Sintomas de mediunidade: sinais, sintomas físicos, como desenvolver e mais!

Sintomas de mediunidade: sinais, sintomas físicos, como desenvolver e mais!

A mediunidade é um assunto fascinante que desperta diferentes sentimentos nas pessoas. Aprenda sobre seus segredos neste artigo e saiba se você é um médium!


Você sabe quais são os sintomas de mediunidade?

Mulher com olhos fechados concentrada ao redor de velas

Mediunidade é um tema que desperta a curiosidade de muitas pessoas. Embora muitas vezes a mediunidade ser considerada como algo de outro mundo, ela é, na verde, muito natural e alcançada até de forma racional.

Consequentemente, muitas pessoas são médiuns, mesmo sem saberem que são e outras podem se tornar médiuns se treinadas adequadamente para isso. Por se tratar de um tema muito complexo, existe uma série de fatores que influenciam o campo da mediunidade.

Por isso, quando alguém se descobre médium os sintomas podem variar bastante de pessoa para pessoa, apesar de alguns sintomas mais clássicos como uma intuição aguçada ou a habilidade de se comunicar com entidades são frequentemente relatados.

Este artigo trata justamente do tema mediunidade para descortinar o véu da ignorância que muitas vezes encobre o assunto.

Como você verá, embora a mediunidade tenha se tornado mais popular com o espiritismo, mais precisamente o Kardecismo, a mediunidade ultrapassa barreira de religiões, pois é parte da configuração do ser humano. Descubra mais sobre o assunto a seguir.

Entendendo mais sobre a mediunidade

Mulher médium manipulando energia

Mediunidade é uma palavra que desperta muitas reações nas pessoas, desde a mais profunda curiosidade até o mais intenso medo. Mas o que de fato esta palavra significa? E qual a sua relação com o espiritismo? A seguir, você obterá não somente as repostas para estas indagações, como também aprenderá sobre temas intimamente ligados à mediunidade. Confira.

O que a mediunidade?

Antes de descobrir se você é médium, é importante saber o que de fato é a mediunidade. De acordo com O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec, a mediunidade é uma maneira que os seres humanos possuem de penetrar nos segredos do mundo invisível.

Esta habilidade foi dada pela divindade da mesma maneira que ele deu os sentidos e instrumentos para compreender o mundo perceptível à sua volta. Além disso, a mediunidade pode ser considerada como uma espécie de dom, através do qual é possível trocar relações entre o mundo visível e o mundo invisível.

É a partir das trocas de informações e energias entre seres encarnados (vivos) e desencarnados (falecidos ou jamais vivos) que a humanidade pode avançar em vários campos do conhecimento como as ciências e as artes. A mediunidade depende de características físicas e hereditárias, mas independe de gênero.

Relação entre a mediunidade e o espiritismo

A mediunidade é comumente relacionada ao espiritismo, já que nesta doutrina religiosa existe um foco em despertar nos indivíduos o dom de se comunicar com o plano espiritual.

Um dos livros mais importante para os médiuns espíritos é o Livro dos Médiuns, no qual Kardec revela que esta faculdade mediúnica não se revela da mesma maneira para as pessoas. A partir desta definição de Kardec, é possível classificar as pessoas de acordo com o modo que as suas habilidades mediúnicas afloram.

Benefícios que a mediunidade proporciona

Uma vez que a mediunidade pode ser considerada como um instrumento que auxilia os indivíduos, inclusive na tarefa de prepará-los para auxiliar os outros, existem muitos benefícios que ela acarreta. Dentre eles, é possível citar:

• Melhora sobre a visão do mundo material e s lições trazidas por ele;
• Acesso a conhecimentos trazidos por seres desencarnados e que são essenciais para o autoconhecimento de para o avanço da humanidade;
• Auxílio no processo de cura e doutrinamento espiritual, ajudando indivíduos que passam por dificuldades, trazendo conforto;
• Conhecimento sobre outra realidade espiritual;
• Consciência de que não se está sozinho e que existe um lugar além das limitações do plano carnal.

