Óleo de jojoba: benefícios, para que serve, como usar na pele e no cabelo e mais!

Óleo de jojoba: benefícios, para que serve, como usar na pele e no cabelo e mais!

Quer reconquistar beleza e saúde da sua pele e seus cabelos? Entenda aqui como o óleo de jojoba pode te ajudar naturalmente!


Você conhece os benefícios do óleo de jojoba?

Mulher aplicando óleo nos cabelos com conta gota

O óleo de jojoba é um produto natural que possui uma infinidade de formas de uso. Dentre elas estão: tratamentos capilares, regeneração e hidratação da pele e auxílio na redução de inflamação e cicatrização de feridas. Além disso, o óleo de jojoba possui a característica singular que o diferencia dos demais óleos: pode ser usado em diferentes tipos de pele.

Por possuir sua composição química similar ao sebo produzido naturalmente, o óleo de jojoba se torna também não comedogênico, ou seja, não obstrui os poros ou causa cravos e espinhas faciais. Outra notícia boa para quem sofre com acne e pele oleosa é que o óleo também auxilia no controle da oleosidade de forma natural. Conheça todos os benefícios neste artigo.

Entendendo mais sobre o óleo de jojoba

Mulher aplicando óleo no rosto

Originário da semente de jojoba, o óleo de jojoba é utilizado para fins cosméticos e possui similaridade com o óleo natural produzido pela pele, o que reduz as chances de alergias cutâneas e obstrução de poros. Para além dos benefícios na pele, o óleo também opera milagres nos cabelos, combatendo a queda. Entenda tudo sobre o óleo de jojoba!

O que é o óleo de jojoba?

O óleo de jojoba é um óleo natural extraído do fruto da jojoba (Simmondsia chinensis). A planta é encontrada na natureza como um arbusto e tem sua origem nos desertos norte americanos (Deserto de Mojave e Deserto de Sonora). Originalmente o óleo era somente usado pelos povos nativos americanos, que usufruem de suas propriedades para embelezamento capilar.

Contudo, com o passar dos anos, o uso do óleo de jojoba foi ganhando mais adeptos e se popularizando, até o momento atual, em que o arbusto desértico é comercializado nas prateleiras de lojas ao redor do mundo, além de ser um dos integrantes da rotina de beleza.

Origem e características da planta jojoba

A jojoba é uma planta que se originou no deserto norte americano e mexicano, o vegetal se apresenta na forma de arbusto com pequenas flores, frutos e sementes (que dão origem ao seu óleo). Pertencente à família Simmondsiaceae e ao gênero Simmondsia, sendo uma planta que prospera em solo árido e necessita de bastante sol.

Devido à sua origem desértica, a planta jojoba se adaptou facilmente ao terreno presente no nordeste brasileiro, podendo ser cultivada longe de suas origens. O arbusto de jojoba pode viver até 100 anos e chega a alcançar até 5 metros de altura durante sua longa existência.

Para que serve o óleo de jojoba?

O óleo de jojoba é extraído a partir da cera encontrada na semente presente no arbusto e possui características singulares se comparado aos demais óleos de origem vegetal. O óleo originário da cera de jojoba se apresenta como um líquido de coloração dourada que pode ter uso cosmético, culinário ou ainda servir como um óleo natural antimicrobiano e cicatrizante.

Outras formas de uso para o óleo de jojoba são: produção de velas, pneus, lubrificantes e fármacos inibidores de apetite. Ademais, os povos nativos que iniciaram seu uso usufruem da semente também na forma de bebida e utilizam o grão moído para o preparo de uma farinha usada na produção de pães.

Composição do óleo de jojoba

São encontrados na composição do óleo de jojoba alguns nutrientes essenciais para a manutenção de pele e cabelos saudáveis. São eles: ômega 6 e ômega 9 (reparam as células epiteliais), ácido graxo Docosenol (possui propriedades antivirais), antioxidantes (previnem o envelhecimento) e vitaminas A, E e D (cruciais para a composição de pele e cabelos vigorosos).

A composição do óleo de jojoba o diferencia dos demais óleos usados como cosméticos, pois a gordura presente no mesmo é semelhante ao sebo produzido naturalmente na pele humana, o que o torna um óleo não comedogênico e hipoalergênico, logo, uma ótima alternativa para peles oleosas, sensíveis ou acneicas.

