Tarot: o que é, tipos de tiragens, significados das cartas e mais!

Tarot: o que é, tipos de tiragens, significados das cartas e mais!

Tarot, o oráculo ancestral que expõe segredos da alma em cartas na mesa. Leia neste artigo como desvendar as 78 cartas.


O que é o Tarot?

Cartas de tarot espalhadas.

O Tarot é um oráculo divinatório que usa 78 cartas, divididas entre arcanos maiores (os 22 primeiros e arcanos maiores (os demais). Seu uso é amplamente difundido, podendo ter como foco o autoconhecimento ou a resposta divinatória acerca das questões perguntadas às cartas. Por ser um dos oráculos mais conhecidos, o Tarot possui milhares de variações.

Para o estudo de Tarot é necessário dispor de tempo, pois cada uma das cartas possui diversos detalhes e diferentes interpretações, dependendo do método de tiragem e até de sua posição. Para entender como desvendar os mistérios presentes em cada carta e conhecer técnicas de tiragem, leia aqui!

História e fundamentos do Tarot

Cartas de tarot espalhadas.

Desde as civilizações mais antigas, a previsão do futuro é algo que instiga a humanidade. Para isso foram criados diferentes oráculos, que passaram por aperfeiçoamento e modificações ao longo do tempo. Com o Tarot, não foi diferente. A leitura das cartas e suas interpretações foram evoluindo desde sua criação.

Origem e história

A origem do Tarot não possui um registro datado. Porém, no século XIV cartas com os naipes de copas, paus ou gravetos, espadas e ouros ou moedas, faziam sucesso nas cortes francesa e italiana. Com o tempo começaram a surgir também os demais naipes, criados por artistas famosos que atendiam a encomendas de famílias da nobreza.

No período, famílias ricas encomendavam as chamadas “cartas do triunfo”, representando de forma artística os membros do grupo familiar. Naquela época, o baralho não possuía sentido divinatório, mas entre o final do século XVI e o início do século XVII essa possibilidade começou a surgir.

Anteriormente a isso, só se tem registro do o uso de baralho para fim divinatório remetendo ao baralho mameluco. O jogo de cartas conhecido também como "Mamluk" foi levado da Turquia para a Europa Ocidental e seu nome é referência ao sultanato mameluco do Cairo, no Egito.

O deck de "Mamluk" contava com os naipes de reis e deputados que seriam os funcionários do rei, algo que pode ser comparado com o cavaleiro no baralho atual. O Mamluk contava também com os naipes já mencionados (taça/copas, bastão/paus, moedas/ouros e espadas).

Objetivos

A partir do momento que o Tarot passou a ser usado com intuito divinatório, outras possibilidades esotéricas foram atribuídas ao objetivo do jogo, que nas formas antecessoras tinha como foco puramente o entretenimento. No século XVIII, já era uma prática existente a atribuição de significados místicos e interpretativos às cartas.

Na atualidade, o uso de Tarot pode ser feito tanto como uma ferramenta dentro de uma jornada de estudos esotéricos, quanto como um instrumento que visa uma forma de autoconhecimento. Um dos baralhos mais famosos, o de Rider Waite, foi criado com um livro que atribuía significados esotéricos aos símbolos das cartas.

Usado até os dias atuais, o deck de Rider Waite faz uso de cores e elementos presentes nas imagens para transmitir mensagens que estão presentes no inconsciente coletivo. O uso do instrumento pode ser interpretativo, fazendo análise da questão vivida com as respostas apresentadas pelos símbolos, mais ainda, gerando uma reflexão interna.

Benefícios

A leitura de cartas como o Tarot pode trazer inúmeros benefícios. Cada lâmina possui simbologia múltipla, possibilitando ser interpretada de forma adequada para cada situação. Toda a simbologia do tarô é um convite para o contato consigo mesmo, pois as cartas refletem aspectos presentes nos indivíduos que muitas vezes são negados pelos mesmos.

O Tarot ensina sobre a necessidade de enxergar as próprias sombras e seus pontos de fraqueza, assim como, também reflete os aspectos positivos, sejam comportamentais ou intelectuais, que podem não terem sido enxergados até então. Toda jornada proposta pelo Tarot providencia uma experiência interna de reflexão.

Para além das questões relativas à previsão de possibilidades futuras, a leitura deve se aprofundar também nos significados profundos das cartas, que podem ser refletidos nas próprias pessoas. No entanto, o seu uso para fins divinatórios também pode acalmar angústias e diminuir ansiedades com relação a assuntos que não são controláveis.

Métodos de tiragem do Tarot

Cartas de tarot em um baralho.

Assim como existem diversos baralhos de Tarot, existem diferentes tipos de tiragem. Essa expressão refere-se à forma que o baralho é consultado, seja pela disposição das cartas ou a ordem em que são interpretadas. O método também pode interferir na quantidade de cartas jogadas. Conheça os métodos de tiragem abaixo:

Tiragem de uma carta

Começando por uma carta, o método de tiragem única é autoexplicativo. A técnica consiste em interpretar somente uma carta por pergunta ou aconselhamento, sendo muito usada por iniciantes no Tarot, pois desta forma somente uma carta terá seu significado desvendado. O método mais simples de todos não demanda a interpretação de relações entre cartas

Entretanto, na tiragem de uma carta é o conhecimento profundo de uma delas. Para fazê-lo é necessário escolher uma carta do baralho completo e fazer uma pergunta objetiva, o mais clara possível. A partir do resultado é feita a interpretação, que se dá de forma simples, levando em consideração o significado do arcano em questão.

Quando a pergunta é relacionada a um desafio, carma ou orientação, o arcano de resultado será a expressão do que não está sendo feito pelo consulente. Seguindo essa lógica, o conselho representa as características e posturas que deverão ser assumidas por ele segundo o conselho do Tarot.

