Alimentos para baixar a pressão: frutas, chás, sucos, leguminosas e mais!

Alimentos para baixar a pressão: frutas, chás, sucos, leguminosas e mais!

Alguns alimentos são capazes de baixar a pressão e retirar o sódio em excesso do organismo. Clique para saber quais são eles e dicas para controlar a pressão!


Você sabe quais alimentos são indicados para baixar a pressão?

Pessoa medindo a pressão

Existe uma grande variedades de alimentos para baixar a pressão, e eles se dividem entre leguminosas, frutas, sucos, chás, etc. A hipertensão geralmente afeta 1 em cada 3 pessoas adultas. Seguir uma dieta saudável é uma forma de tentar mudar este cenário, tendo em vista a saúde equilibrada.

Medicamentos também podem fazer a diferença, mas o gengibre, salmão, alho, chá-verde, água de coco, clara de ovo, cúrcuma, iogurte, beterraba, espinafre, ameixa seca, romã, banana, cacau e leguminosas podem atuar em quadros iniciais e menos graves. É importante lembrar que outros problemas de saúde podem se desencadear a partir da hipertensão, piorando cada vez mais o estado de saúde do indivíduo.

A pressão arterial precisa de cuidados efetivos visando não só a saúde imediata, mas também o prolongamento de sua vida. Por isso, leia o artigo para saber quais são os alimentos para baixar a pressão!

Entendendo mais sobre a pressão alta

Médico tirando a pressão de paciente

Para compreender a pressão alta por sua totalidade é importante se atentar ao fato de que este problema de saúde pode dar espaço para doenças cardíacas. Sendo assim, conta com a superioridade destes impasses, principalmente a partir da força do sangue.

Ligada ao bombeamento do coração e dos vasos sanguíneos, as artérias precisam criar resistências para dar espaço ao processo de corrida do sangue, ou seja, com a capacidade de um funcionamento pleno. Apesar de ser uma doença silenciosa, pode dar alguns sintomas.

Os principais deles são a falta de ar, dor de cabeça e tontura. A atenção deve ser redobrada, principalmente porque o perigo se encontra na redução da expectativa de vida. Continue lendo o artigo para compreender a pressão alta!

O que é a hipertensão?

A hipertensão se caracteriza por ser uma doença silenciosa, mas problemas iniciais podem ser notados. A descoberta só pode ser feita a partir da medição da pressão arterial, incluindo os aparelhos corretos para tal.

Sendo assim, eles indicam a pressão máxima, além da contração do coração. Chamada sistólica, a pressão mínima é denominada de diastólica. Ou seja, este último processo se aproxima da dilatação dos órgãos. Além disso, incluindo os milímetros de mercúrio.

Para encontrar o equilíbrio da pressão alta a média precisa estar em 120/80mmHg. Outro exemplo, 12 por 8.4. Acima de 140/90mmHg ou 14 por 9, a pessoa é considerada hipertensa.

Perigos e cuidados com a pressão alta

Os perigos da pressão alta se intensificam pela característica assintomática, principalmente pelo seu quadro inicial. Pode desenvolver problemas cardíacos e também altera a expectativa de vida.

Os cuidados que devem ser tomados se encaixam no processo de medição. Mais do que isso, tendo uma certa periodicidade a cada 6 meses e para adultos. Para idosos o processo precisa de mais atenção, indicando um período a cada 3 meses ou até menos.

Tomando ainda mais cuidado, fazer um check-up vascular completo pode prevenir esta doença, problema, fazendo com que se preste mais atenção na saúde individual. Portanto, verificando as condições atuais das artérias.

Como a alimentação pode ajudar a regular a pressão arterial?

Uma alimentação regulada e equilibrada pode ajudar na prevenção da pressão alta, considerando o auxílio de um profissional qualificado. O tratamento da hipertensão se encaixa com uma dieta correta, tendo os alimentos saudáveis para manter tudo em seu melhor estado.

