Hierarquia dos anjos: fundamentos, funções, segundo a Bíblia e mais!

Hierarquia dos anjos: fundamentos, funções, segundo a Bíblia e mais!

Entenda de uma vez o que é a hierarquia dos anjos e o papel de cada uma. Apoveite para conhecer mais sobre Gabriel, Raphael e outros anjos importantes.


Como é a hierarquia dos anjos segundo o Cristianismo?

Escultura de anjo segurando os pregos da cruz de Jesus

O arquétipo do anjo está inserido em diversas culturas e religiões, sendo para o cristianismo um elo direto com o Sagrado, denominado Deus. Segundo essa tradição, eles são como agentes do divino e trabalham sob uma determinada hierarquia.

Se você observar, a hierarquia dos anjos funciona como em uma empresa, com um organograma vertical. Em outras palavras, as ordens e benefícios vêm do mais alto para a base. Nesse caso, Deus está no topo, comandando a tudo e seus anjos são seus trabalhadores mais esforçados, fazendo com que tudo funcione da melhor forma possível.

Claro que com a interferência de forças maléficas, tenham elas origem espiritual ou nas próprias ações humanas, pode não ser a tarefa mais simples deixar tudo em ordem na terra. Mas com disciplina e vontade, os anjos santos conseguem manter o equilíbrio, seja pela força, inspiração ou até mesmo indicação de caminhos

Entenda melhor o que são os anjos e como eles se relacionam, segundo a doutrina cristã.

Fundamentos da hierarquia dos anjos

Estátua de anjo com aparência infantil dormindo

De acordo com o cristianismo, alguns fundamentos formam a base da doutrina, sendo embasadas em passagens bíblicas, cuja junção de diversas fontes leva à definição humana do que poderia vir a ser a hierarquia dos anjos. Entenda melhor o que são os anjos de acordo com os cristãos, as fontes que tratam sobre o tema, como é a relação com Deus e sua organização.

Os anjos no Cristianismo

Tradicionalmente, os anjos são criaturas celestiais, desprovidas de gênero e com uma beleza que extrapola a capacidade humana de compreensão, sendo interpretados como puros e delicados. Por isso, muitas vezes são associados às crianças.

O nome Anjo vem do grego Ággelos, que significa mensageiro. Isso porque eles possuem a principal função de servir como elos entre os humanos e Deus. Inteligentes, eles conseguem compreender e interpretar as necessidades humanas e levá-las para o sagrado.

Eles são puros e interagem entre si de forma hierárquica, para que se possa assim contactar os diversos níveis energéticos. Dessa forma, são capazes de transmitir as mensagens, inspirar e proteger, mesmo não sendo percebidos na maior parte das vezes.

Fontes primárias

Para os cristãos, a principal fonte de informações sobre os anjos é a bíblia. Porém, os judeus já tratavam sobre o tema muito antes, assim como outras filosofias pagãs. Na bíblia, o primeiro relato que é associado a anjos está em Gênesis 6:1, com Abraão e Sara. Depois foram citados por Isaias 6:2 e na própria anunciação da vinda de Jesus Crista para a terra.

Como os anjos se relacionam com Deus?

Os anjos e Deus têm uma relação, cujo objetivo é traduzir e enviar mensagens para seus filhos, os homens e mulheres que seguem sua doutrina – os salvos. Da mesma forma, eles também têm o papel de proteger contra a tentação do pecado e trazer o livramento daqueles que seguem as palavras do livro sagrado.

Como estão organizados os anjos?

Para conseguir dividir as tarefas por nível energético e atribuições adequadas, Deus criou uma hierarquia dos anjos, fazendo com que cada um tivesse sua função. Dessa forma, a harmonia e o equilíbrio entre o bem e o mal será preponderante e a humanidade estará salva e guiada pelas mãos divinas, sob o intermédio dos anjos.

A bíblia deixa claro que existem níveis de poder entre os anjos, sendo Gabriel o mais citado, tendo participado de diversos eventos. Nessa hierarquia, pode-se observar três tríades principais, dividindo os anjos em diferentes funções, aparências e outros atributos. Conheça cada um deles e entenda melhor como ela é descrita pelos cristãos.

Primeira tríade dos anjos: os Serafins

Estátua de anjo

De acordo com a tradição cristã, os anjos se dividem em nove coros (grupos), sendo três no primeiro, três no segundo e o mesmo no terceiro. Nessa primeira tríade, estão os serafins, querubins e tronos. Veja mais detalhes de cada um deles e conheça melhor o serafim Metatron.