Tiragem linear de três cartas

Uma das técnicas de tiragem mais comuns é a linear de três cartas. Isso porque nessa tiragem, são usados apenas três arcanos, como o nome sugere. As três cartas podem refletir tanto o passado, o presente e o futuro quanto a situação, o problema e o conselho. Nesse método, as cartas são lidas da esquerda para a direita.

Passado (reflete uma situação que já ocorreu) - Presente (mostra algo que não está sendo observado no momento atual - Futuro (é o conselho sobre como lidar com o presente de uma forma que se alcance as metas no futuro).

Situação (representa o que se deseja ou a situação em que se encontra) - Problema (é o obstáculo a ser enfrentado na jornada) - Conselho (o que fazer para conseguir ultrapassar o obstáculo e sair da situação ou alcançar o que se deseja.

Também existem variações desse método, como a possibilidade analisar um relacionamento. Neste caso, a carta 1 representaria a pessoa, a 2 seria a quem se deseja e a 3 o desfecho ou predição para a relação.

Tiragem variante de três cartas

O método de tiragem variante de três cartas se assemelha com o linear de três cartas, porém, não segue uma linha cronológica. Essa técnica é aconselhada para situações em que existe alguma dúvida entre duas opções. Colocando em prática, a tiragem variante de três cartas se apresenta na forma de triângulo, que deve ser lido a partir da base esquerda.

Algumas opções de leitura usando a tiragem variante de três cartas:

Carta da base esquerda (representa o aspecto negativo) - Carta da base direita (mostra o aspecto positivo) - Carta superior (conselho para escolha).
Carta da base esquerda (fala sobre os aspectos da primeira opção na pergunta) - Carta da base direita (aborda detalhes da segunda opção mencionada) - Carta do topo (explica como escolher entre as duas opções).

Tiragem cruzada de três cartas

Na tiragem cruzada de três cartas, é feito um processo para interpretar situações que se mostram complexas e desafiadoras. Para isso são colocadas três cartas dispostas de forma que uma delas esteja sobre a outra, mas a terceira esteja distante. A leitura se inicia a partir da carta que ficou por baixo, seguindo para a que está sobre ela e por último a externa.

Algumas opções de leituras usando o método de tiragem cruzada de três cartas:

Primeira carta (é a carta que se encontra debaixo da segunda e representa a situação colocada na pergunta) - Segunda carta (está repousada em cima da primeira e mostra o empecilho ou obstáculo da situação) - Terceira carta (é a carta que está deitada próxima às outras. Reflete o conselho para a situação.

Primeira carta (abaixo da segunda; nesse caso mostra a oportunidade presente na pergunta) - Segunda carta (está em cima da primeira, mostra o desafio) - Terceira carta (está distante das duas primeiras e mostra o possível desfecho da situação).

Tiragem cruz de cinco cartas

A tiragem de cruz de cinco cartas é chamada também de tiragem diamante. Esse método de Tarot é comumente usado para entender de forma mais aprofundada uma questão que está se vivenciando, mostrando aspectos que não são enxergados até o momento e oferecendo uma possível solução. Na tiragem são usados todos arcanos.

Após embaralhadas, as cartas são dispostas na forma de uma cruz, sendo a carta central a primeira a ser analisada, seguindo para a esquerda, ao seu lado, em sequência é tirada a terceira, que está posicionada na ponta direita da cruz, por fim são lidas a ponta inferior e superior.

Método de leitura usando o método de cruz de cinco cartas:

Primeira carta (situação que se deseja entender) - Segunda carta (influência que não consegue enxergar) - Terceira carta (influência já observada) - Quarta carta (sinaliza o que deve ser feito para solucionar o problema) - Quinta carta (solução da questão).

Tiragem péladan de cinco cartas

Criado pelo francês Josephin Peladan, também fundador da ordem esotérica Rosa-Cruz, o método de tiragem de Tarot que leva o nome de seu criador se direciona para perguntas objetivas temporais. As cartas são dispostas em forma de cruz e são explorados o presente da situação, o possível futuro e a visão da pessoa a quem a tiragem se direciona.

Disposição das cartas no método de tiragem péladan de cinco cartas:

Primeira carta - se localiza na ponta lateral esquerda, mostra os aspectos positivos da situação.

Segunda carta - está oposta à primeira, na ponta lateral direita da cruz e mostra o que não está favorecendo na situação.

Terceira carta - fica na ponta superior da cruz e mostra como será o desenvolvimento da questão.

Quarta carta - é a carta que se encontra na parte inferior da cruz e mostra o resultado. Porém, é preciso analisá-la com cautela, levando em consideração as cartas anteriores ao fazer a interpretação da resposta.

Quinta carta - está no centro da cruz, expressa como a pessoa se encontra diante da questão.

Tiragem templo de Afrodite

Afrodite é a deusa do amor e da beleza, portanto nada mais justo que uma tiragem de Tarot inspirada em seu nome para investigar os assuntos que afligem os corações. Usando esse método, é possível entender questões sobre a mente, o coração e os aspectos carnais de um relacionamento.

Para uma tiragem usando a técnica do templo de Afrodite serão usadas sete cartas, sendo três delas dispostas do lado esquerdo, representando o parceiro e outras três ao lado direito, mostrando aspectos do consulente. Além delas, a sétima carta se encontra no meio, apresentando o futuro próximo do casal.

Vamos às cartas:

Primeira carta - na área superior esquerda está a carta que representa o campo mental do parceiro.

Segunda carta - abaixo da primeira, expressa o campo emocional do parceiro em questão.

Terceira carta - abaixo da segunda, representa a atração física que o parceiro sente.

Quarta carta - no topo direito, mostra como anda o campo emocional da pessoa que se consulta com o Tarot.

Quinta carta - abaixo da quarta, trata dos aspectos emocionais da consulente.

Sexta carta - abaixo da quinta, mostra a atração física da pessoa para com seu parceiro.