Sinais de mediunidade

Como qualquer dom, a mediunidade se manifesta diferentemente de acordo com as pessoas. Uma vez que a mediunidade poder ser tida como uma linhagem passada através de laços familiares ou até mesmo ligações espirituais com outras vidas, cada pessoa possui um ritmo diferente para aperfeiçoá-la ou adquiri-la.

Dentre os sinais mais comuns que mostram que alguém possui uma sensibilidade aflorada para assuntos mediúnicos estão a capacidade de exercer a vidência ou audição espiritual, o transe psicofônico ou psicográfico, a alta sensibilidade emotiva.

Vidência ou audição espiritual

Médiuns podem ser clarividentes (conseguem ver espíritos ou acontecimentos) ou clariaudientes (possuem a habilidade de ouvir mensagens do plano espiritual. Tanto a vidência quando a clauriaudiência são muito comuns entre eles.

Transe psicofônico ou psicográfico

Outra habilidade bastante recorrente entre médiuns está o transe, uma espécie de êxtase espiritual a partir do qual se perde um pouco do contato com a realidade física. A partir deste transe, existe uma alteração no estado de consciência do médium e, através dele, é possível receber mensagens ditadas para ele.

Neste caso, o transe se chama transe psicofônico. Por outro lado, se, enquanto em transe, o médium pega um papel e caneta e é usado como um canal para transmitir mensagens para as pessoas, este ato se chama transe psicográfico, já que faz uso da psicografia (capacidade de escrever mensagens ditadas por entidades).

Sensibilidade emotiva

Médiuns são verdadeiras esponjas energéticas. Como tal, eles conseguem atrair para si diferentes emoções, uma vez que possuem um alto grau de sensibilidade emotiva.

Por isso, pessoas com mediunidade costumam ser afetadas facilmente pelo humor dos outros ou pela energia do local em que estão. Elas também são muito empáticas e conseguem ler o pensamento dos outros muito bem.

Como saber se você é um médium?

Existem diversas maneiras para descobrir se você é médium. A primeira delas é a facilidade de perceber ou captar as energias de um local. Se você possui a habilidade de sentir o que os outros estão sentido ou simplesmente possui uma intuição muito aguçada, é possível que você seja médium e não sabe.

Além disso, você pode apresentar muitos outros sintomas ligados a este poderoso dom. O ideal é que, ao perceber qualquer sintoma, você procure um mentor espiritual adequado para guiar a sua jornada espiritual, afinal, existem vários tipos de médiuns e cada pessoa manifesta seus dons de maneiras diferentes.

Principais sintomas físicos de mediunidade

Mão na direção da luz

Se você está interessado no tema mediunidade, provavelmente você já teve algum tipo de experiência com o tema e deseja saber se o que você vivenciou pode ser explicada pelo olhar da mediunidade. A seguir, você verá os principais sintomas físicos que indicam que a sua mediunidade está aflorando. Confira.

Vibrações e fortes impressões

É muito comum que médiuns, em especial os médiuns sensitivos sintam constantes vibrações ou sejam atingido por fortes impressões.

Tanto as vibrações quanto as impressões permitem eu eles percebam ou receba detalhes sobre pessoas, animais, plantas objetos e até mesmo lugares. Portanto, se você costuma senti-las, há indícios de que você é médium.

Palpitação e taquicardia

Outro sintoma físico bastante recorrente é a sensação incômoda de palpitação e taquicardia. Caso você sinta estes sintomas, é essencial que você busque ajuda médica para descartar a possibilidade de ser uma doença no seu coração.

Se depois de ter todos os exames normais você continuar apresentando esses sintomas, você provavelmente é médium.

