Ervas de Ogum: Conheça seus significados e usos ritualísticos!

Ervas de Ogum: Conheça seus significados e usos ritualísticos!

Dentro da Umbanda, as ervas são regidas por cada Orixá. Nesse artigo, você vai saber quais são as ervas e plantas regidas por Ogum e quais os seus significados.


Conheça as folhas e ervas de Ogum!

Vela e folhas em oferenda

As folhas e ervas são usadas em rituais, oferendas, feitiços e em outros tipos de trabalhos espirituais desde a antiguidade em diversas crenças. Com a Umbanda e Candomblé não é diferente, também são utilizados diversos tipos de plantas para determinados fins.

Cada folha, cada erva, cada flor, cada tipo de planta tem seus significados e suas vibrações energéticas que ajudam em determinados caminhos da vida como prosperidade, amor, proteção, entre outros. Para cada finalidade existe uma planta e um modo de prepará-la.

O uso de plantas para trabalhos energéticos exige um bom conhecimento sobre cada uma antes de sair usando todas, o ideal é evitar usá-las em rituais sem a orientação de um pai ou mãe de santo de confiança. Leia esse artigo para saber tudo sobre as folhas e ervas de Ogum, a história desse Orixá, como usar as plantas corretamente e mais!

Entendendo mais sobre as folhas e ervas de Ogum

Galho de aroeira

Para saber como usar as folhas e ervas de Ogum em alguma oferenda, é preciso saber os significados de cada uma, além de saber sobre a história desse Orixá e o que lhe agrada. Por isso, leia os tópicos a seguir e entenda mais sobre as folhas e ervas de Ogum antes de realizar algum agrado ou ritual.

Origem e história de Ogum

Tanto na Umbanda quanto no Candomblé, Ogum é o senhor da guerra e o que executa as leis divinas, sendo o Orixá mais próximo dos seres humanos, junto com Exú. Tem sua origem humana, tendendo à impulsividade e trabalhando para seu pai como guerreiro no reino de Ifé, lutando sem parar com qualquer inimigo que o desafiasse.

Certo dia foi solicitado para ir em uma batalha sem data para terminar e pediu para seu filho dedicar um dia no ano em seu nome enquanto estivesse em batalha que toda a população jejuasse e fizesse silêncio. Porém, essa batalha durou sete anos, e, quando retornou ao lar faminto, pediu comida em diversas casas, mas ninguém o atendeu.

Ogum ficou tão enfurecido com a falta de consideração que dizimou toda a aldeia com sua espada, parando somente com a ajuda de seu filho e de Exú. Então, relembrou seu pai sobre o pedido feito antes de ir à batalha, e, com o sentimento de remorso, o poderoso guerreiro cavou um buraco no chão com sua espada, se enterrando em pé.

Sincretismo de Ogum

No sincretismo, Ogum está associado a São Jorge, o Santo Guerreiro cultuado na religião católica e comemorado no mesmo dia que o Orixá que é 23 de abril. Apesar dos dois serem a mesma entidade, houve mudanças na história e nas características físicas ao ser santificado no catolicismo para atrair mais pessoas à religião.

Enquanto Ogum é o senhor da guerra e que passou seus conhecimentos para a humanidade, São Jorge é descrito como o guerreiro do Exército de Deus e protetor dos soldados que lutou contra um dragão e outros seres das trevas em cima de seu cavalo branco para defender o Reino dos Céus.

Qual a importância das folhas e ervas para os Orixás?

A energia de cada folha e de cada erva é diferente, cada uma tem a sua vibração, atraindo saúde, proteção, prosperidade, entre outras coisas. Assim como tem efeitos de cura no corpo físico, sendo utilizados em banhos de limpeza, de amor, de prosperidade, em alimentos específicos, em oferendas, defumações ou queimas.

A energia das plantas também vibra na mesma faixa que os Orixás, portanto, algumas ervas específicas devem ser usadas em rituais de determinadas entidades, a maioria sendo cultivada no próprio terreno do terreiro ou barracão. Como as entidades são ligadas à natureza, também se expressam através das folhas.

Quais são as ervas mais usadas na Umbanda?

Dentre diversos tipos de ervas e plantas existentes, algumas são mais usadas dentro da Umbanda, como a arruda, alecrim, alfazema, espada-de-São-Jorge, guiné, manjericão, louro, eucalipto, camomila, girassol, bambu, romã e cana-de-açúcar. Essas ervas também são utilizadas no Candomblé e é comum ver algumas sendo utilizadas em banhos de limpeza e abertura de caminhos.

