Santo São Gonçalo: conheça o santo violeiro e casamenteiro!

Santo São Gonçalo: conheça o santo violeiro e casamenteiro!

Você sabia que além de protetor dos violeiros, São Gonçalo também é conhecido por ser o casamenteiro das velhas? Conheça a seguir a sua história.


Quem é São Gonçalo?

Bíblia e um violão.

São Gonçalo nasceu em meados do século XVII, em Tagilde, Portugal. Vindo de uma família nobre, Gonçalo sempre foi cristão, e desde muito jovem já pôde iniciar os seus estudos para sacerdote.

Seu dia é comemorado em 10 de janeiro. É considerado o santo protetor dos ossos, e embora nem todos saibam, ele também é um santo casamenteiro, pois existe uma tradição que conta que todo aquele que toca em seu túmulo, recebe uma bênção para ter um casamento feliz.

Gonçalo sempre foi um homem muito feliz, gostava muito de música e rodas de viola, e por isso também é considerado o protetor dos violeiros. Ele até tocava guitarra portuguesa, e a utilizava para explanar a palavra de Deus. Como todos os santos, São Gonçalo também passou por dificuldades e provações. Confira a seguir os detalhes de sua linda história.

História de São Gonçalo

Homem lendo um livro.

São Gonçalo veio de uma linhagem nobre, e decidiu desde muito cedo começar a estudar para sacerdote. Depois que teve seus estudos concluídos, saiu em peregrinação para diversos lugares santos, como Roma e Jerusalém.

Sua peregrinação durou 14 anos, e na volta teve uma triste decepção com seu sobrinho, que não o aceitava e por isso espalhou uma falsa notícia sobre sua morte. Para conhecer os detalhes dessa história de fé e devoção, siga acompanhando a leitura.

Origem de São Gonçalo

São Gonçalo de Amarante é um santo originário de Portugal, que nasceu por volta do ano de 1200. Leva esse nome, pois praticou boa parte de sua missão na cidade de Amarante. O jovem cristão iniciou seus estudos como sacerdote ainda muito jovem, na escola catedralícia da Arquidiocese de Braga.

Após a sua ordenação, Gonçalo virou pároco de São Pio de Vizela. Por lá ficou por alguns bons anos, quando decidiu sair em peregrinação rumo a Terra Santa, onde ficou mais 14 anos. Nem de longe, Gonçalo poderia imaginar as surpresas negativas que o aguardariam na sua volta para casa, provenientes de seu sobrinho.

No entanto, antes de descobrir sobre isso, você precisará entender mais a fundo como foi essa viagem em missão, do querido São Gonçalo. Isso você verá na sequência.

Terra Santa

Um dos maiores desejos de São Gonçalo em sair em missão, era também para poder visitar os túmulos dos apóstolos São Pedro e São Paulo. Como era pároco, ele obteve uma licença para poder sair de lá. Assim, deixou os paroquianos sob o cuidado de seu sobrinho, que até então ele achava que era alguém de confiança.

São Gonçalo partiu então para Roma, e logo depois foi para Jerusalém. Sua viagem/missão durou 14 anos. Porém, o que ele não podia imaginar, era que o seu próprio sobrinho não o aceitava e muito menos o reconhecia como pároco. Assim, durante o tempo que o Gonçalo esteve fora, o sobrinho espalhou falsos boatos sobre a sua morte, tudo isso, por pura inveja.

O sobrinho utilizou até mesmo falsos documentos para convencer os demais. Essas mentiras não chegaram até os ouvidos de Gonçalo durante sua viagem, e por isso, ele seguiu sua viagem pregando o Evangelho.

A volta para Portugal

Depois de 14 anos em missão, Gonçalo finalmente voltou para Portugal, e ao chegar lá teve péssimas notícias. O sobrinho no qual ele havia deixado como pároco temporariamente, recusou-se a devolver o cargo, e convenceu o Bispo de que Gonçalo seria um grande impostor, afirmando de maneira falsa, que seu verdadeiro tio já havia falecido.

