Maldição hereditária: o que é? Passagens bíblicas, estudo e mais!

Maldição hereditária: o que é? Passagens bíblicas, estudo e mais!

Você sabe o que é a maldição hereditária? Neste artigo explicamos tudo que envolve esse intrigante assunto. Confira!


Por que saber mais sobre a maldição hereditária?

maldição hereditaria

A maldição hereditária é um tema bíblico intrigante que aponta para uma possibilidade sobrenatural que pode, ou não, acometer alguém.

Com isso, para entender do que se trata, é imprescindível que se saiba a origem do termo, o que ele representa, quais as suas implicações e quais são os “sintomas” de alguém que possa ter herdado uma maldição.

Antes de tudo, é interessante frisar que, apesar de o conceito ser amplamente discutido e ter ganhado diversas interpretações ao longo do tempo, o mais correto a se fazer é observar a sua raiz bíblica e tecer, a partir do entendimento das Escrituras Sagradas, comentários relevantes.

Dessa forma, não buscamos abordar comentários e entendimentos já postos ou corroborar com vertentes diversas, mas apenas entender de maneira prática e límpida o que a Bíblia Sagrada diz sobre o que de fato seria ou é a maldição hereditária. Continue lendo, para descobrir tudo sobre esse assunto!

Mais sobre a maldição hereditária

maldição hereditaria

Para iniciar esse compilado de estudos bíblicos, é importante antes saber o que é, qual a origem do termo “maldição hereditária” e qual o seu contexto, tudo segundo a Bíblia. Confira!

O que é maldição hereditária?

Uma maldição hereditária é algo que causa sofrimento a várias gerações de uma mesma família. Essa maldição pode estar na forma de uma doença passada de pai para filho, de uma situação financeira complicada, de vícios, insucessos matrimoniais sucessivos e muitas outras.

Contudo, e para simplificar o entendimento do conceito, quando se fala em maldição hereditária, é importante ter em mente que se alguém passa pelos mesmos problemas que seus pais ou avós passaram, ele pode, supostamente, ter herdado uma maldição que começou em seus antepassados.

Origem

O conceito de “maldição hereditária” tem origem na Bíblia Sagrada e faz referência a um entendimento antigo que diz que, algumas pessoas, de alguma forma, carregam um flagelo que atinge a sua linhagem há gerações.

Apesar do conceito ser bíblico, o termo e as várias interpretações que hoje permeiam o debate nas comunidades cristãs foram ganhando contornos diversos ao longo dos séculos.

Estudo da maldição no Antigo Testamento em Gênesis 9:25-26

maldição hereditaria

Acompanhe com atenção o que diz a passagem bíblica no livro Gênesis 9:25-26 e quais são as implicações do texto no que concerne uma maldição hereditária.

Passagem

“E disse: maldito seja Canaã; seja servo dos servos a seus irmãos. E ajuntou: bendito seja o Senhor, Deus de Sem; e Canaã lhe seja servo.”

Estudo

Essa passagem bíblica foi uma das primeiras a apontar o conceito que posteriormente ficaria conhecido como maldição hereditária. Contudo, esse texto traz uma conotação única na Bíblia, uma vez que outros incidentes em que pais amaldiçoam seus filhos diretamente não são encontrados nas Escrituras.

Para contextualizar a passagem, é interessante dizer que antes do texto citado, a Bíblia relata que Noé bebeu vinho além da conta e com isso ficou embriagado de tal forma que veio a despir-se, ficando completamente nu e caído no meio do seu pomar.

Vendo a cena, Cam, o segundo filho de Noé, riu da nudez do pai e ainda chamou os seus irmãos, Sem e Jafé, para compartilharem da chacota que fazia com o patriarca. Ao acordar e ficar sabendo da situação, Noé se irritou e então proferiu as maldições que podem ser lidas nos trechos acima.

Porém, é interessante frisar que a maldição não se estende a toda a linhagem Camita, e sim à descendência de um dos filhos de Cam, chamado Canaã.

A maldição de Noé pôde de certa forma ter se cumprida, uma vez que os cananeus, povo que habitou a região onde hoje se encontra o estado de Israel, foi um povo fragmentado e que posteriormente foi subjugado por povos semitas, incluindo os hebreus, descendentes de Abraão.

