Crenças limitantes: o que são, tipos, exemplos, como identificar e mais!

Crenças limitantes: o que são, tipos, exemplos, como identificar e mais!

Neste artigo, você vai entender mais sobre o que são as crenças limitantes e como elas podem te impedir de se desenvolver em várias áreas da sua vida. Confira!


Você conhece as suas crenças limitantes?

Corda com cadeados fechados pendurados.

Ao longo da vida, desenvolvemos ideias e percepções sobre nós mesmos através do contato com pessoas, lugares, determinados grupos e informações que cruzam o caminho. Todas essas percepções criadas vão desenvolvendo algumas crenças, que podem ser vistas como boas ou ruins, conhecidas como limitantes.

Para muitas pessoas, essas crenças são tão fortes que acabam virando uma verdade absoluta. Porém, quando se trata de crenças limitantes, muitas vezes, essa convicção só acaba sendo real na mente da própria pessoa, acabando por distorcer a realidade.

Ao ler esse artigo, você vai dar um passo importante para começar a lidar melhor com essas crenças que limitam a vida de muitas pessoas. Leia tudo e entenda!

Entendendo sobre as crenças limitantes

Homem com medo de agir.

As crenças limitantes aparecem através das nossas influências ao longo da vida. Se você parar para refletir, quando uma pessoa nasce, ela é como se fosse uma página em branco que, conforme vai se relacionando com o mundo, vai adquirindo novas experiências. Assim, acabam adquirindo seus talentos e também as suas crenças limitantes. Confira a seguir o que são essas crenças!

O que são crenças limitantes?

Para entender melhor sobre crenças limitantes, é muito importante ter em mente o que é uma crença. O sentido da palavra crença não tem nada a ver com religião. Crença nada mais é do que uma interpretação ou um pensamento convicto que você aceita como sendo uma verdade absoluta, mesmo não sendo.

Tendo compreendido o que é uma crença, podemos dizer que crenças limitantes são pensamentos impositivos criados, geralmente, na infância e desenvolvidos ao longo da vida. Esses pensamentos acabam se tornando nossas próprias verdades e, muitas vezes, limitando o desenvolvimento em vários aspectos da vida, ou seja, são barreiras mentais que construímos durante nossa própria jornada de vida.

Diferença entre crenças limitantes e crenças fortalecedoras

As crenças limitantes são crenças que acabam limitando a vida de uma pessoa. Geralmente, elas tendem a ser acompanhadas por sensações e pensamentos negativos, como confusões mentais, críticas, culpa, entre outros. Essas crenças podem ser reconhecidas como subjetivas e não confiáveis, e tendem a te colocar para baixo, modificando a sua autoestima e percepção sobre a realidade.

Já as crenças fortalecedoras são o oposto das crenças limitantes. Elas são capazes de dar mais força e motivação no decorrer da sua vida. Podem ajudar a realizar sonhos, vencer um medo ou conquistar coisas. Sendo assim, essas crenças são um conjunto de ideias positivas que te empoderam ao longo da vida.

Exemplos de crenças limitantes

Se, a partir de hoje, você se comprometer a prestar mais atenção na sua própria fala e na das pessoas ao seu redor, você vai perceber que estamos cercados por mais crenças limitantes do que imaginamos. Elas, muitas vezes, aparecem como sendo normais ou imperceptíveis.

Crenças como: "nunca vou conseguir ter dinheiro", "não tenho idade para isso", "só vou conseguir alcançar o sucesso se for perfeito", "sou incapaz ou insuficiente para fazer algo", "não posso errar" ou "não tenho tempo/dinheiro para nada" são alguns exemplos de pensamentos que devem ter cruzado o seu caminho ao longo da vida.

Ciclo de crenças limitantes

Pessoas que alimentam cada vez mais as crenças limitantes dentro da sua vida acabam vivenciando um ciclo limitante, que acaba atrapalhando o desenvolvimento pessoal. Este ciclo consiste em três etapas: começar a fazer, terminar antes de começar, arrepender-se e tentar novamente ou desistir de vez.

Analisando atentamente este ciclo, você percebe que todos esses comportamentos limitam uma pessoa. Pode-se dizer que os sentimentos mais presentes gerados pelas crenças limitantes são o medo e a insegurança, fazendo com que a pessoa não consiga enfrentar desafios, vivenciando um ciclo de desistência e arrependimento ao longo da vida, sem perceber.

O perigo das crenças limitantes

Homem amedrontado se escondendo atrás de mesa.