Além de ter o seu cargo usurpado pela inveja de seu sobrinho, o rapaz também ficou com todos os bens que pertenciam a Gonçalo. O santo até tentou convencer o Bispo sobre sua identidade, porém, foram inúmeras tentativas sem sucesso.

Querendo evitar brigas, mesmo sendo vítima, Gonçalo saiu de lá, e retomou sua peregrinação. Parou na região do Rio Tâmega, chamada hoje de Amarante. Por lá fez sua história e deixou seu nome marcado.

O eremita de Amarante

Após as decepções provocadas por seu sobrinho, Gonçalo retirou-se da região para evitar brigas e viver uma vida de ermitão em Aramante, em uma pequena e singela ermida, construída a beira do rio Tâmega.

Essa região era localizada no Distrito de Porto, e foi ali que Gonçalo iniciou a construção de uma capela. Além disso, ele também possibilitou a construção de uma ponte sobre o rio, que trouxe muitos benefícios para a população da região.

Com a ponte, o povo pôde começar a realizar a travessia segura do rio, e isso ainda resolveu os problemas de inundação. Por conta disso, até hoje, São Gonçalo é muito invocado para proteger contra enchentes e tempestades.

A prostituição também era uma grande preocupação de São Gonçalo naquela região. Por conta disso, passou a ocupar o tempo das prostitutas para que ela se cansassem e não conseguissem mais exercer o seu ofício.

Assim, todos os sábados, Gonçalo usava trajes femininos e pregos dentro do sapato, como forma de penitência. E assim, tocava viola durante toda a noite, para que as moças dançassem e se convertessem. Uma vez que ficassem cansadas de tanto dançar aos sábados, elas não se prostituiriam aos domingos.

Resposta de Nossa Senhora

Durante sua vida de eremita em Amarante, São Gonçalo pediu em oração uma luz a Nossa Senhora, sobre qual seria o caminho certo no qual ele deveria percorrer, rumo a sua santidade. Nossa Senhora então, respondeu que deveria iniciar em um ordem na qual iniciava o ofício com a saudação do anjo, que era a oração da Ave-Maria.

Gonçalo por sua vez entendeu o recado e iniciou na ordem dos Dominicanos, onde algum tempo depois, foi admitido aos votos solenes. Assim, recebeu de um confrade dominicano, uma licença da sua vida no convento, fato esse que permitiu que ele em seus últimos anos de vida, voltasse a viver como um ermitão, na região do Tâmega.

Morte

Existem muitos relatos de milagres que rondam as histórias de São Gonçalo. Um deles está justamente relacionamento a sua morte. Há quem diga que foi revelado a ele o dia de sua morte, fato esse que teria permitido que São Gonçalo se preparasse para isso, por meio do recebimento dos Sacramentos.

Não se sabe ao certo a real data do seu falecimento. No entanto, sabe-se que foi entre os anos de 1259 a 1262, na região de Amarante, onde ele fez a diferença na vida de muitas pessoas, e deixou seu nome marcado na história.

Milagres de São Gonçalo

Mãos em forma de oração.

Como todos os santos, a vida de São Gonçalo foi marcada por inúmeros milagres. Desde a ponte do rio Tâmega, já citada resumidamente nesse artigo, até o milagre as rochas, dos peixes, dos touros, entre outros.

Como pode-se observar, a história de São Gonçalo é riquíssima, e vale a pena conhecer mais afundo sobre ela, e descobrir todos os seus detalhes. Confira.

A ponte do rio Tâmega

Assim que chegou a essa região para viver uma vida de eremita, São Gonçalo observou que a passagem entre as margens do Rio Tâmega, era extremamente perigosa para qualquer um que se arriscasse por ali. No mesmo instante ele se sentiu extremamente tocado por aquela situação e decidiu construir uma ponte.

No entanto, essa não tratava de uma obra simples, e apesar de receber a ajuda dos moradores da região, esse foi um árduo trabalho, cheio de empecilhos. Porém, apesar disso, também foi dessa construção que saíram inúmeros milagres de São Gonçalo, mostrando a todos que a fé realmente move montanhas, e literalmente.

