O que é regressão? Benefícios, memória, hipnose, etapas e mais!

O que é regressão? Benefícios, memória, hipnose, etapas e mais!

Com a terapia de regressão você pode entender todos os seus traumas psicológicos, que foram causados no passado, mas o incomodam no presente. Saiba mais!


Considerações gerais sobre a regressão

Mulher fazendo regressão com um profissional

A técnica de regressão é um procedimento que visa fazer com que uma pessoa reative memórias do seu passado, que ainda passa por muitos obstáculos para ser popularizada. O principal desses obstáculos é o não reconhecimento do espírito como uma entidade autônoma que governa o corpo físico.

Além da ciência existem outras barreiras que impedem o uso da regressão como terapia curativa de muitos males, sendo as mais importantes as crenças religiosas e filosóficas. No entanto, apesar das divergências a regressão existe, é possível a prática segura, e com o tempo derrubará as objeções, como todo conhecimento novo.

O importante é entender que a regressão de memória clínica é diferente da terapia de vidas passadas, que é uma abordagem espiritual que necessita da crença em reencarnações. Um fato de interesse é que muitas vezes em uma sessão clínica ocorre a lembrança de vidas passadas. Com a leitura deste artigo você entenderá esses conceitos.

Regressão e hipnose regressiva

Mulher sendo hipnotizada para a regressão

A regressão é o ato de voltar no tempo por meio da memória, enquanto a hipnose regressiva é um dos meios de conseguir fazer a regressão. É uma técnica que promove a cura de várias perturbações de ordem psíquicas, que foram causadas por traumas de situações passadas. Veja os detalhes nos próximos blocos.

O que é regressão

É um fato aceito pela comunidade médica-científica que mostra grandes acontecimentos da vida de caráter negativo. Eles podem deixar lembranças dolorosas que irão se manifestar posteriormente por meio de distúrbios psíquicos como insônia, fobias de diversos tipos, tremores e outros.

Assim, a regressão visa acessar os fatos do passado que causam os problemas no presente. Pode-se alcançar a regressão por meio da hipnose e da meditação, mas, em alguns casos, os sonhos são também uma forma de regressão espontânea.

O que é hipnose regressiva

A hipnose é um método científico oficializado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) que tem diversas finalidades na área médica. Ela pode ser usada como um processo para anestesiar pacientes, por exemplo. O uso da hipnose como método para acessar a memória foi denominado hipnose regressiva.

Assim, a hipnose regressiva é um processo de orientação e sugestões em pessoas induzidas a um profundo relaxamento, com a finalidade de descobrir traumas que possam estar gerando transtornos psíquicos. Uma solução para problemas cujas causas não foram encontradas pelos métodos tradicionais.

O subconsciente

O subconsciente é uma das partes da mente que a psicanálise dividiu em duas. Assim, a mente seria formada pelo consciente e o subconsciente, sendo o subconsciente a parte que guarda as informações que, embora sejam importantes, vão ficando para trás durante a vida.

Logo, é no subconsciente que ficam armazenadas as angústias, os medos e outras situações que as pessoas não gostariam de ficar lembrando toda hora. Entretanto, essas informações podem subir para a mente consciente em forma de problemas psíquicos, sendo necessário acessar o subconsciente para resolvê-los.

A natureza da memória

A memória é uma função cerebral que ainda guarda muitos segredos para a ciência. O cérebro já foi mapeado para descobrir os locais mais possíveis da memória, mas o funcionamento, a maneira como são armazenadas e processadas as informações é ainda um grande desafio.

O espaço físico da memória no cérebro é o hipocampo, e durante todo o tempo acontece o armazenamento de novas informações, ou o acesso das que já estão guardadas. Além disso, o cérebro pode usar o esquecimento como parte de um sistema de defesa.

A história da regressão

A regressão das vidas passadas é tão antiga quanto os espíritos que vivem na terra, segundo as tradições budistas e hinduístas. Os xamãs de tribos indígenas também a conhecem e conseguem o transe por meio de plantas psicoativas. No Egito, também foram encontrados papiros que faziam menção às técnicas de regressão.

No ocidente e já no tempo atual, nomes como Denys Kelsey e a sua esposa Joan Grant, que era clarividente, são considerados pioneiros. Outros nomes como Joe Keeton, Morris Netherton e Edith Fiore publicaram os seus trabalhos de regressão como formas de terapia para vários tipos de transtornos.