Formas de usar o óleo de jojoba

Conhecer os benefícios do óleo de jojoba leva à pergunta: como usar esse óleo? Para essa pergunta podemos ver muitas alternativas, contudo, a forma mais comum de uso é na indústria cosmética. Por ser um óleo que possui pouco risco de causar irritações na pele ou de obstruir os poros, o óleo de jojoba se tornou um potente ingrediente nas fórmulas de cosméticos naturais, substituindo o óleo de baleia.

Mas as utilidades do óleo de jojoba não se restringem aos cosméticos. Na culinária o ingrediente pode substituir outros óleos vegetais, lembrando que o mesmo é indigerível, ou seja, não tem seus nutrientes absorvidos pelo organismo por meio da alimentação.

Benefícios do óleo de jojoba

Mulher passando óleo nos cabelos

O óleo de jojoba se destaca entre os óleos vegetais por sua alta concentração de vitaminas e sua composição química, que se assemelha aos lipídios naturais presentes na pele humana, o que o torna um poderoso óleo cosmético. Conheça os demais benefícios presentes no óleo de jojoba aqui.

Ajuda a hidratar a pele

A hidratação é um dos elementos essenciais para quem busca conquistar uma pele com textura reluzente e sadia. Para isso o óleo de jojoba pode ser um aliado interessante pois uma das propriedades mais famosas dele é a de hidratação da pele. A sua composição possui ação anti-inflamatória que acalma a pele enquanto promove a hidratação necessária para a restauração da mesma.

Graças a capacidade umectante do óleo de jojoba, a pele ganha uma camada que cobre a superfície e impede que ocorra nova perda de líquidos. A partir da manutenção dos líquidos e lipídeos na camada surge o efeito conhecido como hidratação, garantindo o aspecto viçoso para o tecido.

Promove a síntese do colágeno

Essencial para a manutenção da elasticidade da pele e a aparência jovial, o colágeno é uma proteína presente no organismo, mas a sua produção natural diminui proporcionalmente à passagem dos anos. Entretanto, existem alguns elementos que geram condições favoráveis para a produção de colágeno, entre eles estão os antioxidantes presentes no óleo de jojoba.

A forma natural da vitamina E encontrada no óleo de jojoba age no organismo com efeito antioxidante, ou seja, retarda a oxidação natural das células, o que se reflete positivamente na otimização da produção de colágeno do organismo. Dessa forma, o óleo de jojoba se torna um importante aliado para quem deseja manter a elasticidade da pele e das articulações.

Melhora a saúde capilar

Ter um cabelo longo e saudável pode ser um desafio para muitos pois é uma tarefa que demanda atenção a diversos fatores e muitos cuidados, desde a alimentação até a rotina diária com produtos naturais. Para isso o óleo de jojoba pode ser muito útil, pois sua composição inclui elementos como as vitaminas B e C, além dos minerais zinco e cobre.

O zinco é um mineral essencial para o crescimento capilar e atua nas glândulas sebáceas do couro cabeludo, promovendo equilíbrio, além de fortalecer e encorpar os fios, se aplicado diretamente na raiz. Já o cobre, pode desacelerar o aparecimento de fios brancos, pois o embranquecimento é causado pela oxidação e pela perda do mineral. Enquanto isso, as vitaminas combatem a oxidação das células.

Possui ação antioxidante

A oxidação é um processo natural que ocorre nas células humanas devido ao envelhecimento, o seu impacto estético pode ser observado na perda do viço da pele e no surgimento de linhas de expressão. Para diminuir a velocidade da oxidação são usados alimentos e produtos antioxidantes, como é o caso do óleo de jojoba.

A composição do poderoso óleo de jojoba inclui a vitamina E, responsável pelo combate à oxidação dos tecidos. A vitamina, encontrada em sua forma natural no óleo, funciona como uma grande aliada de quem busca retardar os efeitos do envelhecimento, pois atrasa a oxidação celular e regula os radicais livres.

Possui ação antimicrobiana e antifúngica

Micróbios e fungos provocam diversas doenças que podem acarretar em problemas graves de saúde. Embora não existam ainda pesquisas relatando todos os tipos de bactérias e fungos que podem ser combatidos usando o óleo de jojoba, já se sabe que a substância possui eficácia no combate à Salmonella, bactéria causadora de intoxicação e infecções graves.

Além de combater bactérias, o óleo também pode ser usado contra fungos. Uma forma de usufruir do potencial antifúngico do óleo de jojoba é associando-o ao óleo essencial de tea-tree e aplicando na pele. A mistura pode ser usada com o auxílio de um cotonete e é recomendada para aftas e herpes bucal, graças ao docosanol presente no óleo.