Sétima carta - centralizada no meio das duas fileiras, apresenta um futuro próximo na relação entre os dois.

Tiragem cruz celta de dez cartas

O método de tiragem de cartas chamado cruz celta possui origem desconhecida e é muito indicado para quem deseja usar o Tarot para esmiuçar uma questão. Nesse caso são estudadas todas as possibilidades de prós e contras, e sua forma original de tiragem usa dez cartas, considerando os arcanos maiores e menores.

Sua forma de disposição na mesa remete a uma cruz celta, e os arcanos 1, 2, 3, 5 e 7 representantes das questões que o consulente já conhece. Enquanto 4, 6, 8, 9 e 10 se referem às questões que até então são desconhecidas. Em especial 4, 6 e 10 mostram os possíveis desenvolvimentos futuros e a predição da questão.

Sendo assim, a ordem de leitura seria:

Carta 1 - mostra como a situação surgiu.

Carta 2 - aborda o questionamento que se tem sobre a situação, o porquê da pergunta.

Carta 3 - representa o consciente, ou seja, o que o consulente sabe sobre a situação.

Carta 4 - inconsciente, o que não se sabe ainda.

Carta 5 - é a representação do passado recente (até 6 meses).

Carta 6 - mostra o futuro próximo (até 6 meses).

Carta 7 - representa o estado mental do consulente diante da situação.

Carta 8 - o arcano sinaliza como se desenrolará nos próximos meses.

Carta 9 - mostra o obstáculo e contém uma advertência.

Carta 10 - a última carta mostra como a situação em questão se desenvolverá a longo prazo (além de 6 meses).

Arcanos maiores do Tarot

Cartas de tarot espalhadas.

No Tarot, as primeiras 22 cartas recebem o nome de arcanos maiores. Elas são as figuras mais conhecidas e possuem significados profundos, pois expressam questões que se relacionam com a identidade humana. Para decifrar melhor as mensagens dos arcanos maiores, leia abaixo:

O que são os arcanos maiores?

Os arcanos maiores são as cartas de número 1 a 21, além da carta sem número, arcano que recebe o nome de O Louco e simboliza a pessoa que está fazendo uma jornada rumo ao desconhecido. Pode-se interpretar, inclusive, que esta carta esteja presente em todas as 21 anteriores a ela.

Arcanos maiores são utilizados para entender de forma mais aprofundada as questões maiores relacionadas à própria vida, pois se concentram em acontecimentos ou transformações que terão impacto a médio e longo prazo, diferentemente dos arcanos menores, que se concentram em questões da vida diária.

A narrativa contada por meio dos arcanos maiores pode se referir tanto a situações enfrentadas, quanto aos aspectos emocionais e posturas necessárias, dependendo da pergunta e das demais cartas presentes na tiragem. Para entendê-las é necessário se atentar a todos detalhes presentes na lâmina, desde as cores até os elementos imagéticos.

O que significam os arcanos maiores?

Os arcanos maiores possuem significados distintos. Cada carta mostra uma narrativa completa, desde os elementos simbólicos mais explícitos, até as complexas entrelinhas, com simbolismos que representam medos e anseios, fraquezas e forças presentes na alma humana.

Devido à complexidade, os arcanos maiores do Tarot demandam um estudo esmiuçado e bastante exercícios práticos para que seja possível compreender as diferentes aplicações dos conselhos presentes nas lâminas. Os significados podem parecer, para um leigo algo ambíguo, mas com o conhecimento adequado, é possível decifrar cada uma das cartas.

Arcanos maiores também são usados para decifrar o plano geral de uma situação ou da vida de uma pessoa. Isso porque a complexidade presente neles consegue ser refletida em diferentes situações, enquanto os conselhos carregados por eles não são nada óbvios, e convidam o consulente ao início de uma jornada de autoconhecimento.

Carta 0, O Louco

O Louco é o personagem principal na história apresentada pelo Tarot. Isso porque é por meio dele que a jornada é vivida, percorrendo todas as casas para alcançar o objetivo final. A carta representa o desejo de mergulhar em novas situações e a impulsividade, quase que ingênua. Representado pela imagem de um viajante, o arcano incentiva a coragem.

No entanto, partir em uma aventura também tem suas consequências. Por isso, a carta pode expressar, além da coragem para novos começos, a inconsequência que pode estar presente e precisa de atenção. Caso a carta esteja invertida, o conselho é: “cuidado ao se arriscar rumo ao desconhecido sem preparação”.

O Louco é uma carta que, em seu sentido regular, também representa a leveza da vida, a possibilidade de desfrutar a existência sem se preocupar com inseguranças ou bloqueios. Já invertida, pode expressar exatamente o comportamento que não está presente, mas que deveria ser experimentado.

Carta 1, O Mago

O aprendiz da magia, conhecido como O Mago, é a carta de número 1 que inicia a jornada do Tarot. Representa a canalização da energia criativa do universo, tendo como objetivo a concretização do projeto. Também está diretamente relacionado com o poder de persuasão, uma vez detêm a capacidade de criar ilusões.

Dependendo de qual área em questão está sendo analisada, seu significado também pode ser diferente. No amor, a carta representa a vontade efêmera, expectativa e a ansiedade. Já no campo mental, a carta representa a criatividade e o início de um novo projeto, mostra que a pessoa já possui o que é preciso para a concretização.

Quando invertida, mostra exatamente que os talentos necessários para a criação já são existentes, porém, não estão sendo explorados devidamente. Para isso, na posição invertida, O Mago aconselha a elaborar melhor um planejamento e dar mais atenção às próprias capacidades.

Carta 2, A Sacerdotisa ou A Papisa

A segunda carta é chamada de A Sacerdotisa. Esse arcano, comumente representado por uma mulher com vestes cerimoniais, representa a detenção de conhecimento ancestral e poder intuitivo com postura passiva. Seu conselho incentiva o direcionamento da atenção para a própria intuição.