Há diferença entre hipnose e regressão?

Os dois conceitos em seus sentidos básicos são bem diferentes, pois enquanto a hipnose é um conjunto de técnicas que podem ou não serem usadas com finalidades terapêuticas, a regressão nem sempre precisa ser feita por meio da hipnose. Assim, a hipnose é um dos meios de se alcançar a regressão, mas não o único.

Os acontecimentos possíveis durante uma regressão hipnótica se assemelham aos conseguidos em uma regressão por outros meios, como a meditação, por exemplo, e essa circunstância favorece a percepção de que hipnose e regressão poderiam ter o mesmo significado.

Quem pode realizar a regressão e os riscos da terapia

Mulher tentando fazer a autorregreção

A regressão de memória, por meio hipnótico ou não, é um processo que pode trazer à tona situações traumáticas, inclusive de vidas passadas, o que desaconselha o seu uso em pessoas com deficiência cardíaca, por exemplo. Continue a leitura para entender os riscos desse procedimento.

Como fazer uma autorregressão?

A regressão com finalidades terapêuticas deve ser feita sempre por um profissional com alta qualificação, que tenha a experiência necessária na condução do procedimento. A indução ao relaxamento através do diálogo ou da hipnose exige o domínio de técnicas específicas.

Além disso, o resultado de uma regressão pode trazer fatos inesperados que podem perturbar momentaneamente a pessoa, e uma companhia nesse momento é muito importante para tirá-la do processo de regressão. Por isso, a regressão de memória não é um procedimento recomendado para ser realizado sozinho, ainda que seja possível, já que contém alguns riscos.

Qualquer pessoa pode fazer a terapia de regressão?

O processo de terapia de regressão por hipnose requer que o paciente acredite no potencial da terapia para curar o seu problema, e esteja disposto a se submeter ao tratamento de boa vontade, pois fora dessas condições ele não alcançará o relaxamento necessário ao sucesso da terapia.

Além disso, a regressão pode provocar um estado emocional muito forte, dependendo das memórias que forem acessadas. Por isso, é preciso cuidados especiais com pessoas cardíacas, mulheres grávidas e idosos em geral. Fora dessas condições, não há impedimento para o uso da terapia.

Quais são os riscos da terapia de regressão?

A terapia de regressão já é amplamente utilizada para tratamento de problemas de ordem psíquica em que outros métodos falharam. Os riscos inerentes a este procedimento se ligam com as fortes lembranças que podem vir ao consciente, pois nem mesmo o paciente sabe quais serão.

Essas memórias podem provocar o agravamento de uma deficiência cardíaca já existente, por isso, as condições do paciente devem estar funcionais antes da sessão. Além do mais, pode haver uma perturbação emocional no retorno à consciência total, e o profissional precisar intervir acalmando o paciente.

As etapas do procedimento de regressão

Imagem ilustrativa de um espiral roxo

Uma regressão que pretenda atingir resultados satisfatórios exige certos cuidados, tanto antes quanto durante e depois da sessão. Os resultados alcançados podem ser conseguidos por diferentes caminhos que você verá com a continuação da leitura.

A entrevista ou anamnese do paciente

Uma sessão de terapia regressiva exige um conhecimento prévio da vida pessoal e familiar do paciente, conseguida por meio de uma anamnese eficiente. Esses dados são necessários para que o profissional possa reconhecer pessoas ou fatos que possam surgir durante a sessão.

Além disso, essas informações podem ser usadas para a elaboração das questões que serão abordadas no curso do procedimento. As perguntas e as respostas vão se sucedendo até que seja encontrado um ponto da memória que possa ser a causa do problema.

A regressão propriamente dita

A técnica consiste em induzir o paciente a um estado de relaxamento profundo através de métodos como visualizações e diálogos específicos. O relaxamento vai alterar o estado de consciência do paciente, mas não vai deixá-lo inconsciente, uma vez que ele precisa interagir com o profissional.

O profissional guiará todo o processo direcionando o mesmo de acordo com as reações do paciente. Nesse sentido, o profissional irá aprofundando ou deixando de lado as questões, até que sejam acessadas lembranças que possam ter iniciado o problema que é o objetivo da terapia.

A regressão com experiências visuais

A regressão pode tomar caminhos diversos, uma vez que não há como saber que tipo de recordações serão acessadas durante o processo. Além disso, o efeito é muito forte, como se a pessoa voltasse a viver o momento, não se tratando, portanto, de uma vaga lembrança.

