Caboclos de Xangô: origem, linhas, nomes, características e mais!

Caboclos de Xangô: origem, linhas, nomes, características e mais!

O poderoso orixá da justiça precisa de assistentes, dessa forma, surgem os caboclos de Xangô, que o ajudam a colocar as coisas no lugar. Confira!


Quem são os caboclos de Xangô?

Imagem do Caboclo de Xangô

Os caboclos de Xangô são entidades que auxiliam o orixá na luta pela justiça e contra a opressão que as pessoas sofrem. São almas evoluídas que usam seus poderes e aptidões, que adquiriram em vida e também no pós-morte para auxiliar.

Muitos pensam que são apenas guerreiros, já que a classificação de caboclos, normalmente, trata-se de indígenas guerreiros e de personalidades fortes, mas não. Exceto suas personalidades marcantes, os caboclos de Xangô trazem as mais diversas características.

Xangô é entendido por eles como uma espécie de pai e eles são leais ao orixá, disseminando sua missão no mundo, que é a paz e a justiça. Continue a leitura para saber mais.

Entendendo mais sobre os caboclos da umbanda

Caboclo de Xangô

Diferente do que se pensa, caboclos são muito mais que grandes guerreiros. São médiuns de cura, de aconselhamento e ajudam em todo processo da construção da fé. São prestativos e, de modo geral, são muito diretos e francos. Confira um pouco mais sobre os caboclos e como eles se alinham à Xangô!

Origem e história

De modo geral, os caboclos são entidades que, em suas vidas terrenas, foram grandes guerreiros indígenas. Normalmente, morreram defendendo seu povo e as pessoas que amavam. Porém, o que é importante salientar é que essa não é a única característica que os faz tão relevantes dentro da umbanda.

Muitos eram xamãs e curandeiros, o que faz com que muitos caboclos, principalmente os da linha de Xangô, sejam muito orientados para a cura e para o auxílio dos necessitados. É válido dizer que grande parte dos caboclos, quase todos, surgem em solo brasileiro, mesmo que a religião tenha suas raízes no continente africano.

Diferenças entre a etnia “Caboclo” e os “Caboclos da umbanda”

Uma coisa que pode confundir bastante quando falamos sobre os caboclos é a nomenclatura, já que a palavra, quando refere-se à etnia, classifica uma pessoa miscigenada entre um indivíduo indígena e alguém de pele branca, sendo nos primórdios da nação os europeus.

Porém, dentro da umbanda, os caboclos são parte do povo indígena, não necessariamente precisam ser miscigenados. É o povo guerreiro da mata, sendo a característica primária dos caboclos na religião. O que ambas as classificações têm em comum é a ancestralidade indígena.

Diferenças entre Caboclos e Orixás

Orixás são as maiores entidades dentro da umbanda. Eles têm seu espaço de governo e, dentro do possível, vivem em harmonia uns com os outros. Todos têm uma personalidade forte que se alinha muito ao espaço que coordenam. Normalmente, são conhecidos por seu poder e até mesmo pelos elementos dentro da cultura brasileira.

Por sua vez, os caboclos são entidades guerreiras, que podem, como é o caso do orixá Xangô, auxiliar nessas grandes figuras do panteão afro-brasileiro. Xangô tem seus caboclos filhos e isso faz com que sua missão fique mais próxima dos humanos.

Entidades à esquerda e à direita da umbanda

Um conceito dentro da umbanda que nem sempre é bem entendido, é a noção sobre as entidades de esquerda e de direita. As entidades de esquerda são, de modo geral, entendidas como entidades negativas, já que elas operam em qualquer função. Porém, isso não é verdade, já que dentro da religião não existe essa classificação exata do que é certo e errado.

Cada um escolhe o karma que quer carregar e nem sempre o povo da esquerda trabalha no mal dos outros, mas sim na cobrança de coisas negativas que já foram feitas. Porém, os caboclos são da linha de esquerda, que trabalham com curas e conselhos, o que faz com que sejam mais ‘bem-vistos’ diante dos critérios populares.

Características dos caboclos

Os caboclos são caracterizados pelos símbolos de origem indígena, como colares e cocares, penas e todos os aparatos que normalmente conhecemos. Além disso, eles são sérios e sempre têm conselhos para dar. São dotados de uma grande sabedoria, como os pretos velhos, mas são mais joviais.