Querer progredir na própria vida é uma vontade comum de todo o ser humano, seja na vida pessoal ou na profissional. Por isso, é muito importante fazer o possível para não carregar as próprias crenças limitantes ao longo da vida, pois elas são um dos aspectos que contribuem para que você não se desenvolva. Confira nos próximos tópicos como elas podem te prejudicar!

Como as crenças limitantes podem te prejudicar?

As crenças podem limitar uma pessoa simplesmente por definirem a forma de atuação no mundo, fazendo com que sinta várias coisas. Ou seja, elas acabam limitando a sua autenticidade, o seu lado corajoso, a sua curiosidade e sua vontade por enfrentar vários obstáculos que a vida apresenta. Você acaba, cada vez mais, acumulando sentimentos que te distanciam de uma vida mais feliz.

Todos esses aspectos contribuem para uma péssima saúde mental e uma relação muito conturbada da sua vida com o mundo. Isso não é saudável, e podemos considerar muito perigoso, pois essas crenças tendem a contribuir para que a pessoa pare de ter comportamentos naturais ou benéficos para a saúde mental.

Como surgem as crenças limitantes?

O surgimento das crenças limitantes se encontra no período da infância. É nessa fase que as crianças estão iniciando o desenvolvimento do senso crítico e suas ideias. No meio em que ela vive, as pessoas têm muita interferência para a construção de crenças limitantes, pois o adulto, ao educar um filho, já está com muitas crenças e acaba transferindo, muitas vezes sem saber, para a criança.

Contudo, existem duas formas básicas de essas crenças surgirem. A primeira é através do impacto emocional, ou seja, quando sofremos um grande impacto emocional ou traumatizante, principalmente na fase da infância, pois ainda não se tem uma maturidade emocional desenvolvida.

A outra forma é através da repetição, isto é, quando ouvimos ou sentimos algo que mexe muito com as emoções de forma negativa. Isso se repete de forma igual ou parecida ao longo da vida.

Tipos de crenças limitantes

O mundo está espalhado de vários tipos de crenças limitantes, capazes de serem desenvolvidas ao decorrer da nossa vida. Muitas crenças, quando surgem em uma pessoa, vêm da percepção de seus pais, de como eles enxergam o mundo e aspectos que funcionam para eles. As crenças de convicção limitadora têm a ver com a visão de uma pessoa não se sentir o suficiente para realizar algumas coisas.

Outros exemplos de crenças limitadores também são aquelas ligadas ao mundo e ao nosso redor, como a relação com o dinheiro, a visão sobre relacionamentos e comportamentos alheios de pessoas ou um determinado grupo social.

Tudo isso acontece porque o ser humano se alimenta dessas convicções de forma robótica, seja pela convivência com pessoas ou pelo consumo de informações nos meios de comunicação.

Hereditárias

As crenças limitantes hereditárias são desenvolvidas através da convivência com os pais e o ambiente familiar em que uma pessoa é criada. Frases como: "homem é tudo igual" ou "o dinheiro é algo muito sujo" acabam ficando marcadas no subconsciente, gerando uma certeza sobre estes aspectos.

O relacionamento entre o pai e a mãe, e se há a presença de violência física e discussões são outros exemplos daquilo que acaba moldando a visão de mundo e comportamento de uma pessoa.

Por isso, é muito importante. ao ter um filho, procurar ter consciência de o que é falado para ele, para não gerar uma reação negativa. Ser atencioso nas palavras e comportamentos diminui o surgimento de algumas crenças limitantes na criança.

Sociais

A crença social é assimilada não mais dentro de casa, através dos pais e familiares, mas através do contato com o mundo externo. Contato com outras pessoas, seja no ambiente profissional ou simplesmente na sua jornada na escola ou universidade, contém estímulos capazes de adquirir novas crenças limitantes.

Essas informações e experiências podem também chegar até as pessoas através da televisão, de um jornal de notícia ou das redes sociais. Essas crenças nada mais são do que as sugestões que temos de várias percepções sobre o mundo, de como uma pessoa deve se portar e o que é o certo ou o errado.

Pessoais

No caso das crenças limitantes pessoais, elas têm a ver mais com as nossas próprias convicções sobre nós mesmos. É desenvolvida através das várias experiências que vamos tendo ao longo da vida. Esse tipo de crença tem influências tanto sociais quanto hereditárias, porém é ajustado de acordo com a nossa personalidade e temperamento.

Quem cresceu ouvindo muitas críticas terá muita dificuldade de acreditar que é capaz de desenvolver algumas coisas, ou seja, acaba se tornando uma pessoa muito insegura por ter uma crença com base nas críticas sofridas.

Como identificar suas crenças limitantes?