Assim, dependendo do paciente a lembrança pode ocorrer com flashes rápidos ou através de imagens bem claras e objetivas, mas sem outros sinais como sons ou aromas. Nesse caso, a regressão conseguiu obter apenas experiências visuais.

A regressão com experiências sinestésicas

A sinestesia é uma condição em que uma pessoa obtém um efeito secundário ao ter um sentido estimulado. Assim, um objeto pode aparecer em uma situação em que o paciente sinta o seu cheiro, por exemplo. Outro exemplo bem comum é ver a pessoa e sentir o aroma do seu perfume.

Durante uma sessão de terapia regressiva, a sinestesia pode ocorrer de várias formas, e os sons aparecem com frequência aparecendo ou não alguma imagem. Isso porque o que gerou o trauma pode ter sido o barulho ensurdecedor dos trovões, e não a visão de uma tempestade, por exemplo.

A regressão com experiências intuitivas

O processo de regressão também pode tomar um rumo diferente em que os fatos são lembrados, mas o paciente não ver nem escuta nada. A regressão se dá por meio da intuição, sem o uso de nenhum dos cinco sentidos de percepção material.

É um estado curioso que revela a complexidade da mente humana, e exige atenção do profissional para perceber alguma distorção na narrativa do paciente. Embora não haja visualização ou som, as sensações da lembrança se avivam na memória e se manifestam no corpo durante a sessão.

A regressão com experiências mistas

A regressão onde ocorrem experiências visuais, sonoras, ou envolvendo outros sentidos além da intuição é a mais desejada, sendo conhecida como regressão com experiências mistas. É uma regressão realizada com sucesso, na qual as lembranças surgem ricas em detalhes.

A riqueza de detalhes das memórias revividas se manifesta nas sensações sentidas pelo paciente, tornando mais fácil a identificação de qual lembrança o abala com maior intensidade. Com base nessas sensações, o profissional pode concentrar o foco da sessão em uma situação mais específica.

A análise das informações obtidas

A análise das informações que foram obtidas na sessão é de fundamental importância, pois é o que vai revelar se o objetivo foi alcançado ou não. Com base nessas informações, bem como nas reações apresentadas pelo paciente, o profissional poderá sugerir a necessidade ou não de outras sessões.

Após o fim da sessão propriamente dita, chega à fase de conclusão e verificação dos resultados. Caso o trauma tenha sido identificado, o profissional irá orientar o paciente para que veja a situação sob um ponto de vista diferente, eliminando assim a causa do problema. Em caso negativo, uma ou mais sessões poderão ser necessárias.

Os benefícios da regressão

Mulher sendo hipnotizada por um profissional da área

A regressão de memória é uma técnica de eficiência comprovada para a solução de muitos distúrbios psicológicos como medos e fobias aparentemente injustificadas. As lembranças evocadas também podem facilitar a mudança de hábitos pouco saudáveis. Veja detalhes nos próximos blocos.

Superando medos, fobias e traumas

O desenvolvimento dos estudos da mente já pode garantir que muitos distúrbios psicológicos não têm uma causa física, mas sim um efeito de uma situação de impacto que gerou um trauma. O grande problema para a psicanálise é identificar uma lembrança específica que possa ser a causa, em meio a tantas guardadas na memória.

Dessa forma, com a terapia de regressão é possível rever as lembranças uma a uma, e o paciente irá mostrar por suas sensações ao relembrar, qual delas é a causa do mal que o aflige. E é importante destacar que uma vez superado o trauma, o problema é definitivamente resolvido.

Auxílio na mudança de hábitos

É comum observar em adultos algumas manias persistentes, ou hábitos desagradáveis e até nocivos à saúde. Esses hábitos podem ter a sua origem em situações passadas, que marcaram a mente da pessoa de modo profundo, já que ela tem consciência da necessidade de mudar, faz tentativas nesse sentido, mas não consegue êxito.

Com a terapia de regressão é possível identificar com exatidão o porquê de uma pessoa roer as unhas até sangrar, por exemplo. O objetivo é fazer com que o paciente interrompa o hábito ao conhecer a causa que o gerou. A técnica pode ajudar até mesmo em casos de transtorno obsessivo compulsivo (TOC).