Como é a classificação das ervas?

Dentro da Umbanda, as ervas são classificadas como agressivas ou quentes, que servem para realizar uma limpeza energética profunda. O uso excessivo dessas plantas pode causar um desequilíbrio na aura e no campo energético, como a losna, arruda, guiné, aroeira, peregun, cânfora, fumo, entre outras.

Já as mornas ou equilibradas são as que reequilibram a energia da pessoa, principalmente se as classificadas como quentes causem um desequilíbrio energético. Algumas plantas mornas são: folha de manga, alecrim, alfazema, sálvia, calêndula, levante, manjericão, camomila, erva doce e hortelã.

Também existem as ervas frias, que possuem características e uso específicos, normalmente o manuseio é orientado pela entidade ou pela mãe e pai de santo. Além disso, podem ser classificadas de acordo com sua finalidade, como erva de limpeza, proteção, prosperidade e outras.

Algumas ervas frias atratoras são: rosa vermelha, artemísia, canela, malva, maçã e cravo da Índia, enquanto as energéticas tem o girassol, jurubeba, folha de café e guaraná. Já as calmantes, são: capim cidreira, maracujá, melissa, valeriana, pêssego e abacaxi.

Como agradar o Orixá Ogum?

Antes de realizar qualquer oferenda ou trabalho com um Orixá, é preciso ter a orientação de uma mãe ou pai de santo da Umbanda ou Candomblé, já que tem o conhecimento sobre como trabalhar com essas entidades, o que pode ou não fazer e o que pode ou não usar.

Para quem quer fazer uma oferenda mais simples, independente da razão, pode acender uma vela branca, azul ou vermelha, colocando junto um vinho licoroso, cerveja, e alguns cravos (flores). Todos os itens devem ser colocados em um campo, caminho ou encruzilhada.

Caso queira fazer uma oferenda mais elaborada, mas que ainda seja fácil, pode preparar um Paliteiro de Ogum, iniciando o preparo com pensamentos positivos e elevados. Quando estiver finalizada, entregue debaixo de uma árvore ou em uma linha de trem com uma vela azul acesa ao lado por 7 dias.

Ingredientes:
- 1 cará ou 1 inhame;
- 1 pacote de palitos de mariô (ou palitos de dente);
- Mel de abelha;
- Azeite de dendê.

Modo de Preparo
Comece cozinhando o cará ou o inhame com a casca até ficar bem macio, retire do fogo e deixe esfriar, retirando a casca com cuidado quando estiver frio. Coloque o cará ou o inhame dentro de um alguidar e espalhe alguns palitos pela superfície do alimento, regando com o mel e o azeite de dendê para finalizar.

Principais folhas e ervas de Ogum

Folhas de comigo-ninguém-pode

Existe uma grande variedade de folhas e ervas que são relacionadas a Ogum, sendo utilizadas em rituais, banhos e outras finalidades dentro das religiões afro. Veja a seguir todas as plantas que são desse Orixá, para quais finalidades servem e quais os seus benefícios.

Açoita-cavalo ou Ivitinga

Essa erva é utilizada em banhos de descarrego, sacudimentos (limpeza espiritual mais profunda e de grande eficácia) e obrigações, tanto dentro do terreiro, quanto fora. Também é usada em defumações e a cor de sua energia é branca.

Na saúde, ajuda a controlar diarreias, a curar feridas, bronquite, úlcera, laringite e a tratar o reumatismo, além de limpar o sangue e melhorar o fluxo vaginal. Possui propriedades anti-inflamatória, antimicrobiana, antidiarreico, antipirético, depurativa e adstringente.

Açucena-rajada ou Cebola-Cencém

Popularmente conhecida como Cebola-Cencém, a Açucena-rajada é uma planta herbácea que possui um grande bulbo e belas flores, sendo cultivada no Brasil e na Índia. Nas religiões afro, a parte do bulbo é mais utilizada e deve ser manuseada de forma correta.

Seu bulbo é utilizado em rituais e sacudimentos domiciliares, principalmente para trabalhos de limpeza, descoberta de falsidades e encontrar objetos perdidos. Quando é usada como uma erva medicinal, as folhas são cozidas como emoliente, eliminando seu ressecamento.