O bem-estar é encontrado a partir desta diferença no estilo de vida, se atentando com algumas coisas que podem dar espaço para este problema de saúde. Ingerir alimentos gordurosos é um perigo que pode ser evitado, além do consumo excessivo do sal que pode piorar ainda mais o quadro. Alimentos naturais dão suporte, retirando do processo diário o sódio e acrescentando um preparo diferenciado.

Alimentos para baixar a pressão

Água de coco em coco ao lado de dois cocos

O consumo de alimentos para baixar a pressão se encaixa naquilo que diz respeito ao processo saudável de uma dieta equilibrada. Mais de 1 bilhão de pessoas sofrem com a pressão arterial, sendo que essa média se aproxima de um terço da população mundial adulta.

Sucos e frutas são alimentos que ajudam a controlar esse problema de saúde, podendo aumentar a expectativa de vida, indo contra doenças cardiovasculares.

A mortalidade prematura também se encaixa neste propósito. Tendo também alguns medicamentos capazes de suprir, eles estão voltados para a conversão de angiotensina, inibição de enzima. Agora, entenda mais sobre os alimentos que são capazes de baixar a pressão!

Gengibre

O gengibre é uma raiz comestível e também uma planta medicinal. Seu sabor é apimentado, mas auxilia o tempero dos alimentos, principalmente para substituir o sal. Conta com um nome científico: zingiber officinalis, podendo ser encontrado em estabelecimentos de produtos naturais, usado para amenizar a pressão arterial.

Para consumir o gengibre é importante saber dosar a sua quantidade, porque ele conta com a sua caracterização apimentada. É uma raiz anti-inflamatória, digestiva, vasodilatadora, anticoagulante, analgésica, antiespasmódica, antipirética. Ou seja, diante de cada dieta específica, variando de pessoa para pessoa.

Os cuidados que devem ser tomados se aproximam das dores de estômago, além da sonolência. O uso excessivo causa ainda alergia, principalmente para indivíduos que fazem o uso de remédios anticoagulantes. Tendo um exemplo, pode aumentar os riscos de hemorragias.

Água de coco

A água de coco é repleta de cálcio, potássio, servindo para controlar a pressão alta, infecções intestinais. Conta com poucas calorias, não tem nenhuma gordura e é diurética. Retira todo o excesso de líquido do corpo, ajudando na perca de peso. É antioxidante, fortalece o sistema imunológico, evita doenças cardiovasculares.

Para tomar a água de coco é importante se atentar o fato de que só se pode 3 copos ao dia, principalmente pelo potássio em sua formulação. Para melhores resultados diários o indivíduo deve contatar um médico, nutricionista, visando o consumo correto, prescrevendo ações fortalecedoras.

Alguns cuidados para o seu consumo devem ser tomados, porque pessoas diabéticas só podem ingerir um copo ao dia. O excesso de seus nutrientes pode causar indigestão, além de intensificar problemas renais.

Chá-verde

O chá-verde é cientificamente chamado de camellia sinensis, e conta com catequinas, incluindo quantidades consideráveis de cafeína, além de ajudar no combate da pressão arterial. Mais do que isso, reduz as chances de infarto, aterosclerose, equilibrando o colesterol do sangue.

Ingerindo o chá-verde é possível adicioná-lo em água fervente, deixando tapado, amornando de 5 a 10 minutos. Ele pode ser tomado até 4 vezes ao dia, coado, adoçado. As folhas servem não só para o chá, como elas podem ser encontradas em cápsulas de emagrecimento.

Se atentando ao seu consumo, o chá-verde pode causar alguns efeitos colaterais. Náuseas, alterações no humor, batimentos cardíacos, dor de estômago, má digestão. A orientação de um profissional precisa ser procurada por pessoas que usam medicamentos de pressão alta, além dos anticoagulantes. Ou seja, estas não podem consumir em excesso.

Clara de ovo

Considerada uma ótima fonte de albumina, a proteína da clara de ovo traz benefícios para restaurar as fibras musculares, além de servir para baixar a pressão. Produz colágeno, mas também é cheia de vitaminas, incluindo A e E, tendo o selênio, zinco.

