Alimentos ricos em ferro: legumes, verduras, carnes, cereais e mais!

Alimentos ricos em ferro: legumes, verduras, carnes, cereais e mais!

Os alimentos ricos em ferro são importantes e fazem toda a diferença na alimentação diária. Veja quais são os principais alimentos que contam com este mineral!


Você sabe quais alimentos são ricos em ferro?

Alimentos ricos em ferro e pequena lousa redonda entre eles escrito "Fe"

O ferro é um mineral de extrema importância para o corpo humano, pois auxilia em vários processos, mas essencialmente ele garante que haja a formação das células sanguíneas de forma saudável e também participa do processo de transporte de oxigênio.

Por se tratar de um mineral necessário para o bom funcionamento do corpo humano, quando este está em baixa e há uma certa carência de ferro o corpo demonstra isso através de alguns sintomas bastante comuns e fáceis de serem identificados de modo geral.

Os principais sintomas que são notados em pessoas que estão passando por uma carência de ferro no sangue são: cansaço, dificuldade para se concentrar em atividades básicas e constante falta de energia.

Por isso, é importante que haja uma manutenção deste mineral no corpo constantemente, e uma das melhores e mais fáceis formas de garantir isso é se alimentando de forma correta e ingerindo alimentos ricos em ferro. Veja mais sobre os alimentos ricos em ferro!

Entendendo mais sobre o ferro

Alimentos ricos em ferro sobre mesa

O corpo humano necessita da presença de ferro em boas quantidades no sangue para que seus processos sejam realizados de forma correta. Este é um mineral importante em várias fases da vida, e por isso deve ser ingerido através dos alimentos desde a infância até a fase adulta.

Em algumas fases da vida é necessário até mesmo que haja um aumento deste mineral como por exemplo durante uma gestação, pois o organismo exigirá mais deste mineral para realizar seus processos. A seguir, conheça um pouco mais sobre o ferro e sua importância no corpo!

Grupos de alimentos

Muitos alimentos possuem o ferro em sua composição, alguns com mais quantidades que outros, mas são várias as opções que podem ser escolhidas para serem inseridas no seu dia a dia para garantir uma alimentação mais saudável e com os nutrientes e minerais necessários para o bom funcionamento do corpo e garantia de bem-estar.

Por isso, o ferro pode ser encontrado em grupos distintos de alimentos, o chamado ferro heme está presente na carne vermelha, e o ferro não-heme é encontrado através de vegetais e demais alimentos desta natureza. Cada um destes tipos terá uma dinâmica e trará um benefício distinto ao corpo.

Importância do nutriente ferro na alimentação

O ferro é um mineral essencial para a vida, pois participa de vários processos realizados no corpo e portanto deve contar com um controle regular para garantir que tudo esteja saindo da melhor forma possível.

Mas há de se destacar que a maior função deste mineral no corpo é garantir que haja a síntese das células vermelhas do sangue para que estas realizem seus procedimentos como o transporte de oxigênio que será distribuído para todas as células do corpo.

Portanto, a deficiência de ferro no organismo pode prejudicar que este processo ocorra, acarretando em diversos problemas de saúde mais graves.

Principais fontes de ferro

Por ser um nutriente essencial para o corpo, o ferro pode ser encontrado em diversos alimentos de forma muito simples, de acordo com a separação que é feita deste, visto que existe o ferro heme e o não-heme. Sendo assim, ele pode ser obtido tanto de alimentos que são de origem animal, como a carne, como também de origem vegetal.

Os principais alimentos de origem animal que contam com muito ferro são os miúdos, como fígado por exemplo, mas também pode ser encontrado através de peixes e carnes de aves.

Já quanto aos alimentos de origem não-animal, é possível encontrar o ferro em abundância em folhas, principalmente as em tons de verde-escuro, como couve e agrião. Outros vegetais ricos em ferros são: castanhas, nozes, grãos, açaí e milho.

Alimentos de origem vegetal ricos em ferro

Sementes de pistache

Para garantir o bom funcionamento do corpo e suas funções, é necessário que se adicione em sua rotina alguns alimentos que podem garantir mais benefícios e trarão os nutrientes e minerais, como no caso do ferro, para a sua vida.