Quem são?

Os serafins estão no topo da hierarquia dos anjos, tendo maior contato com Deus, de forma mais direta. Também chamados de santos anjos, seu nome vem do hebraico e significa ''queimar completamente''.

Funções

A função dos Serafins é proteger o trono de Deus, sendo seus adoradores. Seu amor e a intensidade de sua dedicação são tão grandes que queimam em sua presença. Eles possuem 6 asas, para voar e para cobrir o rosto e os pés diante de Deus, sendo fortes e poderosos.

Metatron

O grande escrivão Metatron é citado diversas vezes na bíblia. Foi ele quem guiou os hebreus, mostrando o caminho para atravessar o mar vermelho. Além disso, foi ele quem não permitiu que Isaque se sacrificasse por Abraão. Ele é também o porta-voz de Deus durante o apocalipse, sendo muitas vezes associado ao próprio Jesus Cristo.

É sua função passar as ordens diretas de Deus para Gabriel e Samael, sendo também considerado o anjo da morte. Foi Metatron quem criou e entregou o tarot para os humanos, a fim de facilitar a comunicação com Deus.

Primeira tríade dos anjos: os Querubins

Estátua de cobre de anjo

As asas dos querubins são cobertas por olhos e em sua versão original, eles possuem quatro faces, sendo elas a humana, de um boi, de uma águia e de um leão. Durante a renascença, eles passaram a ser retratados como crianças alvas e gorduchas, para criar mais proximidade e fortalecer os laços de fé. Saiba quem são, suas funções e sobre o seu mais famoso representante: Lúcifer.

Quem são?

Os querubins são anjos poderosos, próximos a Deus e têm o poder de interligar os níveis da hierarquia, levando a mensagem divina a outras esferas. Algumas vezes eles também se mostram para os humanos ou buscam inspirar suas ações.

Funções

Os querubins são os encarregados por cuidar dos portões do Eden, da árvore da vida e dos escritos. Mensageiros de Deus, eles também têm a função de serem os que passam a palavra divina a diante, sendo citados mais de 80 vezes na Bíblia como tal.

Lúcifer

De acordo com a tradição cristã, Lúcifer era o querubim mais iluminado, tanto que seu nome significa portador da luz. Poderoso, ele era um dos principais auxiliares de Deus. Porém, quando soube que Ele pretendia gerar um filho com uma humana, fazendo com que ela se tornasse a rainha do universo, Lúcifer ficou furioso.

Como pode uma humana estar acima dos anjos? Foi assim que ele e outros anjos se rebelaram contra Deus, dando início a uma guerra que envolveu todos os anjos.

Seu irmão, Miguel, travou uma batalha contra Lúcifer, matando o dragão com uma balança na mão e enfim trazendo novamente o equilíbrio para o mundo. Lúcifer foi então mandado para o inferno, com os outros anjos, agora chamados de anjos decaídos ou demônios.

Outra linha diz que Lúcifer era o mais iluminado e poderoso e, como tal, acreditava que poderia reinar os céus. Ele defendia uma teoria chamada de ciência do bem e do mal, onde as qualidades e defeitos viveriam em harmonia. Deus não apoiou e Lúcifer decidiu iniciar uma guerra, com um terço dos anjos, a fim de tomar o trono. Deu errado, como na história anterior e ele foi lançado para o inferno.

Primeira tríade dos anjos: os Tronos

Escultura de anjo

Ainda na primeira tríade, ao lado de arcanjos e querubins, estão os tronos. Seu nome vem do grego, tendo como significado ''anciãos''. Eles recebem ainda outros nomes, como erelins, ofanins ou sedes dei. Saiba melhor quem são, suas funções e conheça o mais famoso anjo desse coro, Tsaphkiel.

Quem são?

O coro angelical de tronos contém anjos sábios, que se ajoelham e curvam diante de Deus. Feito isso, eles arremessam suas coroas para o Pai, em sinal de humildade e submissão. Esse ato mostra também que eles são humildes, perfeitos e livres de todo e qualquer mal em seus corações.

Apesar de serem anciãos, se apresentam como jovens e fortes, que tocam instrumentos como a harpa, pois são apreciadores da música. Também são representados ao redor do mundo com espirais de luz intensa, sem forma e com muito poder.