Para adicionar em uma dieta a clara de ovo precisa ser cozida, mas existem outros processos para o seu consumo. Um deles inclui o suco do limão, contando também com a batata, com ambos servindo para desintoxicar, dar vitamina C. No café da manhã pode ser usada para controlar a fome.

Seus cuidados estão voltados para o seu consumo meio cozido. Sendo assim, é necessário deixar de 3 a 5 minutos após a fervura da água. Podendo consumir apenas duas porções por dia e não é indicada para crianças menores de um ano, porque pode ter um alto potencial em causar alergias.

Beterraba

A beterraba é repleta de vitaminas A, B, C e minerais como zinco, potássio, ferro e magnésio. Esta planta roxa pode combater problemas de pressão alta, reestabelecendo os tecidos que estão em processo de envelhecimento.

Inserida em saladas que são cruas, pode ser cozida ou em suco. A indicação ideal se aproxima de seu consumo de forma crua, porque o seu nutriente conta com um efeito em potencial. Sendo assim, se apresentando como antioxidante, além da betalaína que é essencial.

Moderando o consumo, efeitos negativos podem intensificar questões de cálcio nos rins. Este problema se dá por pessoas que contam com essas pedras, incluindo as que são diabéticas. O índice glicêmico precisa ser moderado, equilibrado, necessitando também de prescrições médicas.

Espinafre

Vitaminas C, E e K estão presentes no espinafre, tendo o betacaroteno e folato. As composições são ótimas para proteger uma pessoa de doenças cardiovasculares, incluindo a pressão alta, colesterol oxidado. Agem até mesmo nas artérias coronarianas, endurecendo o estreitamento delas.

O vegetal em questão pode ser comido cru, cozido, em saladas, sopas, sucos, refogados. Existe a versatilidade em seu consumo, podendo agir com poucas calorias. Serve para dietas específicas, além de enriquecer o processo diário. É um alimento acessível, encontrado nas feiras, mercados.

Indicações devem ser seguidas, considerando o consumo apenas nas principais refeições. Por isso, seus antioxidantes podem acumular uma gordura excessiva, principalmente porque são esses que estão inseridos nas carnes, nos óleos essenciais para a formulação de alimentos. A orientação de um médico é importante, tendo em vista as suas receitas.

Cacau

Promovendo a consistência cardiovascular, o cacau é cheio de flavonoides antioxidantes, fitoquímicos. Mais do que isso, ele ajuda a combater os radicais livres. Pode auxiliar os níveis de colesterol, tendo a pressão arterial como um problema a ser solucionado com ele.

Para ingeri-lo o indivíduo deve usar apenas duas colheres de chá em sua formulação em pó, sendo que são 40 gramas. Pode comer diariamente, mas com o equilíbrio estabelecido, incluindo os grandes efeitos positivos no organismo, bem-estar. Melhora o humor, pode prevenir a trombose, controlar o peso, demência, intestino, etc.

Cuidados devem ser tomados com o seu consumo, porque o excesso pode causar insônia, azia, agitação e diarreia. Por isso, um nutricionista deve ser contatado, visando as prescrições corretas, apresentando todos os processos e quantidades necessárias.

Leguminosas

As leguminosas são essenciais para o dia a dia, tendo em vista todos os nutrientes. Contendo proteínas, vitaminas, minerais, dá a saciedade. Elas são ótimas aliadas para baixar a pressão, podendo também auxiliar o intestino, colesterol, glicemia.

O uso pode ser feito em caldos, saladas, sopas. Além disso, os grãos constituídos são perfeitos para salgados, doces, bolos. Biscoitos e massas podem recebê-las, podendo até mesmo substituir a farinha de trigo. Nesse caso, pessoas com intolerância podem optar, excluindo aquelas que possuem alergias.

Para consumir é importante ter cuidado, porque os compostos das leguminosas podem absorver as proteínas. Sendo assim, pela inserção de taninos, fitatos. É necessário deixá-las em água fria por 12 horas, jogando a água logo após o uso, principalmente se for assar.

