Quais são os sintomas de infarto? Em mulheres, jovens, idosos e mais!

Quais são os sintomas de infarto? Em mulheres, jovens, idosos e mais!

O infarto pode se caracterizar a partir do suor frio, náusea, desmaios e outros sintomas. Clique para saber todos e entender como se proteger!


Considerações gerais sobre os sintomas de infarto

Imagem de mulher em preto e branco com mão no coração destacado de vermelho

Sintomas de infarto podem ser visualizados a partir da obstrução das artérias, fazendo com que este sistema não consiga repassar o oxigênio para o coração e desenvolvendo um coágulo sanguíneo. Este se transforma em uma placa de gordura, além de ficar na parte interna da artéria.

Podendo se desenvolver em qualquer pessoa ou idade, sua frequência se eleva em pessoas com mais de 45 anos. Existem também alguns problemas de saúde que intensificam este processo, tendo em vista o tabagismo, obesidade, sedentarismo, hipertensão, colesterol alto, etc.

A falta de ar pode se constituir, contando também com a dor torácica, fadiga. Estes sintomas precisam ser avaliados e considerando o agravamento. Agora, leia o artigo para entender os sintomas de infarto!

Quando ocorre e quem pode ser vítima de um infarto

Senhora segurando homem idoso com mão no coração

Tendo o desenvolvimento de um infarto quando uma placa de gordura é rompida, ela pode se acumular nas artérias e sendo denominada aterosclerose. Um coágulo é formado, fazendo com que o fluxo de sangue seja interrompido, dando em diversas partes do coração.

Podendo ocorrer também a contração de uma artéria, o desprendimento de um coágulo no coração pode se acomodar nos vasos sanguíneos. Pessoas com colesterol alto podem sofrer infarto, incluindo aquelas que usam o tabaco em excesso.

Todos esses problemas podem se acumular, tendo como finalidade o desenvolvimento das placas de gordura, considerando hipertensão, diabete, obesidade, depressão e estresse. Nessa caracterização um diabético conta com mais chances de desenvolver. Continue lendo o artigo para compreender todos os processos de um infarto!

O que é um infarto?

Um infarto se apresenta quando existe a junção de muitos processos em níveis elevados, retratando um problema no tecido do coração. Sendo assim, podendo comprometer a capacidade cardíaca plena de uma pessoa. Até em repouso isso pode acontecer, incluindo o sentar em uma cadeira.

Os sinais são variados, tendo seus respectivos desenvolvimentos distintos. Também existe o infarto fulminante, sendo que é aquele que conta com uma alta porcentagem de morte. Por isso, um médico deve ser consultado em casos que apresentem certos sintomas que podem se resultar nisto.

Quem pode sofrer um infarto?

Pessoas que fumam constantemente podem sofrer um infarto, sendo que o sedentarismo também pode ser aplicado. Além disso, aquelas que contam com um colesterol alto, incluindo a hipertensão, obesidade. As chances são altas, tendo em vista o agravamento, o bloqueio do bombeamento do sangue para o coração.

Indivíduos que não procuram manter uma saúde em pleno estado e dentro de todos esses requisitos contam com probabilidades maiores, precisando se adequar com uma rotina saudável, repleta de um bem-estar interno, externo.

Quais os fatores de risco?

Riscos de infarto podem se caracterizar com a pressão alta, agressão que pode dilatar o coração, fazendo com que a hipertensão seja retratada. Tendo ainda o diabete, este pode causar o rompimento das placas, podendo formar coágulos. Aqui um derrame ou infarto podem acontecer.

O estresse também entra neste grupo de risco, considerando toda a descarga de adrenalina e por uma situação que foi enfrentada. Ou seja, com a contração das artérias. Consumir muita bebida alcoólica prejudica o coração, transformando isso em um possível infarto, dando problemas no sistema cardiovascular.

Quando ocorrem os sintomas de infarto?

Os princípios que se transformam em sintomas de infarto se agravam pela obstrução do ramo da coronária, sendo esta aquela que se aloja em uma área pequena e dentro do músculo cardíaco. Podendo até mesmo ser um processo assintomático, existem combinações que desenvolvem o infarto.

Surgindo de repente, uma dor aguda pode ser sentida por mais de 20 minutos no peito, passando para o pescoço, costas, braços, mandíbula, ombro ou por ansiedade. Uma sensação de queimação pode construir este problema, considerando um formigamento, peso no peito.