Mantenha a sua atenção na leitura, pois na sequência, você acompanhará de forma mais específica os detalhes de todos esses milagres, que ocorrem a partir da ideia da construção dessa ponte, que veio para melhorar e muito a vida daquele povoado.

Antes de dar sequência nos milagres, vale lembrar, que a população também sofria muito com as enchentes naquela região, antes da ponte. As águas faziam verdadeiros estragos por ali. Mais que uma ponte que auxiliou na travessia, essa construção fez a diferença de verdade na vida de muitos por ali.

O milagre das rochas

Durante a construção da ponte do Rio Tâmega, uma das principais dificuldades era no peso absurdo das rochas, que dificultavam a sua movimentação. Mesmo com o auxílio dos moradores do povoado, era impossível movê-las.

Foi então que São Gonçalo teve um sinal divino. Comovido com os esforços da população, ele chegou próximo a uma rocha e disse, que para aquela pedra, apenas um velho bastava. No mesmo instante ele começou a empurrá-la com facilidade, contando com uma ajuda divina.

O milagre da água e vinho

Ainda durante a construção da ponte do Rio Tâmega, que veio para mudar a vida da população daquele vilarejo, faltava algo que renovasse as energias dos trabalhadores que se empenhavam na construção dela. Por isso, uma água naquele momento seria muito bem vinda, e facilitaria o trabalho.

Foi então que São Gonçalo tocou em um pedra, e no mesmo instante saiu dela uma fonte de água cristalina e abundante. No entanto, vale ressaltar que a água apesar de fundamental, não deixava os trabalhadores felizes. São Gonçalo então sensibilizou-se com os operários mais um vez, e tocou novamente em outra pedra, que dessas vez despejou uma fonte de vinho.

O milagre dos peixes

Anteriormente, você viu que através de milagres, São Gonçalo pôde saciar a sede dos homens que trabalhavam na construção da ponte. No entanto, apenas isso não era o suficiente, era necessário também alimentar os trabalhadores.

Desse modo, São Gonçalo, sempre em oração, aproximava-se do rio e pedia a Deus para que os socorressem, e sempre fazia o sinal da cruz sobre as águas. Como um passe de mágica, na sequência um cardume de peixes aparecida, e isso era o suficiente para alimentar e saciar todos aqueles trabalhadores.

O milagre dos touros

Depois de descobrir sobre o milagre dos peixes, você já deve ter percebido que São Gonçalo tinha uma ótima relação com os animais. No entanto, esse bom relacionamento não era apenas com os bichinhos das águas.

Certo dia, deram ao santo alguns touros extremamente bravos e ferozes. No entanto, com sua voz serena, ele amansou os touros com uma só palavra. Assim, eles logo se acalmaram, e continuaram a seguir aqueles que os guiavam.

O milagre da balança

Certa vez, São Gonçalo pediu doação para um homem rico, para que pudesse ajudar em suas obras. No entanto, o homem não deu muita importância a Gonçalo, e disse que daria um papel para sua esposa entregar ao santo. Este deveria ser pesado, para ver qual seria o valor do papel.

Tanto o homem, quanto a mulher, sabiam que aquilo não daria muito. Ao entregar o papel a São Gonçalo, a mulher riu e disse que aquele “crédito” não valeria de nada, pois nele, seu marido havia escrito que quando o papel fosse pesado, era para lhe darem esmolas.

São Gonçalo então pesou o papel, e ao colocar apenas em uma parte do objetivo, quando parecia que faltariam apenas alguns grãos de trigo para pôr a balança em equilíbrio, o papel começou a pesar e com isso começaram a chegar sacos e mais sacos de todo o celeiro, e nem assim o peso do papel era igualado.

Mais sobre São Gonçalo

Bíblia e violão.

São Gonçalo teve uma história riquíssima em vida, e por onde passou deixou seu legado. Assim, existem inúmeras informações importantes sobre ele, que se você de fato está interessado em sua história, é importante que saiba.