Banana

Cheia de potássio, a banana é mineral, servindo para todas as células. Podendo até mesmo regular os batimentos cardíacos, serve para pressão arterial, funcionamentos dos nervos e músculos, principalmente o coração. Melhora a digestão, age como antioxidante.

Pessoas diabéticas podem comer uma banana pequena por dia. É importante que ela esteja mais verde, porque a madura pode ter muitos açúcares. Além disso, existe também a biomassa de banana-verde, contando com a farinha. Nesse caso todas as pessoas podem consumir, controlando a perda de peso, além da prisão de ventre.

Os cuidados devem ser tomados visando as grandes calorias da banana. Ou seja, pode ser misturada com outros itens. A aveia consegue controlar o nível de açúcar da fruta, usando ela como sobremesa após as refeições. A distribuição de outros alimentos pode fazer com que a gordura dela não seja totalmente distribuída no corpo.

Romã

Romã é uma fruta que contém flavonoides, ácido elágico, quercetina. Todos estes agem como antioxidantes, prevenindo o Alzheimer, câncer, além de controlar a pressão. Age como anti-inflamatória, antisséptica, combatendo, aliviando dores de garganta, por exemplo.

Pode ser feito um chá com ela ou consumi-la fresca, natural. Suas sementes devem ser retiradas utilizando uma colher pequena ou mergulhando ela em água gelada. Este processo ajuda a desgrudar as sementes da casca.

Em excesso o chá com a casca e pó da raiz pode fazer com que o consumidor tenha náuseas, causando vômitos. Grandes dosagens também causam distúrbios visuais, incluindo enjoo, irritação gástrica, tontura, muitos calafrios.

Ameixa seca

As ameixas secas ajudam na digestão, além de aliviar a prisão de ventre. Tendo sorbitol e fibras, elas contam com minerais, vitaminas nutritivas, etc. Mais do que isso, ajudam baixar a pressão, deixando até mesmo a pele brilhante, com aspecto altamente saudável.

Para ingeri-las é possível acrescentar iogurte, tendo os cereais, aveia. Sucos podem conter elas, assim como molho para carnes ou geleias. A formulação permite que sejam usadas em confeitarias, principalmente para substituir os açúcares, gorduras. Por isso, acrescentadas em biscoitos, pudins, bolos.

O consumo deve ser adequado, equilibrado, porque apenas 40 gramas são o suficiente. Ou seja, de 4 a 5 passas. Com 96 calorias, as dosagens ainda precisam se adequar com a idade, gênero, tolerância, saúde. Um médico deve ser consultado, indicando aquilo que é necessário para cada um.

Iogurte

O iogurte conta com cálcio, servindo como calmante, para os ossos. Além disso, pode ajudar no processo de baixar pressão, melhorando a imunidade, limitando os riscos de câncer. É um alimento essencial, diário, complementando dietas, alimentações mais formuladas.

O preparo deve ser feito em consumo durante a manhã, incluindo frutas, cerais. A granola, o chocolate, geleia, o mel também podem ser acrescentados. Serve para acompanhar outros alimentos que não contam com tantos açúcares, dando a naturalidade do alimento em questão.

É importante se atentar ao fato de que a grande concentração de lactose pode prejudicar, principalmente aquelas que não podem consumir o açúcar do leite. Ainda assim os integrais contam com gorduras, mas são bem mais balanceados. Pessoas com tendências cardíacas devem tomar cuidado, procurando consulta médica.

Cúrcuma

Para problemas de pele, digestivos, arteriais, de pressão a cúrcuma pode ser utilizada. Incômodos podem ser tratados, além de dores em geral. A medicina indiana costuma usar, fazendo uma ligação entre a mente, corpo, alma.

É encontrada em pó, para carnes, legumes, em países orientais. O uso pode ser feito da raiz, consumindo em cápsulas, usando as folhas para a preparação de chás. Mais do que isso, apenas o seu gel que pode ser misturado para passar na pele, em psoríase.

Seus efeitos colaterais estão voltados para o consumo excessivo, causando irritação no estômago, enjoo. Pessoas que estão tomando remédios anticoagulantes não podem consumi-la, tendo em vista a obstrução das biliares, pedras na vesícula. Mulheres grávidas só podem comer com prescrição médica e orientação nutricional.