Os principais sintomas de infarto

Mulher sentada no sofá com a mão no coração

Um infarto pode ser transformar a partir de sintomas como o suor frio, dor torácica, tontura, enjoo, falta de ar e fadiga. Muitas pessoas não sentem estes indícios, podendo se encaixar como assintomáticos.

Em qualquer idade isso pode acontecer, incluindo jovens, adultos, idosos, pessoas diabéticas. A insuficiência cardíaca não se manifesta desta forma, sendo até mesmo confundida com uma azia, dor no estômago, dor nas costas.

A falta de preocupação também vem com uma possível náusea, tosse seca, mas estes devem ser avaliados. Quando está prestes a ter um infarto, um indivíduo pode sentir muita fraqueza e um grande cansaço. Continue a leitura do artigo para saber quais são os principais sintomas de um infarto!

Dor torácica

Sendo uma das mais comuns nos sintomas de infarto, a dor torácica se desenvolve facilmente em homens. Com uma dor no sentido direito-esquerdo, ela vai para o coração ou na centralização do peito.

Além disso, essa construção pode aparecer em diversos locais como braço, pescoço, costas, ombros. A mandíbula também é um ponto específico, vindo de forma inesperada, principalmente quando a pessoa está dormindo ou em atividades rotineiras do dia a dia.

Tontura

Dando a perda de consciência, um infarto pode ser caracterizado com uma tontura. Um desmaio também pode acontecer, tendo em vista as vertigens. Com esses sintomas uma pessoa deve evitar fazer muitos esforços, além de não dirigir para agravar ou cometer um acidente mais grave.

Um outra condição pode se constituir, sendo que ela é a arritmia cardíaca. O ritmo dos batimentos pode diminuir, causando uma certa tontura ou algo mais problemático. Este problema se encaixa no físico, psicológico, construindo um desequilíbrio evidente.

Fadiga

Com uma grande sensação de fadiga e cansaço, a chegada de um infarto pode estar mais perto. Por isso, esta sensação não deve ser ignorada, tendo em vista outras questões que podem se formular. Se apresentando semanas antes ou alguns dias, é um problema que precisa de atenção.

Em frequência constante um alerta deve ser sinalizado, não deixando de lado um impasse que pode criar outros grandes problemas na saúde. Ou seja, um médico especialista deve ser procurado para apresentar os seus respectivos indícios, dando as suas prescrições, um possível acompanhamento.

Falta de ar

O infarto pode vir com uma falta de ar elevada, tendo em vista um problema sério no coração, usando a asma como exemplo. Estes sinais dão abertura para um bloqueio do sangue que não consegue chegar no coração, além de um aperto que dá na região do peito.

Quando os pulmões não estão funcionando bem a falta de ar pode aparecer, dando sensações angustiantes para o indivíduo. Desencadeando outros problemas, este paciente pode ter mais indícios de infarto, precisando de uma consulta médica urgente.

Enjoo

Enjoo pode ser sentido com a chegada de um infarto, além do desconforto no estômago. Um mal-estar também pode formular este problema de saúde, precisando se atentar com sintomas que até então não são tão conhecidos por caracterizar ele.

Uma pessoa que está sentindo isso deve ser levada ao pronto-socorro, precisando ser medicada, acompanhada. Além disso, alguns sinais são visualizados dias depois, mas sem a indicação de que pode ser um possível infarto querendo se transformar.

Suor frio

Repentinamente um suor frio pode ser sentido, acrescentando o fato de que um infarto pode estar vindo. Sentada uma pessoa pode desenvolver isso, além de se assemelhar ao processo de uma atividade física, por exemplo. Não pode existir a dúvida de se consultar com um médico caso tenha esse sintoma.

Este processo se dá pelo trabalho do corpo com uma secreção para resfriar a temperatura, podendo apresentar problemas como o de um infarto. Sendo complexo, o suor frio posiciona uma reação no organismo para tentar proteger algo ainda mais perigoso, mas não só isso.

Os sintomas de infarto em diferentes grupos

Homem de terno sentindo dor no coração

Todos os sintomas que já foram citados e que estão em relação direta com infarto caracterizam esta questão não só em um grupo específico de pessoas, mas se tratando em um sentido geral. Apesar disto, cada um conta com sintomas particulares, individuais.