Entretanto, como veremos nos tópicos posteriores, o conceito de maldição hereditária, iniciado nesse trecho bíblico, não possui a consistência irrevogável que muitos conferem a ele, pois até mesmo muitos cananeus puderam ser libertos da tal maldição de Noé.

Estudo da maldição no Antigo Testamento em Êxodo 20:5-6

biblia

Agora, veja o que quer dizer o texto que está no livro do Êxodo, capítulo 20 e versículos 5 e 6, acerca do conceito de maldição hereditária.

Passagem

“Não se ajoelhe diante de ídolos, nem os adore, pois eu, o Eterno, sou o seu Deus e não tolero outros deuses. Eu castigo aqueles que me odeiam até os netos e bisnetos. Porém, sou bondoso com aqueles que me amam e obedecem aos meus mandamentos, e abençoo os seus descendentes por milhares de gerações.”

Estudo

Nesse texto bíblico temos um caso emblemático que demonstra a mais pura expressão do desejo de Deus em abençoar as pessoas, ao contrário do que pensam alguns. Isso pode ser notado através da forma com que as palavras são colocadas. De uma forma geral, na passagem Deus apenas instrui as pessoas sobre como Ele deseja que se comportem.

Nesse sentido, é como se Ele informasse quais são as recompensas por adorá-lo e quais as consequências por rejeitá-lo. Porém, ao comparar as sentenças, pode-se notar que o texto possui discrepâncias que indicam o desejo de Deus de abençoar o homem, e não amaldiçoá-lo.

Ele diz: “Eu castigo aqueles que me odeiam até os netos e bisnetos” ou “Eu castigo aqueles que me odeiam até a terceira geração”, como está descrito em outras traduções da Bíblia, para indicar uma punição.

Contudo, Ele também fala: Porém, sou bondoso com aqueles que me amam e obedecem aos meus mandamentos, e abençoo os seus descendentes por milhares de gerações”, para afirmar a recompensa de quem o tem como único Deus.

Por isso, o entendimento geral dessa passagem é que Deus não determinou parâmetros para uma suposta maldição hereditária, mas, do contrário, buscou educar o povo que o tinha como único Senhor.

Estudo da maldição no Antigo Testamento em Deuteronômio 11:26-28

biblia

Acompanhe a interpretação da passagem bíblica em Deuteronômio 11:26-28 e sua relação com a maldição hereditária.

Passagem

E Moisés disse ao povo:

“Agora vou deixar que vocês escolham se querem bênção ou maldição. Vocês receberão a benção se obedecerem às leis do Eterno, o nosso Deus, que estou dando a vocês hoje; ou receberão a maldição, se não obedecerem às suas leis, mas rejeitarem os mandamentos que eu lhes estou dando hoje e adorarem outros deuses que vocês não conheciam.”

Estudo

Nessa parte do livro pentateuco de Deuteronômio, está descrita uma passagem, digamos, legislativa e específica, entregue ao povo diretamente pelo profeta Moisés, o libertador, que falava diretamente com Deus.

Para entendermos o que essas palavras significam, temos que analisar o contexto. O povo a quem Moisés guiava eram hebreus, descendentes de Abraão, com quem Deus fizera uma aliança. Em determinado momento, esses hebreus se estabeleceram no Egito, onde eventualmente passaram a ser escravizados.

Ouvindo o clamor daquele povo, Deus decidiu enviar um libertador para levá-los à terra de Canaã, território que havia sido prometido a Abraão, ao seu filho Isaque e posteriormente a Jacó, que veio a ser chamado de Israel e era filho de Isaque.

Ao deixar o Egito e passar a peregrinar no deserto, o povo precisava de leis e estatutos, pois agora eram uma nação liderada pelo próprio Deus, por intermédio de Moisés, num sistema de governo que ficou conhecido como teocracia.

E foi nesse contexto que os 10 mandamentos foram escritos, bem como as leis sacerdotais, cerimoniais e outros documentos legislativos. Em dado momento, Moisés recebe a inspiração divina e cita o que é descrito no trecho que destacamos.