Suor excessivo nas mãos e axilas

A menos que você esteja num lugar muito quente ou que você possua uma doença ou até mesmo alto índice de gordura corporal, suar excessivamente nas axilas e nas mãos pode ser um indício forte de que você é médium. Portanto, esteja atento.

Formigamento e calafrios

Espíritos geralmente afetam a temperatura de um ambiente quando estão em atividade nele. Por isso, é muito comum que médiuns relatem a sensação de formigamento no corpo e calafrios que indicam a presença dos espíritos no local. Uma região comumente acometida por estas sensações são a cabeça e os braços.

Vermelhidão e queimação nas orelhas e bochechas

As energias do mundo espiritual também podem ser reveladas nos médiuns através de vermelhidão e sensação de queimação, principalmente nas orelhas e bochechas. Geralmente, elas são resultantes de tentativas de contato com o médium.

Falta de energia

A falta de energia e o constante cansaço sem motivos aparentes também são sintomas físicos de mediunidade. Geralmente este desgaste energético é provocado por energias em conflitos ou por entidades que tentam se aproveitar do médium.

Da mesma maneira, os médiuns podem ser suas energias sugadas por pessoas conhecidas como vampiros psíquicos.

Sensação de desmaio e ânsia de vômito

Os médiuns também podem se sentir enjoados, com o corpo pesado prestes a desmaiar. Isto ocorre devido a energias conflitantes ou até mesmo devido ao contato com entidades que precisam passar alguma mensagem através dele.

Dores de cabeça, dor na nuca e outras dores musculares

Se você costuma ter constantes dores de cabeça, mesmo depois de consultar um médico e verificar que não há nada de errado com a sua saúde, é possível que você seja médium. Além das dores de cabeça, são relatadas também dores na nuca e em diferentes músculos do corpo.

Distúrbios do sono

Você tem problemas constantes para dormir? Sabia que os distúrbios do sono que não são explicados por outras razões como a ansiedade ou o estresse também são fortes indicadores da mediunidade?

Isto ocorre porque é durante o sono que o corpo físico está mais vulnerável. Além disso, a noite desperta a mente subconsciente e por isso é mais fácil que estas vibrações sejam captadas durante o período noturno.

Desenvolvimento de fobias

Se você apresenta mudanças repentinas de humor, especialmente ao entrar em lugares específicos ou lidar com pessoas, você provavelmente é médium. Estas interações podem gerar em você também diferentes fobias.

Procure ajuda de um profissional da saúde adequado e, caso nada seja explicado, a espiritualidade conseguirá trazer as respostas que você precisa.

Principais tipos de mediunidade

Mulher lendo mãos

Como você já leu no artigo, existem diversas maneiras através das quais a mediunidade é manifestada. Mas que principais tipos de mediunidades são esses? Para obter a resposta para esta pergunta, continue lendo para descobrir mais sobre sua definição e características. Confira.

Médium psicógrafo

O médium psicográfico exerce seus dons principalmente através da psicografia. A psicografia é um ato de escrita automática, no qual o médium recebe informações do plano espiritual e as transcreve com o auxílio de seu dom. Portanto, o médium psicógrafo possui a habilidade de receber mensagens de espíritos e transmiti-las através da escrita.

Médium clarividente

Já o médium clarividente consegue enxergar os espíritos ou outras entidades ligadas ao plano além do material. A clarividência, esta habilidade de enxergar além do plano físico, também pode se manifestar de diversas formas.

Com ela o médium pode ver pessoas, rostos, eventos que não aconteceram, eventos passados ou até mesmo perceber a aura ou o campo energético das pessoas.

Médium audiente

Ouvir mensagens do mundo espiritual é a tarefa realizada com maestria pelo médium audiente. As mensagens recebidas por este tipo de médium podem ser bastante claras como vozes de espíritos ou simplesmente se manifestarem como uma espécie de voz interior, como se fosse uma conversa com seu próprio pensamento.

