Chá de bardana: para que serve? Benefícios, efeitos colaterais e mais!

Chá de bardana: para que serve? Benefícios, efeitos colaterais e mais!

O chá de bardana combate problemas renais e várias outras condições de saúde devido às suas propriedades benéficas. Quer saber mais? Leia o nosso artigo!


Por que tomar chá de bardana?

Chá de bardana.

Conhecida também como Bardana-maior ou Pega-moço, a bardana e uma planta usada no tratamento de problemas dermatológicos mais simples. De nome científico Articum lappa, ela pode ser comprada com facilidade em lojas de produtos naturais, assim como em feiras livres.

Em geral, o chá de bardana é consumido por pessoas que apresentam problemas intestinais, já que a planta possui propriedades que atuam no sentido de combater condições como a má digestão e a prisão de ventre. Além disso, devido à sua capacidade anti-inflamatória, a bardana é recomendada para o tratamento de dores de estômago.

Porém, vale destacar que a sua atuação é mais extensa do que isso e que o chá de bardana pode combater desde a retenção de líquidos e a celulite até alguns problemas renais, como as cólicas. A seguir, veja mais sobre as propriedades, as origens e os usos cotidianos da bardana!

Mais sobre o chá de bardana

Chá de bardana.

O chá de bardana tem as suas origens ligadas à Europa e já era utilizado pelos gregos para cuidar de problemas de pele devido às suas propriedades bactericidas – algo que permanece até os dias de hoje.

Além disso, a planta também possui alguns usos associados à culinária na modernidade. Estes aspectos, bem como as contraindicações da bardana, serão explorados na próxima seção do artigo. Acompanhe!

Propriedades da bardana

Devido às suas propriedades anti-inflamatórias e bactericidas, a bardana pode ser usada para o tratamento de alguns casos de problemas gástricos, como as dores de estômago sem uma causa definida e a gastrite. Isso acontece porque ela proporciona alívio para a mucosa e possui ação colagoga e colerética, estimulando o funcionamento da vesícula biliar.

Além disso, a planta também atua no sentido de eliminar problemas como a retenção de líquido e combate a celulite graças às suas propriedades diuréticas e depurativas. Porém, para obter este benefício, o consumo do chá precisa ser aliado a uma boa dieta.

Origem da bardana

Em termos de história, é possível afirmar que a bardana possui as suas origens ligadas à Europa. Os gregos utilizavam-na para o tratamento de várias doenças ainda na antiguidade devido às suas propriedades bactericidas, que ajudavam no tratamento contra as doenças de pele.

Sobre este uso específico, é possível afirmar que a fama da bardana foi conquistada após o rei Henrique III, da França, utilizar a planta como o tratamento para uma condição cutânea. Porém, saindo um pouco da Europa, é possível afirmar que os curandeiros da China, especialmente os mais tradicionais, faziam uso da raiz da planta associada a outras para o combate de resfriados e até do sarampo.

Efeitos colaterais

A bardana possui alguns efeitos colaterais que fazem com que ela deva ser evitada por grupos específicos, como as grávidas, as crianças e as pessoas que estejam sofrendo com diarreias. Isso acontece devido à sua capacidade de aumentar a frequência urinária, assim como de provocar contrações no útero.

Além disso, o consumo do chá também deve ser observado com atenção e não pode ser feito sem acompanhamento médico por pacientes com diabetes. Como a bardana é capaz de aumentar os níveis de açúcar no sangue destes pacientes, isso pode se tornar problemático.

Contraindicações

A bardana é contraindicada para gestantes devido à sua capacidade de provocar contrações no útero, o que pode provocar abortos ou causar danos aos fetos. Além disso, também deve ser evitada por crianças e idosos.

Como se trata de uma planta que estimula os movimentos do intestino, pessoas que já estejam sofrendo com condições como a diarreia também precisam evitar o consumo do chá de bardana.

Por fim, vale citar que a planta pode ser prejudicial para os diabéticos por aumentar o seu nível de açúcar no sangue. Logo, não é recomendado a consumir sem o acompanhamento de um médico.

Benefícios do chá de bardana

Folhas de Bardana.

O chá de bardana traz diversos benefícios para a saúde, que vão desde coisas estéticas, como o combate à celulite, até o alívio de problemas estomacais diversos. Isso acontece devido às suas diversas propriedades, capazes de tratar condições de saúde crônicas, como a diabetes, quando administrada de forma controlada e com o apoio de um profissional.