Geralmente, não gostam de dar conselhos sobre amor e coisas que você não precisa. Eles são focados, muito focados. Se quiser saber sobre aquela vaga de emprego, eles podem te ajudar. Se estiver com um dilema sobre qual rumo tomar na vida, pode contar com eles.

Ações dos caboclos

A maneira de aconselhar dos caboclos é muito única, já que eles não baseiam-se muito em sua experiência terrena para dar seus conselhos e lições. Normalmente, eles prezam por provocar o pensamento e a autocrítica de cada um.

Embora sejam espíritos extremamente evoluídos, tentam falar de uma maneira que até parece "de igual para igual". Priorizam ser uma alma humana para tocar outra alma humana. Eles te fazem perceber o que acontece, não dão as respostas, mas ensinam a fazer as perguntas certas.

Conhecendo os caboclos do Orixá Xangô

Orixá Xangô

Os caboclos de Xangô são primorosamente justos. E entender um pouco sobre eles e como trabalham é fundamental para saber exatamente o que pedir e esperar de almas tão evoluídas e prontas para o desenvolvimento de cada ser humano.

São leais e prezam pela clareza. Confira mais sobre os caboclos de Xangô e como eles se comportam como espíritos e em suas incorporações!

Origem

Cada caboclo tem sua origem individual e única. Isso porque, antes de tornarem-se entidades que ajudam no processo de evolução espiritual da humanidade, foram seres que precisaram dessa mesma evolução. Caboclos foram humanos.

Normalmente, os alinhados ao grande Xangô em vida passaram por uma experiência que os fizeram fortes e resilientes, porque isso é muito característico dessa linhagem. E todos os chefes de linhas são originários do Brasil.

Características dos caboclos de Xangô

Intuitivos, normalmente os caboclos de Xangô já sabem o que você precisa antes de você dizer. Mas, mesmo assim, eles esperam que você os diga. Muitas vezes, a pessoa não entende o que sente ou precisa, mas ele vai guiando até que finalmente entenda-se como ele poderá ajudar.

Em suas incorporações, os caboclos costumam projetar os corpos dos médiuns para o chão. Falam rápido e de maneira sucinta e sem mistérios. Suas maiores expertises são empregos e realizações pessoais. No que puderem ajudar, ajudarão.

Sincretismo do Orixá Xangô

Antes de mais nada, para entender o sincretismo aplicado a Xangô, é necessário saber o que é sincretismo, que é um termo derivado do grego e do francês, usado para explicar a fusão entre duas noções religiosas. Uma mesma figura e seu 'equivalente' em outra doutrina espiritual.

Sendo assim, a figura de Xangô dentro da Igreja Católica é entendida como três diferentes santos: São Jerônimo, Santa Bárbara e São Miguel Arcanjo. Claro que cada um está em um aspecto, mas todos fazem parte da construção religiosa de Xangô dentro dessa doutrina.

Culto aos caboclos de Xangô

Xangô é um orixá bem conhecido e requisitado quando falamos sobre o panteão dos orixás. Ele é conhecido por sua força e ira invencível, que nunca erra seu alvo. Normalmente, a figura de Xangô está presente entre pessoas que exercem poder sobre as demais, pessoas com influência.

Seus filhos, os que mais o cultuam, são determinados, audazes e não descansam até que obtenham aquilo que desejam. A lealdade e a justiça são o maior ato de reverência a Xangô, porque esse é seu legado de proficiência.

Oração para Xangô

Existem várias formas de cultuar Xangô, seja ofertando coisas que lhe agradam, assim como seus pontos em giras, que podem ser entendidos como orações. Porém, existe uma oração feita para Xangô que é infalível. Ela, obviamente, pede por justiça. Confira!

"Senhor meu pai, o infinito é tua grande morada no espaço, teu ponto e energia é nas pedras das cachoeiras.
Com tua justiça fizeste uma construção digna de Rei.