Age no tratamento de acne

Inflamações, precipitadas pela mistura de oleosidade com a presença de bactérias, as acnes são problemas que surgem na adolescência e assombram muitas pessoas até a idade adulta, podendo ser estimuladas por excesso de alimentos gordurosos, ingestão de medicamentos como corticoides e lítio, alterações hormonais ou cosméticos inadequados.

O tratamento adequado para acne pode variar dependendo do motivo que origina o quadro, mas alguns elementos de origem natural podem auxiliar o processo, um deles é o óleo de jojoba puro. O óleo possui a capacidade de amenizar a inflamação local e impedir a proliferação de bactérias, além de regular a produção de sebo hidratando a pele.

Possui ação não-comedogênica

O óleo de jojoba é, dos óleos naturais de origem vegetal, o que mais se assemelha à composição da gordura natural da pele humana, por esse motivo se tornou famoso e passou a ser usado como substituto do óleo de baleia na produção de cosméticos. Por ser similar ao sebo produzido naturalmente na pele, o óleo é não-comedogênico.

Produtos não-comedogênicos são recomendados para o uso na pele do rosto, pois não proporcionam o entupimento dos poros e são absorvidos com mais facilidade pela superfície da pele, como é o caso do óleo de jojoba. Essa característica torna o óleo uma ótima alternativa para pessoas que possuem peles oleosas e acneicas.

Ajuda a cicatrizar feridas

Embora o óleo de jojoba seja mais comumente usado para fins estéticos, suas propriedades não se restringem a esse setor. Para o tratamento de feridas e acelerar o processo de cicatrização de forma natural, o óleo de jojoba se mostra uma alternativa bastante eficaz.

Além de manter a ação das bactérias longe do ferimento, o óleo de jojoba possui tocoferóis, componentes que aceleram a cicatrização do tecido, desaceleram a degeneração, facilitam a nutrição celular e impedem inflamações na ferida. Aliado aos componentes, o óleo também conta com a Vitamina E, potente antioxidante que auxilia a elasticidade da pele e possui efeito imediato.

Melhora os efeitos de queimaduras solares

Queimaduras solares podem ser causadas por longos períodos de exposição à radiação solar e possuem impacto profundo na pele, causando ardor e descamação, reduzindo a elasticidade e até mesmo podendo gerar a multiplicação de células defeituosas que causam o temido câncer de pele. Contudo, alguns ingredientes naturais podem ajudar a reduzir o impacto das queimaduras, um deles é o óleo de jojoba.

Os tocoferóis presentes no óleo aceleram o processo de cicatrização, o que ajuda a pele danificada a se recuperar, enquanto isso a Vitamina E age devolvendo a elasticidade ao tecido e mantendo hidratando o local ressecado sem causar excesso de oleosidade ou obstruir os poros.

Auxilia na remoção da maquiagem

O uso de óleos naturais de origem vegetal para a remoção de maquiagem é uma prática que ganha cada vez mais adeptos. No entanto, é importante conhecer quais são, de fato, as melhores alternativas para a remoção, evitando óleos que não são totalmente absorvidos pela pele e podem causar problemas como acnes e cravos.

Exatamente por ser um óleo vegetal de fácil absorção cutânea, o óleo de jojoba se torna uma excelente opção para quem busca remover a maquiagem naturalmente. Além de não causar o entupimento dos poros, o óleo de jojoba ainda proporciona hidratação e aumenta a elasticidade da pele, reinventando essa etapa da skin care.

É hipoalergênico

Peles sensíveis necessitam de uma seleção cautelosa dos produtos cosméticos a serem usados para evitar vermelhidão e alergias. Para esse perfil são recomendados os produtos hipoalergênicos, ou seja, cosméticos que possuem chances baixas ou inexistentes de causar irritações e alergias cutâneas.

Dentro da categoria de hipoalergênicos naturais está o óleo de jojoba. Devido a sua composição natural que se assemelha ao sebo produzido na pele humana, o produto possui baixo risco de causar irritações e ainda contribui para a hidratação do local, graças às vitaminas presentes no óleo. Essa característica faz o óleo de jojoba se sobressair entre a maioria dos óleos de origem vegetal, tornando-o recomendado para peles sensíveis.

Outras informações sobre o óleo de jojoba

Mulher aplicando óleo nas pontas dos cabelos com spray

Além das vitaminas naturais presentes no óleo de jojoba, existem diversos outros benefícios a partir do seu uso. Conheça abaixo outras informações que podem ser essenciais para a melhor escolha do óleo adequado e a otimização de seu uso.

Como é feito o óleo de jojoba?