Dessa forma, é correto afirmar que sim, nessa passagem em específico podemos entender que o não cumprimento das regras geraria percalços que seriam sentidos por gerações de hebreus/israelitas. Contudo, foram mandamentos específicos para aquele grupo de israelitas e para aquele período específico.

Estudo da maldição no Antigo Testamento em Deuteronômio 11.31-32

biblia

Entenda melhor o que esses dois versículos 31 e 32 do Deuteronômio querem dizer sobre maldição hereditária na Bíblia.

Passagem

“Agora vocês vão atravessar o rio Jordão e tomar posse da terra que o Eterno, o nosso Deus, lhes está dando. Portanto, depois de invadirem a terra e começarem a morar lá, tenham o cuidado de obedecer a todas as leis e mandamentos que hoje eu estou dando a vocês.”

Estudo

Nesse texto bíblico, que dá prosseguimento ao texto que foi citado no tópico anterior, o profeta Moisés apenas adverte o povo sobre o que irão encontrar na Terra Prometida, que à época era povoada por povos canaanitas, praticantes de hábitos opostos aos dos hebreus.

Na passagem, Moisés exorta o povo para a importância de se lembrar das tradições que foram repassadas geração a geração, a fim de não se contaminar com as práticas dos cananeus.

Estudo da maldição no Antigo Testamento em Ezequiel 18

biblia

Você já leu o capítulo 18 do livro do profeta Ezequiel, na Bíblia Sagrada? Esse trecho bíblico discorre acerca de questionamentos sobre a maldição que é passada de pais para filhos. Acompanhe alguns versículos desse trecho das Escrituras e entenda o que a passagem indica!

Passagem

Ezequiel 18:1-4:
“O Eterno me disse o seguinte: Porque será que na terra de Israel o povo vive repetindo o ditado que diz: 'Os pais comeram uvas verdes, mas foram os dentes dos filhos que ficaram ásperos?' Juro pela minha vida, diz o Senhor Eterno, que vocês nunca mais repetirão esse ditado em Israel. Pois a vida de todas as pessoas pertence a mim. Tanto a vida do pai quanto a vida do filho são minhas. A pessoa que pecar é que morrerá.”

Ezequiel 18:20:
“Aquele que peca é que morre. O filho não sofrerá por causa dos pecados do pai nem o pai por causa dos pecados do filho. A pessoa boa será recompensada por fazer o bem, e a pessoa má sofrerá pelo mal que praticar.”

Ezequiel 18:21-23:
“Se um homem mau parar de pecar, se guardar as minhas leis e se fizer o que é certo e bom, não morrerá; é certo que viverá. Todos os seus pecados serão perdoados, e ele viverá porque fez o que é certo. Vocês pensam que eu gosto de ver um homem mau morrer? – pergunta o Senhor Eterno. – Não, eu gostaria de vê-lo arrepender-se e viver.”

Ezequiel 18:32:
“Eu não quero que ninguém morra – diz o Senhor Eterno. – Portanto, parem de pecar e vivam.”

Estudo

Em todo o capítulo 18 do livro do profeta Ezequiel, ainda no Antigo Testamento, vemos uma veemente negação do conceito da maldição hereditária vinda do próprio Deus.

É importante dizer que as palavras do Deus hebreu proferidas através do seu profeta não anulam os termos que havia usado para educar o povo quando Moisés guiava a nação através do deserto, pois passagens como as descritas em Deuteronômio são específicas, como bem dissemos.

Entretanto, aqui o Senhor afirma, como podemos entender claramente, que os erros dos antepassados não influem no futuro dos seus descendentes, e que cada um é responsável pela sua própria vida e futuro.

Com isso, Deus claramente quis demonstrar sua justiça e, ao mesmo tempo, fomentar responsabilidade individual e desapego a antigas tradições que criavam um entendimento tortuoso que perdurou até os tempos de Jesus, como podemos ver na passagem descrita em João 9:1-3.

Estudo da maldição no Novo Testamento em Mateus 12:29

biblia

No evangelho segundo São Mateus, capítulo 12 e versículo 29, também temos uma menção ao conceito de maldição e, além disso, uma explicação sobre quem pode de fato quebrar maldições, combatendo o seu causador. Veja!