Alevante

Alevante, ou Mentha spicata é uma planta herbácea usada na medicina alternativa, já que é uma erva diurética, antioxidante, antifúngica, além de ser vir como inseticida. Nas religiões afro, é considerada uma erva poderosa para banhos de descarrego e limpeza.

Para tomar um banho de alevante, é preciso verificar se apresenta alguns dos sintomas: dores de cabeça, cansaço excessivo, bocejar constantemente sem sono, falta de ânimo, falta de iniciativa, instabilidade emocional, mal estar e excesso de raiva e irritação.

Arnica

Existem diversas espécies de arnica no Brasil, mas a verdadeira tem origem europeia. Apesar de ser benéfica para a saúde, a arnica brasileira deve ser aplicada na pele, pois é tóxica, se for ingerida pode causar, vômitos, arritmia cardíaca e aborto espontâneo.

A arnica é usada em obrigações de cabeça, cerimônias e abôs (banhos) de purificação, fortalecimento, proteção e equilíbrio de energias. Alguns trabalhos utilizam essa erva para trazer de volta a vitalidade do indivíduo e voltar a ter os pés no chão.

Aroeira

A aroeira é uma pequena árvore de casca vermelho escuro com folhas verdes amareladas, podendo chegar até 8 metros de altura. Essa planta serve como adstringente, cura feridas, úlceras, cistite, tosse, dor de dente e cicatriza a região genital.

Já a aroeira branca é tóxica e deve evitar a ingestão da mesma. Em rituais e trabalhos, é utilizada para preparar banhos de descarrego, obrigações de cabeça, defumação contra larvas astrais e limpeza de cristais e amuletos.

Cana-de-macaco

Cana-de-macaco, ou cana-do-brejo, é uma planta medicinal utilizada em jardinagem e pode ser encontrada na região amazônica. Possui propriedade anti-inflamatória, diurética, tônica e adstringente, auxiliando no tratamento de problemas renais e menstruais.

Essa erva é usada para preparar banhos de proteção, descarrego e limpeza, além de servir para lavagens de contas. Os filhos de Ogum precisam tomar algumas doses diárias do chá de cana-de-macaco nos abôs, sempre após o almoço e a janta.

Comigo-ninguém-pode

Só pelo nome já dá para saber que essa é uma planta tóxica, porém, muito eficiente em trabalhos espirituais e contra o mau olhado. É recomendado que não adquire uma, caso tenha crianças pequenas ou animais domésticos em casa para evitar problemas.

Atua energeticamente e espiritualmente em seu estado natural, sem ser colocada em preparos de banhos ou chás. Normalmente é colocada em adornos ou plantada em algum vaso perto da porta de entrada para absorver energias negativas de visitas.

Dracena-rajada ou Peregun-rajado

A Dracena-rajada, ou Peregun-rajado, é uma planta de classificação morna, ou seja, fortalece, readapta, recalibra, encaminha e conduz as energias. Além disso, essa planta é facilmente encontrada em centros de candomblé.

Suas folhas são usadas em sacudimentos, banhos e rituais, por exemplo, ao final dos 17 dias de iniciação na religião. Também pode ser plantado em volta de uma casa de Ogum, formando uma cerca viva e substituir objetos ritualísticos.

Erva-Tostão

A erva-tostão é uma planta nativa do Brasil e todas as suas partes são utilizadas na medicina para aliviar dores, combater problemas no fígado, diminuir o nervosismo e melhorar o funcionamento dos rins.

Suas propriedades energéticas são aproveitadas no preparo de banhos para descarrego e afastamento de eguns, usando somente as folhas. Por ser uma planta que torna o banho de descarrego muito forte, não deve ser tomado em curtos períodos de tempo para evitar alergias.

Espada-de-São-Jorge

A espada-de-São-Jorge é uma planta de origem africada, tóxica e muito utilizada nas religiões afro-brasileiras e é comum serem encontradas na porta de entrada de uma casa. É poderosa para trazer proteção e combater energias negativas.

Para que a espada-de-São-Jorge proteja a sua casa e seus moradores, não deve ser colocada em qualquer lugar, evite posicioná-la em cantos de paredes, deixe em um lugar em que possa pegar sol.

