Falta de ar e ansiedade: causas, tratamento, respiração e mais!

Falta de ar e ansiedade: causas, tratamento, respiração e mais!

É importante cuidar da saúde mental para uma vida equilibrada. Neste artigo, saiba como a respiração e tratamentos ajudam a amenizar as crises de ansiedade!


Considerações gerais sobre falta de ar e ansiedade

Mulher envolta de um plástico, com as mãos no pescoço

Se você sofre de crises de ansiedade, sabe o inferno que é estar entrando em uma crise e não conseguir controlar seus pensamentos nem o que está sentindo naquele momento. Por esse motivo, confira abaixo diferenças e os motivos da falta de ar e da ansiedade.

A ansiedade é um dos males do século, juntamente com outras doenças como a depressão, Síndrome de Burnout, Síndrome do Pânico, obesidade e outras doenças que se não tratadas, podem levar a óbito. Porém, hoje temos várias formas de tratamento comprovadas e que se seguidas corretamente são a salvação de algumas vidas.

A saúde mental também é muito importante e deve ter a mesma atenção a saúde física, pois um corpo e mente saudável é a combinação que devemos ter para uma vida boa e tranquila. Diante dos acontecimentos no mundo e da correria do dia a dia, o cuidado com o corpo e mente são deixados para trás, e que infelizmente com o passar dos tempos, nos é cobrado.

Falta de ar, ansiedade e quando se preocupar

Mulher com as mãos sob o rosto, com feição de medo

Qualquer sinal diferente no corpo é motivo para se preocupar. Logo, falta de ar e ansiedade são sintomas parecidos, mas que nem sempre são causas simples.

Quando devo me preocupar com a falta de ar

Algumas situações são até comuns em que tenha a perda do fôlego, mas quando isso passa a ser muito comum em situações simples do dia a dia, aí é necessário ter um olhar mais atento aos sinais que o corpo está dando.

Preocupação excessiva e muita atividade cerebral ao se deitar para dormir podem ser uma das condições para o ataque da ansiedade. Situações como fazer uma caminhada leve, subir a escada de casa menos de cinco degraus, ou até mesmo deitar para dormir e sentir desconforto na hora de respirar é algo que deve preocupar.

Dor no peito anormal, dificuldade para respirar, coração disparado e a própria falta de ar são sinais que algo não está bem e que deve se procurar um médico. Sintomas estes que podem ser o início de uma crise de ansiedade, de pânico. Dependendo das circunstâncias, pode ser outra doença que você tenha e não saiba.

A relação entre a falta de ar e a ansiedade

No geral, quando se está tendo uma crise de ansiedade, o corpo tenta encontrar alguma forma de combater aquela ação que ali está acontecendo. Com isso, o corpo busca de maneiras físicas e psicológicas uma defesa.

Uma explicação para sentir algumas reações durante uma crise é que seu coração aumenta os batimentos, que faz com que o sangue chegue rápido aos órgãos. Essa força acelera a respiração, que normalmente fica curta e bem difícil de entrar ar nos pulmões, devido ao estado de desespero.

Além da falta de ar, não sentir os membros do corpo, diarreia, vômito, tontura, dor no estômago e no peito são comuns. Juntos, podem indicar uma crise de ansiedade, e com certeza, sair em busca de um profissional que possa te ajudar a amenizar os sintomas e a avaliação para saber realmente o que está acontecendo.

Como saber se a origem é a ansiedade

Antes de tudo, a primeira coisa a se fazer é procurar um médico, seja em um leve desconforto ou em casos mais graves. A ansiedade tem sintomas parecidos com várias outras doenças, mas só a avaliação de um profissional qualificado para determinar o melhor tratamento.

Porém, no início pode ser um pouco difícil de entender sobre os sintomas logo nas primeiras vezes. Por isso, a importância de procurar um profissional. Alguns sintomas podem confundir e devido ao estresse da situação, podem piorar.

Sintomas de ansiedade

Homem com a cabeça encostada nas mãos sob o vidro

Os sintomas da ansiedade são vários e é considerável que todo sinal que seu corpo manifesta seja observado. Confira abaixo alguns sintomas que podem aparecer no seu corpo durante uma crise de ansiedade.