No campo dos vegetais, grãos e demais alimentos que não são de origem animal, existem várias opções que podem ser incluídas em sua alimentação e que garantirão as quantidades necessárias de ferro para o bom funcionamento do seu corpo e das funções que são essencialmente desempenhadas por ele.

Conhecer estes alimentos é um excelente ponto de partida para iniciar a busca pelo bem-estar e uma saúde em dia. Abaixo, veja quais alimentos de origem não-animal são ricos em ferro!

Semente de abóbora

Por mais que seja, em geral, descartada, a semente de abóbora é um alimento rico em vários nutrientes, em especial o ferro. Este é um grande motivo para ao invés de descartar as sementes, incluir elas em sua alimentação pois existem várias formas de consumo saudáveis e saborosas para facilitar neste processo.

Como consumir:

Sementes secas: tempere com especiarias e demais temperos e deixe que elas torrem ao forno para serem consumidas como aperitivo.

Sementes trituradas: bata as sementes em um mixer e use como um pó junto a iogurtes e sucos de frutas.

Óleo de sementes de abóbora: pode ser encontrado em empórios e supermercados pronto para consumo para temperar saladas e outros alimentos.

Cuidados: por conter uma quantidade de fibras muito grande, as sementes não devem ser ingeridas em excesso pois podem causar problemas digestivos.

Pistache

O pistache é uma fruta muito rica nutricionalmente pois pode ser tido como uma boa fonte de gorduras saudáveis, proteínas, fibras, antioxidantes e minerais. Ele auxilia em vários processos do corpo e até mesmo para a perda de peso.

Como consumir:

Torrado: pode ser ingerido torrado como forma de aperitivo para lanches rápidos.

Com iogurte: combina perfeitamente com iogurtes para o café da manhã ou lanches durante o dia.

Doces: o pistache pode ser usado para o preparo de diversos doces muito comum na culinária árabe.

Cuidados: algumas pessoas podem ter alergias a determinados alimentos e tipos de castanhas, como o pistache se enquadra nisso é importante que se tome cuidado ao ingerir e notar qualquer tipo de situação adversa.

Cacau em pó

O cacau é uma fruta muito nutritiva e cheia de propriedades importantes. Pode ser encontrado em diversos produtos ,apesar do mais comum ser o chocolate, pois é o principal ingrediente deste doce. Rico em diversos nutrientes, o cacau conta com flavonoides, minerais, antioxidantes e outros.

Como consumir:

Fruta: o cacau pode ser consumido de diversas formas, e vale citar que a fruta também pode ser ingerida em sua forma mais natural.

Receitas: pode ser usado em diversas receitas saudáveis que podem fazer parte do seu dia a dia, como bolos, biscoitos, panquecas e até mesmo vitaminas.

Iogurte: o cacau em pó pode ser adicionado em iogurtes, principalmente os que não possuem algum tipo de sabor.

Cuidados: ao ingerir o cacau em pó é preciso ter alguns cuidados, pois a composição deste leva elementos que podem causar insônia em algumas pessoas, principalmente pessoas que são mais sensíveis a cafeína. Os oxalatos presentes também podem causar formação de cálculos renais se consumido em excesso.

Damasco

O damasco é uma fruta saborosa e doce, que pode ser inserida na alimentação de diversas formas, tanto a natural como a seca, que é mais comum de ser encontrada em diversos locais.

Ele conta com vários nutrientes e em especial é muito rico em ferro e potássio. Pode ajudar na prevenção de doenças como câncer, problemas de coração e também é positivo para a saúde dos olhos.

Como consumir:

Saladas: a fruta tanto in natura como seca pode ser adicionada em vários pratos distintos, como saladas, pois além de adicionar sabor o damasco também traz muitos nutrientes para a alimentação.

Sobremesas: o damasco seco pode ser usado como uma sobremesa após as refeições, principalmente para as pessoas que estão de dieta ou não podem consumir açúcares de modo geral.