Estrela-de-Ogum ou Coroa-de-Ogum

A estrela-de-Ogum ou coroa-de-Ogum é uma variação da espada-de-São-Jorge, uma Sansevieria, porém, essa cresce formando uma coroa ou uma estrela de 10cm a 15cm de altura. Sua cor é verde escura com listras amareladas parecendo arranhões.

Nas religiões afro-brasileiras, essa planta é usada como bordadura de canteiros para trazer proteção, afastar energias negativas, banhos de proteção e sacudimentos. Apesar de ser poderosa em questões energéticas, não possui uso medicinal.

Folhas-de-manga

As folhas-de-manga são utilizadas em banhos de descarrego, que devem ser preparadas quando for necessário, principalmente quando notar cansaço excessivo, ou mal estar frequente. Ao jogar pelo corpo, derrame do pescoço para baixo, mantendo os pensamentos positivos.

Outros sintomas que mostram a necessidade do preparo desse banho são dores constantes nas costas, pernas, instabilidade emocional, raiva em excesso e falta de ânimo. O banho com folhas-de-manga limpa toda a carga de energia negativa do corpo.

Grumixameira

A pequena fruta da grumixameira pode ser consumida crua, em compotas, xaropes, doces, sorvetes, entre outras sobremesas. Suas folhas tem propriedades terapêuticas e antioxidantes, prevenindo o envelhecimento precoce e evitando outras doenças.

Essa planta é rica em vitamina C, B1, B2 e flavonoides, é adstringente, anti-inflamatória, diurética, aromática e energizante. Em uso religioso, pode cozinhar as folhas para fazer banhos aromáticos para curar o reumatismo e a fadiga.

Helicônia

Por ser uma parente próxima das bananeiras, da família Heliconiaceae, as folhas da helicônia tem a aparência parecida com as dessa árvore, podendo atingir até 3 metros de altura e é bastante usada em jardins decorativos.

Na saúde, o uso dessa planta cozida em banhos quentes é eficaz contra o reumatismo. Nos trabalhos ritualísticos, é utilizada em abô de ori, feitura de santo e banhos de limpeza, descarrego e de purificação dos filhos de Ogum.

Jambo-amarelo

O Jambo-amarelo é o fruto mais doce de sua variação, rico em antioxidantes, vitaminas A, B1, B2, potássio, zinco e magnésio, sendo um ótimo diurético. Já a erva jambu, típica da região norte do Brasil, é servida em saladas.

Suas folhas são usadas na preparação de banhos para os filhos de Ogum, enquanto a erva é utilizada em obrigações de cabeça e abô. Para quem deseja emagrecer, o jambo-amarelo é um bom emagrecedor em forma de chá.

Jambo-vermelho

Esse fruto possui diversos benefícios para a saúde, prevenindo doenças crônicas, e sendo rico em vitaminas A, B1 e B12, além de cálcio, antocianinas, ferro, fósforo e outros sais minerais. Suas folhas são boas contra a diabetes.

Outros benefícios para a saúde é que é um bom anti-inflamatório e ajuda a prevenir a obesidade. É usado em preparos de banhos de limpeza e amacis (rituais dedicados a um ou mais Orixás em especial).

Lança-de-Ogum

A lança-de-Ogum, ou lança-de-São-Jorge, é uma planta cilíndrica, ereta e lisa, de cor verde-escura com raias verde-claras, parecendo uma lança. Essa planta também é colocada perto das portas de entrada das casas para proteção.

Como não pode ser ingerida por ser tóxica, a lança-de-Ogum é utilizada em banhos de proteção contra energias densas, inveja e maus pensamentos. Além disso, também é usada em banhos para abrir caminhos e conquistas objetivos.

Limão-bravo

O limão-bravo possui diversos benefícios para a saúde, sendo indicado para tratar problemas gástricos e respiratórios como bronquite, tosse seca, laringite, gases, cólicas menstruais, entre outros. Para isso, deve tomar 4 xícaras do chá por dia.

Além do chá para a cura de problemas respiratórios e tosses crônicas, suas folhas são usadas nas obrigações de ori e abô, além dos preparos de banho de purificação para os filhos de Ogum.

Losna

Também conhecida como Absinto, a losna é uma planta medicinal usada no tratamento de febres e auxilia no tratamento contra vermes por ser um vermífugo natural. Além disso, é anti-inflamatória e tônica, sendo boa para outros tratamentos.

