Chá de melissa: benefícios do chá de erva-cidreira, como fazer e mais!

Chá de melissa: benefícios do chá de erva-cidreira, como fazer e mais!

Os benefícios da melissa são inúmeros e podem melhorar a qualidade do sono a impulsionar o seu sistema imunológico. Saiba mais aqui!


Você conhece o chá de melissa?

Chá de Melissa.

Popularmente chamada de erva-cidreira, melissa é muito conhecida por seus benefícios e suas propriedades medicinais. Além disso, essa planta é cultivada no mundo inteiro, mas muito apreciada no Brasil.

Para quem busca por efeitos calmantes e sedativos, o chá de melissa é uma ótima opção natural para relaxar os músculos e combater as infecções causadas por bactérias. Ele também ajuda na falta de sono, auxilia na desintoxicação do corpo e reduz a ansiedade e os sintomas de febre. Neste artigo, você vai saber tudo sobre essa erva poderosa. Confira!

Entendendo sobre o chá de melissa

Xícara de chá de melissa.

O chá de melissa é um dos mais indicados para relaxar e acalmar. Isso porque ele possui diversas propriedades que beneficiam a saúde. Além de ser um calmante natural, é conhecido por melhorar o humor e as funções cognitivas.

Ademais, é ​uma ótima bebida para ser tomada à noite, pois ela proporciona uma sensação de relaxamento, inibe o sono, alivia o estresse e ajuda na digestão. Continue lendo e saiba mais sobre essa erva e seus benefícios para a saúde!

Origem e história da planta melissa

Melissa ou erva-cidreira pertence à mesma família da hortelã e do boldo. É uma erva nativa da Europa, do Norte da África e do Oeste da Ásia, mas, atualmente, ela é cultivada no mundo todo. Na Idade Média, a melissa era muito usada para fins medicinais, como no tratamento de feridas e para aliviar tensão e até mordidas de animais.

Na Grécia Antiga, era chamada de "erva do mel de abelha", em homenagem à ninfa grega protetora da abelha. Ainda segundo a mitologia grega, a Deusa Ártemis poderia assumir a forma desses insetos, tornando-os sagrados para as sacerdotisas de seus templos.

Como resultado, tudo o que era sagrado para as abelhas tornou-se sagrado para os adoradores de Ártemis, e o chá de erva-cidreira tornou-se altamente reverenciado. Plínio, o Velho, observou que as abelhas “ficavam encantadas com esta erva mais do que com as outras”.

Por volta da mesma época, Dioscorides se tornou um dos primeiros médicos a reconhecer os benefícios do chá de erva-cidreira. Ele passou a registrar seu uso para "as picadas de animais peçonhentos e mordidas de cães loucos e para amenizar as dores da gota". Séculos depois, Carlos Magno, Imperador Romano, proclamou que essa erva deveria crescer em todos os mosteiros sob seu domínio.

Além disso, os monges passaram a usá-lo para tratar feridas e como um tônico para a saúde interna. Um perfume chamado Água Carmelita, com infusão de erva-cidreira, acabou se tornando comum para esconder odores desagradáveis. Por fim, a melissa também serviu a um propósito em tempos de peste.

Características da erva-cidreira

A erva-cidreira vem da planta melissa officinalis e não se parece em nada com o capim-limão. As folhas verdes claras são arredondadas e as bordas recortadas tendem a ser ligeiramente enrugadas.

Existem muitos outros ramos das árvores de erva-cidreira e a folhagem é muito densa. As plantas, em geral, crescem apenas cerca de 90 cm de altura e produzem a folhagem mais densa nos primeiros meses da primavera. A vantagem da erva-cidreira é que ela é fácil de cultivar em muitas condições climáticas.

Além disso, a erva-cidreira tem um sabor mais leve do que o capim-limão, mas exala um aroma muito picante que a torna perfeita para chás aromáticos. Isso não altera tanto o sabor do chá, mas adiciona apenas o mais leve sabor cítrico que lhe dá o toque de ácido que você deseja. Também é usado como guarnição para pratos de carne e dá um sabor agradável a carnes e aves.