Passagem

“Ninguém pode entrar na casa de um homem valente e roubar o que ele tem, sem primeiro amarrá-lo. Somente assim poderá levar o que ele tem em casa.”

Estudo

O contexto dessa passagem é uma interpelação que Jesus sofre de alguns fariseus, que eram estudiosos boçais da época, acerca de um milagre que operou em determinado lugar. Com isso, no texto o filho de Deus conta, em forma de parábola, como é o modus operandi de satanás, o dito inimigo das almas dos homens.

Essa passagem pode ser citada e conectada com o conceito de maldição hereditária porque corrobora com o entendimento já explicitado no livro de Ezequiel de que cada indivíduo é responsável pela sua vida, seja ela um antro de derrotas ou uma história de sucessos.

Jesus afirma ainda, com o que disse no contexto bíblico da passagem, que Ele tem o poder para guiar o homem e impedir que desvios de atenção o levem a ficar “amarrado”, sendo assim “roubado” por satanás.

Estudo da maldição no Novo Testamento em João 8:32

biblia

Outro livro escrito por um apóstolo, o evangelho de João traz palavras de Jesus Cristo em pessoa, em que ele se refere a uma forma de libertar-se de maldições. Veja o que está no versículo 32 do capítulo 8 deste livro.

Passagem

“E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará.”

Estudo

Aqui, novamente Jesus se coloca como a salvação e refúgio para quem se encontra em vias de ser derrotado. Quando Ele cita “a verdade”, está se referindo a si próprio.

Esse texto endossa o entendimento de que, o que muitos entendem como maldição hereditária, nada mais é que a perpetuação voluntária de hábitos que levam ao distanciamento do homem com Deus. Uma vez longe da proteção do Pai, o indivíduo passa a estar em perigo.

Dessa forma, ao conhecer a verdade, que é o próprio Cristo, o homem passa a estar protegido do mal, desfrutando da ajuda do Eterno e usufruindo das benesses que essa posição lhe proporciona, bem distante de qualquer espécie de maldição “mundana”.

Estudo da maldição no Novo Testamento em Gálatas 3:13

biblia

A carta de São Paulo aos Gálatas, um importante livro neotestamentário, também explica dá uma visão mais ampla sobre o verdadeiro motivo das maldições.

Passagem

“Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar (porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado em madeiro).”

Estudo

Nessa passagem, que faz parte de uma carta do apóstolo Paulo enviada ao Gálatas, há a descrição do entendimento do próprio Paulo acerca do verdadeiro significado das maldições. Nesse texto de Gálatas 3:13, Paulo corrobora o que está escrito em 2 Coríntios 3:6, que inclusive também é um texto escrito pelo próprio Paulo.

O apóstolo deixa claro que, por causa da morte de Cristo, a maldição hereditária “legal”, descrita por Moisés ao guiar o povo, não tem peso algum, já que agora seguir os passos de Jesus e crê em sua morte e ressurreição é o salvo-conduto para todo aquele que deseja uma vida de proteção e a salvação eterna.

Com isso, Paulo afirma que a verdadeira maldição é apegar-se a tradições ao invés de crer no Evangelho. Bem como, deixa tácito de que não há ritual capaz de quebrar maldições, mas apenas o ato de crer e seguir a Cristo.

Estudo da maldição no Novo Testamento em 1 João 4:4

biblia

Por fim, vamos estudar a passagem que está em João capítulo 4 e verso 4, que também aponta para a verdade por trás de qualquer conceito de maldição passada entre gerações.

Passagem

“Filhinhos, vós sois de Deus e tendes vencido os falsos profetas, porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo.”

Estudo

Mais uma vez o texto bíblico dá ênfase à escolha pessoal, ignorando o entendimento de que alguém, em um passado distante, possa definir o futuro das gerações posteriores apenas com as suas atitudes.

No texto, que traz palavras do próprio Jesus Cristo, fica claro que a aceitação dos preceitos do Salvador é suficiente para ter força contra as investidas malignas, de onde vêm as verdadeiras maldições.

