vegetais, bases para tortas doces, farinhas, biscoitos, sorvetes, acompanhar saladas, frutas, iogurtes e vitaminas. Além das receitas, serve como óleo essencial após passar por alguns processos.

Propriedades da castanha-do-brasil

A castanha-do-brasil, mais conhecida como castanha-do-pará, fornece o mineral selênio, além de um alto valor proteico e calórico. Dentre vários nutrientes importantes para a saúde do corpo, tem fibras, magnésio, fósforo, zinco e vitaminas do completo B e do complexo E.

Com todos os nutrientes listados, é possível ver que a castanha-do-brasil é rica em minerais e vitaminas, o que auxilia uma pessoa a completar o consumo nutricional diário. Assim, é possível manter o corpo mais saudável e melhorar a qualidade de vida.

Formas de consumir a castanha-do-pará

Existem diversas formas de consumir a castanha-do-pará. A maneira mais comum é comer crua, mas também pode comer torrada, além de outras formas diferentes, por exemplo, como leite vegetal, queijo vegetal, sorvete, farinha, pasta ou em pratos doces e salgados.

Seus nutrientes têm mais absorção pelo corpo quando é consumida in natura e sem sal e podem ser servidas em saladas comuns, saladas de frutas, sorvetes, chocolates, iogurtes, bebidas lácteas, tortas doces, pães, entre outras preparações. Apesar de possuir muitos benefícios, deve ser consumida apenas 1 colher rasa por dia, ou, até duas castanhas-do-pará por dia.

Benefícios da castanha-do-pará

Homem segurando Castanhas-do-pará

É possível ter uma alimentação mais saudável e melhorar a saúde do corpo introduzindo a castanha-do-brasil em suas refeições. Conheça alguns dos benefícios da castanha-do-pará lendo os tópicos a seguir.

Favorece a saúde do cérebro

O selênio e a vitamina E presentes na castanha são nutrientes que tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, ótimas para a saúde do cérebro, melhorando a função cognitiva e prevenindo doenças como o Alzheimer, Parkinson e demência senil. O ômega-9 auxilia na otimização da memória e melhora o raciocínio lógico.

Não só melhora a saúde física do cérebro prevenindo doenças neurodegenerativas, mas também a mental como a depressão, pois pode ter relação com os baixos níveis de zinco e selênio. Para isso, o selênio se une às proteínas produzidas pelo corpo do próprio indivíduo.

Também melhora o bom humor, que pode estar ligado à depressão ou outros problemas que envolvem o cérebro e a mente. Para melhorar a saúde do cérebro e do resto do corpo para evitar o desenvolvimento de doenças, algumas pessoas estão dispostas a pagar um pouco mais caro para enriquecer a sua alimentação com a castanha-do-pará.

Ajuda a prevenir o câncer

Outro benefício que pode ser considerado de grande importância é a prevenção de alguns tipos de câncer como o de mama, pulmão e próstata devido ao seu alto teor de vitamina E, selênio e flavonoides. Os altos níveis de poder antioxidante provenientes desses nutrientes evitam os danos causados pelos radicais livres nas células.

Além disso, as defesas do organismo são elevadas melhorando o sistema imune, auxiliando também no combate de outras doenças. Para evitar o desenvolvimento de um câncer, principalmente se a pessoa tem propensão em desenvolver a doença, é recomendado o consumo de castanha-do-pará caso não haja restrições alimentares.

Fortalece a saúde do coração

A castanha-do-pará é um alimento importante para a saúde do ser humano por conter antioxidantes e outros nutrientes como o selênio e a vitamina E, que auxiliam na redução do colesterol LDL, que é o colesterol ruim. Com o colesterol LDL baixo, o risco de sofrer infartos ou outras doenças relacionadas ao coração também diminui.

Outros compostos também favorecem na redução do colesterol ruim que são o magnésio, fibras, ômega-3 e gorduras boas, auxiliando no aumento do colesterol bom, que é o HDL. Para melhorar a saúde cardiovascular, é preciso ter uma boa circulação sanguínea, então, a arginina e o resveratrol melhoram esse aspecto e previnem a trombose.