Pensamentos desconexos

Durante uma crise de ansiedade, em que o medo de perder o controle e enlouquecer ganham espaço, pensamentos aleatórios e em grandes quantidades, vem sobre a mente de quem está passando por essa situação. E por isso podem aparecer frases e pensamentos que não fazem sentido algum.

Os pensamentos podem ser situações do dia a dia - uma simples situação que aconteceu ou pode acontecer se torna uma tortura na cabeça do ansioso. Assim, é difícil organizar a velocidade e a quantidade de pensamentos que são gerados.

Pensamentos de caráter negativo

Os pensamentos podem ser sobre diversas coisas, inclusive os pensamentos negativos de situações que não aconteceram, mas que trazem sofrimento e muita imaginação sobre algo que não se concretizou ainda. Dessa forma, a ansiedade e o estresse aumentam.

Sendo assim, medicinas alternativas, yoga, meditação são algumas sugestões para amenizar e melhorar a qualidade dos pensamentos. E claro, a busca por uma saúde e vida melhor.

Situações estressantes e de alta pressão no presente

A correria do dia a dia é uma das maiores causadoras de doenças mentais hoje. Logo, fatores como estresse, má alimentação, sono desregulado e conflitos em relações são causadores dessas doenças, que com o tempo, podem piorar se não forem tratadas corretamente.

Uma observação que é importante ser feita é que determinadas situações estressantes devem ser evitadas se você sofre de ansiedade e outros tipos de doenças mentais. E como resultado, você obtém uma vida mais equilibrada.

Pânico

Como o próprio nome o caracteriza, o pânico é uma sensação, sentimento angustiante de não controle sobre determinadas situações simples, e o medo irracional sobre determinados acontecimentos, fazendo com que a pessoa não consiga pensar com clareza, nem racionalidade.

A síndrome do pânico tem características parecidas com as crises de ansiedade, e a falta de ar é uma delas. A depressão, ainda seguindo como uma das doenças que mais atinge o mundo, é responsável por apresentar ataques de pânico e outras doenças, lembrando sempre da necessidade de uma avaliação de um profissional.

Como tratar a falta de ar provocada pela ansiedade

Mulher respirando fundo

Abaixo iremos mostrar algumas formas que podem te ajudar a como tratar a falta de ar provocada pela ansiedade e o que fazer nestes momentos.

Respiração diafragmática

A respiração diafragmática é uma ótima aliada a quem sofre com a ansiedade, você pode praticá-la todos os dias, quando acordar ou ao dormir. É chamada de técnica de respiração pelo abdômen, pois a concentração é na respiração do diafragma para subir e descer enquanto respira.

Mindfulness

A prática Mindfulness ou atenção plena, é como o próprio significado diz, uma prática que consiste em concentração no momento. O objetivo é a atenção em todos os movimentos e situações ao redor, sem distrações para vivenciar o momento completo. Essa tarefa é totalmente voltada à conexão com os pensamentos, juntamente com a ação, ensinando a organização da mente.

Respiração profunda

Algumas técnicas simples como a respiração profunda também têm seus resultados e podem ser de grande ajuda em um momento de desespero, e por mais óbvio que pareça, somente com a respiração será possível a melhora da falta de ar. Por isso, em momentos de crise, pare, feche os olhos e respire profundamente, até se acalmar.

Como tratar a ansiedade

Homem fazendo terapia

Sempre que apresentamos sintomas diferentes do normal em nosso corpo, buscamos ajuda de um profissional para uma avaliação e diagnóstico. Com a saúde mental não é diferente, só prestamos atenção em nosso corpo físico e esquecemos de nossas mentes.

Psicoterapia

A psicoterapia pode ser caracterizada como as formas de tratamento que são descobertas nas sessões de terapia. Nestas sessões, são feitos vários processos, nos quais é possível conhecer de onde vem os gatilhos que provocam as crises. E claro, a melhor forma de amenizar os sintomas, quando aparecem.

As consultas não têm tempo estimado, podem durar meses ou anos, vai depender de como é seu processo de aceitação e melhora com os tratamentos. Sobre o melhor tratamento, isso vai ser de acordo com o profissional que acompanha cada caso.