Como, por exemplo, o seu dia, as comemorações em sua homenagem, tanto no Brasil, quanto em Portugal, entre outras coisas. Confira com atenção a seguir.

Dia de São Gonçalo

O dia de São Gonçalo é comemorado todo ano em 10 de agosto. Assim, em inúmeras cidades nas quais ele é santo, esse dia é decretado feriado. Como na cidade carioca que leva o nome do santo, São Gonçalo, por exemplo.

Essa data foi intitulada como seu dia, pois conta nos registros que ele morreu justamente em um 10 de janeiro, de ano ainda incerto, que deve variar entre 1259 a 1262.

São Gonçalo, o casamenteiro das velhas

São Gonçalo sempre teve a fama de “casamenteiro das velhas”, o que parecia antigamente não agradar as mais jovens, que não tinham a paciência de esperar. Por conta disso, nasceu até um famoso versinho que dizia:

S. Gonçalo de Amarante,
Casamenteiro das velhas,
Porque não casas as novas?
Que mal te fizeram elas?

Assim, dizem os estudiosos, que São Gonçalo divide com Santo Antônio o título de casamenteiro sem conflitos, afinal, um casa as novas, e outro casa as mais velhas. Portanto, entende-se que se Santo Antônio não atender ao pedido de uma jovem, futuramente, São Gonçalo ficará encarregado de atender a sua súplica para o casamento.

Por conta de sua fama de casamenteiro, existem ainda muitas histórias em volta de São Gonçalo, sobre esse tema. Há que diga que aquela que relar em seu túmulo, conseguirá se casar. Outros acreditavam que aquelas que puxassem a corda que encontra-se na cintura do santo, em sua igreja, por três vezes, conseguiram finalmente “desencalhar”.

No entanto, não é mais possível fazer essa prática, pois para preservar a imagem e evitar que ela pudesse se quebrar, ela foi colocada em um local bem alto na igreja, para que ninguém possa mais relar e ter chances de derrubá-la.

Padroeiro dos violeiros

São Gonçalo sempre foi muito feliz, e adorava cantorias e rodas de viola. Alguns relatos contam ainda que ele tocava guitarra portuguesa, como uma forma de evangelizar a população. Vale lembrar, um episódio já relatado aqui nesse artigo. São Gonçalo preocupava-se muito com as moças que caiam na prostituição, ou deixavam levar pela vida mundana, de alguma forma.

Por conta disso, vestia-se de mulher e tocava sua viola para as moças durante toda a noite de sábado. Ele fazia isso para que elas se cansassem de tanto dançar, de forma, que no domingo, não conseguiriam se prostituir, ou cair em farras.

Desse modo, ele acabou ficando conhecido como o protetor dos violeiros. Em volta do mundo todo, inúmeros músicos cultivam a devoção pelo santo, por conta disso.

Comemoração no Brasil

São Gonçalo é padroeiro de algumas cidades no Brasil, e por isso, no dia do santo, costuma ser feriado nesses municípios, que fazem diversas missas e comemorações para ele. Na cidade carioca que leva o nome do santo, por exemplo, já existiram anos em que as comemorações duraram cinco dias. Nesses, tinham missas convencionais, procissão, shows, e até mesmo apresentações de grupos teatrais.

Já na cidade mineira de São Gonçalo do Rio Abaixo, as comemorações também costumam ter mais de um dia, e normalmente possuem temas específicos. Os festejos costumam ter início com uma procissão para a saída da bandeira de São Gonçalo. Em seguida são feitas novenas, missas e shows.

Comemoração em Portugal

Em Portugal, todo dia 10 de janeiro, costuma ocorrer a Festa de São Gonçalo em Amarante. Essa prática acontece desde o século XV. Essa festa também já ocorreu em 16 de setembro, pois esse foi o dia da beatificação de São Gonçalo.

No entanto, entre os anos de 1969/1970, ambas foram unificadas e passou a se comemorar apenas no tradicional 10 de janeiro, dia da morte do santo. Essa festa acontece tanto na igreja de São Gonçalo, quanto também em sua capela, na região.