Funções

Além de louvar e glorificar a Deus, os tronos têm a função de comandar os coros que ficam abaixo na hierarquia dos anjos. Eles repassam as missões diárias e ajudam a eliminar parte do carma criado pela humanidade, para garantir maior paz.

nc src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js?client=ca-pub-7588185812975826" crossorigin="anonymous">

Anjo Tsaphkiel

Também chamado de príncipe dos tronos, Tsaphkiel é o mais ligado aos humanos, de todos da primeira tríade da hierarquia dos anjos. Seu nome vem dos hebreus e significa anjo da noite, dando o dom da predição, contemplando o que está por vir.

Conhecido por ser o protetor das 12 tribos de Israel, conta a tradição que o rei Davi fez os salmos cantados, em sua homenagem. Ele é tão ligado à musicalidade que sua morada tem o nome de harmonia. Por isso, muitas pessoas conseguem se reconectar e emocionar ao ouvir músicas, podendo inclusive encontrar a paz.

Sua principal função, porém, não tem nada a ver com a musicalidade. Ele é o grande reconciliador, levando inimigos a se entenderem e encontrarem a harmonia no relacionamento. Também tem o papel de orientar os passos dos que estão confusos, mostrando o melhor caminho a seguir, segundo os planos divinos.

Segunda tríade dos anjos: as Dominações

Anjo feito de nuvens

A segunda tríade da hierarquia dos anjos é chamada de dominações. Ela se divide em três coros, sendo eles dominações, virtudes e potestades. Em geral, eles são os gestores do plano da sabedoria, comunicando-se diretamente com os coros da última hierarquia. Essa tríade ficou responsável por cuidar do que está acontecendo em todo o universo.

Dominações, potestades e virtudes têm o mesmo objetivo que é gerenciar tudo o que envolve o plano da eterna sabedoria. Porém, cada coro tem suas características e funções mais específicas, explicadas de forma sucinta logo abaixo.

Quem são?

O coro de anjos das dominações é considerado como uma das mais altas patentes dentro da hierarquia, sendo enfim a alta nobreza. Poderosos, eles têm uma visão ampla e são os enviados de Deus quando se trata de missões de grande importância.

Funções

O coro das dominações trabalha na função principal de ministro do Pai. Isso porque representam a Sua palavra em forma de ação, comandando as fileiras do exército angélico. Em outras palavras, eles são comandantes e têm outros anjos sob sua dominação.

Anjo Tesadkiel

Outro nome comum para o anjo Tesadkiel é Zadiel, sendo conhecido como o anjo da liberdade. Seu nome, em hebraico, representa a justiça do Senhor, sendo ele benevolente e misericordioso. Associado ao perdão, ele é o grande incentivador dessa ação e seu patrono.

Associado à cor violeta, Tesadkiel é um dos estandartes na guerra, seguindo para a batalha logo atrás de Miguel. Ele ajuda a resolver conflitos de forma pacífica, tendo o dom da comunicação. É pacificador, mas forte e resoluto, sempre buscando uma forma de acabar com a crise instaurada.

Segunda tríade dos anjos: as Virtudes

Silhueta da escultura de um anjo com céu ao fundo

Na hierarquia dos anjos, outro coro importante da segunda tríade é o das virtudes. Eles trabalham no campo das energias e afastam qualquer obstáculo que se oponha aos planos de Deus. Entenda melhor os detalhes do coro virtudes, como quem eles são, as funções que executam e quem é o anjo Raphael.

Quem são?

Muito poderosos, eles são repletos de energia divina e tendem a distribuir essa mesma energia, a medida em que abençoam a humanidade. É a partir disso que surgem os milagres, sendo na realidade bênçãos do coro virtudes.

Funções

Eles são responsáveis por manter a ordem do universo, sendo puros e firmes em seu propósito. Da mesma forma, procuram transmitir todas as virtudes para os anjos sob seu comando, orientando também o ser humano em suas missões de vida.

Anjo Raphael

Na hierarquia dos anjos, Raphael pertence ao coro das virtudes e está relacionado à cura, sendo esse o sentido do seu nome em hebraico e árabe. Ele faz parte da tradição cristã, mas também judaica e islâmica. Seu poder de milagres na cura pode envolver os aspectos físicos, emocionais e até espirituais.

O anjo Raphael é citado diretamente, tanto no antigo testamento da bíblia, quanto no livro de Tobias. Em uma das passagens, ele se apresenta como um dos sete anjos do Senhor e que tem acesso à sua grandiosidade.