Normalmente é usada em preparos de banho de limpeza e descarrego dos filhos de Ogum e para purificar energeticamente os ambientes. Também são empregadas nos abô, no aumento da percepção espiritual e no reequilíbrio das energias.

Óleo-pardo

O óleo-pardo é uma erva anti-inflamatória e cicatrizante, sendo ótima para ser aplicada sobre dermatites e pequenas lesões, além de sua raiz, ao ser cozida, ajudar no tratamento de úlceras e vermes em animais. Suas folhas devem ser usadas apenas para banhos de descarrego.

Pau-roxo

O Pau-roxo, é uma árvore de tronco cilíndrico e reto, podendo ter de 40 a 60cm de diâmetro, enquanto pode crescer de 15 a 25 metros de altura e sua madeira é utilizada para criação de tacos, marcenaria e construção de pontes.

Somente suas folhas, que são aromáticas, são utilizadas na medicina como um bálsamo. Nos trabalhos ritualísticos e espirituais, são colocadas nos preparos de banhos de purificação dos filhos de Ogum, nos abô e nas obrigações de cabeça.

Pau-santo

O pau-santo é conhecido por ser uma das madeiras mais perfumadas do planeta, possuindo um aroma de pinha, menta e limão. É utilizado como incenso natural em forma de casca ou pó desde a antiguidade por conta de suas propriedades aromáticas.

É muito comum diversas correntes religiosas utilizarem o pau-santo como um bloqueador de energias negativas e eguns, em religiões afro-brasileiras. Na medicina, o chá atua contra diarreias e febre, além de ser um bom cicatrizante.

Piripiri

As folhas e o caule dessa planta são utilizados na fabricação de esteiras e celulose, pois a sua fibra é semelhante à do linho. O pó do caule seco e queimado tem propriedade medicinal para estancar hemorragias.

Esse pó também pode ser misturado em um copo com água e açúcar e ser ingerido para combater diarreias. Em trabalhos ritualísticos, o piripiri tem propriedades energéticas somente para banhos de descarrego.

Porangaba

Para quem está querendo emagrecer, o chá de porongaba auxilia no processo por ter propriedade diurética. É um ótimo detox que serve para remover as toxinas do sangue, além de melhorar a circulação sanguínea e controlar os níveis de colesterol.

Isso serve para evitar problemas cardíacos e pode ser usada como um tônico, além de ser antioxidante. A erva é usada em banhos de descarrego, em diversas obrigações, nos abô e nos sacudimentos, que podem ser pessoais ou domiciliares.

Quebra-demanda

Originária da Índia e podendo chegar até 1,5m de altura, essa planta cresce sobre os ramos de outras árvores e arbustos sem se enrolar. Precisa tomar muito sol e deve permanecer em climas quentes e úmidos.

Essa erva é utilizada para preparos de banhos de limpeza e defumações contra energias negativas e densas. Além disso, também serve para abrir os caminhos, trazendo mais sorte e prosperidade na vida do indivíduo.

Sangue-de-Dragão

Essa planta tem propriedades medicinais variadas como cicatrizante, antioxidante, antimicrobiana, anti-inflamatória, analgésico bucal e antidiarreico. Apesar de ser boa para a saúde, não pode ser consumida em demasiado, pois pode causar anemia ou cegueira em casos extremos.

Em trabalhos ritualísticos e espirituais, o sangue-de-dragão é aplicado em obrigações de cabeça, abô, incensos, banhos de purificação e de descarrego. Além disso, o seu suco pode ser usado como corante.

Tanchagem ou Trançagem

A tanchagem é uma planta de fácil plantio, podendo atingir até 50cm de altura, enquanto suas grandes folhas crescem horizontalmente próximas ao chão. Tem propriedades antimicrobianas, anti-inflamatórias e analgésicas, sendo excelente na cura da caxumba.

Suas folhas são ricas em cálcio, minerais e vitaminas, sendo consumidas frescas em saladas ou refogadas quando estão mais velhas. A tanchagem é aplicada nas obrigações de cabeça, abôs, banhos de purificação e para assentamentos do Orixá Ogum.

Vassourinha-de-igreja

A vassourinha-de-igreja é uma pequena erva onde crescem pequenas flores brancas e delicadas. Infelizmente não tem uso na medicina popular, mas o banho dessa erva pode servir para infecções urinárias e retenção de líquidos.