O magnésio, o potássio, a arginina e os oxidantes presentes na castanha-do-pará favorecem o relaxamento dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação de sangue e, consequentemente, diminuindo a pressão arterial. Os ácidos graxos encontrados na castanha ajudam a manter o coração saudável, que é muito importante para prolongar seu tempo de vida.

Ajuda na recuperação do tecido muscular

Para as pessoas que possuem problemas musculares ou praticam atividades físicas nas academias, a castanha-do-pará é um alimento ótimo para recuperar e ganhar músculos por ser rica em proteínas e potássio. O selênio, ômega-3 e as gorduras poli-insaturadas auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares.

Por isso, a castanha-do-pará é um lanche pós-treino perfeito, principalmente para quem deseja ganhar massa muscular. Porém, é preciso estar atento à quantidade a ser consumida, não ultrapassando 2 castanhas por dia, ou, para quem quer ter um ganho de massa muscular, 4 castanhas.

Aumenta a imunidade

É importante manter uma alimentação equilibrada e saudável para evitar possíveis problemas de saúde devido à falta de nutrientes e imunidade baixa, pois, o sistema imune é quem aumenta a defesa do organismo contra doenças. A castanha-do-pará previne os radicais livres e acelera a cicatrização do organismo.

Quando a imunidade está alta, previne o indivíduo de pegar ou ter complicações com doenças como gripes, resfriados, problemas cardíacos, infecções, inflamações, entre outros. Isso ocorre por conta de suas propriedades antioxidantes que auxiliam no fortalecimento do sistema imune.

Regula o trânsito intestinal

A castanha-do-pará é um ótimo alimento para quem sofre de intestino preso por conter uma boa quantidade de fibras, tornando o intestino mais ativo, facilitando o trânsito intestinal e favorecendo a digestão. Com o sistema intestinal regulado, também previne a prisão de ventre.

Porém, a castanha-do-pará só é benéfica quando é ingerida a quantidade ideal por dia, que são apenas duas castanhas. Para quem sofre de intestino preso e prisão de ventre, esse alimento é ótimo para aliviar as dores e os problemas, por isso, é importante ingerir fibras, principalmente no café da manhã.

Ajuda a regular a tireoide

Para quem sofre com a tireoide, a castanha-do-pará pode beneficiar sua saúde por conta dos altos níveis de selênio e zinco, nutrientes necessários para a síntese dos hormônios tireoidianos. Essa e outras doenças relacionadas com a tireoide como o hipotiroidismo, se dão pela deficiência desses minerais.

Apesar de existir outros alimentos que ajudam a regular a tireoide como o feijão e carnes, nenhum tem uma quantidade exata de selênio que propicie a redução da inflamação da tireoide. Portanto, a castanha-do-pará é o mais recomendado para ser consumido.

Ótima fonte energética

O corpo precisa de energia para se manter de pé e realizar qualquer tarefa do dia. Para conseguir isso, é preciso de alimentos que são ótimas fontes energéticas como a castanha-do-pará que é rica em gorduras saudáveis como as poli-insaturadas e as monoinsaturadas.

O alto nível de magnésio presente na castanha-do-pará e em outras oleaginosas é importante para a conversão do açúcar em energia. É recomendado manter um saquinho com castanhas e nozes por perto para repor as energias, pois, além de magnésio, são ricos em proteínas e fibras.

Malefícios da castanha-do-pará em excesso

Pote branco com Castanhas-do-pará

Apesar de ser um ótimo alimento para a saúde e possuir diversos nutrientes como o selênio, proteína, fibra e vitaminas do complexo B, a ingestão de uma grande quantidade causa o efeito oposto. Para saber mais sobre os malefícios da castanha-do-pará em excesso, continue a sua leitura.

Causa fragilidade de unhas e cabelos

A castanha-do-pará é rica em nutrientes importantes para a saúde do corpo, além de ter um sabor delicioso, porém, deve ser consumida em poucas quantidades por ser uma fonte natural de selênio. O consumo de grandes quantidades e prolongada da oleaginosa resulta em uma quantidade excessiva do mineral no sangue gera uma condição tóxica chamada selenose.

Esse efeito tóxico se acumula no corpo provocando dores e efeitos opostos aos de beneficiar a saúde como a queda de cabelo e o enfraquecimento das unhas. É recomendado para um adulto ingerir de 55mcg a 400mcg (microgramas) de selênio por dia, ou, até 2 castanhas por dia se for a que cresce no sudeste do país.

