Iogurte natural: benefícios, para que serve, malefícios, como comer e mais!

Iogurte natural: benefícios, para que serve, malefícios, como comer e mais!

O iogurte natural é saudável e benéfico para o organismo, além de ajudar nas dietas de emagrecimento. Para saber mais sobre esse alimento, confira nosso artigo!


Você conhece os benefícios do iogurte natural?

Iogurte natural em tigela de vidro com pedaço de morango.

O iogurte natural é um ingrediente saudável e que ajuda em qualquer dieta. Excelente para o preparo de vitaminas, ele também pode ser usado como molho de salada e traz diversos benefícios para a saúde, além de possuir um sabor neutro, o que ajuda no seu uso.

Entre os benefícios do iogurte natural, é possível destacar as melhorias no funcionamento do intestino, o fortalecimento dos ossos, músculos e dentes e também as melhorias para o sistema nervoso e imunológico. Desse modo, trata-se de um derivado do leite que vale a pena acrescentar na rotina.

A seguir, será possível conferir mais detalhes sobre o que é o iogurte natural, os seus benefícios e como usá-lo no dia a dia. Se você está interessado em aproveitar as vantagens deste alimento saudável, continue a leitura do artigo!

Entendendo mais sobre o iogurte natural

Iogurte natural em tigela de vidro com pedaço de morango e grãos.

Derivado do leite e preparado através de um processo de fermentação, o iogurte natural é considerado um probiótico devido à presença de bactérias vivas na sua composição. Atualmente, existem vários tipos diferentes deste iogurte, como o grego e as bebidas lácteas. Veja mais sobre estes e outros detalhes do alimento a seguir!

O que é o iogurte natural?

O iogurte natural é um derivado do leite. Ele é preparado através de um processo de fermentação da lactose. Assim, as bactérias são as responsáveis por executar esta tarefa e fazer com que o açúcar presente no leite ganhe textura e sabor, duas características marcantes do iogurte natural.

Vale ressaltar que devido à presença das bactérias vivas na sua composição, este alimento pode ser considerado um probiótico. Assim, ajuda a melhorar a saúde do sistema digestivo como um todo e possui alto valor nutricional, especialmente devido à presença do cálcio.

Origem e características do iogurte natural

De acordo com os registros históricos, o leite fermentado, responsável por dar origem ao iogurte natural, originou-se nas regiões balcânicas e na Turquia, especialmente na porção asiática deste país. Assim, os búlgaros, que, neste contexto, eram povos nômades, foram os responsáveis por trazer o iogurte natural para a Europa, fato que aconteceu na segunda metade do século VII.

Entretanto, o comércio do alimento começou somente nos primeiros anos do século XX. Alguns estudos foram realizados por um biólogo russo a respeito da dieta dos habitantes das regiões nas quais o iogurte natural se originou, já que a longevidade destes povos gerava curiosidade na comunidade científica.

Tipos de iogurte

Existem vários tipos diferentes de iogurte no mercado atual, do natural às bebidas lácteas. Assim, as diferenças geram uma série de dúvidas nos consumidores, especialmente quanto à funcionalidade de cada um e aos benefícios que se pode obter a partir do consumo.

Desse modo, essas questões serão esclarecidas nos próximos tópicos do artigo, que vão ressaltar as diferenças entre alguns dos tipos de iogurte mais presentes no mercado e consumidos atualmente.

Iogurte natural

O iogurte natural é preparado através de um processo de fermentação do leite. As bactérias agem para transformar a lactose presente na bebida, assegurando a textura e o sabor deste alimento. Ele também pode ser considerado um probiótico devido à presença destas bactérias.

Além disso, vale ressaltar que os iogurtes naturais podem ser feitos em casa para garantir que eles sejam ainda mais saudáveis. Os produtos comprados em supermercados, em geral, possuem açúcar e conservantes, o que pode não ser tão positivo para a saúde.

