Colágeno: benefícios, para que serve, efeitos colaterais e mais!

Colágeno: benefícios, para que serve, efeitos colaterais e mais!

O colágeno é uma proteína importante para vários aspectos da saúde, desde pele até a sustentação do corpo. Saiba mais sobre em nosso artigo!


Você conhece os benefícios do colágeno?

Colher de colágeno sobre copo de suco.

O colágeno é uma proteína produzida naturalmente pelo corpo humano. Suas funções são garantir elasticidade e firmeza à pele, de modo que o colágeno é importante para prevenir o surgimento de linhas de expressão, rugas e estrias.

Além de ser produzido pelo organismo, o colágeno também pode ser encontrado em alguns alimentos, como a gelatina e as carnes. Ele também se faz presente em produtos cosméticos, como os cremes hidratantes, e pode ser suplementado através de cápsulas.

A partir de uma certa idade, a produção de colágeno passa por uma queda. Desse modo, é importante conhecer mais sobre a sua importância, suas formas de reposição e seus benefícios para o organismo, para garantir que esta proteína não esteja em falta. Veja mais sobre ela a seguir!

Entendendo mais sobre o colágeno

Porção de colágeno em pó em colher.

O colágeno possui várias funções no organismo devido às suas fibras, que atuam como uma cola e ajudam vários tecidos distintos. Existem quatro tipos principais desta proteína, e cada um deles auxilia em um aspecto diferente, de modo que é importante obter estas informações antes de fazer a reposição. Veja mais na próxima seção do artigo!

O que é o colágeno?

O colágeno é uma proteína produzida de modo natural pelo corpo humano. Em termos de estrutura, ele pode ser descrito como tridimensional e formado por múltiplas hélices, todas compostas por sequências de três aminoácidos.

Para que o colágeno seja sintetizado de forma natural pelo organismo, é preciso que outros nutrientes se façam presentes no corpo. A título de ilustração, é possível citar a vitamina A, a vitamina C, o cobre e o zinco. É possível afirmar que o colágeno possui fibras que atuam como uma espécie de cola, garantindo que os tecidos do corpo humano possuam coesão.

Para que serve o colágeno?

O colágeno oferece elasticidade, resistência, flexibilidade e hidratação para os tecidos do corpo. A sua família representa, em média, 35% do total de proteínas presentes no organismo humano e possui ação distinta em cada um dos tecidos que atua.

Quando se fala sobre a pele, é possível afirmar que as proteínas deste tipo são 85% da sua composição e ajudam a manter a elasticidade, a hidratação e a resistência, garantindo um aspecto jovem. Por outro lado, nas articulações e demais tecidos, o colágeno é responsável por garantir a adesão das estruturas.

Propriedades do colágeno

De rápida absorção e encontrado de forma natural pelo organismo, o colágeno garante resistência à pele, além de assegurar mais saúde para as unhas e os cabelos. Por se fazer presente nas fibras dos tecidos de sustentação do organismo, ele também é benéfico para articulações, tendões e músculos.

Além disso, é possível destacar que a presença do colágeno nas articulações dos ossos garante que estes não se esbarrem, o que causaria desgastes e dor às pessoas. Portanto, trata-se de uma proteína fundamental para o funcionamento do corpo humano.

Tipos de colágeno

Existem vários tipos distintos de colágeno, e cada um deles possui uma função no corpo, de modo que atuam em áreas distintas. Estima-se que essa proteína possua 28 variações. Entretanto, quatro delas são as mais comentadas e as maiores presenças no organismo humano.

Quando se fala sobre o tipo I, é possível afirmar que a sua ação se concentra na pele. O tipo II, por sua vez, se faz presente nas cartilagens. No que se refere ao terceiro tipo, ele é encontrado nos músculos do intestino e do útero, assim como nas artérias e em alguns órgãos vitais. Por fim, o tipo 4 é formado por moléculas que se associam às fibrilas, formando uma membrana que atua como filtro.