O óleo de jojoba tecnicamente não é um óleo e sim um éster de cera, isso porque sua extração ocorre a partir da cera presente na semente de jojoba. Em um processo de prensa fria, que permite preservar a maior quantidade de nutrientes presente no óleo ao longo de sua extração, a cera se transforma numa substância oleosa dourada, que é chamada de óleo de jojoba.

Com o envase do óleo extraído da semente de jojoba é possível comercializá-lo para diferentes fins estéticos, incluindo cuidados com a pele e óleo para combate à queda de cabelo. Outros produtos à base do óleo de jojoba usam diferentes processos nas sementes, como trituração para o preparo da bebida ou da farinha.

Como escolher o melhor óleo de jojoba

Alguns dos fatores que devem ser levados em conta por quem está procurando o melhor óleo de jojoba são: embalagem, apresentação e certificação. Quanto à embalagem: é recomendado que se opte pelas embalagens de vidro, preferencialmente de cores escuras, pois o material mantém o óleo de jojoba preservado por mais tempo e as cores escuras impedem a passagem de luz solar, que causa oxidação.

Já no quesito apresentação: existem diversas alternativas no mercado como spray (recomendado para uso no cabelo, pela facilidade de aplicação), creme (indicado para o rosto quando associado a outros ingredientes naturais relevantes) e gotas (produto puro podendo ser usado tanto na pele quanto no cabelo).

Quanto às certificações: no rótulo existem selos que provam que o produto não é testado em animais, que não prejudica o meio ambiente ou que não utiliza mão de obra escrava nas etapas de produção.

Como usar o óleo de jojoba

Os diversos benefícios presentes no óleo de jojoba podem ser usufruídos de formas diferentes dependendo do propósito a que se destina. Antes de mais nada, é crucial fazer o teste de contato porque, mesmo sendo um produto natural hipoalergênico, ainda existe a possibilidade de uma alergia específica a algum de seus elementos.

Para o teste é necessário aplicar o produto no antebraço e observar sua ação por 24h. Caso não ocorra nenhuma irritação, o óleo está livre para uso. Sua aplicação, tanto no rosto quanto em feridas ou no tratamento capilar não necessita de diluição, podendo ser aplicado diretamente na superfície desejada, desde que o óleo de jojoba seja 100% puro.

Óleo de jojoba para pele e rosto

O óleo pode ser usado diretamente na pele do rosto com uso de dosador para evitar o envelhecimento cutâneo, graças aos antioxidantes presentes nele, além disso, o óleo de jojoba é capaz de estimular a produção de colágeno e promover a hidratação da pele. Entretanto, é importante que a pele esteja limpa e livre de impurezas para que a sua aplicação seja adequada.

Outra alternativa de uso do óleo de jojoba na pele é a aplicação direta do produto puro em áreas que necessitam de aceleração da cicatrização ou hidratação, espalhando o óleo com as mãos até que seja absorvido.

Óleo de jojoba para o cabelo

O óleo de jojoba pode ser uma importante ferramenta natural para o tratamento capilar. O óleo possui a capacidade de retardar o aparecimento de fios brancos, combater caspa, equilibrar o couro cabeludo, estimular o crescimento e encorpar os fios. O uso do óleo pode ser feito diretamente na superfície do couro cabeludo limpo, massageando a área.

Também existe a possibilidade de adicionar algumas gotas do óleo de jojoba no condicionador e usá-lo na rotina de lavagens. Para encorpar os fios e protegê-los da oxidação, é recomendado o uso do óleo no comprimento do cabelo, como finalizador ou na umectação noturna.

Cuidados e contraindicações do óleo de jojoba

Mesmo um produto natural repleto de benefícios como o óleo de jojoba possui contraindicações e certas medidas de cautela que devem ser observadas durante o seu uso. Primeiramente, a ingestão do óleo de jojoba não é recomendada, sendo especialmente contraindicada para grávidas e lactantes.

Ademais, os cuidados necessários com o óleo de jojoba são ligados à sua conservação: por ser um óleo natural, é importante mantê-lo longe da luz solar para evitar a sua oxidação. Por fim, também é importante realizar a prova de toque na pele antes de iniciar o uso do óleo de jojoba para evitar possíveis alergias ou irritações posteriores.

Preço e onde comprar o óleo de jojoba

Graças a todos os benefícios apresentados pelo seu uso, o óleo de jojoba se tornou um dos óleos de origem vegetal com maior custo. As versões disponíveis atualmente no mercado são encontradas a partir de R$49,00 e podem chegar até a cerca de R$170,00, podendo variar de acordo com a marca e a origem do produto.