A situação é bem difícil, inclusive quando se trata de ansiedade, mas deixar o profissional deduzir da melhor forma seu tratamento será bem mais fácil. Assim, siga as orientações, exercícios e instruções que o profissional passar e tenha paciência, pois as crises não irão sumir de um dia para o outro, mas acredite no tratamento que você irá fazer.

Antidepressivos

Os antidepressivos são medicamentos que auxiliam no tratamento de determinadas doenças mentais, cujo alguns sintomas são angústia, medo, desmotivação, insônia e vários outros. Eles têm a função de atuar no cérebro e modificar determinadas áreas do Sistema Nervoso, equilibrando o humor quando muito afetado.

Os antidepressivos não causam dependências, uma vez que servem como reguladores dos sintomas depressivos, diferente das drogas psico-estimulantes, que não possuem efeito terapêutico e causam dependências. Os efeitos dos remédios podem variar, mas no geral demoram cerca de duas semanas para começar a fazer efeito e devem sempre ser acompanhados pelo médico.

Ansiolíticos

Os ansiolíticos são remédios pautados exclusivamente para aqueles que sofrem de ansiedade, estresse e afins. Podem ser encontrados de formas naturais e processos químicos. Necessitam de prescrição médica uma vez que pode obter efeitos colaterais.

Além disso, o preconceito contra os remédios para doenças mentais ainda é muito grande. A falta de informação e o medo levam pacientes que necessitam de medicamentos não buscarem pelo medo do vício, mas não funciona dessa forma. Todo medicamento prescrito, inclusive a quantidade, é de acordo com suas necessidades e informado na entrega da avaliação e da receita.

Remédios naturais

Também chamados de ansiolíticos naturais, os chás naturais calmantes como camomila, valeriana e outros, alimentos como queijo e banana, e medicamentos fitoterápicos ou homeopáticos são considerados remédios naturais para a ansiedade.

Exatamente pelo que foi citado acima, a indústria resolveu ampliar a busca por substâncias criadas em laboratórios para ingredientes naturais, logicamente de acordo com a necessidade de cada paciente e cada caso.

As possíveis causas da ansiedade

Ilustração - Desenho do cérebro e suas engrenagens com uma lupa

Algumas causas podem ser responsáveis por aumento de ansiedade e não devem ser deixadas de lado, é importante observar a rotina e os impactos no dia a dia. No texto a seguir, entenda o que pode estar sendo um gatilho ou uma causa para que a ansiedade seja persistente.

Biológicas

O cérebro é responsável por alguns fatores biológicos como o equilíbrio de emoções. Um bom funcionamento permite que você tenha uma vida tranquila e estabilizada. Um dos exemplos simples é que um bom desempenho do cérebro te garante noites de sono reparadoras, fome, energia, interesse sexual entre outros.

Contudo, a falta dos componentes químicos no cérebro pode causar as doenças mentais que conhecemos, gerando um desequilíbrio. E assim, aparecem dificuldades de enfrentar situações adversas da vida.

Algumas causas como consumo de álcool e drogas; mudanças hormonais como depressão pós-parto; menopausa, efeitos colaterais de remédios e outros, são responsáveis pelo desequilíbrio.

Ambientais

A correria e necessidade de perfeição que vivemos hoje é o ambiente ideal para se esquecer de cuidar da saúde e as doenças com menos sintomas físicos de início aparecerem. Isso porque, às vezes, passamos por determinadas situações na vida e não tiramos um tempo para respirar e absorver o acontecimento. Dessa forma, sobrecarregamos o corpo.

Assim, acontecimentos do dia a dia, nas relações, no trabalho ou em casa podem mexer com nosso emocional de maneira bem agressiva. Logo, são nesses casos que começamos a sentir os efeitos como estresse, desmotivação, insignificante, sem controle da situação, podendo resultar em dores físicas, que também causam grande impacto emocional.

Portanto, mudanças radicais sempre causam mudanças no emocional, incluindo outros fatores internos, como perdas de entes queridos durante os anos iniciais, a ausência de pais, violência sexual e mental. São fatores que podem causar quadros depressivos e de ansiedade.

