O que é ansiedade generalizada? Sintomas, tratamento, causas e mais!

O que é ansiedade generalizada? Sintomas, tratamento, causas e mais!

Você sabe qual é a diferença entre ansiedade e ansiedade generalizada? Clique para entender e saber como lidar com ela no dia a dia!


Considerações gerais sobre a ansiedade generalizada

Mulher triste e confusa com as mãos na cabeça

O transtorno de ansiedade generalizada (TAG) é um distúrbio psicológico caracterizado pelo excesso de ansiedade ou na preocupação muito exagerada com coisas da rotina do dia a dia ou imaginar que eventos catastróficos e desastrosos podem ocorrer.

Essa preocupação é totalmente irreal e desproporcional, por isso pessoas com este transtorno vivem preocupadas, com medo e pânico de que coisas absurdas aconteçam, estão sempre em sinal de alerta, ou seja, sempre atentas em tudo que pode acontecer consigo mesmo ou com os outros.

A ansiedade é um sentimento comum e importante, porém há situações em que ela passa a ser um transtorno mental, que afeta cerca de 264 milhões de pessoas no mundo e 18,6 milhões de brasileiros estão sofrendo com algum tipo de transtorno de ansiedade. Saiba mais detalhes neste artigo.

A ansiedade generalizada e seus sintomas

Mulher triste sentada na cabeceira da sua cama, abraçando os joelhos

A ansiedade generalizada, como seu nome já diz, é um sentimento exagerado e a preocupação é tão excessiva que acaba interferindo em todas as áreas da vida.

Muitas pessoas possuem dificuldades em entender, através dos sintomas, que podem estar com um transtorno de ansiedade, outros acabam se autodiagnosticando pela internet e tomando medicações sem aconselhamento médico. Nesta seção, você vai entender todos os aspectos que podem sinalizar a ansiedade generalizada.

O que é a ansiedade generalizada

É preciso estar atento aos conceitos e sintomas da ansiedade generalizada para entendê-la da forma correta. O TAG é um transtorno mental onde a preocupação excessiva precisa estar exacerbada diariamente por pelo menos 6 meses.

Devido à dificuldade em entender essa preocupação, o indivíduo acaba entrando em um sofrimento emocional muito grande e infelizmente isso irá impactar no trabalho, na escola, nos relacionamentos sociais e amorosos.

Para o diagnóstico correto, além dos sintomas específicos é preciso que não tenha outras fobias ou questões de humor, e não esteja sob efeitos de medicações ou com condições que possam afetar o humor e o bem-estar.

Quais os principais sintomas da ansiedade generalizada

As pessoas com TAG podem apresentar vários sintomas físicos e psicológicos, apresentando mudanças de comportamento e de níveis cognitivos. Os sintomas físicos são: diarreia, náuseas, suores, tensão muscular, fadiga, sudorese, perturbações do sono, tremores, batimentos acelerados e a sensação de que vai ter um infarto são muito comuns.

Em relação ao comportamento e cognição, as pessoas com a ansiedade generalizada podem apresentar, além da preocupação excessiva, dificuldades em tomar decisões, em se concentrar, em relaxar, não conseguem aproveitar a vida e possuem muita irritabilidade.

Além disso, podem apresentar pensamentos intrusivos, que são pensamentos onde o indivíduo comete atos imorais e impróprios que nunca cometeria na vida.

Quão comum é a ansiedade?

A ansiedade é um sentimento comum e muito importante para fisiologia e sobrevivência do indivíduo. Por exemplo: um javali na savana está se alimentando tranquilamente e de repente vê um leão lhe observando, imediatamente os níveis de cortisol são liberados na corrente sanguínea e o organismo entra em estado de alerta total, focando toda energia nesta situação.

A primeira ação é fugir, correr o mais rápido possível, e é isso que o javali vai fazer para fugir do perigo. O mesmo acontece em situações estressantes e que demonstre algum perigo a pessoa, esse mecanismo imediatamente entrará em ação, mas a ansiedade generalizada vai além disso.

Quais as diferenças entre a ansiedade e a ansiedade generalizada

Você já entendeu como a ansiedade acontece, mas qual sua diferença com o TAG? No transtorno de ansiedade generalizada o mecanismo que o javali acionou para poder fugir na situação de perigo irá acontecer em qualquer situação.