Iogurte desnatado

A principal diferença entre o iogurte natural tradicional e a sua versão desnatada é que a segunda conta com uma quantidade menor de gordura. Além disso, os níveis de lactose também são menores na versão desnatada, já que ela se degrada durante o processo de fermentação da bebida.

Em termos de proteínas, vale ressaltar que o iogurte desnatado possui elevado valor nutricional, assim como os demais. Os aminoácidos essenciais estão presentes nas proporções adequadas para garantir a saúde do corpo. Um ponto favorável ao consumo deste tipo é o fato de que as suas proteínas são de mais fácil digestão.

Iogurte grego

De textura cremosa, o iogurte grego se destaca inicialmente devido a esta característica. Ele possui um alto teor de proteínas e, na sua versão tradicional, passa por um processo de filtração que resulta em um produto com pouca gordura e muito valor nutricional.

Entretanto, de acordo com alguns nutricionistas, no Brasil, este processo não é replicado, de modo que as fabricantes nacionais preferem investir na textura. Por isso, adicionam ingredientes como a gelatina e o creme de leite à mistura.

Isso faz com que o iogurte grego perca as suas principais características e some muitas calorias, não sendo indicado para dietas focadas no emagrecimento.

Iogurte fermentado

Devido à sua forma de produção, todo o iogurte pode ser considerado uma bebida fermentada, mas existem algumas diferenças no processo de fabricação. Isso acontece devido à presença das bactérias streptococcus thermophilus e lactobacillus bulgaricus. Quando associadas, elas iniciam o processo de fermentação e se mantêm ativas no alimento.

Além disso, um ponto interessante é que as duas bactérias possuem uma relação de simbiose que contribui para trazer qualidade nutricional e benefícios ao iogurte. Como elas são resistentes aos sucos gástricos, conseguem chegar ao intestino para melhorar o seu funcionamento.

Vale ressaltar que os iogurtes fermentados são muito recomendados para as pessoas com intolerância à lactose, porque os microrganismos usados neste tipo de bebida favorecem a digestão do carboidrato citado.

Bebida láctea

A bebida láctea não é exatamente um iogurte. Na verdade, como o nome sugere, ela inclui na sua composição outras partes do leite. Portanto, cerca de 50% dos seus ingredientes precisam ter esta origem, mas os demais podem surgir a partir de outras fontes.

Desse modo, as exigências são que este tipo de bebida tenha pelo menos 1g de proteína a cada 100g. Porém, desde que as especificações descritas sejam seguidas, pode-se acrescentar gorduras vegetais. Desse modo, em média 30% dos ingredientes inclusos na bebida láctea podem possuir origens que não sejam o leite.

Para que serve o iogurte natural?

O iogurte natural, além de um alimento saudável, é um ingrediente versátil. Devido ao seu sabor discreto, ele pode ser usado para o preparo de vitaminas diversas, de smoothies e também como molho de salada. Além disso, existem outras possibilidades de preparos salgados com o alimento.

Diante disso, trata-se de um poderoso aliado para tornar a rotina mais saudável e mais leve. Devido à presença de bactérias boas, vitaminas e minerais, o iogurte natural possui propriedades interessantes e que melhoram o funcionamento do organismo como um todo.

Propriedades do iogurte natural

Graças à presença das bactérias, o consumo diário do iogurte natural ajuda a melhorar o funcionamento do intestino. Além disso, o alimento é uma fonte de minerais importantes, como o potássio, o cálcio e o magnésio, o que ajuda no fortalecimento dos ossos, dos dentes e dos músculos.

Também vale destacar que o iogurte natural é rico em vitaminas do complexo B, além de contar com as vitaminas C e D. Isso garante que ele atue na prevenção de doenças cardíacas e melhore o sistema imunológico. Por fim, ainda vale citar que este alimento é uma fonte de proteínas e, portanto, ajuda no fortalecimento e na produção hormonal.

Benefícios do iogurte natural

Tigela de vidro com iogurte natural e colher.