Cuidados: pessoas que sofrem de pressão arterial baixa não devem consumir o damasco diariamente em suas dietas pois ele conta com um potencial para reduzir a pressão e pode causar problemas neste sentido.

Tofu

O tofu é um alimento altamente nutritivo e muito usado em diversos tipos de culinária, em especial orientais e por pessoas que contam com uma dieta vegetariana ou vegana. Ele é altamente rico em ferro e outros nutrientes, e é usado como uma espécie de queijo devido a sua textura.

Como consumir:

Saladas: pode ser usado em saladas, em sua forma natural ou então grelhado para trazer mais sabor.

Sopas: pode ser usado em sopas e demais preparos como lamens e outros semelhantes para trazer textura e sabor ao prato.

Frito: para trazer uma textura diferente e mais sabor aos pratos, o tofu pode ser grelhado com um pouco de azeite na frigideira.

Cuidados: como o tofu é derivado da soja, é importante destacar que algumas pessoas podem ter alergia ao grão em questão e por isso ao menor sinal de que algo não está correto é necessário que o consumo seja parado imediatamente.

Semente de girassol

A semente de girassol é uma oleaginosa cheia de benefícios para a saúde e pode ser usada de diversas formas no dia a dia. Conta com muitas fibras, minerais e nutrientes que podem mudar totalmente a sua saúde. Benéfica para a saúde do coração, para perda de peso e para desintoxicar o organismo de modo geral.

Como consumir:

Saladas: pode ser inserida em saladas de folhas e outros legumes torrada para trazer mais textura e benefícios para o dia a dia.

Omeletes: a semente de girassol pode ser usada para compor omeletes, garantindo mais nutrientes e elementos importantes parra a saúde.

Receitas: pode ser usada para preparo de bolos, pães e demais receitas.

Cuidados: é importante salientar que a semente de girassol deve ser usada para os preparos e na alimentação sem casca, pois de acordo com estudos esta pode ficar aderida ao bolo fecal e pode causar até mesmo lesões no intestino.

Uva passa

A uva passa é um alimento muito nutritivo e conta com várias propriedades para o bom funcionamento do organismo. Ela pode ser até mesmo associada com melhorias quanto a anemia enfrentada por algumas pessoas, e isso deve-se ao fato de que conta com quantidades altas de ferro.

Como consumir:

Pura: a uva passa pode ser usada como um lanche no meio da tarde, e é recomendado que desta forma ela seja ingerida no máximo em duas colheres de sopa.

Receitas: pode ser adicionada a receitas como bolos, pães e biscoitos para dar mais sabor e até mesmo adocicar estes.

Iogurte: também pode ser adicionada em iogurtes junto com outros grãos e oleaginosas.

Saladas: é comum adicionar a uva passa em algumas saladas de folhas e legumes para os que gostam do sabor agridoce.

Cuidados: a uva passa apesar de ser excelente para a saúde devido aos seus vários nutrientes conta com um composto chamado ocratoxina. O alto consumo desta pode causar alguns sintomas desagradáveis, como letargia, diarreia e até mesmo se a dose for muito alta pode causar problemas renais, por isso é importante consumir em quantidades pequenas.

Coco seco

O coco é uma fruta rica em vários nutrientes e altamente saudável e positivo para a saúde, podendo ser considerado como sendo até mesmo uma das frutas mais nutritivas do mundo, contando com minerais como zinco, ferro, selênio, manganês e cálcio. Além de possuir uma grande versatilidade o que garante muitas formas de consumo.

Como consumir:

Bolos: o coco pode ser usado para o preparo de massas de bolo tanto integrais como para festas.

Lascas: o coco pode ser consumido em lascas como um pequeno lanche ou petisco entre as refeições, pois garante saciedade e reduz o apetite.

Vitamina: também pode ser usado em vitaminas com frutas e outros ingredientes para trazer mais sabor e nutrientes.

Cuidados: o coco possui muitas gorduras, que apesar de serem positivas para a saúde em excesso podem causar alguns problemas. Portanto, é preciso se utilizar deste de forma controlada sem exageros.