A pessoa com TAG não consegue distinguir o que é realmente perigoso, para ela qualquer situação a colocará em perigo, e por isso deve estar sempre em alerta. E é quando isso acontece que se entende que o indivíduo está com TAG, pois a ansiedade é um sentimento comum e normal nas situações adequadas e que requeiram essa reação, o problema é quando ela fica descontrolada.

Quais as causas e origens da ansiedade generalizada

Mulher deitada na cama, com suas mãos fechadas cobrindo os seus olhos

Assim como outras comorbidades, a ansiedade generalizada também pode ter sua origem em fatores biológicos e ambientais, as questões genéticas podem influenciar diretamente no surgimento deste transtorno, mas o ambiente e a história de vida, ou acontecimentos recentes podem determinar o surgimento do transtorno ou não.

Vale ressaltar de que é algo que as pessoas não possuem controle, logo não precisam se sentir culpadas, pelo contrário, entender o transtorno e buscar ajuda é o melhor caminho.

Genética

As pesquisas referentes aos transtornos psiquiátricos avançam cada vez mais, e várias delas mostram que o histórico familiar tem um papel extremamente relevante no aparecimento da ansiedade generalizada.

Ou seja, se na sua família seus pais, avós, tios ou primos, apresentam sintomas do transtorno, é possível que este tenha sido transmitido hereditariamente. Esse não é o único fator, porém pode aumentar em muito as probabilidades de um indivíduo desenvolver o TAG. Se seus pais foram diagnosticados, as chances são maiores.

Química cerebral

O TAG está relacionado com o funcionamento anormal de células nervosas, estas não conseguem realizar as conexões cerebrais nas regiões específicas em que atuam. Essas conexões produzem neurotransmissores que são responsáveis de levar a informação de uma célula nervosa a outra.

O neurotransmissor mais afetado no TAG é serotonina. Logo, os indivíduos apresentam taxas baixas de serotonina, ela é conhecida como o hormônio da felicidade, sendo responsável por regular o sono, apetite, humor, ritmo cardíaco, memória, entre outros. Por isso, esses fatores são tão afetados nos portadores de TAG, devido à pouca serotonina que produzem.

Fatores externos e ambientais

Sabe-se que o ambiente pode moldar o indivíduo desde o nascimento. Logo, este também acaba sendo fundamental para o aparecimento de transtornos psicológicos. Os momentos vividos na infância e adolescência podem ser determinantes para o aparecimento do transtorno na vida adulta, traumas, preconceitos vivenciados, violência física e psicológica, bullying e etc.

Na vida adulta, o estresse predomina o dia a dia de diversas pessoas, isso também pode contribuir para o aparecimento do transtorno, como também traumas vivenciados ao longo da vida adulta, pois o TAG pode afetar indivíduos de todas as idades.

Diagnóstico e tratamento para ansiedade generalizada

Ilustração - o rabisco no perfil do cérebro representa o caos no desenho.

Após detectar os sintomas, é muito importante ir atrás de um profissional capacitado da área, como psiquiatras e psicólogos, para que o diagnóstico correta seja feito e assim o tratamento adequado seja recomendado dependendo da situação do paciente. É importante não se autodiagnosticar pela internet e sim, sempre buscar ajuda de profissionais da saúde.

O diagnóstico da ansiedade generalizada

Ao visitar um profissional qualificado, você deve expor seus sintomas, assim o médico irá realizar perguntas para entender seu histórico médico e psiquiátrico. Exames laboratoriais não são necessários, mas também é importante descartar outras comorbidades que podem interferir no bem estar, como distúrbios na tireoide.

Baseado nos relatos, na intensidade e na duração dos sintomas o psiquiatra ou psicólogo irá realizar o diagnóstico e indicará o tratamento mais adequado.

O tratamento da ansiedade generalizada

O tratamento para ansiedade generalizada é composto por medicamento, terapia e também mudanças no estilo de vida.

A inserção de atividades físicas e uma alimentação saudável costumam ser extremamente benéficas para os pacientes, ainda é importante não parar de tomar as medicações e abandonar a terapia, pois o tratamento precisa ser feito corretamente para obter melhoras.