O iogurte natural é uma fonte de proteínas e gorduras boas, além de contar com uma série de minerais e vitaminas importantes para o funcionamento do organismo. Assim, os seus benefícios são diversos, e este alimento auxilia desde o sistema imunológico até as dietas de emagrecimento. A seguir, veja mais informações sobre isso!

Fonte de proteínas e gorduras boas

O iogurte natural pode ser considerado uma ótima fonte de proteínas, de modo que ajuda no fortalecimento dos músculos e dos ossos, e atua melhorando as defesas do corpo. Outra funcionalidade do alimento é auxiliar na produção hormonal, o que faz com que o ideal seja consumir diariamente uma porção de iogurte natural.

Além disso, ele também conta com gorduras boas, que ajudam a reduzir os níveis de colesterol ruim e o risco de doenças cardíacas. Elas também possuem um papel importante em questões como regular o intestino.

Fonte de cálcio e vitaminas

O cálcio é um mineral muito importante para a mineralização dos ossos e dos dentes, além de atuar em vários eventos intracelulares e ter um papel importante em tecidos do corpo humano. Desse modo, o consumo de iogurte natural pode ajudar em todas essas questões.

Outro nutrientes fundamentais presentes neste alimento são as vitaminas, especialmente as do complexo B, que atuam em processos metabólicos. Além delas, as vitaminas C e D também se fazem presentes no iogurte e têm como função, respectivamente, a manutenção dos níveis de colágeno e a regulação do metabolismo ósseo.

Melhora a flora bacteriana intestinal

O consumo diário de iogurte natural é capaz de trazer uma série de melhorias para o funcionamento do intestino. Isso acontece porque o alimento melhora a flora bacteriana, aumentando os níveis de bactérias boas presentes nesta área do corpo.

A consequência deste aumento se reflete em um fortalecimento do sistema imunológico. Além disso, as bactérias boas são capazes de ajudar no processo digestório e de eliminar microrganismos capazes de causar danos ao corpo. Vale citar que as gorduras boas do iogurte natural auxiliam na eliminação das fezes.

Combate a má digestão e a fermentação dos alimentos

O iogurte natural ajuda a combater a má digestão, que pode ser causada por fatores diversos, como o consumo de alimentos gordurosos e o excesso de líquidos durante as refeições. Isso acontece devido à presença das bactérias, que também atuam no sentido de impedir a fermentação dos alimentos.

Desse modo, o consumo do alimento ajuda a diminuir a ocorrência de gases, o que tem ligação direta com a alimentação e pode acontecer devido ao consumo de alimentos presentes no cotidiano, como o feijão e o repolho. Por fim, vale citar que o iogurte natural também ajuda a diminuir as chances de infecção intestinal.

Melhora a saúde óssea

Uma porção de 100 g de iogurte natural possui, em média, 160 mg de cálcio, o equivalente a, em média, 10% das necessidades diárias de uma pessoa adulta. Desse modo, trata-se de um alimento bastante rico neste mineral, algo que é comum aos derivados do leite.

Portanto, o consumo de iogurte natural é capaz de melhorar a saúde óssea, já que o cálcio tem como função principal a mineralização dos ossos e dos dentes. Além disso, ele também participa de vários eventos intracelulares, de modo que a sua atuação se dá em muitos tecidos do corpo humano.

Melhora a saúde da pele e do cabelo

A presença da vitamina C no iogurte natural faz com que ele seja ótimo para os cabelos e a pele. Isso acontece devido à sua função antioxidante, que atua como combatente aos radicais livres, capazes de causar o envelhecimento precoce.

Além disso, as vitaminas do complexo B também têm participação ativa nessas questões, especialmente a riboflavina. Ela é responsável por melhorar a circulação sanguínea, de modo que favorece a circulação de oxigênio e de micronutrientes, algo que ajuda a combater manchas, olheiras e linhas de expressão.