Médium de cura

Como o nome sugere, o médium de cura tem o poder de exercer curas para pessoas. Através de seus dons mediúnicos, ele é capaz de aliviar dores ou curá-las permanentemente. A cura realizada por eles acontece exclusivamente através de energias espirituais, sem o uso de medicamentos, por meio do olhar, toque ou até mesmo gestos.

Médium de incorporação

Já o médium de incorporação, também conhecido por médium psicofônico, possui a habilidade de emprestar o seu corpo como um canal de comunicação com entidades, de maneira supervisionada. Se o médium for psicofônico, ele utiliza apenas a voz para se comunicar com os espíritos ou os espíritos utilizam a sua voz para transmitir sus mensagens.

As incorporações acontecem quando a energia ou a presença de um espírito é tão intensa que requer um corpo físico para ser manifestada. Então o médium cede temporariamente o próprio corpo para que a incorporação aconteça. Médiuns que incorporam devem ser experientes e guiados por alguém qualificado em seu treinamento.

Outras informações sobre a mediunidade

Homem médium

Por ser um tema bastante complexo, a mediunidade provoca muitas inquietações nas pessoas. Geralmente, ela se manifesta ainda durante a infância em crenças que possuem uma predisposição à mediunidade.

No entanto, como mostraremos, é possível desenvolver a mediunidade em fases subsequentes do desenvolvimento. Entenda mais sobre estes temas a seguir.

Como identificar a mediunidade infantil?

Crianças podem ser médiuns. Isso ocorre especialmente pelo fato de elas estarem inda passando pelo processo de reencarnação, momento este em que não estão plenamente ligadas ao seu próprio corpo físico.

Uma vez que o processo de encarne se completa aproximadamente aos 7 anos de idade, é muito comum que crianças manifestem habilidades mediúnicas ou uma conexão mais intensa com o plano espiritual.

Geralmente, as crianças manifestam seus dons através da audição e da visão e, por isso, é muito comum que elas vejam espíritos ou possuam os chamados amigos imaginários. Algumas delas, inclusive, podem relatar situações que aconteceram com elas em outras vidas como se fossem lembranças desta vida, mas que os pais simplesmente não as reconhecem.

É importante lembrar que crianças que apresentam mediunidade não necessariamente e irão desenvolver sua mediunidade quando estiverem na fase adulta. Tudo pode depender bastante do modo como os pais a encaminham em sua jornada espiritual.

Como desenvolver a mediunidade?

Se você deseja desenvolver a sua mediunidade, é importante que você estude bastante e pratique-a o máximo que puder. Embora você não precise estar ligado ao espiritismo para praticar sua mediunidade, conhecer obras desta doutrina podem orientar a sua prática espiritual.

O espiritismo é uma forma de cristianismo, portanto, se você não se sente ligado a esta religião, você pode buscar treinamento em outras vertestes espirituais ou religiosas, visto que a mediunidade não é exclusividade do espiritismo.

Encontrar alguém experiente com quem você possa tratar dos assuntos ligados à espiritualidade é essencial. Você pode ter os centros espíritas kardecistas como pontos de partida. Outras maneiras de desenvolver sua mediunidade é através de práticas como o Yoga, a meditação, leitura de Tarô ou até mesmo a prática da magia.

Como funciona uma sessão mediúnica?

Uma sessão mediúnica trata de uma reunião privativa, com portas chaveadas que é realizada uma vez por semana, na Casa Espírita, sempre no mesmo dia e horário.

Nesta sessão, é imprescindível que o silencia seja alcançado para que haja uma harmonia vibratória. Seu funcionamento se dá a partir da escolha reduzida de participantes que devem vibrar harmonicamente.

Nela, são feitos trabalhos espirituais voltados para um objetivo específico, que é combinado previamente. Durante as reuniões, não é aconselhável a presença de pessoas que apresentem sinais de obsessão espiritual, a não ser que o objetivo da sessão seja doutrinar o espírito.

