Relação interpessoal: significado, tipos, importância e mais!

Relação interpessoal: significado, tipos, importância e mais!

Quer saber mais sobre o que é um relacionamento interpessoal e como ele pode impactar na sua vida pessoal e profissional? Confira!


O que é relação interpessoal?

Duas mulheres conversando e tomando chá

O ser humano é, por natureza, um ser social, ou seja, que precisa de relações e contato com pessoas. Porém, nem sempre é fácil conviver com pessoas de diferentes personalidades, gostos, opiniões e conceitos. E é aí que entra a relação interpessoal, que nada mais é do que o vínculo e conexão que cada pessoa faz com outras pessoas.

Essa conexão pode ser com pessoas do ciclo familiar, do ciclo de amizades, do ambiente de trabalho, religiosos, etc. E, neste artigo, você vai entender de forma mais aprofundada o que são relacionamentos interpessoais, como eles interferem na sua vida e nos ambientes e relações que você possui, e como melhorar as relações na sua empresa e ambiente corporativo. Boa leitura!

Significado de relação interpessoal

Pessoas se cumprimentando

A relação interpessoal vai muito além da conexão entre duas ou mais pessoas. Ela é baseada em uma série de normas e possui muitas características, tipos e componentes. Confira, abaixo, a importância de um bom relacionamento interpessoal e sua principal definição.

Definição de relacionamento interpessoal

A relação interpessoal, de acordo com a psicologia e a sociologia, é a relação entre duas ou mais pessoas, podendo estar inserido nos contextos familiar, escolar, de trabalho ou de uma comunidade. Essa é uma relação que implica em um conjunto de normas de comportamento que direcionam como essas interações entre membros da sociedade devem acontecer.

O relacionamento interpessoal pode ser marcado por diferentes sentimentos, como o amor, a compaixão, a amizade e demais valores compartilhados. Mas, também, pode ser marcado por disputas, ódio, conflitos, inimizades, brigas e demais conflitos que podem ocorrer em determinadas situações.

A importância de um bom relacionamento interpessoal

Não existe quem consiga viver sozinho, pois, até quem mora sozinho precisa de outras pessoas para atender às suas necessidades, sua alimentação e outros serviços importantes, além da necessidade do próprio relacionamento com outras pessoas e a construção de laços importantes. Precisamos ter com quem contar, e é por isso que o relacionamento interpessoal é tão importante.

Se tratamos com respeito e cordialidade as pessoas, o mesmo retorna. Com esses laços formados, é possível se aproximar de determinados grupos, conseguir boas oportunidades, ter pessoas bacanas próximas e ter sempre a quem recorrer quando é necessário. Para isso, é necessário interagir com as pessoas. Isso não é uma troca, mas sim, a natureza humana de precisar estar sempre acompanhado.

Relação interpessoal e relação intrapessoal

Se a relação interpessoal é a conexão com outras pessoas e a vivência com seres humanos completamente diferentes de nós, o relacionamento intrapessoal é o modo como nos relacionamos com nossos próprios sentimentos e emoções.

É ele quem determina como cada pessoa age quando é confrontada com situações do dia a dia - questões que podem ser muito boas ou muito ruins. Para que a pessoa tenha um bom relacionamento intrapessoal, é importante ter como aliados o autoconhecimento, e procurar exercitar sempre o autocontrole, a autoafirmação e a automotivação.

Algo importante a se pensar é que essa construção não acontece do dia para noite, e sim é algo que deve ter uma preocupação ao longo de toda vida, afinal, os estímulos mudam, evoluímos e com isso, acabamos modificando nossas necessidades.

Tipos de relação interpessoal

Ilustração com duas pessoas conversando e letras saindo da boca delas

Cada forma de se relacionar, seja com uma pessoa ou com um determinado grupo, possui um jeito único, existindo suas próprias particularidades da relação construída. Porém, podemos dividir a relação interpessoal em três tipos. Confira nos próximos tópicos quais são eles.

Relação interpessoal pessoal

Esse é o tipo de relacionamento que está presente desde nossos primeiros dias de vida. São as relações que construímos através de alguns laços sanguíneos, criação ou interesses em comum. Alguns exemplos são o vínculo com a própria família, amizades construídas, colegas de escola, faculdade, trabalho ou até um relacionamento amoroso.

Por ser um tipo de relacionamento presente desde quando nascemos. Ele possui uma grande influência na formação da nossa personalidade, como nos relacionamos com o mundo, valores e até gostos pessoais.