Ter a consciência de que uma crença limitante pode te paralisar em vários aspectos da sua vida já é um grande passo para conseguir identificá-las. Saber que essas crenças têm a origem muitas vezes dentro de casa, em um ambiente familiar, é muito importante para você conseguir analisá-las da melhor maneira possível.

Um olhar mais atento para o seu processo de autoconhecimento é primordial para você conseguir descobrir quais crenças você carrega ao longo da sua vida. Perguntas como "você tem realizado seus sonhos e metas?", "O que tem te impedido de agir?" e "Sua auto cobrança faz você sofrer?" podem te ajudar a identificar algumas dessas crenças.

Geralmente, elas aparecem em uma repetição e disfarçadas de alguns comportamentos que te desqualificam como pessoa, ou seja, desacreditando da sua capacidade.

Como transformar crenças limitantes em crenças fortalecedoras

Mulher corajosa.

Saber o que são as crenças limitantes e o que elas são capazes de fazer com você já é um grande passo para conseguir lidar melhor com esses pensamentos que nos aprisionam. Nos próximos tópicos, você vai aprender a transformá-las em crenças que te ajudarão a dar uma motivação na sua vida. Confira!

Entenda que crenças limitantes impedem que você chegue mais longe

Ter a consciência de que uma crença limitante pode fazer você parar no tempo e deixar de avançar em busca dos seus próprios sonhos é um passo inicial importante para conseguir ressignificá-las. A ideia de saber que você pode deixar para trás muita coisa que deseja conquistar ou o que deseja mudar pode ser um ótimo combustível para a sua mudança.

Contudo, procure fazer um exercício mental, em que consiga visualizar uma vida sua sem atingir suas metas, seus sonhos e seus maiores desejos, tanto materiais quanto pessoais ou sentimentais. Lembre-se de que uma vida sem evolução e movimento é uma vida morna, e uma vida que se vive de uma maneira morna tende a trazer mais infelicidade e insatisfação.

Reconheça que crenças não são fatos

As crenças que você vem acumulando ao longo da sua vida jamais devem definir a sua realidade. Quando se trata de crenças limitantes, lembre-se de que elas são totalmente convicções e certezas criadas somente na sua própria cabeça. Reconheça que as crenças não condizem com a própria realidade dos fatos.

Sendo assim, ao ter esse reconhecimento, você ganha mais força para conseguir ressignificar as crenças limitantes em crenças fortalecedoras. Procure sempre questionar se os fatos que se apresentam dentro das suas crenças fazem sentido e definem quem você é e o poder que você tem de transformar qualquer coisa.

Ouça sua voz interior

Ter um olhar mais atento e carinhoso para dentro de si vai te ajudar a se conectar cada vez mais com a sua essência. Ao ter contato com a sua própria essência, será mais fácil conseguir separar um pensamento limitante de uma pensamento que traz uma força interna própria.

Fazer esse exercício de ouvir atentamente a sua voz interior te ajudará a se concentrar nas suas qualidades, nos seus medos vencidos e no seu poder de reação. Além disso, poderá se conectar com a sua chama interna, que te faz ter motivação em viver e sempre evoluir.

Anote as crenças limitantes que aparecem na sua cabeça

Ficar somente no pensamento pode fazer ser muito difícil conseguir visualizar uma mudança ou enxergar o que precisa ser mudado. Ao anotar e visualizar em um papel quais são as suas crenças, seu consciente vai memorizar mais fácil e compreender que aquele tipo de pensamento está limitando algo em você ou na sua vida.

Portanto procure responder perguntas como: "O que foi que prendeu você no passado em outras experiências?", "O que chegou a utilizar como desculpas para não agir?", "Em quais padrões você percebeu que tende a cair?". Delegue um tempo para você se dedicar e anotar todos os pensamentos que vierem quando estiver fazendo esses questionamentos.

Substitua uma crença limitante por uma crença fortalecedora

Conseguindo identificar suas próprias crenças e tendo consciência sobre em quais vertentes da sua vida elas estão te limitando, uma atitude muito importante é você conseguir transformar essas crenças limitantes em crenças fortalecedoras. As crenças fortalecedoras são capazes de te ajudar a ter um olhar mais otimista diante da vida.

Algumas crenças, como acreditar que você é capaz de construir o que você quiser, que você pode ser muito feliz, que os momentos difíceis fazem parte, são boas para servirem como fortalecedoras que para você começar a utilizar para substituir as suas crenças limitantes.

Lembre-se do que você é capaz

Ao ter um olhar mais atento para as experiências da sua vida, você vai notar a quantidade enorme de desafios que teve que enfrentar, seja na área pessoal ou na profissional. Esses desafios, no início, são vistos como algo que nos transmitem muita insegurança e medo, porém, quando você consegue superá-los, automaticamente se enche de recursos próprios capazes de lidar com os obstáculos.

