Os benefícios do manjericão: Para estresse, gripe, pele e mais!

Os benefícios do manjericão: Para estresse, gripe, pele e mais!

O manjericão é famoso por seu aroma e presença garantida nos pratos do mundo todo, mas o uso desta erva vai muito além da culinária. Confira seus benefícios!


Considerações gerais sobre os benefícios do manjericão

Folhas de manjericão numa superfície de madeira

De nome científico Ocimum basilicum, o manjericão também é chamado de manjericão-de-folha-larga, manjericão doce, alfavaca, basilicão e erva-real. Este tempero costuma frequentar as melhores cozinhas do mundo, mas seu uso medicinal é conhecido há milhares de anos.

Esta erva é rica em vitaminas, minerais e outros nutrientes que agem como anti-inflamatório e antioxidante. Ele é usado desde a Grécia Antiga como agente desintoxicante e antisséptico, sendo fundamental na recuperação do organismo após uma infecção.

Desse modo, pode-se dizer que a especiaria vai muito além de suas funções gastronômicas, contribuindo para a manutenção de um corpo saudável. Continue lendo, conheça os principais benefícios do manjericão e como aproveitá-lo integralmente.

O perfil nutricional do manjericão

Manjericão num pote vermelho

O manjericão é uma planta muito poderosa e nutritiva. Ele é rico em fibras, proteína, vitaminas e minerais. Além disso, é pouco calórico e fonte de ácido fólico. Confira a seguir o perfil nutricional desta erva super aromática.

As vitaminas

O manjericão é famoso por possuir sabor e aroma inconfundíveis. No entanto, é usado há séculos com outras finalidades, que vão desde rituais religiosos até a medicina popular. Isso acontece porque esta especiaria é fonte de vitaminas E e K, trazendo inúmeros benefícios para a nossa saúde, já que cuida do corpo e mente.

Em uma porção de 100 g de folhas frescas de manjericão, encontramos uma grande quantidade de vitaminas, entre elas: 660mcg de A; 0,1mg de B1 (conhecida também como tiamina); 0,21mg de B2 (riboflavina); 0,9mg de B3 (niacina); 0,1mg de B6 (piridoxina) e 2,3mg de C.

Os minerais

Nativo da Índia e de outras áreas tropicais do continente asiático, o manjericão é fonte de vários nutrientes, entre eles os minerais, fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo.

Pode-se destacar a presença de ômega 3 e magnésio (57,8 mg), que otimizam o fluxo sanguíneo. Além disso, esta planta conta com manganês (0,2 mg), zinco (0,5 mg), cobre (0,2 ug), cálcio (250 mg), ferro (1 mg), potássio (de 251,6 mg a 300 mg) e fósforo (de 37 a 39,9 mg).

Todos os valores acima são referentes a uma porção de 100 g de folhas frescas de manjericão.

Os óleos essenciais

O manjericão é riquíssimo em óleos essenciais, como eugenol, geraniol, citronelol, linalol, citral, limoneno e terpineol. Juntos, são responsáveis pelas propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas desta erva. Esses compostos atuam, ainda, como analgésico, aliviando dores causadas por tensão e estresse.

Os óleos essenciais desta planta podem ser usados como auxiliar no tratamento de crises alérgicas, sinusite e rinite. Por ser uma especiaria bastante aromática, age também no quesito mental, trazendo energia, vitalidade e autoconfiança.

Favorece também a concentração e estimula a criatividade. Eles promovem uma grande sensação de bem-estar, já que possuem propriedades reparadoras e estimulantes, atuando diretamente nos 3° e 6° chakras.

Os benefícios do manjericão para a saúde

Pessoa separando folhas de manjericão

O manjericão é um grande aliado para manter um corpo saudável, já que possui compostos taninos, saponinas e flavonoides. Assim, apresenta propriedades digestivas, antioxidantes, antiespasmódicas e muito mais. Confira como esta erva pode turbinar sua saúde.

Fortalece o sistema imunológico

Pode-se dizer que o manjericão é um dos melhores amigos do sistema imunológico, pois esta erva é capaz de otimizar e turbinar a performance da defesa do organismo.