No campo do amor a Sacerdotisa expressa inibição, supressão de desejo, pudor, fidelidade e dedicação. Já com relação aos atributos mentais, pode simbolizar excesso de reflexão, bom senso, análise profunda e cautela. Quanto a questões materiais, A Sacerdotisa representa uma negociação passiva, com possível escambo e ausência de habilidade.

Quando presente de forma invertida, a carta 2 indica excesso de retraimento, ausência de contato com a própria intuição e silêncio. Nesse caso, A Sacerdotisa pode estar oferecendo uma oportunidade para se reconectar com a sabedoria interior.

Carta 3, A Imperatriz

O arcano A Imperatriz, representa, no Tarot, as habilidades mais relacionadas à figura feminina, sendo elas a criatividade, a beleza e a abundância. A Imperatriz possui todas as ferramentas para alcançar o sucesso e se sente confortável com isso, sendo também protetora e criadora.

No amor a carta representa vontade direcionada, segurança, certeza de seus desejos, equilíbrio emocional e encanto. Para a área material, o arcano também é auspicioso, pois indica sucesso, prosperidade, fertilidade e pode até mostrar uma possível promoção. No campo mental reflete inteligência criativa, perspicácia e poder de reflexão ativa.

Quando a carta 3 do Tarot se encontra invertida, no entanto, seu significado próspero se modifica. Isso acontece porque, via de regra, a inversão das cartas indica a ausência das habilidades expressas nela. Por ser a representação do poder de criação, a carta ganha o simbolismo de bloqueio criativo quando aparece invertida.

Carta 4, O Imperador

Poder, autoritarismo e imposição são apenas algumas definições que podem mostrar um pouco da energia presente no arcano 4, O Imperador. Sua autoridade é incontestável, assim como seu desejo de alcançar os objetivos, porém essa jornada pode se tornar abusiva, quando passa a atropelar os desejos e necessidades alheias para a satisfação do ego.

No amor O Imperador representa a autoconfiança, a possessividade e a arrogância. No mesmo âmbito pode representar também uma figura masculina que remete à paterna. Quanto ao aspecto material do arcano, ele apresenta poder, realização material, status e uma possível fusão. Já no campo mental, é sinal de convicção e de estagnação.

Invertido, O Imperador mostra o excesso de desejo dominador, a falta de disciplina e a inflexibilidade. Nesse caso, o Tarot pode estar sugerindo uma autoanálise quanto a comportamentos intransigentes, que não estão abertos a novas perspectivas e acabam ferindo terceiros ou prejudicando os próprios objetivos.

Carta 5, O Hierofante ou O Papa

Maior representante das tradições e conservadorismo no Tarot, O Papa representa a necessidade de ordem e hierarquia, assim como a obediência a uma ordem maior. No entanto, o arcano é representado pela figura papal, que seria o mensageiro entre o céu e a Terra. Logo, a carta também transmite a mensagem de busca por sabedoria espiritual.

Quando a carta 5 é apresentada em uma tiragem relacionada à espiritualidade, representa a crença absoluta, a fé, a religiosidade e uma liderança religiosa. No amor indica carinho, lealdade, relacionamento baseado em servidão e condescendência. Quanto aos bens materiais, assinala a necessidade de organização, realização por vias legais e contratos.

O Papa invertido direciona para o rompimento com tudo que já é preestabelecido e direciona para a busca por sabedoria em si mesmo, fugindo de regras e tradições externas. O conselho é para se rebelar e encontrar as próprias respostas.

Carta 6, Os Enamorados

Os Enamorados, a carta que fala sobre escolhas e ofertas. Muitas pessoas consultam o Tarot na hora de fazer escolhas, mas no mundo místico nem tudo é preto ou branco, existem nuances que são mostradas nas cartas. No caso do arcano 6, o livre - arbítrio é a questão principal e com ele vem a capacidade de lidar com as consequências das próprias escolhas.

Para o aspecto material, Os Enamorados simbolizam surgimento de sociedade, oferta ou oportunidade. Já nos assuntos do coração, pode indicar o surgimento de uma nova pessoa que colocará em dúvida a relação, para solteiros também indica novas interações. No campo mental a carta representa dúvidas, pessoas influenciáveis e hesitação.

Quando invertida, a carta representa o surgimento de dúvidas e questionamentos, tanto quanto a relacionamentos amorosos quanto a outras questões. Isso porque no sentido contrário ela expressa exatamente a ausência de tomada de decisões. Desta forma, pode ser necessário escolher uma direção ou se posicionar com mais assertividade.

Carta 7, O Carro

A carta representa o potencial de ir em direção aos objetivos sem pestanejar e conquistá-los. O Carro é simbolizado originalmente por um homem numa biga, veículo que nesse contexto representa velocidade e se a pergunta do consulente tiver alguma questão sobre tempo, pode indicar rapidez de acontecimentos.

No amor o carro expressa impulsividade, coragem para conquistar e atingir objetivos, independência e pode também indicar relacionamentos passageiros. Com relação a questões materiais O carro indica mudança desejada, deslocamento planejado e aumento de ganhos financeiros. Já no campo mental simboliza determinação e poder de ação.

Se no Tarot, o simbolismo do carro remete à convicção de desejos e capacidade de alcançá-los, a forma invertida não poderia ser referente a outro tema. O arcano invertido pode indicar exatamente a ausência de foco ou objetivo e representa alguém que se nega a tomar as rédeas da própria vida, ficando à mercê da sorte.

Carta 8, A Justiça

A justiça tarda mas não falha. Embora a famosa expressão não esteja se referindo originalmente à carta de Tarot, seu significado também pode ser aplicado nela. Isso porque a carta A Justiça apresenta uma reflexão aprofundada sobre a questão, avaliando diferentes perspectivas, prós e contras, podendo demorar para agir, mas não pecando pelos impulsos.

