Tédio: significado, como acontece, tipos, como lidar e mais!

Tédio: significado, como acontece, tipos, como lidar e mais!

Você sabia que o tédio pode ser mais benéfico do que imagina? Veja neste artigo tudo sobre o tédio, seus pontos positivos, negativos e muito mais!


O que é o tédio?

tédio

Atire a primeira pedra quem nunca declarou estar entediado. Todo mundo passa por isso. O tédio é, normalmente, definido como uma dificuldade em lidar com estímulos. Ou seja, em algum momento você perde o ânimo de fazer suas coisas ou espera por alguma coisa. Essa espera faz com que você ''pare no tempo'' e se sinta entediado.

Entretanto, algumas pesquisas foram feitas recentemente e comprovaram que o tédio não é algo tão ruim quanto parece. Além disso, recentemente foi publicada uma nova definição do tédio. Para saber mais sobre o que é, o que ele causa e como podemos lidar com esse sentimento, continue lendo o artigo!

Significado de tédio

tédio

Seja quem for, ninguém gosta de ficar entediado, mas você já parou para pensar que, na maioria das vezes em que nos sentimos entediados, não fazemos nada para mudar isso? É provável que você já tenha pensado o seguinte: "não tem nada para fazer". E havia muita coisa para fazer, correto? Pois bem!

A pessoa entediada perde a vontade de fazer tudo o que ela precisa fazer, mesmo que queira, ela não consegue. Para saber mais, confira a seguir!

Definição de tédio

Recentemente, uma pesquisa canadense publicou uma nova definição da palavra tédio. Segundo ela: ''o tédio é uma experiência adversa de querer, mas não conseguir, exercer uma atividade gratificante''. Todavia, vale ressaltar que, embora haja uma nova definição para esse sentimento, todas as definições anteriores apontam para uma dificuldade em lidar com estímulos.

Sintomas do tédio

Antes de falar quais são os sintomas do tédio, é justo - se não necessário - ressaltar que tédio não é doença. As pessoas podem associar a isso devido ao fato de falarmos sobre sintomas, entretanto, o tédio apresenta alguns sinais indicadores que podem apontar para um estado ocioso. Portanto, conheça alguns deles:

- Sentimento de vazio;
- Falta de vontade de realizar as atividades;
- Desinteresse pela vida;

Observação: é importante estar sempre atento a esses sintomas, pois em casos extremos, é possível que a pessoa precise consultar um psicólogo para saber do que se tratam.

Como o tédio acontece

Pode parecer óbvio, mas o tédio começa a se instalar a partir do momento em que as pessoas percebem que a vida deixou de ser interessante ou estimulante. Contudo, não cabe a ninguém julgar o indivíduo por ele ou ela, neste caso, se sentir dessa forma. Existem muitos fatores culturas e socioculturais que não só influenciam as pessoas, como também contribuem para essa condição.

Tédio no cotidiano

O tédio cotidiano está muito enraizado na sociedade, visto que, se você parar para analisar, vai perceber que suas atividades prazerosas ou seus momentos de lazer são, na verdade, cópias da sua rotina de trabalho.

Por exemplo, se você costuma sair para almoçar ou jantar com seus amigos, essa atividade que deveria ser prazerosa, acaba se voltando ao trabalho, já que em algum momento você irá falar sobre.

No caso de assistir à televisão, muitas cenas reproduzem um dia cotidiano, o que te faz pensar que a vida é um contínuo e a situação atual é a que sempre vai existir. Compreender o tédio como parte desse processo vai te auxiliar a entender sua condição emocional.

Tipos de tédio

tédio

Pode parecer estranho ler algo como Tipos de Tédio, entretanto, é extremamente comum. Caso não saiba, existem 5 tipos de tédio. Antigamente, o tédio era classificado por 4 tipos, mas uma pesquisa, publicada na revista ''Motivation and Emotion'', definiu o 5º da lista. E aí, vamos descobrir quais tipos são esses? Então, vem comigo!

Tédio indiferente

O tédio indiferente está associado às pessoas que são aparentemente calmas que se isolam do mundo e, devido a isso, tendem a se entediar. Já que estão afastadas de tudo e todos, não há com quem conversar ou o que fazer.

Tédio equilibrado

O tédio equilibrado está relacionado com o estado de humor. A pessoa nesse estado, normalmente, sente-se vagando, com o pensamento longe, não sabe o que fazer e não se sente à vontade para procurar por uma solução ativa.

Tédio buscador

O tédio buscador costuma ser uma sensação negativa e desconfortável, como um mal-estar. Essa sensação, por sua vez, te empurra para a busca de uma saída. É normal que as pessoas que passem por esse tipo de tédio, perguntem o que podem fazer a respeito. Pensam em atividades que poderiam mudar seu estado de ânimo, como por exemplo, o trabalho, passatempos ou passeios.