Se conectando com São Gonçalo

Homem feliz em uma montanha.

Nada melhor para se conectar com seu santo de devoção, do que rezar diretamente para ele. Assim, a seguir você poderá conhecer uma oração geral dedicada a São Gonçalo, e também uma prece especial para aqueles que desejam se casar.

Além disso, conheça ainda a poderosa novena de São Gonçalo, e peça intercessão a esse querido santo. Veja.

Oração de São Gonçalo

“Ó admirável São Gonçalo! Glória de Portugal, Luz de Amarante e de toda a Santa Igreja, apóstolo com todos os predicados e cheio da gloria de Deus, mártir do desejo, virgem puríssimo, vaso ungido de celestial pureza, espelho de perfeita humildade e sabedoria, é o gozo dos coros angelicais, terror dos hereges e dos espíritos infernais que o teu nome temem e tremem e com seus estupendos milagres e graças, é o refúgio e consolo de seus devotos.

Hoje dou mil graças por tão singulares excelências que foi adornada tua alma puríssima e me alegro que agora sejas glorificado na pátria celestial em companhia do coro dos anjos. Ó milagroso Santo!

Que por sua virtude o Divino Infante deu a vida temporal e espiritual a tantos mortos, vista a tantos cegos, ouvidos a tantos surdos, pernas aos aleijados, fala aos mudos e saúde a inúmeros enfermos, converte a nós para que se retire dos nossos corações as culpas que são a morte da alma e para que possamos ouvir as divinas aspirações e caminhemos com fervor a cumprir a Divina Vontade e a proferir o seu santo nome.

Cure os doentes, sossega o rio, suste a ira do Senhor, redime os encarcerados, a miséria, recupere bens e membros perdidos, e dê saúde aos anciãos e afasta o perigo. São Gonçalo, eu tenho confiança na tua intercessão. Peça por mim junto ao Senhor para que eu consiga a graça e ainda me consiga a especial graça da salvação de minha alma. Tudo para a maior glória de Deus. Amém!”

Oração de São Gonçalo para casar

“São Gonçalo do Amarante, Casamenteiro que sois, Primeiro casais a mim; As outras casais depois.
São Gonçalo ajudai-me, De joelhos lhe imploro, Fazei com que eu case logo, Com aquele que adoro.”

Novena de São Gonçalo

Rezar a oração abaixo durante nove dias, finalizando com 3 Ave-Marias e 1 Pai-Nosso.

“Ó glorioso patriarca São Gonçalo, que vos mostrastes sempre compassivo com os necessitados, fazei que também nós, recorrendo à vossa poderosa intercessão, obtenhamos auxílio em todas as nossas aflições.

Que nas famílias reine a paz e a tranquilidade; que se afastem de nós todas as desgraças tanto corporais como espirituais, especialmente o mal do pecado. Alcançai do senhor a graça (faça o pedido) que vos suplicamos; finalmente, vos pedimos que ao término de nossa vida terrestre possamos ir louvar a deus convosco no paraíso.”

São Gonçalo é protetor do que?

Ponto de interrogação.

São Gonçalo não é considerado protetor de apenas uma coisa específica, e sim de várias. Ele é o protetor dos ossos, dos violeiros, e também um grande santo casamenteiro. Algumas das histórias que envolvem essas proteções que o levaram a ser padroeiro de tudo isso são até engraçadas, mas recheadas de muita fé e compaixão.

Sempre muito alegre, São Gonçalo sempre gostou de uma boa cantoria, e adorava acompanhar as rodas de viola. Como também tocava, utilizava seu dom para converter e levar a palavra de Deus até a população.

Sempre muito preocupado com as moças que se perdiam e se deixavam levar pela vida mundana, São Gonçalo fazia questão de tocar por noites inteiras, mesmo que já estivesse cansado, apenas para que as moças pudessem se acabar de tanto dançar, para que assim, no outro dia tivessem que descansar, e não conseguissem ir atrás dos pecados da vida.