Relação interpessoal profissional

A relação interpessoal profissional se concentra no tipo de relacionamento a partir da construção de laços voltados para projetos profissionais ou algo no campo corporativo, ou seja, é aquele que ocorre no mundo dos negócios e que vem crescendo cada vez mais nas empresas, por muitas vezes, a produtividade estar relacionada ao fato da pessoa trabalhar em um ambiente mais harmonioso e fluido.

O relacionamento está diretamente ligado à cultura que uma determinada empresa possui. O setor de recursos humanos se encarrega de construir uma relação entre a cultura da empresa e o funcionário que deseja contratar, assim, como gerencia a relação da empresa com o funcionário que já possui um vínculo.

Relação interpessoal virtual

Com o aumento da popularização da internet, esse tipo de relação se torna mais frequente nos tempos de hoje. É o tipo de relação que se constrói através dos vínculos criados pelas redes sociais, jogos online, fóruns ou comunidades da internet, ou até aplicativos de paquera. Muitas vezes, esse tipo está relacionado a aspectos de lazer praticados pela pessoa.

Geralmente, essa relação tende a não ter um aprofundamento (como uma relação voltada para o mundo físico). Porém, conforme o tempo passa, as pessoas estão dando mais valor para as relações construídas através do meio digital - até construindo relações profissionais ou iniciando um relacionamento amoroso duradouro.

Componentes básicos da relação interpessoal

Mãos de pessoas segurando balões de fala

Para se caracterizar uma relação interpessoal, é necessário ter três componentes muito importantes. São eles, o "eu", a outra pessoa e o ambiente que liga uma pessoa à outra. Nos próximos tópicos, falaremos mais sobre esses três componentes.

O “eu”

Aqui entra a nossa essência e a nossa vontade que impulsiona o comportamento. Um papel importante é o nosso desejo de querer se relacionar e compartilhar a nossa experiência com outras pessoas.

Por natureza, o ser humano precisa da construção de um relacionamento com outras pessoas, pois a própria natureza da vida e a dependência faz com que se crie uma mínima relação. Porém, para que exista um aprofundamento, é necessário o interesse próprio em se abrir para construir uma maior conexão.

O outro

Uma relação interpessoal não existe através de uma única pessoa. Por isso, para existir uma relação interpessoal é necessário a participação de uma outra pessoa, que crie essa conexão entre você e ela.

Como exemplo, aqui pode entrar um amigo, um familiar, colega de trabalho, uma nova namorada etc. Ou seja, é fundamental que exista outra pessoa para que se consolide uma relação interpessoal.

O ambiente

Quando se constrói uma relação interpessoal, seja ela virtual, profissional ou pessoal, o que caracteriza o surgimento dessa relação é o ambiente. Para que houvesse uma aproximação entre duas pessoas precisou existir um local que fosse um ponto incomum para que elas começassem a criar uma conexão.

Contudo, o ambiente seria o local que nos aproxima da outra pessoa (como, por exemplo, o trabalho, a escola, a faculdade, ou a própria casa).

Pilares das relações interpessoais

Pessoas numa roda conversando

Para ser possível construir uma relação interpessoal mais saudável, existem alguns pilares importantes que ajudam na formação dessas relações. Pilares que, se observados e praticados com carinho, podem te ajudar a construir relações mais saudáveis. Confira a seguir quais são os pilares.

Autoconhecimento

Conhecer as próprias emoções, desejos e vontades é um passo importante para construir um autodesenvolvimento mais sólido. Levando em consideração que as emoções que sentimos refletem muito nas relações que criamos, o autoconhecimento se torna um pilar que ajuda a trazer mais solidez para as relações conquistadas.

Quem não se conhece, acaba não sabendo se relacionar consigo, refletindo nas relações que aparecem no caminho. A falta de autoconhecimento acaba dando força para atitudes explosivas, equivocadas, agressivas e ofensivas - o que acaba favorecendo críticas e discussões.

Além de piorar a nossa relação com a autoimagem, fazendo com que algumas reações praticadas pelos outros sejam tomadas como algo pessoal, dificultando a resolução de conflitos.

Adequação ao ambiente

É importante buscar selecionar as interações durante as relações de acordo com o ambiente. Ou seja, dependendo do ambiente em que for construído a relação existem níveis de proximidade e intimidade diferentes. Por exemplo, em um ambiente de trabalho o que predomina são interações mais formais, e um pouco mais distantes, para que se foque na clareza de negociações, tarefas e a própria rotina profissional.