Melhora a saúde do cérebro

As vitaminas do complexo B, especialmente a B12, têm atuação direta no sistema nervoso central. Desse modo, são capazes de melhorar a saúde do cérebro como um todo, auxiliando o seu desenvolvimento, bem como trazendo benefícios para as funções cognitivas.

Essas vitaminas estão presentes no iogurte, e, atualmente, existem estudos que indicam que o consumo destes probióticos pode trazer benefícios até para a saúde mental, garantindo a sensação de bem-estar. Inclusive, as vitaminas do complexo B também têm relação direta com essas questões.

Fortalece o sistema imunológico

O consumo diário de iogurte natural promove o fortalecimento do sistema imunológico. Isso acontece devido à presença de minerais como o zinco e o selênio, que atuam, respectivamente, no metabolismo celular e na prevenção de uma série de doenças, como as disfunções de tireoide.

Além disso, vale destacar que estes minerais e as bactérias presentes no iogurte natural contribuem para ativar as células do sistema imunológico, o que garante maior resistência a doenças oportunistas, como as gripes e os resfriados. Outro ponto que auxilia no combate às doenças citadas é a presença da vitamina C.

Favorece o ganho de massa muscular

O ganho de massa muscular é outro aspecto impactado positivamente pelo consumo diário do iogurte natural. Isso acontece porque ele é rico em proteínas, responsáveis por reparar danos aos músculos, algo que pode acontecer durante as atividades físicas.

Assim, o iogurte natural pode ser consumido tanto pós quanto pré-treino. Para tal, basta observar questões como o tempo indicado para cada ocasião, já que este alimento contribui para o funcionamento do intestino. Vale pontuar que a recomendação do iogurte natural é especialmente para as pessoas que praticam musculação.

Auxilia na dieta

Devido à presença das proteínas na sua composição, o iogurte natural é um alimento capaz de auxiliar nas dietas de emagrecimento. As proteínas interagem com os líquidos do estômago e formam pequenas cadeias de aminoácidos, o que garante a sensação de saciedade.

Além disso, quando se fala sobre as proteínas insolúveis, vale ressaltar que elas ajudam nos trânsitos intestinais, diminuindo a fermentação do cólon distal e aumentando a absorção de água. Logo, são benéficas para as dietas também por este motivo.

Como preparar o iogurte natural caseiro

Iogurte natural em tigela.

Os iogurtes naturais podem ser encontrados com facilidade nos supermercados. Entretanto, podem conter conservantes e ingredientes como açúcares, que acabam por prejudicar as dietas de emagrecimento. Desse modo, preparar em casa é uma alternativa mais saudável. Veja a seguir como fazer iogurte natural caseiro de forma simples!

Ingredientes

Em termos de ingredientes, são necessários apenas 1 litro de leite integral ou semidesnatado e 1 pote de iogurte natural. Entretanto, é preciso observar alguns detalhes, principalmente na hora de escolher o iogurte.

Assim, é preciso ter atenção à composição. O iogurte escolhido deve conter apenas leite, que pode aparecer no rótulo como leite reconstruído, leite pasteurizado, leite integral ou leite em pó. Além disso, caso ele contenha fermentos lácteos, ainda pode ser usado.

Procure evitar produtos que contenham açúcares, como o xarope de frutose. Também não opte por aqueles que possuam amido de milho e outros espessantes. Por fim, aromatizantes, corantes e emulsificantes devem ser deixados de lado.

Modo de preparo

O primeiro passo para fazer o iogurte natural caseiro é levar o leite ao fogo até que levante fervura. Então, retire e espere amornar. Uma dica interessante é pingar algumas gotas nas costas da mão e contar até dez. Caso este processo não cause desconforto, isso significa que o leite está na temperatura adequada.

Posteriormente, dissolva o iogurte em um pouco do leite fervido e acrescente a mistura ao restante. Leve à panela e mexa bem até que todo o iogurte seja incorporado. Então, transfira a mistura para um recipiente com tampa, enrole em um pano e espere o processo de fermentação, que deve ser feito dentro do forno desligado.