A seguir, mais detalhes sobre os benefícios de consumir o chá de bardana serão comentados. Veja mais!

Diurético

Graças às suas propriedades diuréticas e depurativas, o chá de bardana é capaz de promover a eliminação do excesso de líquido no organismo. Isso acontece através do aumento da frequência urinária, o que previne o acúmulo de líquido.

Portanto, no caso de pessoas que estão procurando emagrecer, o chá de bardana pode ser extremamente positivo quando combinado com uma alimentação de qualidade. Porém, vale ressaltar que este uso deve ser acompanhado por um profissional, como um nutricionista, que vai saber orientar as quantidades adequadas para cada organismo.

Ajuda nos problemas estomacais

O chá de bardana pode ajudar a aliviar uma série de problemas estomacais, desde as dores sem uma razão aparente até as condições como a gastrite. Esse efeito da bebida está ligado à sua propriedade calmante e anti-inflamatória, que promove alivio para as irritações associadas à mucosa do estômago.

Vale ressaltar também que, como a bardana possui uma ação colagoga e colerética, ela é capaz de estimular o funcionamento de vesícula. A consequência deste estímulo é a facilitação da digestão, o que evita desconfortos mais cotidianos relacionados ao estômago.

Combate a celulite

Além de combater o acúmulo de líquido, as propriedades diuréticas do chá de bardana também são capazes de ajudar no combate à celulite. Como a retenção de líquido é uma das causas da formação das celulites, a planta também atenua o surgimento destas no corpo. Porém vale frisar que este efeito precisa ser combinado a uma boa alimentação.

Também é interessante pontuar que o chá de bardana precisa ser associado a uma rotina de exercícios para que a sua função de combate à celulite seja plenamente ativada. Dessa forma, o mais recomendado é procurar por orientação profissional para saber as quantidades indicadas.

Ajuda nas dores renais

A bardana ajuda a aliviar as dores provocadas por cólicas renais mais leves. Além disso, ela também pode prevenir o seu surgimento graças à sua ação diurética. Isso acontece porque, como o chá estimula a produção de urina e aumenta a frequência urinária de quem o consome, essas pessoas se tornam capazes de eliminar pequenas pedras, que provocam muita dor.

Logo, quem sofre com problemas desta natureza deve buscar os conselhos de um médico para consumir quantidades adequadas de chá de bardana e tornar os seus efeitos realmente positivos, diminuindo desconfortos e melhorando a sua qualidade de vida.

Ajuda a controlar a diabetes

Quando usada da forma correta e com o acompanhamento de um profissional capacitado, a bardana pode ajudar a controlar a glicose. Entretanto, um paciente diabético não deve tentar tomar o chá por conta própria, porque os efeitos podem ser opostos, provocando excesso de açúcar no sangue, o que vai exigir um controle mais rigoroso posteriormente.

Mas, quando o uso do chá de bardana é feito de forma correta, ele ajuda a manter os níveis de insulina dentro do esperado.

Auxilia no tratamento da depressão e estresse

O chá de bardana é altamente indicado para as pessoas que sofrem de depressão e que passam por situações de muito estresse em seus dias. Isso porque ela auxilia no controle de alguns aspectos, como a ansiedade, que pode vir a desencadear outros tantos problemas relacionados a estas questões mentais.

O motivo pelo qual o chá feito com esta planta causa este efeito é pelo fato de ela carregar consigo propriedades calmantes e relaxantes, que podem garantir até um sono mais leve e tranquilo. Sendo assim, as pessoas que enfrentam estes quadros podem associar este chá aos seus tratamentos, sempre respeitando os limites de quantidades diárias.

Melhora a pele

Ainda como parte da vastidão de propriedades da bardana, esta planta também beneficia muito a pele, pois conta com propriedades adstringentes que são positivas para trazer um aspecto mais viçoso e jovial, podendo ser vista até como uma auxiliar muito positiva para o combate ao envelhecimento precoce neste sentido.

Além destes fatores, o motivo pela qual a bardana também é positiva para a pele é devido às suas ações cicatrizantes e antibacterianas, que limpam a pele e garantem que esta esteja livre de agentes negativos, podendo ser usada até para o tratamento de eczemas e acne.

Remove toxinas do sangue

A bardana conta com uma ação depurativa muito importante. Por isso, o uso de seu chá e também de outros componentes que podem ser produzidos a partir desta poderosa planta auxiliam na eliminação de toxinas do sangue, evitando que doenças e outros distúrbios venham a ocorrer neste setor.