Meu Pai Xangô, tu que és defensor da justiça de Deus e dos homens, dos vivos e dos além morte, tu, com tua machadinha de ouro, defendei-me das injustiças, acobertando-me das mazelas, das dívidas, dos perseguidores mal-intencionados.
Protege-me meu glorioso São Jerônimo, Pai Xangô na Umbanda.

Sempre justiceiro nos caminhos em que eu venha passar com a força desta prece, sempre contigo estarei livrando-me do desespero e da dor, dos inimigos e dos invejosos, dos indivíduos de mau-caráter e dos falsos amigos.
Kaô Xangô, Kawó-Kabiesilé!”

Como fazer oferendas para os caboclos de Xangô?

Cada trabalho feito para qualquer orixá é feito por um objetivo. E, normalmente, são muito específicos, sendo praticamente inclassificáveis. Porém, existe uma série de elementos que agradam Xangô, como, por exemplo, flores marrons, cerveja preta e fumo.

Xangô ainda tem uma receita favorita, chamada de Amalá de Xangô, que é muito comum no Candomblé. É uma receita à base de quiabos. É válido que todo trabalho feito, para qualquer orixá, deve ser feito com o consentimento de Exu, que também pede um trabalho. Por isso, faça sempre com a ajuda de quem entenda.

Comandantes das linhas de caboclos de Xangô

Caboclo de Xangô - Terreiro de Candomblé, na Bahia

Dentro da umbanda, candomblé e kimbanda, as entidades são organizadas em espécie de castas. E os caboclos fazem parte disso, porém, entre eles são escolhidos seus líderes, chamados chefes de linhas.

Xangô tem sete chefes de linhas, que são: Caboclo de Xangô Caô, Pedra Preta, Sete Cachoeiras, Sete Pedreiras, Pedra Branca, Sete Montanhas e o caboclo Agodô. Confira agora um pouco mais sobre eles e quem eles coordenam em cada linha!

Caboclo de Xangô "Caô"

Antes de mais nada, é importante entender que alguns orixás tem entidades de conexão, que fazem a ponte entre esses dois grandes seres celestiais. E o Caboclo Caô é uma dessas intersecções, sendo uma das ligaduras entre Xangô e Oxalá.

Oxalá é, nada menos, que a maior entidade dentro da umbanda, sendo entendido como o criador. Além disso, Caboclo Caô lidera a linha que traz o Caboclo Peri, Caboclo Aymoré, Caboclo do Sol, Caboclo Girassol, Caboclo Sete Estrelas e Caboclo Urubatão.

Caboclo de Xangô "Pedra Preta"

Caboclo Pedra Preta é um chefe de linha do grande Xangô, que tem em seu time de cuidados: Caboclo Pedra Grande, Cabocla Indaiá, Caboclo da Lua, Cabocla Lua Nova, Caboclo Três Luas e Caboclo Sete Luas. Vale ressaltar que, diferente dos Exus, que são apenas homens, a classificação do caboclo também recai sobre a mulher.

Esse grande chefe de falange é a conexão de Xangô com a famosa Iemanjá, a Rainha das Águas Salgadas e dos mares e também com Oxum, que é a Rainha das Águas Doces e dos rios. Isso explica a energia feminina que circulam dentro dessa linha.

Caboclo de Xangô "Sete Cachoeiras"

Sendo a conexão entre os orixás meninos, Ibeji, que são, dentro do sincretismo religioso, representações de São Cosmo e São Damião e o poderoso Xangô, o que traz para essa linha uma energia diferenciada, com caboclos que respondem aos dois orixás.

Dentro dessa falange, estão os seguintes caboclos: Caboclo Cachoeira, Caboclo Cachoeirinha, Caboclo Cascata, Caboclo Apapori, Caboclinho da Montanha e Caboclo Estrela da Manhã.

Caboclo de Xangô "Sete Pedreiras"

O famoso Caboclo Sete Pedreiras é unicamente regido por Xangô, e não aceita qualquer pessoa para que seja sua morada, já que é muito justo e extremamente cuidadoso com sua maneira de ser e aconselhar. Mas, caso você o receba, saiba que você é especial e que a lealdade que habita em você é reconhecida pelos orixás.