Amendoim e nozes

Os amendoins e nozes contam com muito ferro em sua composição, assim como diversas outras oleaginosas que também contam com uma quantidade muito alta deste mineral. As nozes são excelentes para diminuir o colesterol, enquanto o amendoim ajuda a melhorar o humor e beneficia os que sofrem de doenças do coração.

Como consumir:

Pasta: a pasta de amendoim se tornou muito popular, e as demais “nuts” como as nozes também passaram a fazer parte deste tipo de produto, que pode ser usado parra vitaminas e lanches rápidos.

Receitas: podem ser usadas para preparo de bolos, pães, biscoitos e demais receitas.
Saladas – para dar mais crocância a saladas e outros pratos as nozes ou amendoim podem ser salpicadas por cima.

Cuidados: o amendoim precisa ser guardado em um local adequado pois caso isso não seja feito ele pode trazer muitos riscos à saúde. Isso, pois caso não seja guardado em um local adequado e seco a substância que produz o fungo aflatoxina pode aparecer. As nozes por contarem com muito selênio devem ser consumidas com cuidado para não levar á intoxicação.

Feijão

Ao falar de ferro, um dos principais alimentos citados é o feijão que conta com quantidades muito altas deste mineral tão importante para a saúde de modo geral. Devido a isso, ele é um excelente combatente da anemia e traz muito mais força e saúde para o dia a dia.

Como consumir:

Sopas: o feijão além de ser usado para consumo diário na alimentação dos brasileiros juntamente com o arroz pode ser usado em sopas, os melhores tipos para isso são: preto, carioca e rajado.

Saladas: além de sopas e do comum arroz com feijão também pode ser usado em saladas frias, neste caso priorize o fradinho ou branco.

Doces: por mais estranho que aparente, o feijão também é usado para produção de doces, neste caso o mais comum é o azuki, que é muito utilizado na culinária japonesa em especial para o preparo destes famosos doces, pois conta com um sabor mais adocicado.

Cuidados: por mais que contem com vários benefícios positivos para a saúde, é necessário que se tenha alguns cuidados ao consumir o feijão. Neste caso, é necessário tomar cuidado com o preparo, pois alguns tipos como o vermelho se mal cozido levam a dores de estômago e náuseas.

Espinafre

Uma das hortaliças mais conhecidas e ricas em nutrientes e em minerais é o espinafre. Ele conta com uma quantidade muito grande de ferro em sua composição, o que também é muito indicado para pessoas que sofrem com problemas como anemia.

Como consumir:

Saladas: o espinafre pode ser usado em cozimento em saladas de folhas de forma simples.

Refogado: pode ser refogado e salteado com azeite e temperos na frigideira.

Vapor: o espinafre também pode ser consumido em cozimento a vapor de forma rápida.

Sucos: alguns sucos verdes também contam com a adição do espinafre junto com outras frutas e verduras.

Cuidados: pessoas que possuem tendência a formar cálculos renais devem tomar muito cuidado ao consumir o espinafre pois devido a alguns de seus componentes ele pode acentuar estes quadros.

Lentilhas

A lentilha assim como diversos outros grãos conta com uma quantidade muito grande de ferro em sua composição, além de diversas vitaminas e minerais distintos. Ela pode trazer inúmeros benefícios a saúde, como diminuição do colesterol e também é capaz de desintoxicar o organismo.

Como consumir:

Cozidas: a lentilha pode ser consumida cozida assim como outros grãos como feijão, e outros legumes podem ser adicionados no processo para dar mais sabor.

Saladas: ao ser cozida na água a lentilha pode ser adicionada em saladas de folhas e legumes.

Hambúrguer e bolinhos vegetarianos: muito usada também pelos adeptos da culinária vegetariana e vegana, ela é comumente transformada em bolinhos e hambúrgueres.

Cuidados: as pessoas que precisam tomar cuidado com consumo em excesso de proteínas devido a problemas renais não devem ingerir lentilhas em excesso ou constantemente em sua alimentação, visto que o grão é muito rico em proteínas.