No tratamento espiritual e energético, é aplicada em sacudimentos e é usada para banhos de descarrego, no auxílio de aumentar a autoconfiança e no processo de decisão de tarefas e responsabilidades. Não é recomendado ingerir essa erva pois é tóxica.

Como utilizar as plantas de Ogum?

Mulher com roupas brancas segurando ramo de folhas em frente a Igreja de Senhor do Bonfim

Como pode ser visto nesse artigo, existem diversos tipos de ervas e plantas que são regidas pelo Orixá Ogum e que podem ser aplicadas em diversos tipos de trabalhos, rituais, feitiços ou tratamentos energéticos e espirituais. Algumas são benéficas tanto energeticamente quanto para cura de dores, viroses ou doenças.

As plantas de Ogum devem ser preparadas e utilizadas conforme a sua finalidade, se vai ser para um banho de descarrego, banho de limpeza, para defumação, como um incenso, para rituais, oferendas ou remédio caseiro. Dependendo para o que será utilizada, pode ser preparada macerada, fervida ou queimada.

Apesar de poder utilizar essas ervas e plantas em casa para banhos, incensos, remédios ou saladas, não deixe de buscar orientação médica primeiro. Caso queira fazer um ritual ou outro trabalho espiritual específico, é preciso ter a orientação de uma mãe ou um pai de santo para que tudo ocorra sem problemas.

Autor deste artigo

Leitora, entusiasta de esoterismo e espiritualidade, estudante de administração.

Palavras-chave relacionadas


religiões

Artigos relacionados


Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

O banho de Exu é uma forma poderosa e eficaz para abertura de caminhos, limpar o campo energético, entre outros exemplos. Leia esse artigo e saiba mais!


Qual o significado espiritual da estrela cadente? Ver, sonhar e mais!

Qual o significado espiritual da estrela cadente? Ver, sonhar e mais!

Ver estrelas cadentes tem inúmeros significados, e pode ser uma oportunidade de fazer pedidos se sentindo mais perto do universo. Saiba mais no artigo!


Sintomas de mediunidade: sinais, sintomas físicos, como desenvolver e mais!

Sintomas de mediunidade: sinais, sintomas físicos, como desenvolver e mais!

A mediunidade é um assunto fascinante que desperta diferentes sentimentos nas pessoas. Aprenda sobre seus segredos neste artigo e saiba se você é um médium!


Os símbolos do budismo: Significado, ensinamentos, origem e mais!

Os símbolos do budismo: Significado, ensinamentos, origem e mais!

Constituindo a mente, os símbolos budistas caracterizam o iluminar das ideias e todas as manifestações divinas. Saiba mais!


Pomba Gira Maria Quiteria: características, trabalho, oferenda e mais!

Pomba Gira Maria Quiteria: características, trabalho, oferenda e mais!

Maria Quitéria é uma das pombas-gira mais famosas na umbanda e no candomblé. Leia esse artigo para saber mais sobre essa entidade!


Últimos posts


O que significa sonhar que ganhou na Mega-Sena: quina, prêmio, bilhete e mais!

O que significa sonhar que ganhou na Mega-Sena: quina, prêmio, bilhete e mais!

Nesse compilado nós trouxemos as interpretações de 15 tipos de sonhos em que os sonhadores veem premiações na Mega-Sena e situações semelhantes. Confira!


Sonhar com mãe doente: significado, no hospital, em perigo e mais!

Sonhar com mãe doente: significado, no hospital, em perigo e mais!

Sonhar com mãe doente indica preocupação com uma pessoa importante, especialmente a própria mãe. Mas não só isso. Veja mais aqui!


Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

O banho de Exu é uma forma poderosa e eficaz para abertura de caminhos, limpar o campo energético, entre outros exemplos. Leia esse artigo e saiba mais!


Banho de Artemísia: para que serve, propriedades, como fazer e mais!

Banho de Artemísia: para que serve, propriedades, como fazer e mais!

Aprenda aqui como fazer o banho de Artemísia. A erva possui diversos benefícios para a saúde, além de promover limpeza energética, atrair proteção e muito mais!


Sonhar com nota de 2 reais: falsa, rasgada, nova, velha, na carteira e mais!

Sonhar com nota de 2 reais: falsa, rasgada, nova, velha, na carteira e mais!

Sabia que sonhar com nota de 2 reais traz vários significados? Pode revelar prosperidade, mas não fala só de dinheiro. Clique e entenda todas as interpretações!