Isso não quer dizer que não possa se tornar amigo de uma pessoa que trabalhe, e sim, buscar olhar quais são os limites claros para as relações daquele ambiente que devem ser respeitados durante a jornada de trabalho. Cada ambiente geralmente possui suas regras e exceções.

Comunicação assertiva

Focar na simplicidade na hora de comunicar vai ajudar a evitar grandes ruídos quando tentar transmitir algo para uma pessoa. Estar aberto a receber feedbacks e passá-los de uma maneira mais leve ajuda muito a compreender a si e ao outro.

Ter a consciência e procurar construir uma comunicação assertiva é fundamental para manter uma relação mais saudável, pois assim, você consegue expressar seus sentimentos de uma maneira mais humana, sem mentir para si e para o outro.

Uma alternativa em paralelo é a comunicação não violenta que visa agregar mais leveza nas falas, evitando assim que haja interpretações equivocadas, aumentando as chances das relações serem mais prazerosas e verdadeiras.

Empatia

Pode-se considerar por muitas pessoas algo complexo desenvolver a empatia, pois não é uma tarefa fácil conseguir se colocar no lugar do outro. Porém, essa competência pode ser aprendida no decorrer da vida para quem se interessar. É uma ferramenta que potencializa muito a qualidade nas relações humanas.

Se você compreende que, o que é diferente acaba enriquecendo a humanidade, você acaba chegando na conclusão de que pensar ou agir diferente é muito benéfico para surgir novas possibilidades. Ou seja, a empatia é capaz de acrescentar saberes e percepções, contribuindo assim para mais relações harmônicas.

Ética

Quando se fala em ética logo vem na mente algo voltado ao campo profissional. Porém, procurar construir relações éticas é levar em consideração seus próprios valores e o da outra pessoa, trazendo benefícios a todos.

Quando bem direcionado aos conjuntos de princípios e valores morais, é possível buscar a valorização de atributos importantes para uma relação como o respeito, a honestidade e a transparência, gerando assim uma confiança mútua. Ou seja, ao criar uma relação em que exista confiança por parte das duas pessoas, essa relação se torna muito mais leve e saudável.

Gentileza

Procurar adotar uma postura gentil diante das relações pode te abrir portas tanto para aspectos profissionais quanto pessoais. Sabe aquele ditado "gentileza gera gentileza"? Pois é, gentileza é fundamental para entender o quanto uma postura gentil pode ajudar a construir relações mais saudáveis.

Uma relação saudável, muitas vezes, se constrói através de uma percepção diante dos detalhes e do cuidado com o outro. Ou seja, uma relação acaba se alimentando por detalhes, e ser gentil é dar atenção a coisas que muitas vezes parecem inofensivas, mas que fazem total diferença no final de um dia.

Por isso, construir ambientes e relações em que se prevaleça a gentileza pode fazer com que os indivíduos se sintam mais importantes estando naquele local.

Vantagens da relação interpessoal profissional

Amigos conversando

Desenvolver uma relação interpessoal saudável pode gerar grandes vantagens tanto para o dono quanto para o funcionário de uma empresa. Listamos algumas dessas vantagens abaixo, confira nos próximos tópicos.

Melhora nos resultados

Se pensar que a base mais importante para que uma empresa funcione seja que existam pessoas engajadas e que para conseguir esse engajamento as relações precisam ser mais saudáveis para que tudo funcione bem, ao desenvolver uma relação interpessoal saudável pode trazer melhores resultados tanto para empresa quanto para o funcionário.

Quando se trabalha em um ambiente onde se sinta bem com as relações que são feitas nele, automaticamente a pessoa tende a se sentir mais motivada diante de variações de situações em que o ambiente profissional proporciona. Consequentemente, os resultados que esse funcionário pode apresentar, vão impactar diretamente nos resultados da empresa.

Aumento da produtividade

Uma empresa que busca investir em relacionamentos interpessoais apresenta maior produtividade de seus colaboradores, isso porque a atmosfera psicológica positiva acaba aumentando a motivação e elevando a performance dos profissionais.

Com isso, o próprio funcionário sendo reconhecido pelo seu ótimo desempenho acaba se sentindo motivado e com mais prazer em estar dedicando o seu tempo e esforço para aquela empresa que escolheu, aumentando o seu grau de satisfação profissional.