Medicamentos

Os medicamentos utilizados no tratamento da ansiedade generalizada são os antidepressivos, muitas pessoas ao ouvirem este nome acreditam que estes remédios sejam apenas para pessoas que estão com depressão, mas não, essa classe de remédios atende uma variedade de transtornos mentais, incluindo o transtorno obsessivo compulsivo, síndrome do pânico, entre outros.

Psicoterapia

A psicoterapia faz parte do tratamento para as pessoas ansiosas, e dentre as terapias disponíveis a mais indicada para aqueles que possuem ansiedade generalizada é a terapia cognitivo comportamental (TCC), nesta serão compreendidos os padrões e comportamentos que levam o indivíduo a ter essa ansiedade tão nociva.

Dicas para administrar a ansiedade

Mulher praticando atividades físicas

Como comentado anteriormente, a mudança no estilo de vida é um dos pontos chaves para uma melhora da ansiedade patológica, os medicamentos auxiliam e ajudam muito na melhora dos sintomas, mas eles não conseguem dar conta de tudo. Logo é importante o indivíduo se dedicar a obter hábitos mais saudáveis. No texto a seguir, você vai conhecer algumas dicas para administrar a ansiedade.

Prática regular de atividades físicas

A mudança do estado sedentário para um ativo faz toda a diferença para o paciente que possui ansiedade generalizada, pois as práticas de atividade física liberam endorfinas que ajudam no relaxamento e sensação de bem estar.

Você pode encontrar alguma atividade que goste e se dedicar a ela, pode ser qualquer uma, nem que seja caminhar 30 minutos 3 vezes na semana, certamente você já vai sentir a diferença.

Inclusão de alimentos com triptofano

O triptofano é um aminoácido que o organismo não consegue produzir, então precisa ser adquirido através da alimentação. Ele ajuda na produção de serotonina, melatonina e niacina, portanto é utilizado também como tratamento e prevenção de depressão e ansiedade.

Devido aos seus benefícios é importante os indivíduos que possuem ansiedade generalizada consumirem alimentos que apresentem triptofano. Este aminoácido pode ser encontrado em alimentos como: chocolate meio amargo, nozes, amendoim, castanha-do-pará, banana, batata, ervilha, queijo, ovo, abacaxi, tofu, amêndoas, entre outros.

Encontrar maneiras de aliviar o estresse cotidiano

A sociedade vive um ritmo acelerado 24 horas e realmente o trabalho mais a rotina exaustiva acaba aumentando o estresse, e este é o responsável pelo surgimento da ansiedade e da depressão. Mesmo tendo um cotidiano desgastante, é necessário encontrar atividades que lhe ajudem a aliviar este estresse.

Hobbies como leitura, artesanato, cozinhar, assistir filmes, entre outros, podem ser cruciais para o alívio do estresse após um dia exaustivo de trabalho, até mesmo um banho relaxante, uma massagem nos pés, já ajuda. Encontre algo que lhe dê prazer e satisfação em fazer.

Controle da respiração e exercícios de respiração

Os ansiosos tendem a respirar muito rápido, pois o estresse é tanto que ficam ofegantes e nas crises costumam apresentar falta de ar. Respirar fundo sempre foi algo benéfico, mas nesses casos é fundamental, em crises de ansiedade intensas é muito importante inspirar e expirar profundamente, pois dessa maneira mandará mais oxigênio para o cérebro e o corpo, acalmando-o.

Existem exercícios e práticas de respiração específicas para acalmar e tranquilizar, uma delas é a de inspirar e expirar lentamente contanto até 4 e entre elas fazer uma breve pausa, realmente funciona e ajuda bastante nos momentos mais difíceis.

Evitar pensamentos negativos

A mente humana é algo impressionante e tem uma capacidade tão grande que ainda não se consegue entendê-la por completo. É difícil evitar os pensamentos ruins, pois os pensamentos fluem em um fluxo em que não há controle, é a mesma coisa quando alguém diz “não pensa no elefante rosa”, a primeira coisa que você fará será pensar no elefante rosa.