Para que serve o chá de melissa?

A erva melissa possui ação benéfica em casos de problemas estomacais e tem um efeito calmante que melhora insônia, ansiedade e depressão e ajuda na redução do estresse.

Além disso, o chá de melissa auxilia no sistema digestivo, trata distúrbios do sono, fortalece o sistema imunológico, desintoxica o organismo, reduz a febre, elimina a ansiedade e alivia os sintomas menstruais. Por conter diversas propriedades, o chá de melissa serve para tratar e auxiliar na prevenção e no alívio de várias enfermidades.

Propriedades da planta melissa officinalis

A melissa possui diversos compostos, como polifenóis, terpenos, taninos, flavonoides, antioxidantes, ácido rosmarínico, que tem ação antibacteriana, ácido cafeico citral e acetato de eugenol.

Além disso, apenas o ácido rosmarínico apresenta maior quantidade de antioxidantes do que a vitamina E. Essa ação antioxidante auxilia no combate contra os radicais livres, evita o envelhecimento precoce das células, previne câncer, evita manchas na pele e previne doenças degenerativas.

Benefícios do chá de melissa

Chá de erva-cidreira.

O chá de melissa é utilizado para combater diversas doenças, incluindo herpes labial, colesterol alto, herpes genital, azia e indigestão.

A erva também é usada para aliviar as cólicas menstruais e as dores musculares, tonificar o sistema nervoso, controlar a ansiedade, acalmar o estresse, ajudar a dormir bem, facilitar a eliminação dos gases e ajudar na digestão. Em seguida, veja com detalhes os principais benefícios do chá de melissa.

Ajuda a aliviar a ansiedade e o estresse

Devido à sua ação sedativa, o chá de melissa age no sistema nervoso, diminuindo o estresse e reduzindo os sintomas da depressão e da ansiedade. Esses efeitos se dão por causa das propriedades antioxidantes, que agem como calmantes, e dos compostos voláteis que são encontrados na erva melissa.

O excesso de hormônios como cortisol, adrenalina e noradrenalina pode causar vários problemas. Isso inclui níveis mais altos de estresse, pressão arterial alta, mau funcionamento do metabolismo e problemas cardiovasculares. Desse modo, a melissa pode aliviar os sintomas de estresse, ajudar a relaxar e melhorar o humor, além de prevenir doenças.

Melhora a qualidade do sono

Segundo estudos, o chá de melissa contém ácido rosmarínico. Esta é uma substância oxidante que ajuda a controlar a ansiedade e melhora a qualidade do sono de quem sofre com insônia.

Por ter efeitos calmante e sedativo, o chá de melissa proporciona o relaxamento e reduz o estresse, diminuindo o cansaço e fazendo com que a pessoa tenha uma boa noite de sono e disposição no dia seguinte. O chá pode ser tomado puro ou associado com outra erva para potencializar o seu efeito, porém é melhor em sua versão pura, para ser mais eficaz e proporcionar o resultado esperado.

Possui efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios

Em suma, as inflamações podem se originar de diversas formas. Nesse sentido, a melissa tem vários compostos anti-inflamatórios que podem eliminar ou reduzir uma inflamação quando usada ​​regularmente.

O uso dela pode ser feito tanto no tratamento da dor, como na inflamação após uma lesão. Além disso, ela também combate o inchaço, e seus compostos antioxidantes possuem agentes que atuam rapidamente na região inflamada. Alguns estudos também apontam que a erva-cidreira é bastante eficaz na regeneração da pele.

Auxilia a digestão

O chá de melissa possui uma alta concentração de vitaminas A, do complexo B e polifenóis, que possuem ação antioxidante. Além disso, a erva-cidreira dispõe de propriedades digestivas e diuréticas. Ou seja, ajuda a eliminar as toxinas do organismo, evitando o acúmulo de líquidos e combatendo dores.