No amor, está indicando momento de distanciamento para reavaliar a relação, a busca por isolamento e frieza. Na área financeira, A Justiça pede cautela e sugere uma busca por equilíbrio. O arcano indica pragmatismo, rigor com prazos e organização, racionalidade e busca por imparcialidade quando se trata do campo mental.

Invertida, a carta reflete a sensação de injustiça vivenciada pelo consulente, porém, nessa situação o arcano indica também que, quando a situação foge ao seu controle, o melhor a se fazer é se resignar e evitar maiores desgastes.

Carta 9, O Eremita

Recluso, em busca de amadurecimento espiritual, O Eremita se isola do mundo para entrar em contato com sua sabedoria interior e nessa jornada introspectiva consegue atingir seus objetivos. A carta pede um momento de solidão para que as respostas internas possam ser ouvidas e compreendidas adequadamente.

Para as finanças O Eremita indica que o processo de ganhos será lento e necessitará de um desenvolvimento a longo prazo. No amor, o arcano pode representar tanto a busca por solidão quanto o equilíbrio emocional e relações que transmitam paz interior. No campo mental, O Eremita representa sabedoria, estudos, processos de pesquisa e silêncio.

O Eremita invertido é uma indicação que a solidão pode ser um problema, aconselhando exatamente o oposto, por meio da socialização e da expressão dos sentimentos.

Carta 10, Roda da Fortuna

Tudo que sobe, desce. A Roda da Fortuna expressa exatamente os ciclos da vida, com altos e baixos, expressos e demanda uma maior capacidade para lidar com os imprevistos do destino que possivelmente surgirão. As mudanças estão presentes em diversas cartas do Tarot, mas especialmente as trazidas pela carta 10 possuem grande velocidade.

No amor, a Roda da Fortuna expressa a insegurança emocional, instabilidade e ansiedade desnecessária. Também indica instabilidade no campo material, assim como oscilação e novidades futuras. Para o campo mental a carta prevê incertezas, indecisões e idéias múltiplas, possivelmente divergentes.

Invertida, a carta indica mudanças inevitáveis, que devem ser encaradas. O conselho, nessa situação, é entender que inevitavelmente a sorte mudará novamente, mais cedo ou mais tarde.

Carta 11, A Força

A décima primeira carta do Tarot simboliza o poder do controle da força mental sobre a física, demonstrando autocontrole e direcionamento da energia interior para sair de qualquer situação mais forte do que estava no momento em que entrou. A Força pretende lembrar que a coragem pode dissipar obstáculos e dissolver conflitos.

Para o amor, A Força indica presságio de afetividade, desejos controlados e equilíbrio emocional. Quanto aos atributos mentais, a carta expressa paciência, planejamento perfeito, determinação e obstinação. Para os bens materiais a carta simboliza sucesso, domínio e poder em qualquer situação.

Quando a carta A Força aparece invertida em uma tiragem, pode ser o momento de trabalhar o autocontrole e buscar um caminho para encontrar sua força interior. Para quem acredita não possuir força interna, esse arcano mostra o oposto e sugere que sejam consultadas pessoas de confiança para ajudar a enxergar o poder que possui.

Carta 12, O Enforcado

O Enforcado, chamado também de O Pendurado, é uma das cartas presentes no Tarot que apontam a necessidade de fazer sacrifícios e mudanças. Esse arcano mostra que, independente da determinação, sem mudança nenhum objetivo será alcançado.

Para o coração o recado do Enforcado é analisar a possibilidade de existência de uma dependência afetiva, ressentimentos antigos, anulação da própria vontade e amargura. No campo material, o arcano mostra o surgimento de um obstáculo intransponível. No campo mental, indica pessimismo derrotismo e traços obsessivos com negatividade.

Invertido, O Enforcado mostra que os sacrifícios estão sendo em vão e convida para uma reavaliação das situações em que se coloca energia. Também indica uma estagnação na vida, que surge como oportunidade para encarar a realidade sob uma nova perspectiva, talvez mais otimista.

Carta 13, A Morte

Temida por muitos e amada por poucos, a décima terceira carta carrega forte simbologia, que não deve ser interpretada de forma literal. No Tarot, A Morte é vista como uma transformação pertencente à vida. Na lâmina a arte representa a figura da morte arando uma plantação com a foice, mostrando que são necessários cortes e transformações.

Para o amor, a carta expressa a necessidade de mudanças e fins de ciclos para uma relação saudável. Para as finanças indica mudança de hábito, transformações e prenúncio de prosperidade. Já no campo mental, simboliza o rompimento de planos antigos e análise racional, disposta a abrir mão de questões antigas.

Invertida, a carta indica que existe a necessidade de enxergar o aspecto positivo presente na mudança e na transformação pela qual está passando.

Carta 14, A Temperança

A Temperança é a carta que aconselha a ter paciência e autocontrole, o arcano é uma das representações do tempo no Tarot. Portanto, caso o questionamento seja relacionado a algum tipo de ansiedade ou busque uma resposta relacionada com tempo, a presença da Temperança na tiragem é um sinal de que as coisas demorarão a se resolver.

Para o amor, a temperança é o mesmo que o marasmo, pois representa uma relação preguiçosa, com uma dose extra de calmaria. No aspecto financeiro, o arcano representa conciliações e negociações de longo prazo, lentidão em processos e equilíbrio. Para a mente, a carta simboliza ponderação e reflexão passiva, uma análise lenta.

A carta invertida indica que é necessária uma análise geral sobre todas as diferentes áreas da vida que podem necessitar de mudanças.

Carta 15, O Diabo

Desejos, impulsos e ilusões são a essência da carta de número 15 no Tarot, O Diabo. Essa carta é, de todas, a que está mais diretamente ligada aos aspectos materiais da existência humana. Portanto, se a consulta é relacionada às finanças a resposta pode se tornar auspiciosa, contando que não se deixe levar por ilusões.