Psicológicas

Como citado acima, traumas sofridos na infância podem e são, na maioria das vezes, a explicação para distúrbios quando alcançam a maior idade. Por mais que a depressão não tenha uma idade certa para aparecer, e não escolha raça, sexo, cor e gênero, mudanças bruscas são aparentemente a ligação para a aparição da ansiedade e depressão.

Contudo, nem só as mudanças são motivos. Há muitos outros que existem e que são interligados para encontrar a origem da doença. Assim, as perdas também são muito observadas, seja de parentes, relacionamentos, separação de pais e várias outras.

Quais são os sintomas mais comuns de uma crise de ansiedade, além da falta de ar?

Mulher com as mãos no rosto e a luz apagada

Os sintomas mais comuns de uma crise de ansiedade são vários, a falta de ar é um dos primeiros relatos, devido ao pânico e a respiração ficar mais curta, assim ficando difícil a passagem de ar nos pulmões.

Além dela, existem outras como: tremores; dores de cabeça; arrepios, medo irracional, sensação da perda de movimentos, formigamento; boca seca; sudorese; confusão mental e vários outros.

Além desses sintomas, a dor no corpo depois de uma crise de ansiedade inexplicável - parece que você fez uma série de exercícios na academia ou entrou em uma luta de MMA.

Por isso, é de extrema importância procurar um médico para avaliação e diagnóstico de sintomas que não são normais. A doença do século ainda continua e a importância do cuidado não somente com a saúde física, mas também com a saúde mental é coisa séria.

Sendo assim, o autocuidado e a busca por ajuda é de fundamental importância, pode evitar piora em quadros de depressão e ansiedade e a melhora de vida de quem sofre. E lembrando sempre, jamais se automedique sem orientação de um especialista.

Autor deste artigo

Sempre tive o sonho de ajudar as pessoas através da escrita. Com isso, sigo meu sonho a cada dia, sem desanimar e vivendo um dia de cada vez.

Palavras-chave relacionadas


autocuidado

Artigos relacionados


Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Você sabia que as fases da lua interferem e trazem diferentes significados para o ciclo menstrual? Leia o artigo e entenda mais sobre seu equilíbrio interior!


Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda é a fase mais grave do transtorno psicológico, mas tem tratamento e o paciente precisa de apoio. Saiba mais aqui!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!


Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos são mais comuns do que você imagina. Descubra neste artigo o que são, como lidar e outros aspectos desses tipos de pensamentos!


Depressão na gravidez: o que é, causas, sintomas, tratamento e mais!

Depressão na gravidez: o que é, causas, sintomas, tratamento e mais!

A depressão gestacional é muito comum e quando não tratada, pode causar diversas consequências, sobretudo, para mãe e o bebê. Leia o artigo para saber mais!


Últimos posts


Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

O banho de Exu é uma forma poderosa e eficaz para abertura de caminhos, limpar o campo energético, entre outros exemplos. Leia esse artigo e saiba mais!


Banho de Artemísia: para que serve, propriedades, como fazer e mais!

Banho de Artemísia: para que serve, propriedades, como fazer e mais!

Aprenda aqui como fazer o banho de Artemísia. A erva possui diversos benefícios para a saúde, além de promover limpeza energética, atrair proteção e muito mais!


Sonhar com nota de 2 reais: falsa, rasgada, nova, velha, na carteira e mais!

Sonhar com nota de 2 reais: falsa, rasgada, nova, velha, na carteira e mais!

Sabia que sonhar com nota de 2 reais traz vários significados? Pode revelar prosperidade, mas não fala só de dinheiro. Clique e entenda todas as interpretações!


Sonhar com ar condicionado: ligado, quebrado, pegando fogo e mais!

Sonhar com ar condicionado: ligado, quebrado, pegando fogo e mais!

Neste artigo nós desvendamos as interpretações de 19 tipos de sonhos com ar condicionado. São bons e maus presságios, além de alertas e conselhos. Confira!


Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Você sabia que as fases da lua interferem e trazem diferentes significados para o ciclo menstrual? Leia o artigo e entenda mais sobre seu equilíbrio interior!