Esta ação depurativa melhora muito a qualidade de vida, pois purifica o sangue, evitando que outras doenças oportunistas possam afetar o sistema imunológico da pessoa. O mesmo acontece em relação ao fato de a planta ser depurativa, pois elimina através da urina as toxinas que poderiam prejudicar a saúde do indivíduo.

Antioxidante que fortalece a imunidade

Devido às suas diversas ações combativas, o uso da bardana em seu cotidiano pode garantir um fortalecimento maior da imunidade, pois ela pode impedir que doenças simples e comuns afetem o seu organismo. Até gripes e resfriados passam a ser menos notados pelos indivíduos que fazem uso do chá desta planta.

Vale destacar que ela rica em vitaminas, como A e B1, que são necessárias para este fortalecimento do sistema imunológico, bem como outras propriedades, como fósforo, ferro e cálcio. Além disso, há sais mineiras presentes em abundância em sua composição.

Desintoxica o fígado

A bardana possui ações muito positivas em relação ao organismo, garantindo uma digestão muito melhor. Isso beneficia diretamente o fígado, evitando que este fique sobrecarregado por gorduras e outros compostos que podem causar problemas mais graves.

Sendo assim, o consumo do chá de bardana realiza também este processo de desintoxicação do órgão essencial para o bom funcionamento do corpo, garantindo mais saúde para a sua vida.

O uso do chá de bardana também pode ser muito positivo no auxílio de tratamentos de doenças do fígado mais graves, como hepatites e cirrose, até mesmo cálculos biliares, que são mais comuns.

Antibacteriano e fungicida

Devido às propriedades antissépticas encontradas na bardana, ela é uma excelente auxiliar para o tratamento caseiro de espinhas, por exemplo, pois ajuda a limpar a pele e garantir que invasores não venham causar problemas, como a presença de fungos e bactérias nocivas.

Por tanto, a bardana é altamente indicada para melhorar a saúde da pele e evitar que problemas e doenças venham a surgir. Seus componentes bactericidas são muito eficientes e beneficiam a saúde da pele, assim como o fato de ela contar com ações antissépticas e de limpeza.

Chá de bardana

Xícara de chá de bardana.

Após conhecer um pouco as respeito das vantagens e os benefícios de consumir a bardana em seus dias, é possível entender os motivos pelo qual o uso constante, sempre respeitando os limites indicados, do chá de bardana pode melhorar muito a sua saúde de um modo geral, pois são vários os aspectos que serão beneficiados ao mesmo tempo.

Esta é uma planta de ações muito positivas, que controla desde a saúde da pele até os níveis de glicose no sangue, facilitando a vida de indivíduos que enfrentam doenças graves e prevenindo que outras possam vir a surgir. Abaixo, confira como é feito o chá de bardana!

Indicações

O chá de bardana é indicado para os pacientes que enfrentam diversos problemas de saúde, pois pode auxiliar no combate a estas questões. Portanto, aos que possuem problemas urinários, por exemplo, ela será uma excelente aliada, pois conta com ações diuréticas e depurativas, que fazem uma limpeza mais profunda também no sangue, liberando as toxinas e eliminando elas do corpo.

Também ajuda na redução de líquidos, que podem ser retidos pelo corpo. Os pacientes que lidam com questões psicológicas, como depressão, ansiedade e estresse, podem fazer uso para melhorar os seus dias e amenizar os sintomas destes distúrbios da mente, devido à ação calmante da planta.

Ingredientes

O chá de bardana pode ser feito de algumas formas distintas, a depender do motivo pelo qual a planta está sendo usada. A seguir, confira os ingredientes para o preparo do chá para combater problemas gástricos, de retenção de líquidos e cólicas renais.

Chá para problemas gástricos:

- 3 colheres de sopa da raiz de bardana;
- 2 litro de água;

Chá para retenção de líquidos:

- 1 colher de sopa de bardana;
- 300 ml de água;

Chá para cólicas renais:

- 1 litro de água;
- 1 sola de folhas de bardana picada.

Como fazer

Para o preparo do primeiro chá, para problemas gástricos, coloque as 3 colheres de raiz de bardana em uma panela e deixe que ferva com 1 litro de água por 5 minutos. Depois, coe a mistura e beba 3 xícaras ao dia.

Já para o segundo, para combater celulite e retenção de líquidos, coloque 1 colher da bardana em uma panela com 300 ml de água e ferva por 10 minutos. Em seguida, beba de 2 a 3 xícaras ao dia.