Aguarde 9 horas, e o iogurte natural estará pronto. Em caso de dias quentes, ele pode atingir o ponto certo em 6 horas. O recomendado é observar. Por fim, transfira para os potes de vidro com tampa e armazene na geladeira.

Outras informações sobre o iogurte natural

Colher com iogurte natural.

Para escolher um bom iogurte natural o segredo é observar o produto que possui menos ingredientes, optando sempre por um que conte apenas com leite e ativos para a fermentação. Além disso, é importante observar as suas necessidades pessoais, especialmente no caso de pessoas intolerantes à lactose. Veja mais sobre estas e outras questões de como escolher um bom iogurte natural a seguir!

Como escolher o melhor iogurte natural

A escolha de um bom iogurte natural é bastante simples. Basta observar os rótulos dos produtos disponíveis no mercado e verificar aquele que conta com menos ingredientes. Isso significa um número menor de processos químicos e também de componentes que podem desencadear inflamações no organismo.

Além disso, pessoas que possuem restrições alimentares, como a intolerância à lactose, devem observar esta questão e, sempre que possível, optar por versões sem a proteína em questão. Porém, caso isso não seja uma alternativa no momento, os iogurtes desnatados têm menor quantidade de lactose e podem atender a este público.

Como consumir o iogurte natural

O iogurte natural pode ser consumido tanto acompanhado por frutas quanto usado como ingrediente para vitaminas e smoothies. Além disso, devido ao seu sabor mais discreto, ele também costuma ser um ótimo componente para receitas salgadas, como os molhos de salada.

É interessante procurar combinar o alimento com outros que tragam benefícios complementares. Ele pode ser consumido tanto antes dos treinos quanto depois devido ao seu alto índice de proteínas. Também por essa característica, é recomendado para os praticantes de musculação.

Principais ingredientes para comer com o iogurte natural

As frutas são ingredientes bastante versáteis para consumir com o iogurte natural. É possível criar uma série de vitaminas com estes ingredientes ou mesmo misturá-los em uma salada de frutas, obtendo uma série de benefícios para a saúde.

Além disso, também é muito comum que algumas pessoas optem por consumir o iogurte natural combinado somente com o mel, que serve para adoçar e acentuar o sabor deste alimento. Portanto, tudo depende das preferências de quem está tentando tornar o iogurte parte da sua rotina.

Perigos e malefícios do iogurte natural

Quando se fala sobre o iogurte natural, preparado somente a partir do leite, não existem perigos e malefícios expressivos. Porém as versões encontradas em supermercados precisam ser observadas com atenção, especialmente devido à adição de açúcares, conservantes e corantes.

No caso dos corantes, em alguns casos, eles podem gerar alergias. Quando se fala sobre os conservantes, vale ressaltar que alguns dos mais comuns em alimentos processados ativam os processos inflamatórios do organismo, causando problemas como a retenção de líquidos.

Por fim, caso o objetivo do consumo do iogurte natural seja a perda de peso, os açúcares podem atrapalhar bastante.

Contraindicações do iogurte natural

Os iogurtes naturais não possuem muitas contraindicações. Entretanto, as pessoas que são intolerantes à lactose precisam evitar o consumo. Além disso, existe a possibilidade de alergia a esta proteína que também deve ser observada com cuidado.

Vale ressaltar que alguns produtos deste tipo possuem leveduras na sua composição, e algumas pessoas também podem ser intolerantes a este componente. Desse modo, é muito importante observar o rótulo e evitar o consumo, caso as leveduras estejam presentes.

Também é importante ressaltar que as pessoas que possuem doenças autoimunes, com o Crohn, devem evitar o consumo de lactose, já que isso interfere no funcionamento do intestino.

Aproveite todos os benefícios do iogurte natural!

Iogurte natural com pedaços de morango e kiwi.