Colágeno Tipo I

O colágeno tipo I, também conhecido como colágeno hidrolisado, é extraído dos ossos e das cartilagens de animais. Ele é o mais comum no corpo humano devido às suas propriedades, além da sua capacidade de absorção. Entre as suas funções está a melhoria na firmeza da pele.

Este tipo da proteína é encontrado em forma de fibras grossas, de modo que ele é o mais resistente às tensões entre os seus principais tipos. Logo, pode ser encontrado também em estruturas como os tendões e os ossos, que são responsáveis pela sustentação do corpo humano. O colágeno tipo I também se faz presente nos dentes.

Colágeno Tipo II

Conhecido como colágeno não desnaturado, o colágeno tipo II é um dos principais componentes das cartilagens. A sua fabricação é feita por meio de um processo diferente do tipo I, e o consumo da proteína é indicado quando doenças autoimunes articulares surgem no organismo.

Além disso, também pode ser usado em ocasiões nas quais as cartilagens tenham passado por lesões. Este tipo de proteína funciona como uma esponja e se liga às moléculas de água. Logo, permite ao joelho, por exemplo, a capacidade de sustentar o peso do corpo humano.

Colágeno Tipo III

O colágeno tipo III é encontrado no tecido conjuntivo frouxo e nos tecidos musculares lisos. Ele é responsável por formar as fibras reticulares do corpo humano e também pode ser encontrado na artéria aorta do coração e em órgãos internos, como o fígado, o útero e os pulmões.

Quando se fala sobre as suas formas de consumo, vale destacar que ele pode ser encontrado tanto na versão hidrolisada quanto natural. É indicado para benefícios estéticos e também para a manutenção da saúde das áreas indicadas, especialmente no caso de pessoas cuja produção do colágeno já passou por uma queda.

Colágeno Tipo IV

Localizado nos rins, nas lentes da cápsula do cristalino e nos glomérulos, entre outros locais, o colágeno do tipo IV tem como característica principal o fato de que ele não se associa às fibras pequenas. A sua função é a de sustentação e filtração.

Assim, as moléculas desta proteína se prendem umas às ouras pelas extremidades e formam uma estrutura parecida com uma tela de arame. Esse tipo de associação garante que elas vão promover a saúde a todas as células do organismo humano.

O que causa a perda de colágeno?

A perda do colágeno é algo que acontece de forma natural e conforme a idade avança. Entretanto, existem alguns hábitos que podem contribuir para uma aceleração. Assim, dietas restritivas ou baixo consumo de proteínas podem ser citados como algumas das causas para a perda do colágeno.

Outros aspectos que contribuem para que o processo seja acelerado são o consumo excessivo de açúcar e a exposição constante ao sol, especialmente sem a proteção adequada. Os sinais se fazem notar primeiramente nos cabelos, que se tornam mais finos. Posteriormente, a pele se torna mais flácida e perde a elasticidade.

Benefícios do colágeno

Colher com colágeno em pó.

A popularidade do colágeno se deve aos diversos benefícios que a proteína traz para a saúde. Logo, é muito importante encontrar formas de reposição e de frear o processo de perda, garantindo que esta substância tão importante para a manutenção da saúde e para fins estéticos esteja sempre presente no organismo. Quer saber mais sobre? Veja a seguir!

Melhora a saúde da pele

O colágeno é uma proteína fundamental para a saúde da pele e para a manutenção de uma boa aparência. De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia, é comum que a produção natural passe por uma queda a partir dos 25 anos de idade.

Vale citar que o colágeno representa cerca de 70% de toda a pele e mantém a sua firmeza e elasticidade. Logo, é um grande aliado de tratamentos cosméticos devido a estas propriedades. É importante lembrar que fatores como a exposição excessiva ao sol podem acelerar a perda e fazer com que linhas de expressão e rugas surjam mais rapidamente.

Melhora a saúde do cabelo e das unhas

Quando se fala sobre as unhas, o colágeno atua no fortalecimento. Assim, ele promove maior resistência e espessura a estas estruturas, garantindo que elas não vão se quebrar com facilidade. Essa capacidade de fortalecimento da proteína também pode ser percebida quando se fala sobre os cabelos.