Ele se difere em mulheres, jovens, idosos, além de ter o colesterol como uma questão que também é importante. Existe um número ao redor do mundo que identifica esses casos, principalmente considerando o fato de que existem 17 milhões de indivíduos que sofrem anualmente com o infarto.

Dê continuidade na leitura do artigo para ficar por dentro das características do infarto em grupos distintos!

Os sintomas de infarto em mulheres

Variando os sintomas de infarto com os homens, as mulheres sentem isso de forma branda. Começando com um desconforto no peito, vem a sensação de mal-estar, além dos batimentos do coração que ficam irregulares.

Os braços se tornam pesados, podendo confundir com outros problemas. A indisposição vem, contando com a má digestão, precisando não atrasar o diagnóstico com um profissional qualificado.

Ainda assim é um grupo que conta com menores chances de infarto, mas esse problema de saúde pode se intensificar após a menopausa. Este processo se dá pelos níveis de estrogênio que diminuem, além da ligação com o coração, a dilatação dos vasos.

Os sintomas de infarto em jovens

Não sendo distinto daquilo que outros grupos sentem com os processos iniciais de um infarto, os jovens sentem aperto no peito, dor, enjoo, suor frio, tontura, formigamento nos braços, etc. A diferença se dá pelo fato de que eles contam com mais chances de infarto fulminante do que os homens, mulheres, idosos.

A morte pode ser decretada antes mesmo de chegar em um hospital, fazendo com que a vítima não tenha reação. Diferentemente dos idosos, eles não conseguem desenvolver a circulação colateral, porque ela é responsável por irrigar o coração em junção com as artérias coronárias.

Os sintomas de infarto em idosos

Podendo constituir infartos silenciosos, os idosos contam com chances mais elevadas neste sentido. Com o passar do tempo eles podem transformar a circulação colateral, sendo que estas ajudam a bombear o sangue para o coração com mais facilidade. Sendo assim, os sintomas podem aparecer persistentemente.

Falta de ar, suor, palidez e desconforto são alguns dos sintomas que eles mais sentem, não tendo uma especificação para a leveza ou intensidade do infarto. Um aperto no tórax é sentido, contando com uma sensação de peso. Aqui a parte superior do abdômen pode incomodar, confundindo com refluxo ou gastrite.

As diferenças na ação do colesterol entre os sexos

Existe uma diferença de alteração no colesterol com o infarto, porque este pode aumentar ainda mais as chances de interrupção do sangue para o coração. Não somente isso, mas também o fato de que homens e mulheres contam com esta diferenciação.

Quando se trata de menopausa as mulheres podem encontrar problemas. O estrogênio protege o colesterol, diminuindo a produção dos hormônios, sendo que logo após a menopausa elas podem desenvolver níveis ruins deste fator. Quanto aos homens, eles intensificam esta questão por conta de doenças coronárias.

Como identificar um pré-infarto

Mulher segurando pequeno coração vermelho

Um pré-infarto pode ser identificado de muitas maneiras, sendo que nem todos são visualizados com uma dor no peito. Apresentando questão óbvias ou não, também é possível diferenciar em níveis leves ou intensos.

Não tendo certeza, uma pessoa pode confundir com problemas de digestão. Os sinais são aqueles que podem não se assemelhar em todas as pessoas que sofrem com isso, mas que ainda assim precisam de atenção.

A pressão no peito pode ser uma delas, incluindo exames que podem apresentar, contando com tratamentos específicos. A forma de prevenir pode ajudar, além daquilo que se pode fazer quando presenciar um. Leia os tópicos a seguir para saber mais!

Quais exames podem identificar o problema?

Podendo ser identificado com exames distintos, estes de infarto se encaixam com o detalhamento de uma ecocardiografia, monitorização ambulatorial de pressão arterial, cintilografia miocárdica, teste ergométrico e holter. Sendo também uma das causas de mortes mais comuns, muitas alterações podem ser vistas.

Outro exame simples pode apresentar, incluindo o raio-x. Os vasos sanguíneos são afetados com um infarto, não permitindo que o sangue chegue ao coração. Por isso, estes devem ser feitos antes que o problema não tenha solução.

Quando procurar um médico?

Um especialista deve ser procurado com sintomas leves de infarto, principalmente se atentando ao fato de que muitos indícios podem confundir. Uma tontura pode ser retratada, podendo causar até mesmo um desmaio. O suor frio também vem com a tontura, dando pontadas no peito.