Para o amor, O Diabo representa uma fase com muita sedução, porém com possível abuso de poder e manipulação ou interesses. No aspecto financeiro é importante tomar cuidado com jogos de azar e ofertas que possam parecer tentadoras demais, pois a ganância pode criar ilusões. Quanto aos aspectos mentais, é necessário controlar excessos de todo tipo.

A carta invertida é um convite para reavaliar os desejos do momento, suas metas e as motivações que levam a conquistá-las. Nesse caso, é importante refletir se a ambição não está criando uma névoa de ilusões impedindo de enxergar a realidade como ela é.

Carta 16, A Torre

A Torre é um dos arcanos mais temidos de todo o Tarot. Isso porque seu simbolismo é centrado no surgimento de situações inevitáveis que transformam a vida de ponta a cabeça, causando a ruptura brusca de tudo que não está com alicerces firmes e mudando rumos de relações e carreiras. Destrói egos e abre caminho para o novo.

No amor, a torre pode sinalizar desilusões, vingança, amor não correspondido, orgulho ferido ou rancor. No aspecto mental, a carta expressa confusão, desordem, irracionalidade e falta de perspectiva no futuro. Para as finanças simboliza prejuízos, dívidas e possíveis rupturas do que existir.

A carta invertida indica que é necessário se desapegar de pessoas com quem não se pode contar de fato e evitar lutar contra as mudanças que estão se encaminhando.

Carta 17, A Estrela

Esperança. A Estrela é um arcano que incentiva a nutrição do sentimento de esperança no que se deseja, pois o caminho é positivo. A carta também indica a necessidade de enxergar o brilho pessoal e investir nas próprias habilidades para lidar com situações que possam parecer nebulosas. De modo geral, é um dos arcanos mais positivos de todos.

Para o coração, A Estrela é uma das cartas mais auspiciosas dentro do Tarot, indicando felicidade, plenitude e esperança. No campo mental ela sugere a certeza no futuro, esperança e inspiração. Quanto aos aspectos materiais, a carta indica sorte e realizações prósperas.

Mesmo estando invertida a carta A Estrela tem significado positivo. Mostra um caminho em que as necessidades serão atendidas, pedindo apenas uma dose de otimismo.

Carta 18, A Lua

Da magia à sedução, a lua traça seu caminho encantado no céu noturno. No Tarot não é diferente, pois a carta representa a necessidade de separar e distinguir uma ilusão sedutora da realidade. O arcano também está ligado à magia e convida a uma jornada de encontro à própria intuição para executar esta árdua tarefa.

No amor pode representar possíveis traições, sedução, dependência afetiva, ciúme e angústia. Para o campo mental, A Lua simboliza uma mente cheia de devaneios, ilusões, confusão entre realidade e fantasia. No entanto, no plano material, simboliza prosperidade, fecundidade e oportunidade.

O arcano A Lua invertido expressa a necessidade de enfrentar os próprios medos para dissipar as confusões e caminhar em direção aos objetivos. Também sinaliza a necessidade de entrar em contato com a própria intuição.

Carta 19, O Sol

Astro rei, O Sol no Tarot indica magnetismo pessoal, realizações dos objetivos pessoais, clareza nas metas e felicidade ao longo da jornada. No entanto, também é importante tomar cuidado com o brilho excessivo, para não se cegar. A cautela sugerida pela carta O Sol é com relação ao orgulho desmedido.

No amor a carta é uma das mais auspiciosas de todo o Tarot, representando a alegria, a cumplicidade, o afeto e a harmonia. No campo financeiro indica sucesso e realizações prósperas. Para o campo mental mostra clareza nos objetivos, confiança, planejamento estruturado e iluminação.

Mesmo invertida, a carta se mantém positiva, sinalizando boa fase para conhecer novas pessoas e experimentar a liberdade, fugindo das atividades rotineiras e expressando-se com ousadia.

Carta 20, O Julgamento

O Julgamento é o último arcano cármico do Tarot e representa a lei do destino. A partir do Julgamento apresentado pela carta inicia- se uma nova etapa, em que as surpresas e mudanças devem ser aceitas, pois são compostas por uma artimanha do destino.

No amor representa transcendência, ou seja, a renovação por meio da análise das pendências anteriores, também representa perdão e renovação. No campo mental reflete uma crítica construtiva ou análise criativa da situação. Do ponto de vista material, o arcano representa mudanças, melhorias e surpresas.

Se a carta O Julgamento aparece invertida numa tiragem, é sinal de que aconteceram julgamentos precipitados e por isso é importante repensar possíveis injustiças cometidas.

Carta 21, O Mundo

O Mundo é a carta que se refere ao fim da jornada do Louco ao longo do Tarot. Suas representações estão relacionadas à conclusão de ciclos. Para além disso, é também uma carta que representa a comunicação e o fim de etapas que se apresentem com sofrimento ou alegria. Em suma, é a conclusão.

O Mundo é a representação da afeição, honestidade, felicidade e a confiança nas questões amorosas. Quanto às finanças, indica mudança, contudo sucesso. Já no campo mental, indica criatividade, novos planos e perspectivas.

A carta invertida é um sinal de que está próximo da conclusão que batalhou para conquistar, mas que também pode ser o momento ideal para aprender a pedir ajuda ou se conectar com outras pessoas, que podem ajudar nessa concretização.

Arcanos menores do Tarot

Cartas de tarot espalhadas.

Representados por grupos de quatro naipes distintos, mostrando elementos que conversam com o consulente de forma objetiva, os arcanos menores não devem ser descartados ou desmerecidos, pois usados da forma correta podem tornar a leitura cada vez mais completa. Aprenda o significado dos arcanos menores aqui!

O que são os Arcanos Menores do Tarot?