Isso acontece porque a especiaria estimula e aumenta a produção de anticorpos em até 20%, células essenciais no combate a vírus e bactérias. Dessa maneira, o manjericão fortalece a imunidade do corpo, ajudando a prevenir e tratar gripes, resfriados, alergias e asma.

A erva pode, inclusive, ajudar na prevenção de artrite e diversos tipos de câncer. Com o sistema imune mais equilibrado, a frequência de enfermidades diminui significativamente. No entanto, para obter resultados mais satisfatórios, é preferível usar as folhas frescas ao invés das secas.

É eficiente no tratamento de gripes, resfriados e bronquite

O manjericão é uma ótima opção natural para amenizar os sintomas de gripes e resfriados. Basta mastigar algumas folhas da erva para aliviar os incômodos comuns dessas doenças, como espirros, nariz entupido e coriza.

Talvez você já tenha notado que o manjericão é um dos principais ingredientes de xaropes e expectorantes. Esse fato não é à toa, pois ele tem grandes quantidades de óleos essenciais e antioxidantes que relaxam os músculos dos pulmões, acabando com a tosse e melhorando a respiração em geral.

Assim, ele é perfeito para auxiliar no tratamento de irritações pulmonares, asma e bronquite. Como possui propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas, pode ser utilizado em chás e gargarejos para diminuir a dor de garganta.

Auxilia na redução do estresse

O manjericão é o aliado ideal para quem sofre com altos níveis de estresse, porque apresenta propriedades calmantes e relaxantes. A dica é mascar 10 folhas da erva até duas vezes por dia, para prevenir crises de estresse e acabar com esse mal em sua rotina.

Com grandes quantidades de óleos essenciais, especialmente geraniol e linalol, o manjericão age diretamente no sistema nervoso central, promovendo uma sensação de bem-estar instantânea. Por isso, é indicado como tratamento auxiliar nos quadros de ansiedade, insônia e depressão.

É benéfico para a saúde ocular

Vários alimentos ajudam a preservar a saúde dos olhos, melhorando a capacidade de enxergar e combatendo enfermidades como o glaucoma. Para evitar problemas, é muito importante ter uma dieta rica em ômega 3, betacaroteno, ácido fólico, zinco e vitaminas A, C e E.

Como uma fonte de vitamina A, o manjericão é altamente benéfico para manter a saúde ocular. Isso porque 100g da erva fresca fornece a dosagem diária recomendada desta vitamina.

A deficiência desse nutriente pode contribuir para o surgimento de problemas oculares, como distúrbios na percepção das cores, secura nos olhos, sensibilidade à luz e cegueira noturna. Portanto, vale a pena incluir o manjericão nos seus hábitos alimentares.

Promove melhorias na pele

Os benefícios do manjericão se estendem ao maior órgão do nosso corpo: a pele. Ele é capaz de prevenir o aparecimento de acnes e acelerar o processo de cicatrização de feridas, melhorando, assim, o aspecto geral da pele.

Seu extrato, aliás, acaba com as bactérias da derme que entopem os poros e provocam o surgimento de lesões, como as espinhas. Com propriedades anti-inflamatórias, pode auxiliar no combate a outros problemas cutâneos, como micose e psoríase.

Além disso, estudos em estágio inicial ligam o consumo do manjericão à prevenção e tratamento do câncer de pele.

Melhora a saúde bucal

Pesquisas revelam benefícios do manjericão para a melhora e a manutenção da saúde bucal. Problemas como o mau hálito são eliminados com o uso desta erva, e doenças periodontais podem ser prevenidas com o seu consumo regular.

Com propriedades anti-inflamatória e antimicrobiana, a especiaria pode ser utilizada em infusões, bochechos e gargarejos para amenizar os incômodos bucais mais comuns, como a dor de dente. Ele também diminui a frequência de aftas, gengivite e amigdalite.

Uma dica para quem sofre com mau hálito é mastigar algumas folhas de manjericão. Sua boca ficará instantaneamente com um aroma refrescante.

É eficaz na eliminação de pedras nos rins

O consumo de manjericão é muito benéfico para a saúde dos rins, já que ele auxilia no processo de eliminação de pedras através da urina. Além disso, esta planta ajuda no combate a problemas urinários.