Assim, o chá de melissa tem um efeito positivo na digestão. Ele auxilia no metabolismo, fazendo com que o sistema digestivo trabalhe melhor após as refeições.

Previne problemas gastrointestinais

O chá de erva-cidreira é rico em ácido rosmarínico, citral, citronelal, linalol, geraniol e beta-cariofileno. Ademais, possui substâncias espasmolíticas e carminativas, que ajudam a evitar o acúmulo de gases.

O chá de melissa também auxilia no tratamento dos sintomas de dispepsia, ou seja, a dor de estômago, na síndrome do intestino irritável e no refluxo ácido. Além de acalmar o estômago, a bebida ajuda a aliviar a constipação e a azia, potencializa a digestão e garante a absorção adequada de nutrientes.

Melhora a função cognitiva

A melissa auxilia no funcionamento do sistema nervoso como um todo. Isso ocorre porque fornece as vitaminas necessárias para o sistema nervoso, como B1, B2, B3, B5, B6 e polifenóis. Com efeito, esses componentes melhoram as funções cognitivas, como a capacidade de memória, a concentração e o funcionamento do cérebro.

Além disso, ao consumir o chá de melissa, você oferece ao sistema nervoso os antioxidantes que podem impedir a deposição de placas nas vias neurais. Isso previne doenças neurodegenerativas, como Parkinson, Alzheimer, entre outras.

Ameniza os sintomas do Alzheimer

Para as pessoas que sofrem com a doença de Alzheimer, o chá de melissa pode ajudar a melhorar a memória. O citral, por exemplo, é extraído da melissa para inibir a colinesterase, uma enzima direcionada aos medicamentos Aricept-donepezil, Exelon-rivastigmina e Razadyne-galantamina para tratar da doença de Alzheimer.

Segundo estudos, o chá de melissa pode melhorar a memória e auxiliar a tratar aqueles em que a perda foi induzida. Portanto, consumir esse chá oferece os antioxidantes que podem ajudar na saúde geral do cérebro.

Alivia as cólicas menstruais

O chá de melissa é um dos mais consumidos pelas mulheres que sofrem com cólicas menstruais intensas. Isso porque ele proporciona o relaxamento, principalmente dos tecidos musculares, e auxilia no alívio deste desconforto.

As suas propriedades sedativas e analgésicas, associadas a alguns efeitos antiespasmódicos, podem aliviar as dores no período menstrual. Além disso, o chá também reduz a ansiedade, melhorando as variações de humor que frequentemente acompanham a menstruação.

Combate a dor de cabeça

Quando usado no tratamento de dores de cabeça, o chá de melissa proporciona grande alívio, principalmente se a dor for causada por estresse. As suas propriedades calmantes contribuem para liberar a tensão e relaxar os músculos.

Assim, o seu consumo frequente também ajuda a abrir e a relaxar os vasos sanguíneos, já que a dilatação desses vasos podem contribuir para as dores de cabeça.

Combate a herpes labial

É muito comum as pessoas tomarem chá de melissa para reduzir o vírus de herpes. Isso porque os flavonoides e compostos fenólicos presentes no chá são os principais responsáveis por essa diminuição do vírus.

Seu uso pode ser feito topicamente, porém os benefícios ao sistema imunológico são obtidos com a ingestão do chá, que também pode ajudar a amenizar esta doença sexualmente transmissível.

Elimina fungos e bactérias

A melissa contém compostos fenólicos como os ácidos rosmarínico, cafeico e cumárico, que são capazes de eliminar fungos da pele e algumas bactérias.

Algumas dessas incluem a Candida albicans, que causa a candidíase; Pseudomonas aeruginosa, que provoca a pneumonia; Salmonella sp, que causa a diarreia e infecções gastrointestinais; Shigella sonnei, que provoca infecções intestinais, e a Escherichia coli, que causa infecção urinária.