Aumenta distúrbios gastrointestinais

A oleaginosa é importante para regular o intestino e combater a prisão de ventre, porém, quando ingerida em excesso, causa o efeito oposto. Provoca dores de estômago, aumenta a flatulência, fica um gosto metálico na boca e outros distúrbios gastrointestinais.

Segundo a nutricionista Graziela Biude Silva Duarte, doutora em ciências pela USP (Universidade de São Paulo), o consumo de 15 unidades de castanha-do-pará pode causar uma diarreia. Se o consumo excessivo da oleaginosa se prolongar, a tendência é que outros tipos de problemas de saúde ocorram.

Causa um hálito com odor forte

Com o aumento dos distúrbios gastrointestinais, o mau hálito e o odor forte de alho aparecem por consequência, se tornando um grande incômodo tanto para quem está sofrendo esse problema quanto para quem está conversando com a pessoa. O mau hálito pode ser diminuído com antisséptico bucal ou camuflado com balas, mas é preciso cuidar do problema pela raiz.

Pode causar fadiga

O alto nível de selênio presente na castanha-do-pará, quando consumido em excesso, contribui para o surgimento da fadiga, lesão dos nervos e dores de cabeça. Por conta disso, caso esteja sentindo muito cansaço mesmo tendo uma alimentação muito boa e uma noite de sono tranquila, pode ser que os níveis de selênio no corpo estejam altos e os exames médicos não podem ser deixados de lado.

Irritação

As irritações na pele, coceiras, congestão nasal e erupções cutâneas podem aparecer com o consumo excessivo de castanha-do-pará sendo normalmente confundidas com alergias e o rosto fica com muitas espinhas. Ao perceber o surgimento de algumas dessas irritações após o consumo da oleaginosa, dispense seu consumo por um tempo.

Outras informações sobre a castanha-do-pará

Castanhas-do-pará e leite feito com as castanhas

Além dos benefícios para a saúde, existem outras informações sobre a castanha-do-pará que ajudam a ter um consumo mais consciente sobre a mesma. Os tópicos abaixo abordam outras informações como curiosidades, contraindicações e o modo de armazenagem. Leia e descubra!

Curiosidades sobre a castanha-do-pará

Existem algumas curiosidades sobre a castanha-do-pará que valem a pena serem vistas. Por exemplo, a oleaginosa auxilia no aumento dos níveis de testosterona, melhora o humor, seu preço no comércio exterior é bem elevado, é um alimento ótimo para vegetarianos e veganos por conta de seus nutrientes.

Mesmo possuindo um teor calórico elevado, a castanha-do-pará é boa para perder peso, pois as gorduras monoinsaturadas estimulam o metabolismo e a queima de gordura. Infelizmente, mesmo sendo plantada em nove países diferentes, a castanheira está na lista de espécies de árvores ameaçadas de extinção.

A árvore da castanha-do-pará, ou castanheira, pode medir de 30 a 50m de altura, vivendo de 500 a 1.600 anos, sendo a maior árvore da Floresta Amazônica. A própria castanha serve como um substituto das carnes de animais por ser rica em proteínas, vitaminas e lipídios. O azeite de oliva pode ser facilmente substituído pela castanha-do-brasil e é muito bem aproveitada na produção de tintas.

Contraindicações do consumo da castanha-do-pará

Para consumir castanha-do-pará, é preciso saber que os altos níveis de selênio presentes na oleaginosa podem ser tóxicos se forem ingeridos em excesso. Dependendo da região que é plantada, a concentração desse mineral varia dependendo da quantidade presente no solo.

As castanhas que vem do Norte do Brasil são as que possuem mais selênio, enquanto as do Sudeste tem menos, segundo análises do Laboratório de Nutrição e Minerais da USP. Portanto, as da região Norte devem ser consumidas apenas uma ou duas unidades por semana, enquanto as da região Sudeste podem ser consumidas até duas por dia (ou 400mcg).

Como comprar e como armazenar a castanha-do-pará

A castanha-do-pará pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e a granéis, feiras livres e mercados. Apenas tome cuidado com a procedência do produto e não consumir caso esteja mofada, pois os fungos presentes produzem afla toxinas que causam problemas de saúde com alto potencial cancerígeno.