Contudo, existem também as alternativas do óleo de jojoba misturado com outro óleo base, o que torna o produto mais barato. Tanto versões do óleo de jojoba puro quanto misturadas com demais óleos são encontradas em lojas de produtos naturais ou sites especializados.

O óleo de jojoba possui diversos benefícios!

Mulher segurando conta-gotas próximo ao rosto

Para a pele, o cabelo, na cicatrização de feridas ou mesmo prevenção de infecção e fungos. Os benefícios presentes no óleo de jojoba podem ser usufruídos de diferentes formas e incluem substâncias como vitaminas, antioxidantes e propriedades anti-inflamatórias de origem 100% natural que podem transformar uma pele acneica em equilibrada ou reduzir a queda de cabelo.

Por ser um óleo vegetal que se assemelha aos lipídeos presentes na pele, o óleo de jojoba ainda apresenta o benefício de não causar a obstrução dos poros, evitando assim a produção de cravos e sendo altamente recomendado para equilibrar e hidratar todos os tipos de peles, até mesmo as oleosas e acneicas. O que está esperando para começar a usufruir dos benefícios desse óleo?

Autor deste artigo

Jornalista cultural apaixonada pela arte de sonhar e pela descoberta dos mistérios da alma.

Palavras-chave relacionadas


autocuidado

Artigos relacionados


Qual o significado do incenso? De alfazema, arruda, camomila, cravo e mais!

Qual o significado do incenso? De alfazema, arruda, camomila, cravo e mais!

Cada incenso possui seu significado e tem um objetivo diferente. Veja aqui o significado dos incensos, sua história e saiba qual se encaixa melhor com você!


Quais os tipos de fobias mais comuns? Acrofobia, claustrofobia e mais!

Quais os tipos de fobias mais comuns? Acrofobia, claustrofobia e mais!

As fobias trazem reações negativas ao corpo e a mente, além de causar limitações para quem possui esse transtorno emocional. Clique aqui e entenda melhor!


Qualidade do sono: nem sempre dormir várias horas é o suficiente!

Qualidade do sono: nem sempre dormir várias horas é o suficiente!

Ter uma boa noite de sono é fundamental. Mas, será que dormir 8 horas por noite é suficiente? Descubra por que nem sempre dormir demais é o melhor para você!


O que é a agressão verbal? Principais tipos, sinais, como reagir e mais!

O que é a agressão verbal? Principais tipos, sinais, como reagir e mais!

Você sabe o que é agressão verbal ou suspeita que esteja sendo uma vítima? Leia esse artigo e descubra o que é agressão verbal, principais tipos, sinais e mais.


Planta Crista-de-Galo: origem, benefícios medicinais, como cuidar e mais!

Planta Crista-de-Galo: origem, benefícios medicinais, como cuidar e mais!

Conheça aqui a planta crista de galo, que traz diversos benefícios para a saúde, e saiba como cuidar dessa preciosidade em sua casa!


Últimos posts


Qual o significado do incenso? De alfazema, arruda, camomila, cravo e mais!

Qual o significado do incenso? De alfazema, arruda, camomila, cravo e mais!

Cada incenso possui seu significado e tem um objetivo diferente. Veja aqui o significado dos incensos, sua história e saiba qual se encaixa melhor com você!


Crenças fortalecedoras: o que são, exemplos, crenças limitantes e mais!

Crenças fortalecedoras: o que são, exemplos, crenças limitantes e mais!

As crenças fortalecedoras auxiliam o processo de caminhada ao longo da vida e estimulam os bons pensamentos. Clique para saber como elas podem te impulsionar!


Quais os tipos de fobias mais comuns? Acrofobia, claustrofobia e mais!

Quais os tipos de fobias mais comuns? Acrofobia, claustrofobia e mais!

As fobias trazem reações negativas ao corpo e a mente, além de causar limitações para quem possui esse transtorno emocional. Clique aqui e entenda melhor!


O que significa sonhar com cobra?

O que significa sonhar com cobra?

Sonhar com cobra nem sempre significa algo ruim, a cobra também pode simbolizar um processo de evolução ou transformação. Para entender melhor, veja a seguir!


Qual o significado da Runa Ehwaz? Amor, saúde, vida profissional e mais!

Qual o significado da Runa Ehwaz? Amor, saúde, vida profissional e mais!

A Runa Ehwaz está ligada ao movimento, à elaboração de projetos e a mudanças positivas. Leia o artigo e descubra tudo o que ela pode prever!