A especiaria é rica em ácido acético, uma substância que quebra as pedras nos rins, alivia a dor e diminui os níveis de ácido úrico, o que reduz consideravelmente o risco de desenvolver outros cálculos renais.

Para isso, recomenda-se consumir 6 folhas da erva fresca com água, em jejum. Outra opção para é ingerir o suco de manjericão com mel. Entretanto, esta planta não deve ser utilizada com fins medicinais por mais de 6 vezes por semana, já que o uso prolongado reduz de forma excessiva os níveis de açúcar no sangue e a pressão arterial.

Auxilia no tratamento de problemas estomacais

O sistema digestivo é muito beneficiado pelo consumo de manjericão, já que ele alivia dores estomacais, indigestão e acidez excessiva. Suas propriedades terapêuticas auxiliam no tratamento de úlceras e otimizam a performance do fígado, o que contribui para a melhora da digestão como um todo.

A erva é fonte de ácido ursólico, um componente ativo com funções antioxidantes e anti-inflamatórias, que age como um potente hepatoprotetor. Além disso, conta com ação antiespasmódica e carminativa, amenizando cólicas e combatendo o excesso de gases. Assim, acaba com a sensação de estufamento.

Alivia dores de cabeça

O manjericão é um ótimo aliado no combate à dor de cabeça. Isso acontece porque ele é fonte de óleos essenciais, como mentol, geraniol e linalol, que apresentam funções relaxantes, calmantes e anestésicas.

Esses compostos são capazes de aliviar dores de cabeça e até mesmo alguns tipos de enxaqueca quando inalados ou aplicados diretamente na pele. Além disso, o manjericão ajuda a amenizar a tensão muscular nos ombros, uma das causas mais frequentes de cefaleia.

Ajuda a abaixar os níveis de colesterol

O manjericão conta com poderosos compostos antioxidantes que reduzem os níveis de colesterol no sangue. De acordo com um estudo em fase inicial, o consumo desta erva consegue diminuir até mesmo taxas elevadas de triglicerídeos e colesterol.

Há diminuições significativas dos valores de colesterol total e de lipoproteína de baixa densidade (LDL, popularmente conhecido como colesterol ruim) relacionadas ao consumo regular desta especiaria.

Outro benefício encontrado foi a inibição da oxidação lipídica do sangue, mantendo o bom funcionamento do organismo.

Previne infarto e aterosclerose

São vários os benefícios do manjericão quando se trata da saúde do coração. Esta erva é rica em magnésio, um mineral que otimiza e promove uma melhora no fluxo sanguíneo. Um dos principais óleos essenciais dessa especiaria é o eugenol, que proporciona o relaxamento dos vasos sanguíneos.

Isso faz com que o manjericão ajude bastante na prevenção e tratamento da pressão alta. Além disso, a presença de vários antioxidantes, como taninos, saponinas e flavonoides, inibe a ação de radicais livres.

Dessa forma, evita possíveis danos nas artérias, prevenindo doenças como infarto, derrame e aterosclerose (formação de placas de gordura ou cálcio na parede das artérias do coração).

Melhora as funções cerebrais

As funções cerebrais são turbinadas quando consumimos o manjericão. Isso acontece porque algumas propriedades dessa erva normalizam os níveis de neurotransmissores no cérebro, atuando como uma espécie de tônico para o órgão.

Além disso, a memória tende a ser uma das beneficiadas, já que a planta contém corticosterona, um hormônio muito importante para o bom funcionamento cerebral, pois otimiza a circulação cerebral e melhora o desempenho do sistema nervoso como um todo.

Outro composto excelente para o cérebro é o fenchol, presente em abundância no manjericão. Esta substância está sendo estudada, já que pode ajudar a prevenir o mal de Alzheimer.

É eficiente no tratamento de feridas e picadas de insetos

O manjericão é especialmente eficaz no tratamento de feridas, picadas de insetos e pequenos cortes, pois ele apresenta propriedades medicinais que melhoram visivelmente o aspecto das lesões em pouco tempo.

Como possui ação antisséptica e antimicrobiana, a erva frequentemente é usada na forma de cataplasma, um tipo de pasta caseira feita com plantas que é aplicada diretamente sobre a pele.