Para evitar cólicas renais ou diminuir os efeitos destas, coloque 1 litro de água para ferver e 1 colher de sopa de folhas de bardana picadas. Em seguida, deixe que fique repousando por 10 minutos com fogo desligado. Ao amornar, consuma o chá ao longo do dia em algumas doses.

Com que frequência posso tomar o chá de bardana?

Chá de bardana em cima de mesa.

A frequência da utilização do chá de bardana não deve ser mais do que 3 xícaras de cerca de 200 ml ao dia. Isso porque o excesso, por mais que seja de uma planta, pode acabar causando alguns problemas de saúde e prejudicando o bom desempenho que ela teria em seu organismo.

Caso seja consumida em excesso, os efeitos que poderão ser notados são o aumento de frequência urinária, contrações uterinas e aumento dos níveis de açúcar no sangue, em especial para os pacientes diabéticos. As grávidas, vale destacar, nunca devem usar o chá de bardana.

Portanto, os pacientes que usarem deste chá devem tomar cuidado para que não ultrapassem os limites e acabem perdendo os benefícios da planta.

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


chás

Artigos relacionados


Chá de casca de maracujá: para que serve, benefícios, como fazer e mais!

Chá de casca de maracujá: para que serve, benefícios, como fazer e mais!

Já ouviu falar do chá de casca de maracujá? Pois saiba que ele tem muitas propriedades. Confira tudo sobre esse chá neste artigo e saiba como aproveitar!


Chá de capim-cidreira: para que serve, benefícios, como fazer e mais!

Chá de capim-cidreira: para que serve, benefícios, como fazer e mais!

Você sabe se o chá de capim-cidreira pode ser utilizado por qualquer pessoa e tomado à vontade? Tire essas e muitas outras dúvidas sobre essa bebida aqui!


Chá de Cana-do-brejo: para que serve, efeitos colaterais, como fazer e mais!

Chá de Cana-do-brejo: para que serve, efeitos colaterais, como fazer e mais!

O chá de cana-do-brejo conta com propriedades anti-inflamatórias, adstringentes e que melhoram o funcionamento dos rins. Veja mais!


Chá para gripe: Confira 10 receitas que irão melhorar a gripe e o resfriado!

Chá para gripe: Confira 10 receitas que irão melhorar a gripe e o resfriado!

Não há nada pior do que ficar indisposto por causa de uma gripe. Leia o artigo e confira 10 chás infalíveis para se livrar da gripe e recuperar sua energia!


Chá para gastrite: 10 opções que irão melhorar a queimação no estômago!

Chá para gastrite: 10 opções que irão melhorar a queimação no estômago!

A gastrite causa desconforto e exige tratamento. Mas você sabia que existem chás que auxiliam no alívio dos sintomas? Confira neste artigo 10 receitas de chás!


Últimos posts


O que significa sonhar com muitas baratas? Na cama, no corpo e mais!

O que significa sonhar com muitas baratas? Na cama, no corpo e mais!

Saiba que sonhar com muitas baratas traz significativas mensagens para seu futuro. Conheça todas as simbologias por trás de seu sonho aqui!


Sonhar com barata voadora: Morta, atacando, voando, no cabelo e mais!

Sonhar com barata voadora: Morta, atacando, voando, no cabelo e mais!

Quer saber o que significa sonhar com barata voadora? Se surpreenda com o significado do sonho com esse inseto, temido por muitas pessoas.


Sonhar com barata: Gigante, viva, morta e mais!

Sonhar com barata: Gigante, viva, morta e mais!

Você sonha com baratas? Acha nojento e deseja saber o significado desses sonhos? Este artigo é para você! Entre e saiba tudo sobre sonhar com baratas.


Grabovoi: Origem, fundamentos, sequências numéricas e mais!

Grabovoi: Origem, fundamentos, sequências numéricas e mais!

Encontre as sequências certas para transformar sua vida através do método Grabovoi de maneira rápida e simples nesse artigo!


Sonhar com criança perdida: Filho, filha, desconhecida e muito mais!

Sonhar com criança perdida: Filho, filha, desconhecida e muito mais!

Saiba que sonhar com criança perdida fala sobre sentimentos a serem encarados e problemas familiares. Confira em nosso artigo as interpretações desse sonho!


Palavras do momento

Palavras-chave do momento no Sonho Astral


horas animais signos números religiões