Os resultados imediatos e a longo prazo

O tratamento por meio da terapia de regressão costuma ser muito rápido, variando em função da gravidade do problema e da quantidade de sessões que serão necessárias. Muitas vezes, uma única sessão é suficiente para localizar a lembrança que desencadeia o transtorno.

Além disso, o próprio paciente costuma afirmar a sua melhora após recordar o fato que o atingia desde tempos passados. É como se o simples fato de lembrar já tirasse o peso da situação negativa que o incomodava. Assim, o resultado além de ser rápido tem efeito por tempo indefinido, pois uma vez eliminada a causa não tem razão para o problema voltar.

Promove a limpeza e superação de memórias negativas

O objetivo principal de um tratamento por meio da regressão de memória é resgatar um acontecimento específico, que gerou um trauma associado a este fato. Entretanto, durante a sessão outros fatos relevantes também podem ser surgir, que embora não sejam traumatizantes podem gerar algum incômodo.

Logo, a terapia de regressão além de solucionar o problema principal, pode promover uma limpeza das memórias negativas guardadas no subconsciente. Este fator pode fazer o paciente se tornar uma pessoa mais leve, extrovertida e de bem com a vida, características que ele não mostrava antes do tratamento.

Por que fazer o procedimento de regressão?

Mulher em consulta com sua psicóloga

O corpo humano está sujeito aos problemas físicos e psíquicos, sendo o segundo tipo o de solução mais complexa por atingir a mente, cujo funcionamento ainda é um mistério para a ciência. Assim, os distúrbios psíquicos são normalmente resolvidos com o uso de medicamentos, que podem gerar problemas ainda maiores.

Só o fato de não precisar de drogas na sua realização já é um super motivo para optar pela regressão. Porém, existem outros fatores importantes como a rapidez do processo, o custo, e alguns lampejos de autoconhecimento que podem ser adquiridos nas sessões de regressão.

Sendo assim, o tratamento de muitos transtornos psicológicos já vem sendo feito por meio da regressão, e a tendência é que outros também venham para esse caminho. Para isso, é preciso apenas que as pessoas percam o medo de enfrentar os seus medos.

Autor deste artigo

Escritor, cordelista, redator freelancer. Meu trabalho é escrever, mas meu passatempo é ler. Leio principalmente sobre temas ligados ao transcendental. Ufologia, espiritualidade, filosofia, misticismo, astronomia. Apesar de 24 horas acabar logo, às vezes consigo jogar uma partida de xadrez, ou assistir um bom filme.

Palavras-chave relacionadas


autocuidado

Artigos relacionados


Plantas medicinais: indicações, nomes, propriedades, benefícios e mais!

Plantas medicinais: indicações, nomes, propriedades, benefícios e mais!

As plantas apresentam inúmeras propriedades benéficas à saúde e são utilizadas com fins medicinais há séculos. Confira aqui como elas podem te ajudar!


Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Você sabia que as fases da lua interferem e trazem diferentes significados para o ciclo menstrual? Leia o artigo e entenda mais sobre seu equilíbrio interior!


Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda é a fase mais grave do transtorno psicológico, mas tem tratamento e o paciente precisa de apoio. Saiba mais aqui!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!


Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos são mais comuns do que você imagina. Descubra neste artigo o que são, como lidar e outros aspectos desses tipos de pensamentos!


Últimos posts


Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lente de contato: azul, verde, de grau, em outra pessoa e mais!

Sonhar com lentes de contato denotam má sorte? Descubra tudo sobre esse sonho e seus significados nesse atigo!


Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Salmos da cura: conheça 8 orações que irão ajudar na cura de doenças!

Os Salmos da Bíblia cristã são um convite a expressar a fé e pedidos genuínos, aliados a um profundo senso de gratidão a Deus. Conheça mais sobre esses textos!


Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Caboclo sete flechas: características, história, ponto e mais!

Conhecido por ser um grande guerreiro, o Caboclo Sete Flechas quebra qualquer demanda e ensina de forma branda e serena. Confira!


Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Anjo Miguel: conheça sua história, significado, oração e mais!

Você conhece o Anjo Miguel? Conheça a história, significado, oração e muito mais sobre esse poderoso Arcanjo e como pode trazer auxílio em sua vida.


Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Oração de Santa Maria Madalena: para o amor, para pedir, pelo perdão e mais!

Santa Maria Madalena é a padroeira de todos os pecadores arrependidos, das mulheres e das mães solteiras. Confira aqui como pedir a sua intercessão!