Assim, os fios se tornam mais grossos e mais resistentes, de modo que as quebras e quedas são evitadas. Outro aspecto que o colágeno ajuda bastante nos cabelos é no brilho, especialmente na sua forma hidrolisada.

Age no tratamento de osteoartrite

A osteoartrite é uma doença que causa o desgaste das cartilagens e faz com que ossos fiquem desprotegidos por diminuir a presença do colágeno. Como a proteína está localizada nas extremidades dos ossos, impedindo que eles se encostem, uma vez que a cartilagem é comprometida, este impacto acontece e gera dores.

Portanto, o consumo da proteína, seja através da alimentação ou da suplementação, é indicado para pessoas que sofrem com a doença. Uma vez que a insuficiência é percebida no organismo, é preciso consultar um médico para que ele determine qual a forma mais adequada.

Fortalece os ossos

O colágeno ajuda a fortalecer os ossos, prevenindo impactos e danos. Desse modo, ele também se mostra muito importante para a manutenção da capacidade de movimentação do corpo humano. Além disso, a proteína ajuda no combate à osteoporose, doença que torna os ossos mais quebradiços.

Assim, vale destacar que o consumo de colágeno para a manutenção da saúde dos ossos é indicado para pessoas com mais de 35 anos de idade. Isso pode ser feito através da alimentação ou da suplementação, a depender das necessidades do organismo e das condições de saúde já existentes.

Melhora a saúde cardiovascular

É possível encontrar o colágeno na estrutura das artérias. Ele também atua na melhoria da saúde cardiovascular por garantir que os vasos se tornarão mais elásticos, facilitando o transporte do sangue para o coração e para o restante do corpo humano.

Logo, quando as quantidades de colágeno no organismo são insuficientes, as artérias tendem a se tornar frágeis, e o risco de doenças como a arteriosclerose é aumentado. Portanto, existem estudos indicando que a suplementação desta proteína ajuda na prevenção das condições citadas.

Aumenta a massa muscular

O aumento da massa e da força dos músculos está diretamente associado à produção de colágeno. Assim, os índices desta proteína precisam estar dentro do esperado para que os treinos focados no ganho de massa muscular se mostrem efetivos.

Isso acontece porque a proteína ajuda a promover a síntese de outras que atuam diretamente nos músculos, como é o caso da creatina. Além disso, quando se fala sobre atletas profissionais, é interessante destacar que o colágeno pode ser muito interessante para garantir um melhor desempenho.

Melhora a saúde intestinal

As junções intercelulares são fundamentais para a digestão. Logo, isso torna o colágeno uma proteína essencial para o funcionamento do intestino, já que ele atua no sentido de recuperar o tecido conjuntivo intestinal. Assim, a sua presença faz com que as junções das células não se desgastem de forma gradual, provocando desordem estrutural.

Nesse sentido, o colágeno pode ser usado tanto como uma forma de prevenir doenças no intestino quanto como um tratamento quando estas já se apresentaram. O trato digestivo possui impacto em vários outros sistemas e funções, de modo que é importante mantê-lo funcionando bem.

Auxilia na perda de peso

As calorias presentes no colágeno não são suficientes para provocar ganho ou perda de peso. Além disso, a sensação de saciedade trazida por esta proteína também não é algo que faz com que o emagrecimento possa ser associado exclusivamente a ela.

Porém vale citar que o colágeno tem uma função auxiliar na perda de peso. A suplementação ajuda a diminuir um pouco o apetite, algo que qualquer dieta focada em emagrecimento tem como objetivo. Além disso, ele ajuda a controlar a flacidez que sempre surge em perdas de peso mais expressivas.

Outras informações sobre o colágeno

Colher com colágeno em pó.

Para fazer uso do colágeno e aproveitar os seus benefícios, é importante saber quando ele pode ser usado. Além disso, também é fundamental conhecer a formas de consumo, seja através da alimentação ou da suplementação. Por fim, os critérios de escolha de um bom colágeno também devem ser levados em conta. Veja mais sobre essas e outras questões a seguir!