Melhora do clima organizacional

Quando uma empresa tem uma preocupação em desenvolver relacionamentos interpessoais mais saudáveis, é nítido que essa atitude, aos poucos, vai respingar no clima daquela organização. Ao valorizar esse aspecto como sendo algo cultural, isso vai ganhando corpo e impactando diretamente no clima da empresa.

Uma empresa que cultiva essa atitude, acaba oferecendo um ambiente mais harmonioso aos colaboradores que, por sua vez, acabam se tornando cada vez mais produtivos e motivados dentro da empresa.

Comunicação mais eficiente

Uma relação saudável acaba refletindo em uma comunicação mais eficiente. Tudo isso acaba evitando ruídos internos ou externos na comunicação da empresa. Levando em consideração que é através da comunicação que conseguimos transparecer nossas necessidades, ao ter uma relação interpessoal mais desenvolvida, essa comunicação se torna cada vez mais assertiva.

Contudo, ter uma comunicação mais eficiente vai proporcionar melhores resultados e maior satisfação para os colaboradores de uma empresa, criando assim um sistema orgânico e mais humano.

Como melhorar as relações interpessoais na empresa

Casal de amigos conversando

Levando em consideração todas as vantagens que se pode ter ao desenvolver uma relação interpessoal saudável dentro de um ambiente profissional, a seguir, vamos listar algumas atitudes que você pode começar a praticar para melhorar a sua relação interpessoal.

Coloque-se no lugar do outro

Ao saber que cada pessoa tem a sua forma única de lidar com as situações da vida, você acaba compreendendo a importância que se tem para uma relação saudável quando nos importamos com a visão de mundo da outra pessoa. Muitas vezes, querer ser o dono da razão é deixar de aprender mais se fechando para novas possibilidades.

Por isso, quando nos preocupamos em compreender o ponto de vista de outra pessoa, aumentamos a chance de criar mais conexão com ela, gerando um relacionamento mais saudável. O processo de se relacionar se torna mais fácil quando voltamos a atenção também para a necessidade da outra pessoa.

Adapte sua abordagem

Quando se busca perceber como a sua mensagem chega para um determinada pessoa, você passa a dar atenção para o impacto que sua mensagem tem ao se comunicar. Muitas vezes, esse impacto é gerado através da forma como você se expressa. Optar por uma comunicação não violenta pode ser uma ótima alternativa para ser mais preciso quando se aborda uma pessoa.

Dessa forma, as pessoas tendem a dar mais atenção e valorizar ainda mais o que você tem a dizer. Por isso, se preocupar e adaptar a sua forma de abordar alguém vai te ajudar a cada dia mais conquistar relações mais saudáveis.

Gerencie os primeiros três minutos

O normal, quando se inicia uma conversa com alguém, é procurar falar mais de si, ou julgar e ter conclusões precipitadas sobre o que a outra pessoa diz. Começar escutando mais a pessoa ao invés de ter uma atitude de julgá-la pode te ajudar a entender mais sobre ela.

Por isso, nos primeiros três minutos quando iniciar um contato, procure dar mais espaço de fala para a pessoa. Tenha em mente que ela provavelmente teve algum motivo para te procurar ou agir de determinada maneira. Além do que, ouvir mais vai te ajudar a ter uma comunicação mais assertiva.

Ouça ativamente

Criar a habilidade de ter uma escuta ativa te trará impacto nas relações que você se propor a construir. Quando se dispõe a ouvir mais atentamente o que os outros estão falando, você ajuda a trazer melhores soluções para problemas, aumenta a sua percepção sobre empatia e consequentemente constrói relações mais verdadeiras.

Além disso, a escuta ativa é uma ferramenta que possibilita melhorar a relação justamente por conseguir se aprofundar em uma conversa. É uma oportunidade de proporcionar para a pessoa uma escuta mais verdadeira, fazendo com que ela não tenha receio de ser mal compreendida.

Fale mais de si mesmo

Todo ser humano possui uma vasta experiência na vida. Quanto mais velho, maior a bagagem de experiências. Valorizar a sua própria bagagem e compartilhar com outras pessoas vai aumentar o grau de pontos de conexão. Se pensar que pessoas se conectam e aprendem através de histórias, tudo o que você viveu, e compartilhou, pode deixar suas relações mais saudáveis e verdadeiras.

Tenha em mente que toda pessoa é construída através de forças e franquezas, e que compartilhar a sua experiência com elas e como se sente em relação às situações, é um jeito bem inteligente de se aproximar das outras pessoas. Por isso, não tenha medo de compartilhar a sua própria jornada.

