Mocotó: benefícios, propriedades, malefícios, como fazer o caldo e mais!

Mocotó: benefícios, propriedades, malefícios, como fazer o caldo e mais!

O mocotó traz inúmeros benefícios para a saúde devido à sua riqueza nutricional. Quer saber mais sobre esse alimento? Leia o nosso artigo completo!


Você conhece os benefícios do mocotó?

Concha de mocotó.

Surgido na época da escravidão, o mocotó é uma parte da canela do boi e é considerado uma refeição nutritiva devido à presença de cartilagens e tendões nesta parte do animal. Assim, ela possui uma boa concentração de tutano e proteínas.

Portanto, existem vários benefícios no consumo do mocotó. Entre eles, destaca-se a possibilidade de obter colágeno de forma natural e com alto valor biológico. Além disso, o tutano é responsável por garantir ao organismo gorduras boas e uma série de vitaminas e minerais.

Se você quer saber mais sobre o mocotó e encontrar algumas formas de incluí-lo na sua alimentação para aproveitar os benefícios, continue a leitura do artigo para encontrar estas e outras informações importantes!

Entendendo mais sobre o mocotó

Panela com caldo de mocotó.

O mocotó começou a ser consumido no Brasil no contexto da escravidão. Trata-se de uma parte da canela do boi que possui vários nutrientes importantes para o bom funcionamento do corpo humano. Assim, as suas propriedades benéficas são diversas e existem várias formas de consumo, que serão comentadas ao longo da próxima seção do artigo. Confira!

O que é o mocotó?

O mocotó pode ser descrito como uma parte da canela e do pé dos bois. Atualmente, ele é considerado uma das refeições mais saudáveis e nutritivas do mundo devido à presença de tendões e articulações nesta região do animal, o que garante uma série de nutrientes benéficos para a saúde.

Além disso, essa parte também possui alta concentração de tutano, que se localiza na parte interna do osso e é capaz de garantir várias vitaminas, minerais e gorduras boas. Além disso, pode ser associada à obtenção de colágeno de alto valor biológico.

Origem e características do mocotó

As origens do mocotó estão ligadas ao contexto da escravidão no Brasil. Durante o período em questão, os fazendeiros consumiam as carnes bovinas e jogavam os ossos fora. Desse modo, eles eram aproveitados pelos escravizados, que retiravam tudo o que precisavam para se manter fortes e saudáveis.

É possível afirmar que este tipo de preparo começou a acontecer, primeiramente na região Sul do Brasil e era um pouco diferente do que se conhece atualmente devido à escassez de ingredientes. Neste contexto, o caldo de mocotó exigia mais tempo, mas possuía um sabor ainda mais marcante.

Para que serve o mocotó?

É possível afirmar que o mocotó contribuiu para a manutenção da saúde de forma geral. Esta parte do corpo do boi é usada para a sua sustentação e, desse modo, é extremamente resistente. Isso serve como explicação para a presença de tantos nutrientes, especialmente do colágeno e do tutano.

Assim, do sistema nervoso ao aspecto da pele, o mocotó serve para melhorar muitos pontos da saúde. Um aspecto interessante sobre ele é a sua capacidade de produzir um efeito estimulante no organismo, melhorando até a vida sexual de quem consome.

Propriedades do mocotó

Existem várias propriedades interessantes no mocotó devido à sua riqueza nutricional. O colágeno, por exemplo, oferece ao organismo humano uma série de aminoácidos que são fundamentais para evitar o envelhecimento precoce e ainda melhoram a imunidade, além de garantir um aspecto melhor para a pele, o cabelo, as unhas e os ossos.

Por outro lado, o tutano fornece ao corpo gorduras boas e vitaminas A, E, D e K, que atuam no organismo como antioxidantes poderosos. Por fim, vale citar a presença dos minerais, como o zinco, que ajuda a manter a saúde do sistema nervoso.

Formas de consumir o mocotó

A principal forma de consumo do mocotó continua sendo o caldo, que é bastante conhecido por ser uma ótima fonte de energia. Assim, ele é recomendado principalmente para crianças que desempenham muitas atividades físicas e precisam repor os seus nutrientes e também para atletas.

O caldo é preparado com a adição de vários ingredientes, que deixam o seu sabor mais palatável e acrescentam outros benefícios nutricionais, como é o caso do tomate, do alho, da cebola, do pimentão, do louro e do cheiro verde.

Benefícios do mocotó

Concha com caldo de mocotó.