Cristo quebrou as maldições hereditárias?

maldicão hereditaria

De antemão, é possível dizer que sim, segundo a Bíblia, a decisão de seguir a Jesus Cristo e praticar os seus mandamentos, faz qualquer tipo de maldição, seja ela hereditária ou não, perder a influência.

Como vimos no decorrer do artigo, o conceito por trás da maldição hereditária só faz sentido na passagem em que Noé amaldiçoou o seu filho Cam, e nas ordenanças dadas por Deus através de Moisés ao povo israelita que podem ser vistas em Deuteronômio 28.

Há ainda quem acredite que os eventos ocorridos em Gênesis, nos quais Deus decidiu cortar relações com Adão e Eva por causa do pecado, tenham gerado uma “maldição global” que afetou toda a humanidade.

Entretanto, o próprio Deus deixa claro ainda no Velho Testamento, por intermédio do profeta Ezequiel, como vimos, que cada um escolhe o caminho que deseja trilhar e, com isso, deve aceitar as consequências que vierem, sejam boas ou ruins.

Desta forma, é afirmativo dizer que a maldição hereditária é um conceito isolado e antiquado, aplicado apenas em determinadas situações específicas por motivos peculiares.

Autor deste artigo

Professor de História, técnico em Recursos Humanos e Redator Web.

Palavras-chave relacionadas


mau-olhado

Artigos relacionados


Simpatia de folha de louro: para acalmar, dinheiro, olho gordo e mais!

Simpatia de folha de louro: para acalmar, dinheiro, olho gordo e mais!

O louro é uma erva poderosa. Regida pelo Sol e pelo elemento Fogo, você pode utilizá-lo para atrair dinheiro, prosperidade e limpar o seu corpo da negatividade.


A limpeza de ambientes com sal grosso: Por que fazer, métodos e mais!

A limpeza de ambientes com sal grosso: Por que fazer, métodos e mais!

Você está a um passo de conhecer tudo que precisa saber para deixar sua casa e outros ambientes sem energias negativas, de forma simples e prática! Confira!


Como tirar energia negativa do corpo? Sintomas, métodos e mais!

Como tirar energia negativa do corpo? Sintomas, métodos e mais!

Já se sentiu mal de repente? Talvez seja uma energia ruim. Acesse e confira como identificar e tirar todos os tipos de energia ruim do corpo!


Conheça as 7 ervas: seus poderes, usos, cultivo, atenção e mais!

Conheça as 7 ervas: seus poderes, usos, cultivo, atenção e mais!

As 7 ervas são excelentes ferramentas de proteção. Quando plantadas em casa, elas afastam o mal, quebrando feitiços, maldições e dissipando inveja e olho gordo.


Banhos energéticos: amor, sucesso profissional, espiritual e mais!

Banhos energéticos: amor, sucesso profissional, espiritual e mais!

Os banhos energéticos servem para atrair tudo o que deseja e proteger das más vibrações. Para cada objetivo há um banho diferente. Confira aqui o passo a passo!


Últimos posts


Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Como aumentar a imunidade do corpo? Dicas, vitaminas, alimentos e mais!

Quer saber como aumentar sua imunidade e ter acesso a outras informações relevante? Leia este artigo e veja como melhorar sua saúde com a alimentação!


Sonhar com girino: em águas claras, águas turvas, virando sapo e mais!

Sonhar com girino: em águas claras, águas turvas, virando sapo e mais!

Sonhar com girino é um presságio de desenvolvimento e mudanças. Confira aqui essas e outras interpretações para esse sonho, e descubra também como se comportar!


Sonhar com ferro: panela, grade, porta, ponte, ferro de passar e mais!

Sonhar com ferro: panela, grade, porta, ponte, ferro de passar e mais!

Sonhar com ferro pode indicar um mau presságio? Descubra tudo sobre esse sonho neste artigo e saiba como agir!


Como acender vela para o Anjo da Guarda com copo de água? Entenda!

Como acender vela para o Anjo da Guarda com copo de água? Entenda!

Realizando uma conexão com a espiritualidade, acender uma vela para o Anjo da Guarda com um copo de água abre portais. Saiba mais!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!