O iogurte natural é um derivado do leite bastante rico em minerais e vitaminas importantes para a saúde do corpo humano. Além disso, devido à presença das gorduras boas, ajuda no controle do colesterol. Devido aos fatos destacados, o consumo diário é recomendado.

Porém é importante ressaltar que, quando se fala sobre iogurtes naturais de qualidade, eles possuem poucos ingredientes listados no rótulo. Para ser considerado um bom produto, é preciso ser fabricado apenas a partir do leite e das bactérias responsáveis pela fermentação.

Portanto, procure ter atenção a estas questões e evite iogurtes naturais que contem com corantes, espessantes, aromatizantes e conservantes na sua composição. Eles podem atrapalhar os seus objetivos de levar uma vida mais saudável.

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


alimentação

Artigos relacionados


Vitamina para aumentar a imunidade: as melhores para o sistema imunológico!

Vitamina para aumentar a imunidade: as melhores para o sistema imunológico!

As vitaminas possuem um papel fundamental no aumento das defesas do corpo e no sistema imunológico. Veja mais sobre elas no nosso artigo!


Suco de cenoura: benefícios, propriedades, receita, como fazer e mais!

Suco de cenoura: benefícios, propriedades, receita, como fazer e mais!

A cenoura é um vegetal rico em betacaroteno, antioxidantes e flavonoides, importantes para o bom funcionamento do corpo. Conheça mais sobre o seu suco!


Os benefícios da ora-pro-nobis: Para imunidade, anemia e mais!

Os benefícios da ora-pro-nobis: Para imunidade, anemia e mais!

Conheça a ora-pro-nóbis, uma planta rica em fibras, proteínas e vitaminas com diversos atributos positivos para a saúde. Entenda aqui como consumir!


O que é a dieta mediterrânea? Benefícios, emagrecimento, cardápio e mais!

O que é a dieta mediterrânea? Benefícios, emagrecimento, cardápio e mais!

Você já ouviu falar da dieta mediterrânea? Ela é considerada um estilo de vida, já que cuida da alimentação, corpo e mente. Leia o artigo e descubra tudo!


Romã: benefícios para o homem, outros benefícios, como fazer suco ou chá e mais!

Romã: benefícios para o homem, outros benefícios, como fazer suco ou chá e mais!

A romã possui ação antioxidante, anti-inflamatória e antisséptica, de modo que traz vários benefícios para a saúde. Para saber mais, confira nosso artigo!


Últimos posts


Qual o significado do incenso? De alfazema, arruda, camomila, cravo e mais!

Qual o significado do incenso? De alfazema, arruda, camomila, cravo e mais!

Cada incenso possui seu significado e tem um objetivo diferente. Veja aqui o significado dos incensos, sua história e saiba qual se encaixa melhor com você!


Óleo de jojoba: benefícios, para que serve, como usar na pele e no cabelo e mais!

Óleo de jojoba: benefícios, para que serve, como usar na pele e no cabelo e mais!

Quer reconquistar beleza e saúde da sua pele e seus cabelos? Entenda aqui como o óleo de jojoba pode te ajudar naturalmente!


Crenças fortalecedoras: o que são, exemplos, crenças limitantes e mais!

Crenças fortalecedoras: o que são, exemplos, crenças limitantes e mais!

As crenças fortalecedoras auxiliam o processo de caminhada ao longo da vida e estimulam os bons pensamentos. Clique para saber como elas podem te impulsionar!


Quais os tipos de fobias mais comuns? Acrofobia, claustrofobia e mais!

Quais os tipos de fobias mais comuns? Acrofobia, claustrofobia e mais!

As fobias trazem reações negativas ao corpo e a mente, além de causar limitações para quem possui esse transtorno emocional. Clique aqui e entenda melhor!


O que significa sonhar com cobra?

O que significa sonhar com cobra?

Sonhar com cobra nem sempre significa algo ruim, a cobra também pode simbolizar um processo de evolução ou transformação. Para entender melhor, veja a seguir!