Segunda tríade dos anjos: as Potestades

Asas de anjos com luz no meio

A segunda tríade da hierarquia dos anjos termina com a presença das potestades, chamadas informalmente de condutores da ordem sagrada. Entenda melhor quem são e suas funções. Conheça mais também sobre o anjo Camael.

Quem são?

Outra característica importante é que eles são poderosos guerreiros, carregados do poder divino, armazenando, transmitindo e executando o plano de Deus. Os animais são seus protegidos, sendo também os anjos da vida e da morte.

Funções

Enquanto outros coros estão mais relacionados ao comando ou envio de mensagens, as potestades são executoras. Elas são responsáveis por cuidar da ação de grandes feitos para o universo, sendo também responsáveis pelo inconsciente coletivo, sempre relacionado a pensamentos mais elevados sobre ética, filosofia e temas correlatos.

Anjo Camael

Defensor dos que são injustiçados, o anjo Camael luta ao lado de Miguel para combater as más energias e aqueles que vão contra o plano de Deus. Ele aparece na Bíblia em contato com Jesus, quando foi preso – após a traição de Judas. Em hebraico, o seu nome significa "auxílio divino", sendo esse ofertado a Jesus em um dos seus momentos mais difíceis.

Ele é o anjo da vontade divina, lutando contra qualquer obstáculo que se oponha a ela. Inspira o julgamento sem parcialidade, a disciplina e o respeito. Nos momentos de fraqueza, concede coragem para a luta.

Terceira tríade dos anjos: os Principados

Estátua de anjo principado

A última tríade da hierarquia dos anjos é composta inicialmente pelos principados, sendo assim os anjos pertencentes a ela denominados de príncipes.

Os Principados, do latim principatus, são os anjos encarregados de receber as ordens das Dominações e Potestades e transmiti-las aos reinos inferiores. Sua posição é representada pela coroa e cetro que usam, e também guardam as cidades e os países e protegem a fauna e a flora.

Quem são?

O nome do coro principados vem do latim, principatus, significando príncipes. Eles são o braço direito de Deus para executar as obras dEle na terra. Também são aqueles responsáveis por presidir os reinos, sempre com foco no melhor para todos.

Funções

Sua principal função é a de transmitir as mensagens divinas para os níveis inferiores da terra. Eles usam uma coroa e um cetro, mas humildemente cumprem sua missão de proteger e comunicar as ideias do plano de Deus.

Anjo Haniel

O anjo Haniel é o mais importante entre os principados, sendo ele seu líder. O significado do seu nome é anjo do amor e ele ajuda a manter acesa a chama do amor universal, o amor de Deus. É através das mensagens enviadas e do combate ao mal que ele atinge o coração humano, ajudando a concretizar o plano divino.

Apesar de representar o amor universal, ele também é inspiração dos casais. Inclusive, sua presença pode ser sentida quando um casal que se ama dá o seu primeiro beijo. Nesse momento, eles conseguem ouvir o bater de asas de Haniel e a brisa resultante tocar suas faces e cabelos.

Terceira tríade dos anjos: os Arcanjos

Ilustração de arcanjo

Os tão conhecidos arcanjos fazem parte da terceira tríade na hierarquia dos anjos, tendo como membros importante São Miguel, São Gabriel e São Rafael. Saiba mais sobre quem são, suas funções e as características de cada um desses arcanjos.

Quem são?

Na hierarquia dos anjos, os arcanjos são um dos coros mais conhecidos, situando-se entre os principados e os anjos. Eles conhecem profundamente o plano de Deus e sua vontade e lutam por ele. Muitos dos arcanjos são citados na Bíblia, em momentos importantes e significativos para os cristãos.

Funções

Os arcanjos são os escolhidos para a função de comunicar revelações que sejam incompreensíveis para a mente humana. Um exemplo disso é quando o Arcanjo Gabriel explicou para Maria o que estava para acontecer em sua vida. Além disso, eles também são encarregados de executar as missões mais atípicas, sendo de total confiança de Deus.

São Miguel

Em Judas 9, o Arcanjo Miguel é citado como pertencente desse coro na hierarquia. É um comandante do exército de Deus, caracterizado como uma figura altiva e imponente. Com cabelos dourados e profundos olhos azuis, carrega uma espada com a qual elimina o mal do mundo. Seu nome é interpretado como ‘à semelhança de Deus’, e é considerado o protetor e advogado de defesa dos judeus.