Isso pode parecer uma bobagem para muitos, mas essa era uma das formas que ele encontrava de evangelizar, aqueles que muitas vezes se encontravam longe da igreja. Muitas dessas moças ao fim das cantorias vinham até ele pedir conselhos, e São Gonçalo sabia como ninguém levar uma palavra de consolo aos corações aflitos.

O fato, é que seu dom e paixão pela música, fizeram com que ele também fosse considerado o padroeiro dos violeiros, e com isso, ganhou o carinho dessa classe. Já a sua fama de casamenteiro, fez com que inúmeras mulheres suplicassem a ele pelo tão sonhado casamento.

Seja você um violeiro, uma pessoa com doença nos ossos, ou até mesmo alguém desesperado para finalmente encontrar sua alma gêmea e se casar, se estiver precisando de ajuda, recorra a esse querido santo, pois ele com certeza levará seu pedido até o pai, com muito carinho.

Autor deste artigo

Olá! Me chamo Anne e sempre tive paixão por escrever. Desde pequena já gostava de produzir histórias e viajar por aquele mundo descrito no papel.

Palavras-chave relacionadas


religiões

Artigos relacionados


Orações pelo casamento: para restauração, abençoar e mais!

Orações pelo casamento: para restauração, abençoar e mais!

Está passando por problemas no seu casamento? Acalme-se, pois existem algumas orações que poderão lhe ajudar. Confira a seguir!


Shiva e Shakti: conheça esta união e o que ela pode representar pra você!

Shiva e Shakti: conheça esta união e o que ela pode representar pra você!

O vínculo entre Shiva e Shakti é o símbolo do equilíbrio e da união ideal que deve acontecer dentro de nós. Conheça o significado desta união neste artigo!


Conheça os 7 arcanjos: origem, história e mais informações!

Conheça os 7 arcanjos: origem, história e mais informações!

São sete os arcanjos que, através de uma simples oração, podem auxiliar em várias áreas da sua vida. Quer conhecer mais sobre estes arcanjos? Continue lendo!


Como rezar o Rosário? Passo a passo completo para aprender!

Como rezar o Rosário? Passo a passo completo para aprender!

O Santo Rosário é um conjunto de orações poderosas e meditações que nos ajudam espiritualmente. Aprenda aqui o passo a passo de como rezar o Santo Rosário.


O que significa sonhar com benzedor: padre, pastor, pai de santo e mais!

O que significa sonhar com benzedor: padre, pastor, pai de santo e mais!

Sonhar com benzedor significa uma oportunidade de contribuir para a própria evolução pessoal e espiritual. Confira no texto a seguir todos os significados!


Últimos posts


O que significa sonhar com convite? De casamento, aniversário e mais!

O que significa sonhar com convite? De casamento, aniversário e mais!

Sonhar com convite revela situações desafiadoras e faz alertas importantes a respeito de cansaços emocionais. Veja mais alguns significados!


Qual é o sentido da vida? Propósito, felicidade, eternidade e mais!

Qual é o sentido da vida? Propósito, felicidade, eternidade e mais!

Neste artigo, vamos conhecer reflexões relevantes acerca do sentido da vida, aprofundando noções também sobre a felicidade e a eternidade. Acompanhe!


Sonhar com roça: verde, seca, queimada, de milho, de mandioca e mais!

Sonhar com roça: verde, seca, queimada, de milho, de mandioca e mais!

Sonhar com roça traz várias interpretações, como dar mais atenção aos seus desejos e ambições e notícias que poderão mudar a vida. Leia mais significados!


Orações pelo casamento: para restauração, abençoar e mais!

Orações pelo casamento: para restauração, abençoar e mais!

Está passando por problemas no seu casamento? Acalme-se, pois existem algumas orações que poderão lhe ajudar. Confira a seguir!


O que significa sonhar com lençol branco? Com sangue, rasgado e mais!

O que significa sonhar com lençol branco? Com sangue, rasgado e mais!

Sonhar com lençol branco indica necessidade de mudança, na vida, nos relacionamentos e mostra uma fase de autoconhecimento. Veja mais!