Alho

Diminuindo o colesterol, o alho serve para regular a pressão. Mais do que isso, combate bactérias, fungos e protege o coração. Seus grandes benefícios se atrelam com compostos sulfurados, tendo a alicina, além de seu cheiro essencial por propriedades funcionais.

As suas propriedades são adquiridas no consumo, podendo usar 1 dente de alho fresco por dia. Amassado ou picado serve para aumentar a quantidade de alicina. Incrementa saladas, carnes, molhos e macarrões.

Em excesso pode causar problemas digestivos, gases, cólicas, vômitos, dor nos rins, tontura. Além disso, ele é contraindicado para recém-nascidos, e pessoas com risco de hemorragias e que utilizam remédios para afinar o sangue.

Salmão

O salmão é rico em ômega 3, contendo ácidos graxos poli-insaturados, eicosapentaenoico, com seu DHA de ácido docosa-hexaenoico. Estas gorduras são atuantes para o bom funcionamento do cérebro, sistema nervoso, coração, artérias, para uma pressão controlada.

Para consumir este peixe com suas propriedades é importante que ele seja cru ou cozinhado. As temperaturas elevadas não são colaborativas, podendo perder os nutrientes, ômega 3. Mais do que isso, em outras formulações ele pode ficar sem as proteínas, cálcios, ferros, vitaminas.

Existem um problema que pode causar risco de intoxicação, mas apenas com a sua contaminação e cru. Parasitas e bactérias podem se estabelecer, precisando do congelamento do mesmo. Aqui as baixas temperaturas fazem a diferença, eliminando aquilo que pode causar desconfortos desnecessários.

Principais alimentos para evitar que aumentam a pressão

Hambúrguer, copo com refrigerante e batatas fritas

Existem alimentos que pessoas hipertensas não podem consumir, incluindo aqueles que são compostos por sódio. Além disso, o potássio embutido pode elevar o nível da pressão, e o consumo nesse caso deve ser moderado, orientado. Aqueles que são industrializados afetam também as artérias, incluindo o álcool, açúcar, etc.

Leia os tópicos a seguir para saber quais são os componentes prejudiciais para pessoas com aumento de pressão!

Sal e sódio

Sendo difícil controlar a alimentação com a rotina do dia a dia, pessoas com pressão alta não podem comer qualquer comida. Existe uma certa quantidade no consumo de sódio e sal, principalmente pela inserção dele que deve ser moderada. Por isso, é importante se atentar.

Estudos especializados garantem que o consumo descontrolado altera os níveis de pressão, mas isso não tem uma idade estabelecida. Pessoas idosas podem se prejudicar mais, mas jovem também correm grandes riscos de saúde com o consumo excessivo.

Alimentos embutidos

Os alimentos que são embutidos ou enlatados prejudicam a pressão, tendo em vista suas respectivas composições. Sendo assim, a alta taxa de sódio também se faz presente. O mineral que é usado para conservar pode prejudicar, principalmente aqueles alimentos que possuem 680 gramas de sódio.

Por isso, a média correspondente se aproxima de 28% daquilo que uma pessoa adulta deve consumir de produto embutido. O valor indicado é equivalente a 2 gramas diárias, principalmente por estudos concretizados pela Organização Mundial de Saúde. Portanto, a atenção deve ser redobrada.

Alimentos industrializados

Acrescentando os alimentos industrializados, uma pessoa com altos níveis de pressão não pode consumir. Isso se dá pela quantidade de sódio presente, principalmente os processos para amaciar as carnes, por exemplo. Além disso, os caldos de legumes, molhos de soja.

Incluindo ainda as sopas em pó, o macarrão instantâneo, linguiça, molho inglês, salsicha, salame, bacon. Todos estes alimentos prejudicam a saúde, não permitindo o bem-estar de uma pessoa que corre sérios riscos de se complicar com a inserção de itens assim.