Então, é preciso ter bem claro para si de que você não é os seus pensamentos, estes não lhe definem. Após um pensamento ruim, não tente mandá-lo embora, jogar para debaixo do tapete. Na verdade, isso só piora a situação. Logo, faça o contrário, olhe para ele sem julgamento, tente entender o porquê de ter pensado isso e seja solidário e compreensivo consigo mesmo.

Incentivar pensamentos positivos e dividir bons momentos com pessoas

Pensar em coisas boas ajuda qualquer um, por isso tente pensar naquilo que gosta, em momentos que lhe fizeram feliz, coisas que o alegra. Tenha amigos e pessoas com quem possa desfrutar de bons momentos e boas gargalhadas, pois um ótimo ciclo de amizade é importante para o bem-estar emocional e mental.

Sorrir mais e descobrir o prazer em novas atividades

Muitas vezes, menosprezamos o ato de sorrir, mas sorrir é extremamente benéfico à saúde, além de exercitar a musculatura do rosto ajuda a aliviar a tensão e o estresse, por isso tente suavizar o rosto e sorrir até mesmo para as pequenas alegrias do dia a dia.

Encontrar novas atividades para realizar também irá trazer mais prazer a sua vida, explorar hobbies novos, novas habilidades, se permitir a fazer coisas que você sempre quis, tente arranjar um tempo para isso, nem que seja uma vez na semana, mas tire um tempo exclusivo para você.

Mantenha uma rotina e organização

Um dos sintomas que podem aparecer na ansiedade generalizada é a procrastinação, o que é engraçado, já que os ansiosos gostam de ter controle sobre tudo, porém é tanto estresse e atividades para fazer que acabam não conseguindo realizar nenhuma e ficam estagnado.

A procrastinação acaba surgindo no trabalho, na escola, nas tarefas de casa, por isso é importante a organização e manter uma rotina. Agendas, planilhas e planners auxiliam muito neste quesito, sempre se organize para as atividades que precisa fazer naquele dia, tente ir um dia de cada vez.

Busque e fortaleça o autoconhecimento

O autoconhecimento é um caminho difícil, mas libertador e fundamental para o crescimento pessoal, pois é a aquisição de um conhecimento referente a nós mesmos, uma análise profunda sobre o que somos e o que representamos. Assim, é de extrema importância compreender melhor nossa capacidade, habilidade, valores, virtudes e o propósito de vida.

Além disso, ele proporciona o desenvolvimento da inteligência emocional. Logo, você conseguirá definir quais são as suas metas e objetivos, tendo clareza nos seus propósitos, missão de vida e naquilo que acredita.

Ansiedade, depressão e como ajudar quem sofre com a ansiedade generalizada

Criança triste abraçando a sua mãe

Muitas vezes, é difícil diferenciar ansiedade e depressão por apresentarem sintomas semelhantes. Então, é importante reconhecer os sinais para assim poder pedir ajuda ou auxiliar algum conhecido.

O ponto mais importante para ajudar alguém que está em sofrimento mental é se mostrar disposto a ouvir sem julgamentos e aconselhar ajuda de um profissional capacitado, pois somente ele poderá realizar o diagnóstico e indicar o melhor tratamento.

Ansiedade e depressão

Uma pessoa com ansiedade generalizada pode ter crises depressivas e depressão, assim como uma pessoa com depressão pode ter crises de ansiedade e ter ansiedade generalizada, uma não exclui a outra. O ponto principal a ser analisado é em relação aos sintomas, por serem transtornos que apresentam sintomas semelhantes é preciso se atentar a todos.

Tanto a depressão quanto a ansiedade costumam paralisar a pessoa, você não consegue sair do lugar, da cama, de casa, mas a diferença é que na ansiedade o sentimento de medo e angústia por situações futuras predomina, já na depressão o indivíduo apresentará desinteresse e pouca energia pelas pessoas e coisas do dia a dia.

Como ajudar crianças que sofrem de ansiedade

Atualmente, os casos de crianças com transtornos de ansiedade vêm aumentando a cada ano, e quando elas estão em crise procuram o apoio dos pais, mas nem sempre eles conseguem ajudar de maneira adequada e podem até intensificar os sintomas.