Grão-de-bico

O grão-de-bico é mais um alimento desta natureza que conta com muitas quantidades de ferro em sua composição e altamente positivo para a saúde de modo geral. Fonte de muitas proteínas, fibras e minerais, ele é importante para fortalecer o sistema imunológico e beneficia até mesmo o humor.

Como consumir:

Cozido: o grão de bico pode ser consumido cozido com temperos assim como os demais grãos como feijão e lentilhas por exemplo.

Saladas: pode ser usado também para o preparo de saladas com legumes, folhas e outros elementos e temperos.

Guisados e sopas: o grão de bico também é muito comum em preparos como sopas de legumes e guisados com outros ingredientes.

Húmus: outro preparo muito comum em culinárias de origem libanesa é este, uma pasta que leva o grão de bico e tahine, que pode ser consumida com pães e torradas.

Cuidados: o grão-de-bico também não deve ser consumido em excesso por pessoas que não podem ingerir altas quantidades de proteínas diárias devido a problemas renais, pois este é um alimento altamente rico em proteínas.

Cereais

Os cereais de modo geral são alimentos muito positivos para a saúde e contam com uma infinidade de vitaminas, nutrientes e minerais em sua composição, por isso são sempre inseridos em dietas e processo de emagrecimento, além de serem diversificados e possuírem várias aplicações na alimentação.

Como consumir:

Quinoa: um dos cerais que se tornou mais popular é a quinoa, que pode ser usada para preparos frios e quentes, como saladas e até mesmo refogada com legumes.

Aveia: comum no café da manhã, a aveia é excelente parra ser consumida em vários momentos do dia, com frutas, vitaminas e até mesmo para o preparo de receitas como bolos e pães.

Cuidados: é importante conferir as quantidades de determinados componentes em cada cereal escolhido para a sua alimentação, para não cometer excessos e trazer mais prejuízos do que benefícios à saúde. Considere suas necessidades e dieta diária.

Alimentos de origem animal ricos em ferro

Panela com mariscos

O ferro pode ser encontrado em uma diversidade muito grande de alimentos, como destacado os vegetais, grãos e outros são ricos neste mineral poderoso e importante para a saúde, mas também é possível encontrar o ferro em outros alimentos como as carnes.

A escolha dependerá da necessidade de ferro para o seu corpo e também da preferência quanto aos alimentos, pois ele pode ser encontrado em carnes bovinas, peixes e outros. A seguir, confira algumas carnes que são ricas em ferro e que podem melhorar a sua alimentação e absorção deste mineral.

Mariscos

Quase todos os mariscos são muito ricos em ferro e podem transformar totalmente a sua alimentação diária. Por mais que não sejam alimentos que fazem parte da dieta diária de muitas pessoas, vale a pena experimentar e aproveitar também os benefícios que podem oferecer, pois eles ainda contam com vitaminas e potássio na composição.

Como consumir:

Sopas: os mariscos podem fazer parte de ensopados e sopas

Saladas: uma opção também para adicionar os mariscos no dia a dia são saladas com folhas e legumes.

Entradas: os mariscos são comuns entradas em restaurantes em especial próximos a praias.

Risotos: um dos preparos mais comuns que levam estes mariscos são os risotos de frutos do mar, saborosos e uma opção para sair da rotina.

Cuidados: é importante que estes mariscos estejam em locais adequados com temperaturas reguladas, pois caso contrário podem causar intoxicação alimentar. Também é importante avaliar a composição para que não sejam consumidos em excesso. Por fim, vale ressaltar que muitas pessoas possuem alergias a frutos do mar.

Fígado de frango ou peru

Apesar de não serem alimentos muito consumidos pela maioria das pessoas, o fígado tanto do frango como do peru contam com altas doses de ferro e são excelentes para adquirir mais deste mineral tão importante para a saúde. Podem também ser auxiliares no combate a anemia.

Cozido: fígado de frango ou peru pode ser consumido cozido com temperos, cebola e azeite.

Ao molho: uma outra opção de consumo do fígado de galinha é uma receita com legumes e outros ingredientes.