Promove a melhoria no desempenho dos pulmões

O manjericão é um grande aliado da saúde dos pulmões, já que ajuda a melhorar o seu desempenho. Fonte de inúmeros óleos essenciais, a erva é perfeita para o tratamento auxiliar de congestão, asma, bronquite e até mesmo tuberculose.

Com propriedades antioxidantes, age relaxando os músculos pulmonares, facilitando a respiração em seu ritmo natural. Além disso, como é um anti-inflamatório e antimicrobiano, diminui a irritação nos pulmões. Dessa forma, ameniza também a tosse causada por gripes, resfriados e crises alérgicas.

Auxilia no processo de emagrecimento

O manjericão é um poderoso diurético, logo, ajuda a eliminar o excesso de líquido no corpo e diminuir aquela sensação de inchaço. Desse modo, pode contribuir com o processo de perda de peso.

Além disso, essa especiaria apresenta propriedades calmantes, que amenizam a inquietação ligada à compulsão alimentar. Assim, te ajuda a controlar, equilibrar e diferenciar a fome de verdade daquela proveniente de uma crise de ansiedade.

Entretanto, vale lembrar que o manjericão não age sozinho. O consumo da erva reduz o estresse e proporciona uma melhor digestão, mas precisa estar aliado a uma dieta balanceada e exercícios físicos para, efetivamente, promover o emagrecimento.

Formas de consumir o manjericão e contraindicações

Folhas de manjericão em pote de macerar e óleos essenciais

O manjericão é uma planta versátil que pode ser usada integralmente. No entanto, as partes mais utilizadas com fins culinários e medicinais são folhas, caules e sementes. Ele pode ser facilmente transformado em molhos, sucos, chás e cataplasma. Ademais, seu óleo essencial é muito apreciado, confira:

A folha, caule e as sementes

As folhas são a parte do manjericão mais fáceis de serem encontradas, podendo estar frescas ou desidratadas. Isso porque elas são largamente utilizadas como tempero na cozinha, mas também surgem na forma de chás e cataplasma.

Esta erva forma combinações deliciosas com azeite, queijos, castanhas, tomate e carnes. Além disso, dá um toque especial em pratos do cotidiano, como saladas e omeletes. Outro destaque é que ele disfarça o cheiro característico de peixes e frangos.

Ademais, elas dão um up em pizzas e molhos para massas em geral: o macarrão nunca mais será o mesmo depois que você provar com molho pesto. Entretanto, vale ficar de olho, já que as folhas frescas estragam em pouco tempo, mesmo armazenadas na geladeira.

Como o caule é um pouco fibroso, é ideal para dar aroma e sabor logo no início de refogados, junto com o alho e a cebola, podendo ser retirado durante ou ao final da preparação, assim como fazemos com a folha de louro. Portanto, funciona perfeitamente em sopas, caldos e molhos.

As sementes são consumidas frequentemente na Índia. Elas são utilizadas para dar mais consistência a sobremesas, como o falooda, que é feito basicamente com leite, sorvete e sementes de manjericão.

O chá de manjericão

O chá de manjericão apresenta várias propriedades benéficas para a saúde, pois atua como antioxidante, anti-inflamatório, antisséptico e antimicrobiano, sendo indicado para otimizar e manter o bom funcionamento do organismo.

Para o preparo da infusão, basta colocar 10 folhas frescas ou secas de manjericão em 1 litro de água fervente. Tampe e deixe repousando por aproximadamente 5 minutos. Em seguida, é só coar.

O chá pode ser ingerido até 3 vezes por dia. Mas vale ficar atento, já que ele não deve ser consumido mais de 6 vezes por semana. Seu uso prolongado reduz muito os níveis de açúcar no sangue e a pressão arterial.

O óleo essencial de manjericão

O óleo essencial de manjericão é indispensável para a medicina Ayurveda, já que é utilizado há milhares de anos como um aliado no combate à constipação, indigestão, excesso de gases e dores musculares.

Bastante aromático, o óleo é eficaz no tratamento auxiliar de doenças ligadas ao sistema respiratório, como gripes, resfriados e bronquites, já que alivia a congestão nasal e a tosse.