Portanto, procure lembrar quais foram os momentos de desafios na sua vida e como você fez para enfrentá-los. Tendo consciência disso, você estará se conectando com a sua própria capacidade interna. Você é capaz de fazer muita coisa que não imagina, porém, para conseguir ter a certeza disso, precisa se abrir para a tentativa. Permita-se arriscar e descobrirá a sua força interna.

Visualize um resultado alternativo

Quando você está submerso de crenças limitantes, a tendência é que a sua visão e percepção sobre as coisas e o mundo fique cada vez mais limitada. Por serem crenças que estão com você por muito tempo, elas acabam te trazendo uma sensação de verdade muito forte, fazendo com que você fique estagnado e com receio de seguir em frente e evoluir.

Ao se deparar com uma situação assim, e sabendo que se trata de uma crença limitante, ao invés de dar ouvido para essas sensações que te limitam, procure sempre se questionar se não existe uma outra alternativa para prosseguir. Visualizando um resultado alternativo, você ajuda a sua mente a não aceitar facilmente essas crenças e a conseguir obter respostas que, muitas vezes, não imaginava.

Procure novas oportunidades para agir

As crenças limitantes tendem a deixar você com uma visão de mundo limitada. Porém, se você pensar no tamanho do mundo e nas infinitas possibilidades que existem nele, vai perceber que essa limitação está somente criada na sua própria mente.

Portanto, procure novas oportunidades de tomar uma atitude. Aceitar como verdade essas crenças só vai fazer você perder a sua chama interior e desacreditar de todos e do mundo. Lembre-se: há infinitas possibilidades te esperando, basta olhar para dentro e perceber que você é capaz de produzir qualquer resultado que quiser. Por isso, procure sempre por novas oportunidades.

Entenda, reconheça e transforme suas crenças limitantes em crenças fortalecedoras!

Mulher de braços abertos em frente ao mar.

A busca por conseguir transformar as crenças limitantes em crenças fortalecedoras pode não ser uma tarefa muito simples. Porém viver uma vida com elas é muito mais difícil, pois acabam limitando toda a sua capacidade humana de desenvolvimento e gerando muito sofrimento e baixa autoestima.

Assim, o primeiro e importante passo você já deu, que é entender sobre as crenças limitantes. Agora, ao longo do seu cotidiano, tente reconhecer quais são as crenças que mais estão presentes em sua vida e que mais te incomodam.

Ao ter esse conhecimento, você será capaz de ressignificá-las e conseguir mudar a partir das suas próprias forças e convicções internas. Acredite, é possível ressignificar tudo, basta ter coragem para dar o primeiro passo!

Autor deste artigo

Jornalista e taurina apaixonada por escrita desde aprendeu a escrever. Desde a sua formação, se dedica a escrever textos sobre diversos assuntos, e temas como o autoconhecimento e saúde da mente têm feito parte dos seus trabalhos e pesquisas mais frequentes.

Palavras-chave relacionadas


autocuidado

Artigos relacionados


Plantas medicinais: indicações, nomes, propriedades, benefícios e mais!

Plantas medicinais: indicações, nomes, propriedades, benefícios e mais!

As plantas apresentam inúmeras propriedades benéficas à saúde e são utilizadas com fins medicinais há séculos. Confira aqui como elas podem te ajudar!


Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Você sabia que as fases da lua interferem e trazem diferentes significados para o ciclo menstrual? Leia o artigo e entenda mais sobre seu equilíbrio interior!


Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda é a fase mais grave do transtorno psicológico, mas tem tratamento e o paciente precisa de apoio. Saiba mais aqui!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!


Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos são mais comuns do que você imagina. Descubra neste artigo o que são, como lidar e outros aspectos desses tipos de pensamentos!


Últimos posts


Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lentes de contato denotam má sorte? Descubra tudo sobre esse sonho e seus significados nesse atigo!


Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Os Salmos da Bíblia cristã são um convite a expressar a fé e pedidos genuínos, aliados a um profundo senso de gratidão a Deus. Conheça mais sobre esses textos!


Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Conhecido por ser um grande guerreiro, o Caboclo Sete Flechas quebra qualquer demanda e ensina de forma branda e serena. Confira!


Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Você conhece o Anjo Miguel? Conheça a história, significado, oração e muito mais sobre esse poderoso Arcanjo e como pode trazer auxílio em sua vida.


Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Santa Maria Madalena é a padroeira de todos os pecadores arrependidos, das mulheres e das mães solteiras. Confira aqui como pedir a sua intercessão!