Receita de chá de melissa

Erva-cidreira.

O chá de melissa ajuda a acalmar e a minimizar a ansiedade causada por estresse, nervosismo e irritabilidade. Ele também auxilia o funcionamento do sistema digestivo e alivia as cólicas. Graças à ação sedativa e calmante, é um excelente aliado para a saúde mental. A seguir, aprenda como fazer essa bebida da erva-cidreira!

Indicações e ingredientes

O chá de melissa tem um preparo muito fácil e simples. Você precisa apenas dos seguintes ingredientes:

- 02 colheres de chá de folhas frescas ou seca de melissa;
- 02 xícaras de água filtrada;
- 01 colher de chá de mel ou açúcar, a gosto.

Como fazer

Se você fizer chá de melissa com folhas frescas, pode deixá-las inteiras ou cortá-las para liberar mais seus compostos benéficos. Assim, siga o passo a passo a seguir:

1. Leve a água para ferver um recipiente;
2. Coloque as folhas de melissa na água fervente;
3. Deixe o chá em infusão por 5 a 10 minutos, dependendo da intensidade desejada;
4. Coe e adicione açúcar ou mel a gosto.

Outras informações sobre o chá de melissa

Chá de erva-cidreira.

O chá de melissa para a nutrição é excelente para tonificar o fígado e trazer equilíbrio hormonal. Dessa maneira, quando consumido durante a menopausa, faz com que haja uma diminuição na alteração do humor. Além disso, trata-se de uma bebida tônica e refrescante. Veja outras informações sobre o chá de erva-cidreira a seguir!

Outras formas de consumir a erva-cidreira

Além de ter um sabor e aroma únicos, a erva-cidreira pode ser usada para condimentar alimentos e refrescar bebidas. Dela, também pode se fazer a água de melissa e xaropes, além de ser utilizada na indústria de cosméticos como essência de perfumes, sabonetes, óleos e xampus.

Além disso, a erva-cidreira é usada também para fazer incensos muito usados na aromaterapia, em que promove uma sensação de tranquilidade e bem-estar.

Principais ingredientes que combinam com o chá

A melissa pode ser combinada com gengibre, para tratar ou prevenir inflamações, com cúrcuma, para prevenir doenças virais e bacterianas, e com hortelã-pimenta, para ajudar na digestão e melhorar a qualidade do sono. Além de deliciosos, os chás de melissa com esses ingredientes possuem grande riqueza de propriedades medicinais que ajudam a acalmar e curar o corpo.

Embora essas bebidas possam não ser capazes de tratar doenças mais graves sozinhas, elas podem ajudar a tratar sintomas como dor de garganta e proporcionar alívio enquanto seu corpo luta contra doenças.

Dicas para fazer o seu chá de melissa

Ao preparar o chá de melissa, é importante que esse momento seja como um ritual. Isso porque, quando a erva entra em contato com a água quente, os óleos essenciais são liberados e absorvidos pelo nariz e chegam até o bulbo olfatório, onde são ativadas diversas regiões do cérebro.

Então, é um momento de relaxamento que favorece o sono. Além disso, o aroma exalado favorece a sensação de bem-estar. Assim, a melissa é uma planta que interage com o sistema nervoso central. Aprecie isso na hora de fazer esse chá.

O chá de melissa pode ser tomado com que frequência?

O chá de melissa pode ser tomado com frequência, mas com moderação. Isso porque algumas ervas e plantas em excesso geram toxicidade. Desse modo, uma mesma planta não deve ser consumida por mais que três vezes ao dia, nem por mais de 15 dias.

De acordo com a medicina alternativa, o ideal é beber até 3 xícaras por dia, sem ultrapassar a quantidade de 12 gramas de folhas da planta ou 450ml do chá. Além disso, conforme o formulário dos fitoterápicos, esse intervalo é mais seguro para evitar uma intoxicação.