Quando usar o colágeno?

O uso do colágeno é indicado sempre que os sinais indicativos da diminuição da proteína no organismo começam a surgir. Embora o processos tenha início aos 25 anos de idade, ele se torna mais expressivo por volta dos 50, de modo que a suplementação pode ser necessária.

Assim, vale pontuar que alguns sinais que indicam a perda do colágeno são a diminuição da espessura dos fios de cabelo, o surgimento de estrias, o afinamento da pele, o enfraquecimento das articulações e a flacidez. Caso algum deles se faça notar, procure por um médico para obter a forma correta de suplementação.

Formas de consumir o colágeno

O colágeno pode ser reposto através da alimentação e se faz presente em alimentos como carnes e ovos. Entretanto, existem alguns cenários nos quais somente ingerir alimentos ricos dessa proteína não é suficiente e o uso de suplementos pode ser a uma forma de garantir a presença do colágeno no organismo.

Assim, é possível destacar que a suplementação pode ser feita com facilidade, e existe uma diversidade bastante interessante de produtos no mercado, que vai desde as finalidades estéticas, como os cremes, aos colágenos hidrolisados, que têm funções mais específicas.

Alimentação

Caso o consumo de colágeno através da alimentação seja o mais indicado pelo médico, é possível afirmar que manter uma alimentação rica da proteína não é uma dificuldade muito grande. Assim, as carnes vermelhas, o frango e a gelatina podem ser ótimos aliados.

Entretanto, é muito importante consumir também alimentos que contem com vitamina C, selênio e zinco, entre outros nutrientes. Isso acontece porque eles ajudam na síntese do colágeno e melhoram a sua absorção, garantindo resultados mais rápidos e eficientes para o tratamento de reposição.

Entre os alimentos cotidianos que contam com estes componentes, é possível citar a laranja, o mamão, os peixes, o feijão preto, as claras de ovo e as nozes.

Suplementação

Existem vários tipos de suplementos de colágeno disponíveis no mercado, tanto em forma de cápsulas e compridos quanto em pó, que deve ser diluído na água e tomado junto com o suco de alguma fruta, especialmente se esta for rica em vitamina C. Em geral, indica-se o limão, que ajuda a disfarçar o gosto da proteína.

Vale lembrar, mais uma vez, que o consumo do colágeno precisa ser indicado por um médico ou por um nutricionista. Isso acontece porque somente estes profissionais serão capazes de determinar as quantidades adequadas e também o tipo necessário para o organismo.

Como escolher o melhor colágeno

Para escolher o melhor colágeno, primeiramente, é preciso determinar os objetivos, já que, como a proteína possui vários tipos, cada um age de uma maneira diferente no organismo. Logo, suponhamos que a meta seja o combate à flacidez e a manutenção da saúde da pele.

Nesse caso, os colágenos mais indicados são aqueles que possuem o Versiol na fórmula. A substância em questão é formada por peptídeos bioativos da proteína e foi desenvolvida especialmente para trazer benefícios para a pele.

Preço e onde comprar o colágeno

O colágeno hidrolisado pode ser encontrado nas principais farmácias, sendo um produto de acesso facilitado. A depender da função e da composição, os preços variam bastante. Logo, um produto com Versiol na fórmula, por exemplo, pode custar em média R$ 187,00.

Ainda existem versões mais completas que custam cerca de R$ 239,00. Desse modo, observar os objetivos do tratamento é essencial para não acabar pagando a mais por algo desnecessário ou que não vai trazer os benefícios esperados para o seu corpo.

Contraindicações e possíveis efeitos colaterais do colágeno

De acordo com especialistas, não existe qualquer tipo de contraindicação na suplementação com colágeno. Assim, a nutricionista Mariana Cardenas afirma que o consumo da substância é positivo, mas, para que os benefícios sejam realmente sentidos, eles precisam estar acompanhados por uma boa alimentação que também seja rica em colágeno.

Ainda segundo a opinião da médica, quem adota este tipo de uso combinado com uma boa dieta consegue perceber os benefícios do consumo no seu organismo em um período médio de dois meses.