Por se tratar de uma fonte de proteínas, minerais, vitaminas e gorduras boas, o mocotó traz diversos benefícios para a saúde. Além disso, ele oferece proteção às articulações, previne o envelhecimento e atua positivamente no processo de emagrecimento. A seguir, estes e outros benefícios do consumo do mocotó serão comentados. Acompanhe!

Fonte de proteínas e minerais

O mocotó é rico em proteínas, especialmente em colágeno de alto valor biológico. Com o passar do tempo, o organismo humano deixa de produzir esta proteína, de modo que ela precisa ser reposta através da suplementação ou da alimentação para garantir flexibilidade e uma série de outros benefícios.

Assim, quando se fala sobre os minerais, é possível destacar que o mocotó possui alguns que são fundamentais para a manutenção da saúde, como o cálcio, que ajuda a manter os ossos saudáveis, o fósforo, o magnésio e o potássio. Também vale destacar a presença do zinco, que atua mantendo a saúde do sistema nervoso.

Fonte de vitaminas

As vitaminas são nutrientes encontrados em abundância no mocotó, especialmente a A, D, E e K. Todas elas possuem ação antioxidante, de modo que contribuem para combater a ação dos radicais livres, trazendo benefícios para a pele e prevenindo o envelhecimento precoce.

Além disso, vale ressaltar que a vitamina D ajuda no crescimento e na mineralização dos ossos. Ela também está envolvida em vários aspectos do sistema digestivo, circulatório e nervoso. Desse modo, a sua deficiência pode provocar dores musculares e ósseas.

Fonte de gorduras boas

O mocotó, em especial o caldo, é fonte de gorduras boas, também conhecidas como insaturadas. Quando consumidas nas quantidades certas, elas trazem benefícios para o organismo, como a redução do colesterol ruim. Além disso, diminuem o risco de doenças cardíacas.

Vale pontuar que outros benefícios deste tipo de gordura são o auxílio na manutenção dos níveis de insulina no sangue, prevenindo doenças como a diabetes. Elas também são positivas para manter as funções hormonais do corpo controladas.

Por fim, vale citar que quem está em busca de emagrecimento deve priorizar estas gorduras na dieta, já que elas não se acumulam na região abdominal.

Protege as articulações

A presença da cartilagem no mocotó ajuda a prevenir e a tratar inflamações já existentes nas articulações. Isso acontece devido às propriedades anti-inflamatórias, que ajudam a reduzir o inchaço e as dores ligadas a doenças como a artrite.

Esses benefícios já foram comprovados por uma série de estudos, como um que foi publicado no ano de 2016 pelo Nutrition Journal. De acordo com a pesquisa em questão, o colágeno presente no mocotó ainda é capaz de ajudar no alívio dos sintomas de doenças como a osteoporose.

Possui ação antioxidante

As vitaminas presentes no mocotó possuem ação antioxidante. Portanto, além de combaterem o envelhecimento devido à sua atuação contra os radicais livres, elas também são capazes de auxiliar no combate a algumas doenças degenerativas e trazer benefícios para o sistema cardiovascular.

Nesse sentido, vale citar a relação entre a vitamina E e a arteriosclerose, já que essa vitamina atua na modulação da condição de saúde citada. Logo, a manutenção de bons níveis ajuda a evitar uma série de doenças cardíacas.

Ainda é interessante ressaltar que a vitamina E ajuda a reduzir os riscos de surgimento de doenças como o Alzheimer.

Previne o envelhecimento

A prevenção ao envelhecimento é uma das propriedades mais comentadas do mocotó. Ela está ligada tanto à presença do colágeno quanto às vitaminas presentes nesta parte do boi, que possuem ação antioxidante e, portanto, combatem a ação dos radicais livres.

Além disso, o mocotó ajuda a prevenir as rugas e a manter a pele com um aspecto mais jovem. Isso é um benefício associado ao colágeno, que precisa ser reposto no organismo de pessoas mais velhas para que a pele se mantenha lisa e elástica. Isso acontece porque, após uma certa idade, a produção de colágeno pelo organismo é interrompida.

Melhora a digestão

O mocotó é rico em aminoácidos, e isso ajuda no processo digestivo. Entre eles, é possível destacar a glutamina. De acordo com um estudo publicado na Current Opinion in Clinical Nutrition and Metabolic Care, os suplementos alimentares que possuem este componente auxiliam no tratamento de problemas intestinais.

Assim, contribuem para as melhorias no processo de digestão como um todo. Outro ponto que faz com que o mocotó seja benéfico é o colágeno, que cria uma proteção no estômago e elimina os desconfortos gastrointestinais.