Contraindicações e possíveis efeitos colaterais do chá

A erva-cidreira é quase sempre segura, mas, como em todas as coisas, não é segura para todos e em todos os lugares. Pessoas que tomam medicamentos para a tireoide ou que têm problemas de tireoide em geral devem evitar a erva-cidreira.

Se você estiver tomando algum tipo de medicamento sedativo, não use erva-cidreira. Como costuma acontecer com muitas ervas, a melissa não foi amplamente estudada para uso em grávidas. Portanto, para garantir a segurança, as gestantes devem evitá-lo.

Como acontece com todas as preparações a base de ervas, converse com seu médico, farmacêutico, fitoterapeuta ou outro profissional de saúde antes de tomar qualquer remédio fitoterápico.

O chá de erva-cidreira possui diversos benefícios!

Chá de Melissa.

O uso da erva-cidreira na medicina tradicional é registrado há mais de 2.000 anos para tratar principalmente todos os estados desordenados do sistema nervoso. Além disso, a melissa tem sido usada para ansiedade, condições neurológicas, fadiga, dores de cabeça, problemas de sono, saúde do cérebro, digestão e muito mais.

A parte mais útil da planta são as folhas frequentemente usadas para fazer chá. Além disso, a erva-cidreira é uma erva muito fácil de cultivar em casa e é ótima para jardineiros iniciantes. Portanto, aproveite seus benefícios ao máximo!

Autor deste artigo

Jornalista, cearense, redatora e copywriter apaixonada por cultura geek, filmes e séries, exploração espacial e tecnologias emergentes. Creio em todas as energias positivas que regem o mundo e sou fascinada pelo universo esotérico.

Palavras-chave relacionadas


chás

Artigos relacionados


Chá de camomila com limão: para que serve, benefícios, como fazer e mais!

Chá de camomila com limão: para que serve, benefícios, como fazer e mais!

O chá de camomila com limão é a união perfeita entre as propriedades calmantes e um toque cítrico delicioso. Leia o artigo e descubra todos os seus benefícios.


Chá de sucupira: para que serve, como fazer e mais sobre a semente!

Chá de sucupira: para que serve, como fazer e mais sobre a semente!

O chá de sucupira conta com diversos efeitos positivos para a saúde. Efeitos anti-inflamatórios, antioxidantes e alívios para dores de garganta. Veja mais!


Chá para baixar triglicerídeos e colesterol: confira os melhores!

Chá para baixar triglicerídeos e colesterol: confira os melhores!

Os chás que controlam os triglicerídeos e colesterol podem ser consumidos à vontade? Descubra essa e outras dúvidas nesse artigo!


Tipos de chá: confira essa lista com nomes, benefícios, como fazer e mais!

Tipos de chá: confira essa lista com nomes, benefícios, como fazer e mais!

O consumo de chá é benéfico para a saúde, por isso você deve inclui-lo no seu dia a dia. Leia o artigo e descubra qual chá beber para cada situação!


Chá para engravidar: para ovular, para fertilidade, para o homem e mais!

Chá para engravidar: para ovular, para fertilidade, para o homem e mais!

Os chás podem ser grandes aliados de fertilidade quando consumidos da maneira correta. Quer saber mais sobre isso? Leia o nosso artigo completo!


Últimos posts


Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lentes de contato denotam má sorte? Descubra tudo sobre esse sonho e seus significados nesse atigo!


Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Os Salmos da Bíblia cristã são um convite a expressar a fé e pedidos genuínos, aliados a um profundo senso de gratidão a Deus. Conheça mais sobre esses textos!


Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Conhecido por ser um grande guerreiro, o Caboclo Sete Flechas quebra qualquer demanda e ensina de forma branda e serena. Confira!


Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Você conhece o Anjo Miguel? Conheça a história, significado, oração e muito mais sobre esse poderoso Arcanjo e como pode trazer auxílio em sua vida.


Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Santa Maria Madalena é a padroeira de todos os pecadores arrependidos, das mulheres e das mães solteiras. Confira aqui como pedir a sua intercessão!