Após os famosos arcanos maiores, estão os arcanos menores, numerados de 22 a 78, são a maior parcela de cartas dentro do Tarot. Podem ser usados para responder perguntas que demandam uma resposta mais objetiva, ou que estejam relacionadas a questões do dia-a-dia.

Possui além das cartas numéricas as figuras de rei, rainha, pajem e cavaleiro, que se distinguem pelos naipes a que pertencem. As cartas são divididas em quatro grupos, sendo o naipe de copas referente às questões emocionais, o de espada relativo ao campo mental, o de ouros às questões materiais e o de paus se coloca entre o mundo interior e o externo.

Quais são os Arcanos Menores do Tarot?

Os Arcanos Menores no Tarot são as 56 cartas seguintes aos 22 Arcano Maiores. Os Menores são divididos em grupos de 14 cartas, sendo cada um desses representado por um naipe diferente. Os naipes possuem correspondência com os elementos da natureza e carregam seus significados , sendo: fogo - paus, terra - ouros, copas - água e espadas - ar.

Os 4 naipes diferentes são compostos por cartas chamadas de: reis, rainhas ou damas, cavaleiros e valetes ou pajens. Essas 4 representações simbolizam personagens da corte e possuem significado individual, sendo necessário também levar em consideração para a leitura o naipe pertencente à carta em questão.

Arcanos menores de naipe de copas

Cartas de tarot espalhadas.

O naipe de copas presente nos arcanos menores do Tarot é comumente representado pela taça ou pelo símbolo de coração, estando diretamente ligado à expressão das emoções e às questões emocionais. Entenda a simbologia dos arcanos menores de naipes de copas abaixo:

Significado

O naipe de copas dos Arcanos Menores significam diferentes respostas em questionamentos relacionados às emoções. Mesmo que a pergunta não fale diretamente sobre esse aspecto, as cartas que possuem esse naipe são uma resposta que aborda o viés emocional.

Por exemplo: uma pessoa está preocupada com a carreira, e recebe uma resposta com carta de copas, possivelmente tem questões emocionais interferindo o âmbito profissional.

A leitura dos arcanos que carregam o naipe de copas deve levar em consideração o mundo efêmero dos sonhos e desejos, não se comprometendo com o mundo concreto. Cartas desse naipe expressam também emoções e aspectos subjetivos de situações. Para entender se possui aspecto positivo ou negativo, é necessário observar o número e a figura da corte.

Iconografia

O simbolismo imagético presente nos arcanos menores do naipe de copas apresenta sempre algum coração ou taça, representando as copas em si. Quanto às artes que preenchem as lâminas, são elaboradas com figuras que estão praticando ações ou expressando emoções que se conectam com o significado de cada uma.

No Tarot, os naipes possuem conexão com elementos naturais. No caso de copas, o elemento em questão é água, representando a fluidez das emoções e sua constante mudança. Por esse motivo, é comum encontrar nas figuras pertencentes a esse naipe a presença do elemento água ou alguma referência que se relaciona ao mesmo.

Arcanos menores de naipe de paus

Cartas de tarot espalhadas.

Os arcanos menores possuem suas individualidades, se diferenciando por meio dos símbolos principais e seus significados. Para decifrar melhor as cartas e entender o significado oculto por trás do símbolo de paus no Tarot, leia abaixo:

Significado

Arcanos menores de naipe de paus pertencem a um grupo que aborda as questões sob a perspectiva da relação entre o mundo interno e o externo. Representado pelo verbo “ficar”, esse naipe apresenta reflexões sobre a transcendência humana. No entanto, não se reporta ao mundo espiritual necessariamente.

No Tarot, os arcanos menores de naipe de paus estão ligados às ações transformadoras que visam ter impacto no mundo externo, deixando em segundo plano os próprios desejos e o ego. O objetivo é alcançado pelo naipe de paus quando existe a harmonia e equilíbrio, representando a busca por ascensão por meio do conhecimento dos próprios limites.

Iconografia

Seu símbolo pode ser um graveto, um bastão ou o fogo. Sendo relacionado ao elemento fogo, que nesse sentido expressa a purificação da alma, através da busca pelo equilíbrio interior e evolução por meio da transcendência. Para entender como a mensagem da carta é transmitida é necessário analisar qual corte ou número está presente.

Os bastões ou paus podem também simbolizar a ferramenta concreta da energia material pronta para ser usada pelo homem, mostrando assim a possibilidade de criação e transmutação. Também expressa a ideia de estar ativo mental e espiritualmente. Dessa forma, as cartas desse naipe expressam a necessidade encontrar poder no equilíbrio.

Arcanos menores de naipe de espadas

Cartas de Tarot espalhadas.

Arcanos menores de naipe de espadas apresentam a racionalidade, a frieza e a necessidade de reflexão para lidar com conflitos. Dos naipes, Espadas é o que representa o elemento da natureza “ar”. Desvende os mistérios presentes nesses arcanos aqui!

Significado

No Tarot, as cartas pertencentes ao grupo de arcanos menores de naipe de espadas expressam o campo mental, as vontades e reflexões internas. Sua presença em uma tiragem pode indicar também a necessidade de batalhas serem travadas.

No entanto, não necessariamente possui um prenúncio negativo, também pode indicar que as armas simbólicas para se enfrentar os conflitos já estão em suas mãos.

Por estar relacionado ao elemento natural “ar”, o naipe de espadas também mostra questões relacionadas ao mundo das ideias, pensamentos e ações baseadas em raciocínio e crenças pessoais. Em uma tiragem sobre o campo emocional pode indicar ausência de compaixão e excesso de racionalidade. No material expressa grande determinação.

Iconografia

Os símbolos presentes nas lâminas pertencente ao naipe de espadas podem ser tanto espadas literais, quanto coração negro, o ar, uma lança, um machado ou um silfo (elemental do ar). Essa iconografia transmite os dois aspectos presentes nas cartas: batalhas ou poder mental. Por isso, também é importante levar em consideração os números presentes nelas.