Ajuda a emagrecer

O caldo de mocotó é uma excelente fonte de proteínas, que provocam a sensação de saciedade. Desse modo, ele é um poderoso aliado de dietas focadas no emagrecimento. Além disso, outro fator que contribui para que este prato seja positivo é o seu baixo teor calórico.

Além disso, o caldo é feito com o acréscimo de outros ingredientes saudáveis, como o tomate, que possui licopeno, um nutriente de origem vegetal que ajuda a proteger o corpo. O preparo também inclui alho, que ajuda a regular o metabolismo e favorece o emagrecimento.

Fortalece o sistema imunológico

Devido à riqueza nutricional do mocotó, ele fortalece o sistema imunológico e promove a sensação de bem-estar, já que as melhorias neste sistema proporcionam mais resistência a doenças, garantem disposição ao corpo e promovem um sono de qualidade. A consequência disso é um aumento de produtividade.

Vale pontuar que, para que os benefícios sejam realmente aproveitados, é importante que o caldo do mocotó seja grosso, garantindo maior concentração nutricional. Logo, muitas pessoas optam por inclui-lo nas suas dietas durante o inverno, que facilita o consumo devido às temperaturas mais baixas.

Ótima fonte de energia

O mocotó, especialmente em forma de caldo, é considerado uma excelente fonte de energia devido à presença das proteínas. Assim, o consumo é indicado para pessoas que praticam muitas atividades físicas, como atletas, já que eles conseguirão repor todos os nutrientes de que precisam.

Além disso, ainda falando sobre a questão da energia, existem algumas associações entre o mocotó e a melhora na disposição sexual. Isso acontece porque ele possui um efeito estimulante no organismo, além de atuar como fortificante.

Ainda sobre a questão da energia, o mocotó é um ótimo alimento para crianças, pois estas tendem a gastar muita energia nas suas brincadeiras e atividades diárias.

Receita de caldo de mocotó

Concha com caldo de mocotó.

Caso você esteja interessado em incluir o mocotó na sua dieta, a seguir, será possível encontrar um passo a passo detalhado do preparo do caldo. Independentemente do objetivo, você terá um alimento nutritivo e que vai contribuir positivamente para a manutenção da sua saúde. Confira!

Ingredientes

Confira a seguir a lista completa de ingredientes para o preparo do caldo de mocotó:

- 1 mocotó cortado em rodelas e lavado;
- 1 cebola grande picada em cubos;
- 2 dentes de alho amassados;
- 3 colheres de sopa de salsinha;
- 2 colheres de sopa de hortelã picada;
- 1 colher de sopa de extrato de tomate;
- ½ xícara de chá de coentro;
- Pimenta a gosto;
- 5 colheres de sopa de azeite.

Como fazer

Para preparar o caldo de mocotó, primeiramente, é necessário cozinha-lo em uma panela de pressão com água e todos os temperos. Durante o cozimento, é importante deixar o caldo apurar até que os ossos se soltem por completo. Então, em seguida, retire as rodas de ossos e o restante da carne.

Uma vez que o caldo esteja devidamente apurado, acrescente o azeite. Em geral, ele pode ser servido acompanhado com farinha e molho de pimenta. O tempo total de preparo da receita é de 80 minutos, sendo 40 deles destinados à preparação dos ingredientes e 40 ao cozimento do caldo.

Outras informações sobre o mocotó

Panela com caldo de mocotó.

Antes de fazer uso do mocotó na sua dieta, é importante conhecer alguns aspectos sobre os casos nos quais o consumo é contraindicado. Além disso, também é preciso saber a forma correta de armazená-lo para garantir que as propriedades nutritivas não se percam. Portanto, estes detalhes serão comentados a seguir!

Como armazenar o mocotó

O caldo de mocotó pode ser conservado no freezer. O ideal é que ele seja dividido em porções que serão consumidas de uma só vez, já que o ato de congelar, descongelar e aquecer várias vezes pode diminuir os benefícios para saúde.

Assim, o congelamento deve ser feito da seguinte forma: primeiramente, resfrie o caldo. Caso ele forme uma camada de gordura no topo, procure retirá-la. Então, basta fazer porções e guardar. O preparo dura até três meses no freezer. No caso das pessoas que pretendem consumir toda a receita, o ideal é que isso aconteça em um espaço de 48h, tempo que o caldo dura quando está somente refrigerado.