Um dos principais objetivos de uma sessão mediúnica é auxiliar espíritos sofredores por meio dos médiuns presentes na sessão. Sessões mediúnicas não devem ser confundidas com sessões espirituais, cujo objetivo é bem diferente.

Cuidados com a mediunidade

A mediunidade é um dom vista por muitos espíritas como uma habilidade, já que ela auxilia pessoas em dificuldades. É importante, por isso, que ela não seja utilizada como um meio para aguçar a vaidade, pois ela é natural e não torna ninguém mais ou menos especial.

É importante evitar utilizá-la para propósitos egoístas, bem como para focar apenas no passado e futuro e esquecer do presente. Para melhor desenvolvê-la, você precisa praticá-la, preferivelmente sob acompanhamento de um médium experiente.

É importante também que se evite relatar que você possui algum tipo de vidência para as pessoas e que tenha cuidado com as informações que você compartilha, pois elas podem provocar malefícios ou até mesmo problemas para pessoas que não estão preparadas para recebê-las.

Principais médiuns do Brasil e do mundo

Quando se trata de mediunidade, existem pessoas muito importantes que se destacaram neste assunto no Brasil e no Mundo. Dentre eles, podemos citar:

- Allan Kardec: pseudônimo de Hippolyte Léon Denizard Rivail, Allan foi o criador da doutrina espírita conhecida como Kardecismo. O Livro dos Espíritos e o Livros dos Médiuns são duas de suas obras mais vendidas.

- Chico Xavier: autor de mais de 450 livros, Chico Xavier é considerado um dos mais importantes médiuns do Brasil e do mundo. Ele foi grande responsável pela disseminação da doutrina espírita no Brasil e muitas de suas obras foram traduzidas para outras línguas. Morreu aos 92 anos em Uberaba, Minas Gerais.

- Outros nomes conhecidos no Brasil são Zíbia Gasparetto, Amauri Pena e Waldo Vieira.

Principais livros para aprender sobre mediunidade

Grande parte dos livros sérios destinados ao mundo espiritual e à mediunidade são oriundos da doutrina espírita. Se você decidir se decida à mediunidade, é importante que você se debruce neste tipo de literatura para poder desenvolver os seus dons de maneira adequada. Dentre eles, você pode recorrer a:

1) O livro dos Espíritos de Allan Kardec. Este livro apresenta respostas para muitas questões ligadas ao mundo espiritual, dentre elas temas relevantes para a mediunidade.

2) O Livro dos Médiuns de Allan Kardec.

3) Mecanismos da Mediunidade de Chico Xavier, ditado pelo espírito André Luiz.

4) Mediunidade Desafios e Bênçãos de Divaldo Pereira Franco, ditado pelo espírito Manoel Philomeno de Miranda.

O Livros dos Espíritos

O livro dos Espíritos de Allan Kardec apresenta respostas para muitas questões ligadas ao mundo espiritual, dentre elas temas relevantes para a mediunidade. É considerado o livro base da doutrina do espiritismo kardecista.

O Livro dos Médiuns

Outro clássico da literatura espírita, O Livro dos Médiuns de Allan Kardec é tido como um verdadeiro manual e serve como para quem busca desbravar os segredos da mediunidade.

Mecanismos da Mediunidade

O livro Mecanismos da Mediunidade de Chico Xavier, ditado pelo espírito André Luiz trata sobre a associação da ciência e o espiritismo. Além de dar diretrizes para os médiuns, ela ensina como compreender temas ligados à Física e Filosofia.

Mediunidade Desafios e Bênçãos

Mediunidade Desafios e Bênçãos de Divaldo Pereira Franco, é um livro ditado pelo espírito Manoel Philomeno de Miranda. Guia com orientações e informações gerais sobre a mediunidade. Além disso, ele traz dicas sobre como se proteger de ataques de espíritos.