Durante a guerra do céu, Miguel é o comandante que triunfa sob Lúcifer, derrotando o dragão, com uma espada em uma mão e uma balança na outra. Desde então, ele e seu exército de anjos mantém anjos decaídos presos ao interior da terra. Ele é chamado no catolicismo como São Miguel Arcanjo ou Comandante Supremo das Hostes celestiais.

Ele tem o papel de comandar o exército contra o mal, ser um modelo angélico, levar as almas dos mortos para o céu – dando a elas a chance de se redimir – e medir as almas, de forma que ele consiga saber se teve mais comportamentos bons ou maus. Além disso, ele é considerado como o grande guardião da Igreja, sendo reverenciado tanto por militares quanto pacifistas.

São Gabriel

Entre os Arcanjos, provavelmente São Gabriel é o mais conhecido. Ele foi o responsável por avisar sobre o nascimento de Jesus, bem como contou para Zacarias que ele e Isabel teriam um filho. Seu nome significa ‘emissário do Senhor ou homem de Deus’, sendo um arcanjo cuja hierarquia dos anjos permite maior proximidade.

Foi também o Arcanjo Gabriel o responsável por revelar o Corão para Mohammad, enquanto ele orava em Meca. Para eles, o anjo é um espírito repleto de fé, enquanto para o cristianismo, ele é o intermediário da palavra divina, sendo justo e fraterno e levando o amor e verdade de Deus para todo o mundo.

São Rafael

Conhecido com o anjo da saúde, São Rafael ou Arcanjo Raphael é reconhecido pelo cristianismo, islamismo e judaísmo como tal. Ele trata dores e doenças, sejam elas físicas, emocionais ou espirituais. Ele é também o responsável pela passagem do corpo para o espírito, sendo um médico e guia.

Entre todos os presentes em qualquer parte da hierarquia dos anjos, Raphael foi o único a tomar a forma humana e viver entre os mortais por meses. Seu objetivo era - e ainda o é – o de conduzir a humanidade para uma vida mais saudável, ensinando a se defender dos ataques físicos e espirituais, realizados pelos anjos decaídos e outras fontes maléficas.

Terceira tríade dos anjos: Anjos

Estátua de anjo da guarda

O último coro, da última tríade da hierarquia dos anjos são os próprios anjos. Os santos anjos falam com a humanidade de forma silenciosa, através principalmente de inspiração ou outras formas de mensagens, como os oráculos por exemplo. Claro que não se pode deixar de mencionar o anjo da guarda, que protege e conduz o seu caminho, em direção ao bem maior.

Quem são?

Criaturas iluminadas, os anjos têm contato com o divino e o material, sendo intermediários nessa comunicação. Além disso, podem influenciar nas ações humanas, se a pessoa estiver em sintonia e aberta a ouvir os conselhos e avisos dados pelos anjos.

Funções

Eles são os responsáveis por executar as ordens dadas por Deus e transmitidas pelas outras hierarquias. Ou seja, os anjos têm um contato muito direto e próximo com a humanidade. Também são os guias e protetores, ajudando a pessoa a ter uma vida mais plena, feliz e alinhada com o plano de Deus.

Anjos da Guarda

Os anjos da guarda são os companheiros mais próximos do ser humano, acompanhando seus passos desde o nascimento. Eles inspiram, protegem e direcionam suas ações em direção ao bem, evitando também os ataques de forças maléficas. Inclusive, eles são citados em Êxodo, na Bíblia:

“Eis que envio um Anjo diante de ti, para que te guarde pelo caminho e te conduza ao lugar que tenho preparado para ti. Respeita a sua presença e observa a sua voz, e não lhe sejas rebelde, porque não perdoará a vossa transgressão, pois nele está o Meu Nome. Mas se escutares fielmente a sua voz e fizeres o que te disser, então serei inimigo dos teus inimigos e adversário dos teus adversários”.

A hierarquia dos anjos traça o caminho entre o céu e a terra?

Pintura de anjo visitando pastores

Pode-se dizer que sim, a hierarquia dos anjos, desde os coros mais elevados, com os serafins, querubins, tronos, dominações, virtudes e potestades, até os mais próximos do ser humano, como os principados, arcanjos e anjos, ajudam a estabelecer uma ponte entre o céu e a terra, facilitando a comunicação do Sagrado com o carnal.