Nesse caso, basta pingar 1 gota do óleo em um colar aromático por até 3 vezes ao dia. Mas se você quiser uma massagem relaxante e hidratante, dilua 1 gota do óleo essencial em 1 colher de sopa de qualquer óleo vegetal (de coco, jojoba ou abacate, que são os mais nutritivos para a pele).

Contudo, gestantes e pacientes epilépticos devem evitar o uso do óleo essencial de manjericão.

O cataplasma de manjericão

A medicina alternativa ou naturalista frequentemente faz uso do cataplasma de manjericão, que é uma espécie de pasta formada pelo esmagamento de suas folhas. Com propriedades antissépticas e antimicrobianas, é indicado para o tratamento e cicatrização de feridas, picadas de inseto ou pequenos cortes.

O preparo do cataplasma é muito simples, basta colocar 2 colheres de sopa de folhas de manjericão fresco em um recipiente e amassar até formar uma pastinha. Em seguida, aplique diretamente sobre a área afetada.

Adicione a erva em sua alimentação e desfrute de todos os benefícios do manjericão!

Pé de manjericão em vaso

O manjericão é uma erva com aroma e sabor inigualáveis, essencial na culinária. Além disso, é muito benéfico para a saúde. Não é à toa que a medicina naturalista utiliza a especiaria na prevenção de doenças cardiovasculares e renais.

Ele contribui, ainda, acalmando sua mente depois de um dia estressante. Logo, vale a pena incluir o manjericão em sua rotina alimentar. O seu corpo e mente agradecem.

Uma curiosidade é que a planta é famosa por atrair boa sorte e prosperidade, além de eliminar energias negativas. Para isso, cultive um vasinho de manjericão em casa ou no trabalho. Assim, você garante um ambiente mais harmônico.

Vale lembrar que o manjericão é uma alternativa natural de tratamento e não exclui a avaliação de um médico. Se os sintomas persistirem ou forem mais graves, não hesite em procurar ajuda.

Autor deste artigo

Jornalista, apaixonada por astrologia e todos os mistérios que envolvem o universo

Palavras-chave relacionadas


alimentação

Artigos relacionados


Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Quer saber como aumentar sua imunidade e ter acesso a outras informações relevante? Leia este artigo e veja como melhorar sua saúde com a alimentação!


Psyllium: benefícios, para que serve, efeitos colaterais, como tomar e mais!

Psyllium: benefícios, para que serve, efeitos colaterais, como tomar e mais!

As sementes de psyllium podem trazer vários benefícios para a saúde. Leia o artigo e descubra para que elas servem e muito mais!


Benefícios do Damasco: para emagrecimento, saúde ocular e mais!

Benefícios do Damasco: para emagrecimento, saúde ocular e mais!

O damasco é fonte de fibras, vitaminas e minerais essenciais para a saúde. Descubra neste artigo, os principais benefícios, dicas de consumo e muito mais!


Batata: benefícios, tipos, propriedades e nutrientes, malefícios e mais!

Batata: benefícios, tipos, propriedades e nutrientes, malefícios e mais!

Com muitas variações, a batata é fundamental para uma boa alimentação e é cultivada mundialmente. Saiba mais!


Castanha-do-Pará: benefícios, malefícios, propriedades e mais!

Castanha-do-Pará: benefícios, malefícios, propriedades e mais!

A castanha-do-pará está cada vez mais presente na alimentação das pessoas e traz vários benefícios. Leia esse artigo e descubra como consumir corretamente!


Últimos posts


Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lentes de contato denotam má sorte? Descubra tudo sobre esse sonho e seus significados nesse atigo!


Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Os Salmos da Bíblia cristã são um convite a expressar a fé e pedidos genuínos, aliados a um profundo senso de gratidão a Deus. Conheça mais sobre esses textos!


Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Conhecido por ser um grande guerreiro, o Caboclo Sete Flechas quebra qualquer demanda e ensina de forma branda e serena. Confira!


Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Você conhece o Anjo Miguel? Conheça a história, significado, oração e muito mais sobre esse poderoso Arcanjo e como pode trazer auxílio em sua vida.


Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Santa Maria Madalena é a padroeira de todos os pecadores arrependidos, das mulheres e das mães solteiras. Confira aqui como pedir a sua intercessão!