A fraqueza é uma das que mais confundem as pessoas, porque ela pode passar despercebida. Isso se dá pelo cansaço do corpo, contando com uma alimentação desregulada, fora das normalidades rotineiras do dia a dia.

Qual o tratamento recomendado?

O tratamento para amenizar ou combater o infarto deve ser feito com a regulação de medicamentos, além do processo que deve ser apresentando para restaurar a circulação sanguínea. Além disso, pode conter diferenciações e se tratando da gravidade do entupimento das artérias.

A desobstrução é feita de forma invasiva, mas com a angioplastia, cirurgia de revascularização do miocárdio. O sangue poderá percorrer normalmente a partir destas formulações, evitando que infartos ocorram, preservando a vida de um indivíduo que pode estabelecer uma caracterização fulminante.

Como prevenir um infarto?

A prevenção de um infarto pode ser estabelecida com algumas mudanças rotineiras, principalmente para controlar o açúcar no sangue. Parar de fumar é uma maneira de evitar que isso aconteça, além de não se adepto do sedentarismo. Uma dieta também deve ser implementada, incluindo frutas, legumes, verduras, etc.

Os carboidratos podem ajudar, mas mantendo uma boa distribuição. Praticar atividades físicas serve para não desenvolver infartos, tentando aliviar a ansiedade, estresse, evitando bebidas alcoólicas. Um bom sono cultiva o descanso pleno, possibilitando a liberação da endorfina para equilibrar com atividades que dão prazer.

O que fazer em caso de infarto?

Presenciando um infarto o indivíduo deve manter o outro em um local arejado, afrouxando as roupas, sapatos, além de procurar um direcionamento com um médico. Estas questões devem ser feitas o mais rápido possível, não deixando que a vítima faça esforços.

Não é recomendado oferecer comida, bebida ou calmante. Em caso de desmaio é importante conferir o pulso e respiração, identificando se os sinais vitais estão em perfeito estado. Caso contrário, uma ressuscitação cardiopulmonar deve ser feita.

Evite os sintomas de infarto adotando hábitos mais saudáveis!

Homem com mão no coração

Os sintomas de infarto podem ser evitados com a inserção de uma rotina saudável, principalmente considerando ações que preservem a vida, que deem mais conforto neste percurso.

Essas atitudes se encaixam com uma alimentação regulada, rica em nutrientes, com atividades físicas, exames de rotina. Evitar o tabaco é uma forma de não desenvolver estes sintomas, porque este hábito construirá uma barreira que evitará outros problemas.

A negligência pode vir para cobrir sintomas que até então não indicam um possível infarto, mas é neste processo que as pessoas devem tomar cuidado. Portanto, para o bem-estar é imprescindível seguir todas essas indicações, considerando a longevidade e para manter a saúde.

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


autocuidado

Artigos relacionados


Plantas medicinais: indicações, nomes, propriedades, benefícios e mais!

Plantas medicinais: indicações, nomes, propriedades, benefícios e mais!

As plantas apresentam inúmeras propriedades benéficas à saúde e são utilizadas com fins medicinais há séculos. Confira aqui como elas podem te ajudar!


Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Você sabia que as fases da lua interferem e trazem diferentes significados para o ciclo menstrual? Leia o artigo e entenda mais sobre seu equilíbrio interior!


Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda é a fase mais grave do transtorno psicológico, mas tem tratamento e o paciente precisa de apoio. Saiba mais aqui!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!


Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos são mais comuns do que você imagina. Descubra neste artigo o que são, como lidar e outros aspectos desses tipos de pensamentos!


Últimos posts


Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lentes de contato denotam má sorte? Descubra tudo sobre esse sonho e seus significados nesse atigo!


Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Os Salmos da Bíblia cristã são um convite a expressar a fé e pedidos genuínos, aliados a um profundo senso de gratidão a Deus. Conheça mais sobre esses textos!


Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Conhecido por ser um grande guerreiro, o Caboclo Sete Flechas quebra qualquer demanda e ensina de forma branda e serena. Confira!


Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Você conhece o Anjo Miguel? Conheça a história, significado, oração e muito mais sobre esse poderoso Arcanjo e como pode trazer auxílio em sua vida.


Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Santa Maria Madalena é a padroeira de todos os pecadores arrependidos, das mulheres e das mães solteiras. Confira aqui como pedir a sua intercessão!