Malefícios do mocotó

Embora o mocotó seja associado a dietas de emagrecimento, existem alguns estudos que apontam para a possibilidade de que ele tenha o efeito oposto, caso seja consumido em excesso. Assim, segundo a Tabela Brasileira de Composição de alimentos, cada porção do caldo possui 91 calorias, o que não é tão elevado.

Porém o excesso deve ser evitado devido à digestão lenta, que é derivada do fato de que o alimento é rico em gorduras. Logo, ainda pode prejudicar outras questões no organismo. Em geral, recomenda-se que não sejam consumidas mais do que 200 ml de caldo por vez.

Contraindicações do mocotó

O mocotó é um alimento gorduroso. Então, mesmo que ele possua as chamadas gorduras boas, deve ser evitado por pessoas que já possuem histórico de colesterol alto. Isso não significa que ele não possa ser consumido de forma alguma, mas, sim, que a moderação é ainda mais importante.

Além disso, vale ressaltar que aqueles que acabaram de fazer tatuagens também devem evitar o mocotó, seja em forma de caldo ou geleia. Isso acontece porque, graças ao teor de gordura presente no alimento, ele pode acabar facilitando a inflamação da pele.

O mocotó possui diversos benefícios!

Tigela com caldo de mocotó.

O mocotó, em especial o seu caldo, é um alimento que faz parte da história da região Sul do Brasil e surgiu ainda na escravidão. Feito a partir das patas sem cascos dos bois, ele é rico em diversos nutrientes importantes para a manutenção da saúde do corpo humano.

Assim, desde a prevenção do envelhecimento precoce à saúde do sistema nervoso, o mocotó atua em diversas frentes diferentes para garantir o bem-estar. A sua principal forma de consumo atualmente é o caldo, no qual o alimento se associa a outros de alto valor nutricional, como o tomate, o alho e a cebola.

Por fim, vale citar que, devido ao seu baixo índice calórico e ao alto teor de proteínas, o mocotó é recomendado para dietas de emagrecimento. É preciso ter atenção somente às quantidades indicadas para evitar o efeito contrário e aproveitar os benefícios oferecidos por este alimento.

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


alimentação

Artigos relacionados


Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Quer saber como aumentar sua imunidade e ter acesso a outras informações relevante? Leia este artigo e veja como melhorar sua saúde com a alimentação!


Psyllium: benefícios, para que serve, efeitos colaterais, como tomar e mais!

Psyllium: benefícios, para que serve, efeitos colaterais, como tomar e mais!

As sementes de psyllium podem trazer vários benefícios para a saúde. Leia o artigo e descubra para que elas servem e muito mais!


Benefícios do Damasco: para emagrecimento, saúde ocular e mais!

Benefícios do Damasco: para emagrecimento, saúde ocular e mais!

O damasco é fonte de fibras, vitaminas e minerais essenciais para a saúde. Descubra neste artigo, os principais benefícios, dicas de consumo e muito mais!


Batata: benefícios, tipos, propriedades e nutrientes, malefícios e mais!

Batata: benefícios, tipos, propriedades e nutrientes, malefícios e mais!

Com muitas variações, a batata é fundamental para uma boa alimentação e é cultivada mundialmente. Saiba mais!


Castanha-do-Pará: benefícios, malefícios, propriedades e mais!

Castanha-do-Pará: benefícios, malefícios, propriedades e mais!

A castanha-do-pará está cada vez mais presente na alimentação das pessoas e traz vários benefícios. Leia esse artigo e descubra como consumir corretamente!


Últimos posts


Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Quer saber como aumentar sua imunidade e ter acesso a outras informações relevante? Leia este artigo e veja como melhorar sua saúde com a alimentação!


Sonhar com girino: em águas claras, águas turvas, virando sapo e mais!

Sonhar com girino: em águas claras, águas turvas, virando sapo e mais!

Sonhar com girino é um presságio de desenvolvimento e mudanças. Confira aqui essas e outras interpretações para esse sonho, e descubra também como se comportar!


Sonhar com ferro: panela, grade, porta, ponte, ferro de passar e mais!

Sonhar com ferro: panela, grade, porta, ponte, ferro de passar e mais!

Sonhar com ferro pode indicar um mau presságio? Descubra tudo sobre esse sonho neste artigo e saiba como agir!


Como acender vela para o Anjo da Guarda com copo de água? Entenda!

Como acender vela para o Anjo da Guarda com copo de água? Entenda!

Realizando uma conexão com a espiritualidade, acender uma vela para o Anjo da Guarda com um copo de água abre portais. Saiba mais!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!