Administre a linguagem não verbal

Quando falamos em comunicação não podemos esquecer da linguagem não verbal. Muitas vezes, nosso corpo acaba expressando muito mais do que imaginamos, ou seja, nossa postura costuma dizer muito, até mesmo mais do que palavras.

A expressão facial, posição dos braços e para onde olhamos são alguns exemplos de comunicação não verbal, e acabam transmitindo mensagens a outras pessoas. Por isso, é muito importante você ficar atento, procurando manter a calma durante uma conversa, além de fazer o possível para olhar no olho da pessoa, pois essa atitude acaba transmitindo uma maior sensação de transparência.

Abrace as diferenças

Aceitar que o mundo é composto de diferenças e que não existe ninguém igual a você, é procurar valorizar a construção de um mundo mais diverso e criativo. Tudo isso começa na atitude de procurar aceitar as diferenças que fazem parte de qualquer tipo de relação.

Fazer um esforço para conviver com pessoas que pensam diferente de você, vai te ajudar a não ficar em uma bolha social. Se abrir para o diferente vai fazer com que você se torne uma pessoa mais empática e mais criativa.

Qual é o maior benefício da relação interpessoal?

Amigas conversando em um café

Quando se procura trabalhar a forma de relacionamento interpessoal, você passa a se compreender a cada dia mais, elevando a forma como você se relaciona com o mundo e com as pessoas. Levando para a ótica de que o mundo é feito de pessoas, quando você consegue ter mais relações saudáveis, a sua vida se torna mais plena.

Por isso, se você começar a se atentar em como procura construir a sua relação com as pessoas, está contribuindo para o seu desenvolvimento (tanto pessoal quanto profissional), gerando um impacto positivo nas suas relações e, principalmente, na sua saúde mental.

Autor deste artigo

Jornalista e taurina apaixonada por escrita desde aprendeu a escrever. Desde a sua formação, se dedica a escrever textos sobre diversos assuntos, e temas como o autoconhecimento e saúde da mente têm feito parte dos seus trabalhos e pesquisas mais frequentes.

Palavras-chave relacionadas


relacionamentos

Artigos relacionados


O que é a chantagem emocional? Tipos, o chantagista, como lidar e mais!

O que é a chantagem emocional? Tipos, o chantagista, como lidar e mais!

A chantagem emocional é considerada crime e causa muitos prejuízos mentais. Saiba mais sobre esse tipo de violência psicológica aqui!


Os quatro temperamentos humanos: características, como descobrir e mais!

Os quatro temperamentos humanos: características, como descobrir e mais!

Os quatro temperamentos formam a essência do indivíduo e impactam suas relações interpessoais. Veja nesse texto a importância de conhecer esse modelo!


O que significa sonhar com flerte? De amigo, namorado, famoso e mais!

O que significa sonhar com flerte? De amigo, namorado, famoso e mais!

Sonhar com flerte fala sobre a necessidade de buscar mais momentos felizes em sua vida. Para saber mais sobre esse e outros significados, confira nosso artigo!


O que é amor líquido? O conceito de Bauman, relacionamentos e mais!

O que é amor líquido? O conceito de Bauman, relacionamentos e mais!

Retratando a superficialidade e a inconstância dos relacionamentos, é possível chegar na definição do amor líquido. Saiba mais!


Psicopatia: significado, características, como identificar e mais!

Psicopatia: significado, características, como identificar e mais!

Sendo um distúrbio, a psicopatia pode ser difícil de diagnosticar e retrata o desprezo pelos processos sociais. Saiba mais!


Últimos posts


Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lentes de contato denotam má sorte? Descubra tudo sobre esse sonho e seus significados nesse atigo!


Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Os Salmos da Bíblia cristã são um convite a expressar a fé e pedidos genuínos, aliados a um profundo senso de gratidão a Deus. Conheça mais sobre esses textos!


Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Conhecido por ser um grande guerreiro, o Caboclo Sete Flechas quebra qualquer demanda e ensina de forma branda e serena. Confira!


Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Você conhece o Anjo Miguel? Conheça a história, significado, oração e muito mais sobre esse poderoso Arcanjo e como pode trazer auxílio em sua vida.


Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Santa Maria Madalena é a padroeira de todos os pecadores arrependidos, das mulheres e das mães solteiras. Confira aqui como pedir a sua intercessão!