O colágeno possui diversos benefícios!

Colheres com colágeno em cápsula e em pó.

O colágeno é uma proteína presente em vários tecidos do corpo humano. Desse modo, ao mesmo tempo em que ele garante tratamentos estéticos, especialmente ligados à pele, é responsável por garantir a sustentação do corpo humano devido à sua presença nos tendões e músculos.

Assim, existem diversos benefícios em manter uma dieta rica em colágeno e também em realizar a suplementação. Embora a proteína seja produzida de forma natural pelo corpo humano, especialistas indicam que esta produção passa por uma queda a partir dos 25 anos de idade.

Portanto, caso você esteja sentindo a sua pele mais flácida ou as suas unhas mais frágeis e queira usar o colágeno para combater essas questões, ele é altamente indicado. Procure por um nutricionista ou médico para determinar a melhor forma de consumo e aproveite os benefícios diversos desta proteína!

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


autocuidado

Artigos relacionados


O que é a autoaceitação? Importância, como desenvolver e mais!

O que é a autoaceitação? Importância, como desenvolver e mais!

A autoaceitação é importante para quem deseja alcançar uma vida plena e equilibrada. Para isso, é preciso desenvolvê-la, aprenda clicando aqui como fazer isso!


Terçol: significado espiritual, causas físicas, causas emocionais e mais!

Terçol: significado espiritual, causas físicas, causas emocionais e mais!

Neste artigo, falaremos sobre o terçol. Muitas pessoas experimentaram o incômodo de ter terçol, mas nem todo mundo conhece seu significado espiritual. Confira!


O que é um sonho lúcido? Como funciona, métodos, benefícios e mais!

O que é um sonho lúcido? Como funciona, métodos, benefícios e mais!

Os sonhos lúcidos podem oferecer diversos benefícios para quem os têm. Entenda como eles funcionam e os métodos para acessá-los aqui!


Quais os benefícios da atividade física? Importância, exemplos e mais!

Quais os benefícios da atividade física? Importância, exemplos e mais!

Leia este artigo para saber o que de fato é a atividade física, sua importância e as recomendações para incluir esse hábito na rotina. Acompanhe!


Qual o significado do incenso? De alfazema, arruda, camomila, cravo e mais!

Qual o significado do incenso? De alfazema, arruda, camomila, cravo e mais!

Cada incenso possui seu significado e tem um objetivo diferente. Veja aqui o significado dos incensos, sua história e saiba qual se encaixa melhor com você!


Últimos posts


Anjo 0505: Significados, mensagens do anjo, sua importância e mais!

Anjo 0505: Significados, mensagens do anjo, sua importância e mais!

Estar em situações onde a sequência 0505 é apresentada constantemente vai muito além do acaso. Conheça o anjo 0505 e entenda como ele interage em sua vida!


Anjo 0606: Significados, numerologia, suas mensagens e mais!

Anjo 0606: Significados, numerologia, suas mensagens e mais!

O Anjo 0606 revela mensagens espirituais, além de ser um sinal para que você fique atento aos inimigos. Descubra neste artigo tudo sobre esse número!


Anjo 0404: Significados, suas mensagens, numerologia e mais!

Anjo 0404: Significados, suas mensagens, numerologia e mais!

Você sabia que as mensagens do anjo 0404 estão ligadas a tomadas de decisões, boas escolhas e coragem para fazê-las? Confira seus detalhes a seguir.


Sonhar com dinheiro falso: Nota falsa, recebendo, ganhando e mais!

Sonhar com dinheiro falso: Nota falsa, recebendo, ganhando e mais!

Você está curioso para saber o que significa sonhar com dinheiro falso? Veja aqui mais interpretações para esse sonho.


Sonhar com bolsa: Preta, rosa, azul, nova, cheia de dinheiro e mais!

Sonhar com bolsa: Preta, rosa, azul, nova, cheia de dinheiro e mais!

Você está curioso sobre o significado de sonhar com bolsa? Descubra neste artigo o que cada cor, situação e outros aspectos querem dizer!