Dentro dessa falange, comandada por Sete Pedreiras, operam Caboclo do Fogo, Caboclo Quebra Pedra, Caboclo Itagurussú, Caboclo Goitacaz, Caboclo Pele Vermelha e Caboclo Pedra de Fogo, que traz entidades alinhadas com o mesmo propósito de seu chefe, a lealdade e a justiça.

Caboclo de Xangô "Pedra Branca"

Alinhados a Xangô com uma intersecção ao grande Oxossi, conhecido por ser o orixá responsável pelas matas e florestas, a falange de Caboclo Pedra Branca tem algumas entidades conhecidas, como Caboclo Pena Branca, Caboclo Ventania, Caboclo Junco Verde, Caboclo Saracutinga e Caboclo Cobra Coral.

Esse chefe é famoso, porém, é uma entidade um pouco rara de ser encontrada, principalmente pela ‘posição’ espiritual que ocupa, sendo incorporado um médium específico. Ele é criterioso em escolher, já que preza por valores morais nessas pessoas.

Caboclo de Xangô "Sete Montanhas"

De nome peculiar, esse caboclo inspira grande curiosidade, já que seu nome, além de ter o cabalístico número sete, conhecido como o número de Deus, faz referência às montanhas da América. Ao todo, são sete montanhas conhecidas e catalogadas no continente.

Sendo uma intersecção com Ogum, que é o famoso orixá guerreiro, além de representante do fogo, o caboclo Sete Montanhas comanda uma falange composta por: Caboclo Três Serras, Caboclo da Montanha, Caboclo Rompe Serra e Caboclo Rompe Fogo.

Caboclo de Xangô "Agodô"

O último de seus caboclos recebe o nome de Xangô Agodô, que é um desdobramento do orixá que cuida de festas religiosas como batismo. Esse caboclo cuida da falange que traz Caboclo Aranúna, Caboclo Caramuru, Caboclo Urucutango, Caboclo Serra Negra, Caboclo Vira Mundo e Caboclo Treme-Terra.

Esse chefe de linha faz o encontro entre Xangô e Obaluaye, também conhecido como Obaluê, o senhor da terra. Ele tem um poder grande de cura e trabalha praticando o bem. Ele está entre os Sete Grandes Orixás e, dentro do sincretismo religioso do cristianismo, pode ser entendido como São Lázaro.

Outras entidades de Xangô

Imagem do Preto Velho

Existem outras entidades que fazem parte da 'jurisdição' de Xangô que são entidades encarnáveis, mas fazem parte de outra classificação espiritual. A gama de cada orixá é muito grande, fazendo com que consigam atuar em várias frentes. Confira agora as principais entidades que fazem parte das linhas de trabalho de Xangô!

Pretos Velhos de Xangô

Os pretos velhos são entidades muito populares e queridas dentro das religiões iorubás. Eles são gentis, excepcionalmente sábios, humildes e trazem paz pela maneira de falar e ver a vida humana. Quando incorporam, eles são rápidos e, como característica de Xangô, se projetam contra o chão.

Seus conselhos são voltados para a prosperidade e o bem-estar, sempre querendo ajudar nas realizações pessoais, como os bens materiais que podem deixar nossa vida mais fácil. Alguns dos mais comuns são: Pai Francisco, Pai Mané, Pai José, Pai Jeremias, Pai João, Pai Benguela e Pai Tadeu.

Crianças de Xangô

As crianças ou erês, como são conhecidas dentro das religiões iorubás, são entidades infantis. Espontâneos, alegres, brincalhões, gostam de pregar peças. Seus trabalhos são mais voltados para a elevação do estado de espírito, já que costumam acalmar e divertir quando surgem.

Esses erês fazem parte das intersecções entre Cosmo e Damião, Ibejis, e algumas das entidades mais conhecidas, são: Luizinho, Pedrinho, Chiquinho e Zezinho, mas existem várias dentro dessa linha de trabalho.

Exus de Xangô

Os Exus são entidades diversas com as mais variadas experiências de vidas, que incorporam em seus médiuns, gargalham, bebem e impactam a vida daqueles que conversam com eles. Podem ter as personalidades mais inusitadas, mas estão sempre alinhados ao propósito de fazer do mundo um lugar mais justo.