Patê: é comum também que o fígado de frango ou de peru seja consumido em forma de patê, para que seja servido com pães e torradas.

Cuidados: alguns cuidados precisam ser tomados no consumo do fígado de frango. Neste caso, pessoas que sofrem com colesterol devem evitar pois pode aumentar os riscos relacionados à doenças cardíacas.

Gema de ovo

A gema de ovo conta com muito ferro em sua composição, e também é uma excelente combatente da anemia. Além de outros benefícios, pois também é notável que a gema é positiva para a memória.

Omeletes: a gema pode ser consumida através de omeletes, que podem ser também ingeridos no almoço ,café da manhã e lanches.

Doces: alguns doces levam a gema em sua composição e são extremamente saborosos.

Cozida: através do ovo cozido a gema também pode ser inserida na alimentação em saladas, por exemplo.

Cuidados: o excesso no consumo de gema também pode causar problemas de saúde como colesterol.

Fígado bovino

Assim como o fígado de outros animais, o bovino também conta com altas doses de ferro e deve ser incluído na alimentação. Esta é a principal fonte de ferro que pode ser obtida através da carne vermelha.

Como consumir:

Grelhado: o fígado bovino pode ser consumido grelhado para acompanhar outros pratos.

Sopas: apesar de não ser muito comum desta forma também recomenda-se que seja inserido a sopas para garantir mais nutrientes para estas.

Cuidados: da mesma forma como o fígado de outros animais, o bovino deve ser consumido com cuidado pois pode causar aumento no colesterol.

Carne vermelha

A carne vermelha se destaca como sendo uma das maiores fontes de ferro, e pode ser consumida de diversas formas distintas. São diversos preparos que podem fazer toda a diferença em sua alimentação diária.

Como consumir:

Grelhada: em forma de bife a carne vermelha pode ser grelhada na frigideira com azeite, sal e pimenta e pode acompanhar outros alimentos, como saladas e legumes.

Cozida: também pode ser preparada cozida, a depender do corte, junto com legumes.

Sopas: a carne vermelha também pode dar mais sabor e nutrientes para sopas e ensopados.

Cuidados: o consumo diário em excesso de carne vermelha pode causar problemas cardíacos, por isso é recomendado que a ingestão seja regulada e sem excessos.

Atum

Assim como vários peixes, o atum é excelente para a saúde e traz om ele vários nutrientes, vitaminas e também minerais como o ferro. O atum pode compor vários pratos distintos, e pode ser inserido em sua alimentação diária tanto como prato principal como em lanches.

Tortas: atum pode ser usado para o preparo de tortas rápidas, fáceis e saudáveis no dia a dia para almoços e lanches.

Patê de atum: pode ser usado para o preparo de patês com outros ingredientes igualmente saudáveis, temperos e para ser consumido com pães e torradas.

Prato principal: o atum pode ser usado como principal, tanto grelhado, como ensopado ou assado.

Cuidados: o atum conta com muitos benefícios mas precisa ser preparado da forma correta. O mais indicado é que seja consumido o natural, pois o enlatado pode conter alguns componentes como o sódio que em excesso pode causar vários prejuízos à saúde.

Cordeiro

Assim como diversas carnes vermelhas a de cordeiro conta com quantidades muito grandes de fero em sua composição, além de nutrientes que também podem ser muito positivos para a saúde se consumidos da forma correta. Devido a esta quantidade de ferro, a carne de cordeiro é excelente para o combate a anemia.

Assada: a carne de cordeiro é bastante versátil, e pode ser preparada assada com legumes de forma muito saborosa.

Grelhada: para acompanhar saladas, prepare a sua carne de cordeiro grelhada na frigideira com temperos da sua preferência.

Sopas e guisados: a carne de cordeiro também pode ser cozida em sopas e guisados pois conta com um sabor marcante e delicioso.

Cuidados: os cuidados essenciais devem ser relativos aos excessos, pois assim como as demais carnes vermelhas pelas grandes quantidades de ferro se esta for consumida diariamente em grandes quantidades pode trazer mais prejuízos do que benefícios à saúde.