Não consuma uma castanha-do-pará quando a mesma estiver murchando ou com aspecto diferente do comum, pois pode ter perdas de nutrientes e causar danos à saúde. Sua armazenagem requer um certo cuidado, deve ser guardada em um local fresco e sem contato com a luz solar para que não haja perda de suas propriedades nutricionais.

A castanha-do-pará possui diversos benefícios!

Muitas Castanhas-do-pará

Diante de todas as informações contidas nesse artigo, conclui-se que a castanha-do-pará é um alimento muito importante para a saúde e que deve ser incluída na alimentação (com exceção dos alérgicos e de quem possui outras restrições alimentares).

Para ter uma alimentação saudável e nutritiva de forma correta, visite um nutricionista de confiança e não consuma mais de 2 castanhas por dia ou por semana, a depender da origem. O consumo em excesso e a má conservação da castanha-do-pará trazem problemas para a saúde como a fadiga, problemas gastrointestinais, de pele e fraqueza nos cabelos e nas unhas.

Consuma a quantidade recomendada para aproveitar todos os benefícios da oleaginosa. Além de ser muito saborosa e poder usa-la de diversas formas, é um dos complementos mais interessantes por cozinheiros e chefs de outros países, unindo o sabor com os benefícios para a saúde.

Autor deste artigo

Leitora, entusiasta de esoterismo e espiritualidade, estudante de administração.

Palavras-chave relacionadas


alimentação

Artigos relacionados


Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Quer saber como aumentar sua imunidade e ter acesso a outras informações relevante? Leia este artigo e veja como melhorar sua saúde com a alimentação!


Psyllium: benefícios, para que serve, efeitos colaterais, como tomar e mais!

Psyllium: benefícios, para que serve, efeitos colaterais, como tomar e mais!

As sementes de psyllium podem trazer vários benefícios para a saúde. Leia o artigo e descubra para que elas servem e muito mais!


Benefícios do Damasco: para emagrecimento, saúde ocular e mais!

Benefícios do Damasco: para emagrecimento, saúde ocular e mais!

O damasco é fonte de fibras, vitaminas e minerais essenciais para a saúde. Descubra neste artigo, os principais benefícios, dicas de consumo e muito mais!


Batata: benefícios, tipos, propriedades e nutrientes, malefícios e mais!

Batata: benefícios, tipos, propriedades e nutrientes, malefícios e mais!

Com muitas variações, a batata é fundamental para uma boa alimentação e é cultivada mundialmente. Saiba mais!


Ameixa: benefícios, tipos, propriedades e vitaminas, como comer e mais!

Ameixa: benefícios, tipos, propriedades e vitaminas, como comer e mais!

Você sabia que a ameixa pode ser vermelha, preta, amarela ou verde? Leia o artigo e confira mais sobre essa fruta versátil e benéfica para a saúde!


Últimos posts


O que significa sonhar com bingo? Cartela, números, jogando e mais!

O que significa sonhar com bingo? Cartela, números, jogando e mais!

Sonhar com bingo traz revelações importantes, principalmente sobre sua vida financeira e profissional. Leia o artigo completo para saber mais!


Oração para encontrar um amor: a pessoa certa, o amor verdadeiro e mais!

Oração para encontrar um amor: a pessoa certa, o amor verdadeiro e mais!

Se você está procurando um grande amor, não perca tempo e faça uma oração. Leia o artigo e confira o que é preciso para encontrar a sua alma gêmea!


Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda é a fase mais grave do transtorno psicológico, mas tem tratamento e o paciente precisa de apoio. Saiba mais aqui!


Signo do Cavalo no horóscopo chinês: características, elementos e mais!

Signo do Cavalo no horóscopo chinês: características, elementos e mais!

Descobriu que o Cavalo é o seu signo do horóscopo chinês? Leia o artigo e confira quais são as suas características segundo a astrologia oriental!


Sonhar com chiqueiro: cheio de porcos, vazio, alagado, com lama e mais!

Sonhar com chiqueiro: cheio de porcos, vazio, alagado, com lama e mais!

Neste artigo, descobriremos o que significa sonhar com chiqueiro. Vamos conhecer diversas variações desse sonho e compreender como eles são, na verdade, avisos.


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no Sonho Astral


horas animais signos búzios orações religiões números