Entenda a mediunidade e saiba identificar seus sintomas!

Mulher segurando a cabeça devido a mediunidade

A Mediunidade é uma habilidade fascinante que pode ser herdada ou desenvolvida com a prática. Como qualquer habilidade, ela requer estudo e dedicação par que seja manifestada em sua plenitude.

Como mostramos ao longo do artigo, existem sintomas básicos que são comumente relatados por pessoas que possuem mediunidade. Estes podem ser does de cabeça, insônia ou até mesmo arrepios e vermelhidão provocadas todas as vezes que existe um conflito energético entre o médium, um objeto, um local ou ume espírito desencarnado.

Para que você possa usufruir desta habilidade, é importante que você a estude, pois estudá-la é a principal maneira de identificar os seus sintomas. Use este artigo como ponto de partida e siga em frente obtendo informações na lista de livros indicadas nele. Se possível, procure ajuda de alguém experiente para guiar a sua jornada.

E não se esqueça: não há nada de errado em ser médium. Se este é o seu caminho, siga-o de coração aberto e você verá como é maravilhoso desbravar este mundo por meio da caridade e do exercício das suas habilidades mediúnicas!

Autor deste artigo

Entusiasta dos saberes tradicionais e milenares, escreve sobre o tema nas horas vagas.

Palavras-chave relacionadas


religiões

Artigos relacionados


Os símbolos do budismo: Significado, ensinamentos, origem e mais!

Os símbolos do budismo: Significado, ensinamentos, origem e mais!

Constituindo a mente, os símbolos budistas caracterizam o iluminar das ideias e todas as manifestações divinas. Saiba mais!


Pomba Gira Maria Quiteria: características, trabalho, oferenda e mais!

Pomba Gira Maria Quiteria: características, trabalho, oferenda e mais!

Maria Quitéria é uma das pombas-gira mais famosas na umbanda e no candomblé. Leia esse artigo para saber mais sobre essa entidade!


Exu Tata Caveira: história, características dos filhos, ponto e mais!

Exu Tata Caveira: história, características dos filhos, ponto e mais!

Longe de ser uma entidade maléfica, o Exu Tata Caveira é um ser de alma caridosa que carrega uma história de batalha e luta. Saiba mais aqui!


Significado do número 0303: Numerologia, anjos, horas iguais e mais!

Significado do número 0303: Numerologia, anjos, horas iguais e mais!

Entenda quais são os significados e as mensagens trazidas pelo número 0303 para sua vida. Confira nesse artigo em detalhes a sua mensagem!


Terçol: significado espiritual, causas físicas, causas emocionais e mais!

Terçol: significado espiritual, causas físicas, causas emocionais e mais!

Neste artigo, falaremos sobre o terçol. Muitas pessoas experimentaram o incômodo de ter terçol, mas nem todo mundo conhece seu significado espiritual. Confira!


Últimos posts


Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Quer saber como aumentar sua imunidade e ter acesso a outras informações relevante? Leia este artigo e veja como melhorar sua saúde com a alimentação!


Sonhar com girino: em águas claras, águas turvas, virando sapo e mais!

Sonhar com girino: em águas claras, águas turvas, virando sapo e mais!

Sonhar com girino é um presságio de desenvolvimento e mudanças. Confira aqui essas e outras interpretações para esse sonho, e descubra também como se comportar!


Sonhar com ferro: panela, grade, porta, ponte, ferro de passar e mais!

Sonhar com ferro: panela, grade, porta, ponte, ferro de passar e mais!

Sonhar com ferro pode indicar um mau presságio? Descubra tudo sobre esse sonho neste artigo e saiba como agir!


Como acender vela para o Anjo da Guarda com copo de água? Entenda!

Como acender vela para o Anjo da Guarda com copo de água? Entenda!

Realizando uma conexão com a espiritualidade, acender uma vela para o Anjo da Guarda com um copo de água abre portais. Saiba mais!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!