Sardinha

A sardinha é um peixe muito popular e barato, e conta com vários nutrientes e componentes importantes para a saúde de modo geral, como o ferro e ômega 3. Ela pode ser inserida em sua alimentação de diversas formas, pois é um alimento muito nutritivo e saudável.

Grelhada: assim como a maioria dos peixes a sardinha pode ser servida grelhada e contando com uma salada como acompanhamento.

Patê: também muito comum assim como o de atum, a sardinha é excelente para o preparo de patês para serem servidos com pães e torradas.

Assada: pode ser assada inteira com legumes e outros ingredientes para dar mais sabor.

Cuidados: é importante que pessoas que sofram de problemas como gota ou renais evitem o consumo de sardinha em sua alimentação, pois ela pode acumular ácido úrico.

Outras informações sobre o nutriente ferro

Carnes e outros alimentos ricos em ferro em mesa branca

O ferro é um mineral que deve estar presente a todo momento na alimentação diária, mas que deve ser regulado para que não haja excesso.

É importante entender as quantidades indicadas para o dia a dia e também que pode causar caso este seja consumido em excesso. Alguns sintomas podem indicar a falta ou então o consumo excessivo. A seguir, veja algumas outras informações e cuidados a serem tomados!

Qual a necessidade diária de ferro na alimentação?

A necessidade diária de ferro varia de acordo com a idade e também saúde das pessoas. É indicado que os homens a partir dos 19 anos de idade consumam pelo menos 8 mg por dia, e para as mulheres a quantidade é de 18 mg por dia. Esta necessidade, entretanto deverá variar de acordo com a saúde da pessoa, caso esta sofra com deficiência e outros fatores a serem avaliados pelo médico.

Ingestão excessiva do nutriente ferro

Apesar de ser essencial para a saúde de modo geral, o ferro não deve ser ingerido de forma excessiva pois pode ser depositado no fígado e pode causar problemas como cirrose.

Além disso, também é possível que a ingestão em excesso de ferro cause outros problemas de saúde como diabetes, insuficiência cardíaca e mal funcionamento das glândulas que produzem os hormônios.

Sintomas

O excesso de ferro pode causar alguns sintomas muito claros que podem ser notados rapidamente, entre eles é comum que as pessoas que sofram com estas questões apresentem cansaço extremo, fraqueza, impotência, perda de peso, dores abdominais, alteração no ciclo menstrual, quedas de cabelo, dores nas articulações e outros.

Cuidados

Ao avaliar com um médico os problemas causados pelo excesso de ferro no organismo, um dos principais pontos a serem abordados será um tratamento que pode resolver esta questão.

Uma alternativa que costuma ser usada é a flebotomia, que é a retirada do sague para eliminar o excesso de ferro. Outro ponto abordado é um avaliação a respeito de mudanças na dieta, para diminuir os alimentos que contem ferro.

Carência do nutriente ferro

A falta de ferro também pode resultar em alguns problemas de saúde muito incômodos e que podem se agravar se não forem detectados e cuidados logo.

Como o ferro é fundamental para a saúde, a falta dele pode ser sentida e mostrada através de alguns sintomas muito claros de serem notados. Mas ao serem percebidos, existem vários tratamentos e modos de corrigir esta situação.

Sintomas

Os sintomas da falta de ferro são mostrados através de desânimos, dificuldade em prestar atenção, inchados em áreas do corpo como tornozelos, queda de cabelo, pele pálida e sem brilho, pálpebras sem cor, falta de apetite e outros tantos sinais que podem indicar que existe um problema a ser resolvido neste sentido.

Cuidados

Para resolver a deficiência de ferro é necessário primeiro que um médico faça uma avaliação e conclua esta necessidade, assim ele poderá indicar uma dieta adequada com alimentos que contam com este mineral em grandes quantidades e até mesmo suplementos que possam repor o ferro no corpo.

Dicas para melhorar a absorção do nutriente ferro

Para garantir que o seu corpo irá absorver o ferro de forma mais precisa, podem ser feitos alguns procedimentos, como evitar consumir alimentos ricos em cálcio, alimentos integrais, doces, vinho tinto, chocolates e outros. É importante também tomar cuidado com algumas ervas que são usadas para fazer chás, pois elas podem acabar inibindo esta absorção do ferro para o corpo.