Os exus de Xangô, sobretudo, levam isso à risca, sendo um instrumento de justiça e, muitas vezes, de cobrança. Tudo que vai, volta. Esse é o princípio básico de toda religião. Chefiados por Exu Gira-Mundo, a linha tem nomes famosos, como Exu das Pedreiras, Exu Corcunda, Exu Come Fogo, Exu Meia-noite, Exu Ventania, entre outros.

A força dos Caboclos de Xangô ultrapassa os campos da umbanda!

Ilustração de Xangô

A força de Xangô é inegável. E tudo que ela move, é mais cristalino que a água. Dessa forma, ele e seus caboclos, assim como todas as entidades alinhadas ao seu trabalho e missão, são destinados a aplicar o fundamento básico da vida em sociedade: a justiça.

Seus caboclos são leais, justos e prezam por fazer essa justiça, doa a quem doer, já que tudo que foi, precisa voltar. É importante entender que lealdade e justiça não estão ligados a bondade. O que foi feito para você, eles vão fazer de tudo para desfazer e que volte para onde veio. O que você fez para os outros, você também receberá.

A missão dos caboclos é muito bonita e uma pessoa sempre sai transformada depois de uma conversa com essas grandes entidades. A maneira sábia e descontraída que usam para falar sobre a dor do outro, é a prova de que tudo é válido e importante no processo de evoluir.

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


religiões

Artigos relacionados


Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

O banho de Exu é uma forma poderosa e eficaz para abertura de caminhos, limpar o campo energético, entre outros exemplos. Leia esse artigo e saiba mais!


Qual o significado espiritual da estrela cadente? Ver, sonhar e mais!

Qual o significado espiritual da estrela cadente? Ver, sonhar e mais!

Ver estrelas cadentes tem inúmeros significados, e pode ser uma oportunidade de fazer pedidos se sentindo mais perto do universo. Saiba mais no artigo!


Sintomas de mediunidade: sinais, sintomas físicos, como desenvolver e mais!

Sintomas de mediunidade: sinais, sintomas físicos, como desenvolver e mais!

A mediunidade é um assunto fascinante que desperta diferentes sentimentos nas pessoas. Aprenda sobre seus segredos neste artigo e saiba se você é um médium!


Os símbolos do budismo: Significado, ensinamentos, origem e mais!

Os símbolos do budismo: Significado, ensinamentos, origem e mais!

Constituindo a mente, os símbolos budistas caracterizam o iluminar das ideias e todas as manifestações divinas. Saiba mais!


Pomba Gira Maria Quiteria: características, trabalho, oferenda e mais!

Pomba Gira Maria Quiteria: características, trabalho, oferenda e mais!

Maria Quitéria é uma das pombas-gira mais famosas na umbanda e no candomblé. Leia esse artigo para saber mais sobre essa entidade!


Últimos posts


O que significa sonhar que ganhou na Mega-Sena: quina, prêmio, bilhete e mais!

O que significa sonhar que ganhou na Mega-Sena: quina, prêmio, bilhete e mais!

Nesse compilado nós trouxemos as interpretações de 15 tipos de sonhos em que os sonhadores veem premiações na Mega-Sena e situações semelhantes. Confira!


Sonhar com mãe doente: significado, no hospital, em perigo e mais!

Sonhar com mãe doente: significado, no hospital, em perigo e mais!

Sonhar com mãe doente indica preocupação com uma pessoa importante, especialmente a própria mãe. Mas não só isso. Veja mais aqui!


Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

O banho de Exu é uma forma poderosa e eficaz para abertura de caminhos, limpar o campo energético, entre outros exemplos. Leia esse artigo e saiba mais!


Banho de Artemísia: para que serve, propriedades, como fazer e mais!

Banho de Artemísia: para que serve, propriedades, como fazer e mais!

Aprenda aqui como fazer o banho de Artemísia. A erva possui diversos benefícios para a saúde, além de promover limpeza energética, atrair proteção e muito mais!


Sonhar com nota de 2 reais: falsa, rasgada, nova, velha, na carteira e mais!

Sonhar com nota de 2 reais: falsa, rasgada, nova, velha, na carteira e mais!

Sabia que sonhar com nota de 2 reais traz vários significados? Pode revelar prosperidade, mas não fala só de dinheiro. Clique e entenda todas as interpretações!