As espadas, símbolo mais comumente encontrado nas cartas de Tarot desse naipe, expressam exatamente uma ferramenta simbólica disposta para uma direção. Se essa arma em questão será usada para conquistar batalhas engrandecedoras ou se servirá como instrumento para conflitos, somente a análise dos demais aspectos dirá.

Arcanos menores de naipe de ouros

Cartas de tarot em um baralho.

É comum consultar o Tarot para buscar respostas sobre aspectos materiais da vida, que muitas vezes podem desestabilizar pessoas. Os arcanos menores de naipes de ouros apresentam reflexões conectadas exatamente a esse tema, podendo ser lido de forma literal ou subjetiva. Descubra mais sobre o naipe de ouros.

Significado

As cartas pertencentes ao grupo de arcanos menores de naipe de ouros são expressão de conceitos materiais, sejam relacionados às finanças ou apenas simbolizando o conceito de algo palpável. Podem conter também presságio auspicioso quando a questão envolve a necessidade de se ter algo ou conquistar alguma concretização.

Os arcanos do Tarot que carregam o naipe de ouros são relacionados ao elemento terra e possuem suas características, sendo elas: a materialidade, o desejo de ter e de conquistar. Para os arcanos de ouros, dependendo do número ou da figura da corte, aspectos etéreos não são levados em conta, somente o que é tangível e palpável.

Iconografia

Os arcanos de ouros pertencem ao grupo que é relacionado ao elemento terra, por isso sua iconografia pode apresentar a própria terra, o touro (signo ligado ao elemento e representante da fecundidade), o diamante, moedas, pentagramas ou o losango. No entanto, para entender de forma completa o desenho das lâminas.

As figuras presentes nas cartas mostram ações ligadas ao seu significado, podendo simbolizar desde a avareza à abundância. Os números de 1 a 10 e os personagens da corte também agregam novas informações ao simbolismo de cada arcano. Por isso é importante estudar minuciosamente cada um para uma interpretação mais concreta.

Qualquer pessoa pode jogar Tarot?

Cartas de tarot alinhadas.

Após descobrir o universo por trás das cartas de Tarot, é normal que nasça o interesse pela prática. Diferente dos mitos criados sobre oráculos, a realidade é que não é necessário possuir nenhum dom para usar as ferramentas do Tarot, apenas ter muita disposição para o estudo. Logo, todos podem começar a jornada de autoconhecimento através do Tarot.

Agora que você entende como funciona o tarot, não deixe de conferir os 10 melhores baralhos de tarot de 2022 para adquirir o baralho ideal para poder realizar a leitura da vida! 

Autor deste artigo

Jornalista cultural apaixonada pela arte de sonhar e pela descoberta dos mistérios da alma.

Palavras-chave relacionadas


tarot

Artigos relacionados


Significado da carta Roda da Fortuna no Tarot: no amor, trabalho e mais!

Significado da carta Roda da Fortuna no Tarot: no amor, trabalho e mais!

A Roda da Fortuna é uma carta sobre carma, destino, ciclos de vida, flexibilidade e resiliência. Entenda seus significados em detalhes no artigo!


Tipos de Tarot: Marselha, Quântico, dos Anjos, Egípcio e mais!

Tipos de Tarot: Marselha, Quântico, dos Anjos, Egípcio e mais!

Decidir qual tipo de Tarot é o mais indicado para você é uma tarefa que pode ser difícil. Do Tarot de Waite ao Mitológico, este guia te ajudará nesta tarefa.


Carta V – O Hierofante: visual, significado, combinações e mais!

Carta V – O Hierofante: visual, significado, combinações e mais!

O hierofante representa a ponte entre o divino e o humano. Este arcano maior possui muitos mistérios essenciais para vida. Descubra mais sobre ele!


Significado da carta Rei de Paus no Tarot: no amor, no trabalho e mais!

Significado da carta Rei de Paus no Tarot: no amor, no trabalho e mais!

O Rei de Paus é uma carta masculina e de forte energia de ação. Gostaria de saber mais sobre as suas leituras no Tarot? Leia o nosso artigo!


Anjos da Humanidade: significado, dia, personalidade, signo e mais!

Anjos da Humanidade: significado, dia, personalidade, signo e mais!

Os Anjos da Humanidade são seres humanos especialmente designados por Deus para cumprir um propósito específico na terra. Saiba mais sobre eles nesse artigo!


Últimos posts


O que significa sonhar com tapioca? Com a massa, a goma, a farinha e mais!

O que significa sonhar com tapioca? Com a massa, a goma, a farinha e mais!

Sonhar com tapioca pode estar ligado à necessidade de cuidado do sonhador. Quer saber mais sobre o significado desse sonho? Leia nosso artigo!


Sonhar com melão: verde, amarelo, fatiado, plantação, sementes e mais!

Sonhar com melão: verde, amarelo, fatiado, plantação, sementes e mais!

Sonhar com melão traz revelações surpreendentes sobre a personalidade do sonhador. Quer saber mais sobre esse sonho? Confira o nosso artigo!


É possível desfazer simpatia?

É possível desfazer simpatia?

Todo mundo já deve ter se perguntado isso uma vez. Afinal, é possível desfazer uma simpatia? Como faz? Veja a seguir as principais dicas.


Simpatia de Santo Antônio: para namorar, conquistar paixão e mais!

Simpatia de Santo Antônio: para namorar, conquistar paixão e mais!

Você sabia que há muitas formas de pedir ajuda ao santo casamenteiro? Nesse artigo, conheça simpatias de Santo Antônio para potencializar o amor na sua vida!


Sonhar com salvamento: de crianças, pessoas, animais e mais!

Sonhar com salvamento: de crianças, pessoas, animais e mais!

Sonhar com salvamento fala a respeito de buscas presentes na vida do sonhador. Quer saber mais sobre isso? Leia o nosso artigo completo!