Açúcar

Como um grande fator de risco para pessoas hipertensas, o açúcar em excesso eleva o nível de pressão alta e a longo prazo. O sobrepeso está em ligação com este elemento, podendo causar grandes riscos de saúde. Outras doenças podem se desenvolver, principalmente servindo como mecanismo.

A Organização Mundial da Saúde recomenda o uso do açúcar refinado, mas que sua quantidade não ultrapasse 30 gramas por dia. Um exemplo a ser usado se caracteriza pelo café, sendo que apenas 2 colheres já é quase metade da quantidade indicada para ingerir.

Álcool

O álcool pode prejudicar pessoas com problemas de pressão arterial, e a sua complicação também se assemelha com a quantidade que uma pessoa ingere. O consumo em excesso eleva a pressão arterial, sendo que esta está atrelado com o processo de doenças cardíacas.

Com o passar do tempo a bebida vai elevando a ação direta com a pressão, ocupando o espaço da parede das artérias, onde pode prejudicar o bombeamento do sangue pelo corpo. Além disso, o álcool pode reduzir os níveis de óxido nítrico e seu elemento pode dar o relaxamento para os vasos.

Torne a sua alimentação mais saudável e veja os benefícios na sua vida!

Alimentos saudáveis

Uma alimentação saudável faz a diferença na vida de uma pessoa que conta com problemas de pressão, porque grandes benefícios podem ser visualizados com a mudança de sua rotina diária.

Acima alguns alimentos foram indicados para uma saúde equilibrada, tendo em vista os problemas que podem causar em excesso, além das usabilidades. Contraindicações também foram ressaltadas, tendo em vista a expectativa de vida.

Não sendo apenas prejudicial para pessoas idosas, jovens podem evitar, colaborar, contribuir para o próprio bem-estar. Um médico deve ser consultado, porque suas prescrições serão concretas, principalmente pela sua especialidade nutricional. Portanto, não se pode deixar a saúde em segundo plano.

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


alimentação

Artigos relacionados


Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Quer saber como aumentar sua imunidade e ter acesso a outras informações relevante? Leia este artigo e veja como melhorar sua saúde com a alimentação!


Psyllium: benefícios, para que serve, efeitos colaterais, como tomar e mais!

Psyllium: benefícios, para que serve, efeitos colaterais, como tomar e mais!

As sementes de psyllium podem trazer vários benefícios para a saúde. Leia o artigo e descubra para que elas servem e muito mais!


Benefícios do Damasco: para emagrecimento, saúde ocular e mais!

Benefícios do Damasco: para emagrecimento, saúde ocular e mais!

O damasco é fonte de fibras, vitaminas e minerais essenciais para a saúde. Descubra neste artigo, os principais benefícios, dicas de consumo e muito mais!


Batata: benefícios, tipos, propriedades e nutrientes, malefícios e mais!

Batata: benefícios, tipos, propriedades e nutrientes, malefícios e mais!

Com muitas variações, a batata é fundamental para uma boa alimentação e é cultivada mundialmente. Saiba mais!


Castanha-do-Pará: benefícios, malefícios, propriedades e mais!

Castanha-do-Pará: benefícios, malefícios, propriedades e mais!

A castanha-do-pará está cada vez mais presente na alimentação das pessoas e traz vários benefícios. Leia esse artigo e descubra como consumir corretamente!


Últimos posts


Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lentes de contato denotam má sorte? Descubra tudo sobre esse sonho e seus significados nesse atigo!


Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Os Salmos da Bíblia cristã são um convite a expressar a fé e pedidos genuínos, aliados a um profundo senso de gratidão a Deus. Conheça mais sobre esses textos!


Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Conhecido por ser um grande guerreiro, o Caboclo Sete Flechas quebra qualquer demanda e ensina de forma branda e serena. Confira!


Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Você conhece o Anjo Miguel? Conheça a história, significado, oração e muito mais sobre esse poderoso Arcanjo e como pode trazer auxílio em sua vida.


Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Santa Maria Madalena é a padroeira de todos os pecadores arrependidos, das mulheres e das mães solteiras. Confira aqui como pedir a sua intercessão!