Claro que isso vai depender da qualidade da sua conexão com o divino, já que não adianta falar com quem não quer escutar. Dessa forma, é importante que se procure sempre estar em conexão com sua deidade, para ouvir o que seu anjo da guarda tem a dizer. É uma mensagem importante, que veio de Deus, passou por vários coros até chegar aos seus ouvidos.

Para isso, você pode simplesmente orar, acender uma vela para Deus pedindo por mais tranquilidade e abertura às palavras dEle. Também pode tentar desacelerar a mente e procurar se reconectar com o seu Eu, em silêncio, para ouvir o que seu anjo da guarda tem a dizer.

Se você não gosta de orar, a respiração consciente e a meditação são ótimas opções. Em todo caso, as vezes o que você precisa mesmo é ficar em silêncio, em meio à natureza – criação divina e detentora de todas as forças – e procurar sentir a brisa suave no seu rosto, o toque da terra nos seus pés, o cheiro das plantas, terras e seres do local... se conectar com sua essência e deixar a mente aberta e livre para as palavras de Deus, através do seu anjo.

Autor deste artigo

Sempre à procura da resposta da vida, do universo e tudo mais (ok, 42... então da pergunta), sou redatora sênior, um tanto nerd e apaixonada pela escrita. Com graduação em Adm e Marketing, acredito na magia através das palavras, criando mundos e buscando soluções para os pequenos grandes desafios diários.

Palavras-chave relacionadas


religiões orações

Artigos relacionados


Deusa Deméter: origem, história, importância na mitologia e mais!

Deusa Deméter: origem, história, importância na mitologia e mais!

Deméter é uma das 12 divindades originais do Olimpo na mitologia grega. Ela governa a agricultura e seu culto está presente em religiões neopagãs como a Wicca.


Santo São Gonçalo: conheça o santo violeiro e casamenteiro!

Santo São Gonçalo: conheça o santo violeiro e casamenteiro!

Você sabia que além de protetor dos violeiros, São Gonçalo também é conhecido por ser o casamenteiro das velhas? Conheça a seguir a sua história.


Estudos sobre o Salmo 127: explicações, lições, Salmo 128 e mais!

Estudos sobre o Salmo 127: explicações, lições, Salmo 128 e mais!

O Salmo 127, hino escrito pelo Rei Salomão, traz mensagens sobre a importância de Deus na sua vida e sobre o presende divino que são os filhos. Leia e entenda!


História de Iemanjá: sua origem, itans, nomes, como morreu  e mais!

História de Iemanjá: sua origem, itans, nomes, como morreu e mais!

Com suas próprias festas e feriados, Iemanjá é o orixá mais famoso do Brasil. Saiba mais sobre seus aspectos e sua história aqui!


Quem é Xangô Aganju? História, na umbanda, oração, influências e mais!

Quem é Xangô Aganju? História, na umbanda, oração, influências e mais!

Orixás são divindades e Xangô Aganju é um orixá da justiça e das montanhas e o senhor dos vulcões. Saiba mais nesse artigo!


Últimos posts


Quais são os defeitos de Libra? Indecisão, superficialidade e mais!

Quais são os defeitos de Libra? Indecisão, superficialidade e mais!

Cada signo carrega consigo qualidades e defeitos. Leia nosso artigo e confira os principais defeitos dos nativos de Libra!


Símbolo da paz: significado, origem, outros símbolos e mais!

Símbolo da paz: significado, origem, outros símbolos e mais!

Qual o significado do símbolo da paz? Neste artigo, você vai ler sobre a origem de todos o movimentos que se apropriaram desse símbolo ao longo da história!


Sonhar com lama: no rio, no mar, em uma estrada, em casa, na roupa e mais!

Sonhar com lama: no rio, no mar, em uma estrada, em casa, na roupa e mais!

Sonhar com lama é quase sempre um aviso subconsciente para termos cuidado com problemas que estão vindo em nosso caminho. Confira cada interpretação possível!


Aranha como animal de poder: significado espiritual, arquétipo, no xamanismo e mais!

Aranha como animal de poder: significado espiritual, arquétipo, no xamanismo e mais!

Um dos significados espirituais das aranhas é que elas são as guardiãs dos segredos da vida. Saiba tudo sobre elas!


O que significa sonhar com igreja cheia? Em casamento, batizado e mais!

O que significa sonhar com igreja cheia? Em casamento, batizado e mais!

Sonhar com igreja cheia ou sonhar com igreja em outros contextos e em outras situações pode ter inúmeros significados. Ficou curioso? Venha conferir!