Torne a sua alimentação mais saudável e veja os benefícios na sua vida!

Alimentos ricos em ferro em superfície presa com pequena placa retangular escrito "Fe"

A alimentação é uma das melhores formas de adquirir nutrientes, vitaminas e minerais para o seu corpo. O ferro também pode ser obtido desta maneira de forma simples e sem grandes esforços.

É importante sempre contar com uma alimentação balanceada e saudável que conte com os principais nutrientes para o seu bem-estar e que garantem que sua saúde ficará em dia.

Por isso, lembre-se sempre de inserir em seu dia a dia alguns destes alimentos citados, tantos os de origem animal como vegetal, e perceba uma mudança gradativa em sua qualidade de vida.

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


alimentação

Artigos relacionados


Alimentos para aumentar a imunidade: frutas, verduras, legumes e mais!

Alimentos para aumentar a imunidade: frutas, verduras, legumes e mais!

Os alimentos relacionados com o aumento e manutenção da imunidade são diversos. Conheça neste artigo alimentos poderosos e as suas características!


Iogurte natural: benefícios, para que serve, malefícios, como comer e mais!

Iogurte natural: benefícios, para que serve, malefícios, como comer e mais!

O iogurte natural é saudável e benéfico para o organismo, além de ajudar nas dietas de emagrecimento. Para saber mais sobre esse alimento, confira nosso artigo!


Vitamina para aumentar a imunidade: as melhores para o sistema imunológico!

Vitamina para aumentar a imunidade: as melhores para o sistema imunológico!

As vitaminas possuem um papel fundamental no aumento das defesas do corpo e no sistema imunológico. Veja mais sobre elas no nosso artigo!


Suco de cenoura: benefícios, propriedades, receita, como fazer e mais!

Suco de cenoura: benefícios, propriedades, receita, como fazer e mais!

A cenoura é um vegetal rico em betacaroteno, antioxidantes e flavonoides, importantes para o bom funcionamento do corpo. Conheça mais sobre o seu suco!


Os benefícios da ora-pro-nobis: Para imunidade, anemia e mais!

Os benefícios da ora-pro-nobis: Para imunidade, anemia e mais!

Conheça a ora-pro-nóbis, uma planta rica em fibras, proteínas e vitaminas com diversos atributos positivos para a saúde. Entenda aqui como consumir!


Últimos posts


Anjo 0505: Significados, mensagens do anjo, sua importância e mais!

Anjo 0505: Significados, mensagens do anjo, sua importância e mais!

Estar em situações onde a sequência 0505 é apresentada constantemente vai muito além do acaso. Conheça o anjo 0505 e entenda como ele interage em sua vida!


Anjo 0606: Significados, numerologia, suas mensagens e mais!

Anjo 0606: Significados, numerologia, suas mensagens e mais!

O Anjo 0606 revela mensagens espirituais, além de ser um sinal para que você fique atento aos inimigos. Descubra neste artigo tudo sobre esse número!


Anjo 0404: Significados, suas mensagens, numerologia e mais!

Anjo 0404: Significados, suas mensagens, numerologia e mais!

Você sabia que as mensagens do anjo 0404 estão ligadas a tomadas de decisões, boas escolhas e coragem para fazê-las? Confira seus detalhes a seguir.


Sonhar com dinheiro falso: Nota falsa, recebendo, ganhando e mais!

Sonhar com dinheiro falso: Nota falsa, recebendo, ganhando e mais!

Você está curioso para saber o que significa sonhar com dinheiro falso? Veja aqui mais interpretações para esse sonho.


Sonhar com bolsa: Preta, rosa, azul, nova, cheia de dinheiro e mais!

Sonhar com bolsa: Preta, rosa, azul, nova, cheia de dinheiro e mais!

Você está curioso sobre o significado de sonhar com bolsa? Descubra neste artigo o que cada cor, situação e outros aspectos querem dizer!