A criança não possui recursos para superar e elaborar a crise de ansiedade, por isso os adultos responsáveis por ela devem auxiliar na elaboração dos sentimentos e validação dos pensamentos ansiogênicos, incentivando a conscientização de que estão passando por uma crise ansiosa e que essas emoções e sensações desagradáveis vão passar.

Como ajudar adolescentes que sofrem de ansiedade

O mesmo vale para os adolescentes, estes já possuem um pouco mais de clareza sobre as emoções, conseguem identificar e nomear o que estão sentindo, mas podem ficar envergonhados de expor tais sentimentos.

Deve-se ficar atento as mudanças de comportamento, suspeitando de que este está sofrendo com a ansiedade, ofereça apoio e esclareça que é normal apresentar uma crise e que todo este medo e angústia vão passar. Lembre-se sempre de ir atrás de um psiquiatra ou psicólogo.

O que é um ataque ou crise de ansiedade?

Uma crise de ansiedade pode surgir de repente ou após você ter um gatilho, mas geralmente você não consegue identificar muito bem o que pode ter desencadeado ela, nesse momento sua cabeça está um turbilhão de pensamentos e o medo e a angústia predominam em um nível muito alto.

É durante a crise que vários sintomas da ansiedade generalizada se manifestam de formam intensa, as crises são caracterizadas pela taquicardia intensa, falta de ar devido à respiração irregular, medo, angústia, sensação de morte, tremores no corpo, sudorese, alguns podem sentir enjoo e chorar desesperadamente.

Realmente parece o fim do mundo e que não há saída, mas sempre lembre de que tudo é passageiro, e as crises também são.

É possível prevenir a ansiedade generalizada?

Imagem ilustrativa sobre a saúde mental - um estetoscópio no cérebro

A ansiedade por se tratar de algo comum e de importância no dia a dia, não é algo que se possa controlar e prevenir, pois ela pode surgir de forma mais intensa dependendo da situação.

Todas as pessoas ao longo da sua vida irão passar por momentos estressantes e ansiogênicos, mas existem aqueles que não conseguiram lidar da melhor forma e esta ansiedade ficará mais intensa e patológica.

O que pode ser feito é adquirir um estilo de vida que auxilie na administração do estresse e da ansiedade do dia a dia, assim será mais difícil de se tornar nociva. Tenha em mente de que os pensamentos ruins, a inquietação, agitação, medo e angústia oriundos da ansiedade são sentimentos e emoções comuns e que passam.

Se você estiver passando por essa situação, não tenha vergonha de buscar de ajuda, existem profissionais qualificados e capacitados para lhe ouvir, entender e lhe indicar o melhor tratamento possível.

Autor deste artigo

Bióloga, pesquisadora e apaixonada pelo universo das letras!

Palavras-chave relacionadas


autocuidado

Artigos relacionados


Plantas medicinais: indicações, nomes, propriedades, benefícios e mais!

Plantas medicinais: indicações, nomes, propriedades, benefícios e mais!

As plantas apresentam inúmeras propriedades benéficas à saúde e são utilizadas com fins medicinais há séculos. Confira aqui como elas podem te ajudar!


Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Você sabia que as fases da lua interferem e trazem diferentes significados para o ciclo menstrual? Leia o artigo e entenda mais sobre seu equilíbrio interior!


Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda é a fase mais grave do transtorno psicológico, mas tem tratamento e o paciente precisa de apoio. Saiba mais aqui!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!


Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos são mais comuns do que você imagina. Descubra neste artigo o que são, como lidar e outros aspectos desses tipos de pensamentos!


Últimos posts


Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lentes de contato denotam má sorte? Descubra tudo sobre esse sonho e seus significados nesse atigo!


Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Os Salmos da Bíblia cristã são um convite a expressar a fé e pedidos genuínos, aliados a um profundo senso de gratidão a Deus. Conheça mais sobre esses textos!


Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Conhecido por ser um grande guerreiro, o Caboclo Sete Flechas quebra qualquer demanda e ensina de forma branda e serena. Confira!


Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Você conhece o Anjo Miguel? Conheça a história, significado, oração e muito mais sobre esse poderoso Arcanjo e como pode trazer auxílio em sua vida.


Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Santa Maria Madalena é a padroeira de todos os pecadores arrependidos, das mulheres e das mães solteiras. Confira aqui como pedir a sua intercessão!