Tédio reativo

Num geral, as pessoas acometidas pelo tédio reativo têm uma forte inclinação a escapar da situação em que se encontram e, na maioria das vezes, elas evitam envolver as pessoas ao seu redor, principalmente os seus chefes e ou professores. São pessoas que reagem a esse sentimento, mas muitas vezes tornam-se inquietas e agressivas.

Tédio apático

O tédio apático é um tédio bem diferente. A pessoa experimenta uma falta de sentimentos, que podem ser positivos ou negativos, e passa a sentir impotência ou depressão. A pessoa se sente triste, sem ânimo e perde o interesse nas suas coisas.

Como o tédio pode ajudar

tédio

Sabe-se que nos dias de hoje, o tédio é visto como algo que temos ou devemos escapar. As pessoas sempre buscam maneiras para desviar desse estado e voltar à realidade. Isso acontece porque a sociedade já enraizou que as pessoas mais ricas, por exemplo, estão sempre fazendo alguma coisa e estar ocupado virou símbolo de status.

Entretanto, é possível ressaltar que talvez estejamos olhando para o tédio de uma forma equivocada. Algumas pesquisas já mostraram e continuam mostrando que podemos sofrer alguns danos se não nos permitirmos ficar entediados uma vez ou outra. Por isso, para saber como o tédio pode nos ajudar, continue a leitura!

Canalizando a ociosidade

Embora as pessoas não percebam, muitas das melhores ideias aparecem em um momento de maior ociosidade mental, como por exemplo, a jornada para o trabalho, um banho ou uma longa caminhada. Há quem diga que nossas melhores ideias se apresentam quando estamos entediados.

Um estudo feito pela Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, demonstrou que os participantes entediados tiveram um melhor desempenho nos testes, deixando os relaxados e entusiasmados para trás.

As psicólogas Karen Gasper e Brianna Middlewood, responsáveis pela pesquisa, pediram para que os voluntários assistissem a vídeos evocadores de sentimentos para depois fazer exercícios de associação de palavras.

Gasper e Brianna notaram que, enquanto a grande maioria respondia 'carros' ao imaginar um veículo, pessoas entediadas respondiam 'camelo'. Isso acontecia porque eles deixavam suas mentes vagarem tranquilamente.

A conclusão desse e de outros estudos com pessoas entediadas é que o estado de tédio encoraja a exploração da criatividade. Ou seja, nosso cérebro é responsável por emitir um sinal para que sigamos em frente. Permitir que nossa mente ''voe'' é essencial para nossa criatividade. Por outro lado, ela pode ser um desafio quando vivemos em um mundo tecnológico repleto de distrações.

Silenciando o barulho interior

Uma das psicólogas de Lancaster diz que ''nosso subconsciente é muito mais livre''. Dessa forma, é imprescindível que deixemos nossa mente ''vagar'' por aí, mesmo que tenhamos muitos momentos de ócio durante o dia. Ela explica que, na maioria das vezes, esses momentos são interrompidos devido ao check-up nas redes sociais ou emails.

Por isso, sugere que sonhemos acordados ou façamos atividades físicas, como nadar, por exemplo. Tudo isso a fim de deixar com que a mente relaxe e divague sem distrações. Estimular intencionalmente o processo de sonhar acordado faz com que algumas memórias e conexões sejam resgatadas e, por isso, é tão importante.

Segundo Amy Fries, autora do livro "Daydream at Work: Wake Up Your Creative Powers" ("Sonhe acordado no trabalho: desperte sua força criativa"), a habilidade de sonhar acordado nos permite ter os momentos "eureca". O estado eureca, por sua vez, "É um estado de calma e distanciamento que nos ajuda a silenciar o ruído para que alcancemos uma resposta ou conexão".

“Plantando” problemas

De acordo com Fries, o melhor a se fazer é afastar pensamentos pessoais e dar importância aos desafios que estão à nossa frente. Isso significa que a recomendação da autora do livro "Daydream at Work: Wake Up Your Creative Powers" é "plantar" o problema na cabeça ao invés de deixá-lo de lado por algum tempo esperando que a solução apareça em algum momento oportuno.

Outra ideia da autora é fazer atividades que nos dão a oportunidade de abrir nossa mente a novas ideias, como por exemplo, uma longa caminhada sem o uso de fones de ouvido.

Por outro lado, um professor da Universidade de Louisville (EUA), Andreas Elpidorou, ressalta que o tédio restaura a percepção de que nossas atividades são significativas. Segundo ele, o tédio é como um mecanismo, capaz de regular nossa motivação para o cumprimento de tarefas.

Ele diz: ''Sem o tédio, ficaríamos presos em situações frustrantes e perderíamos experiências recompensadoras em termos emocionais, cognitivos e sociais''. E continua: ''O tédio é um aviso de que não estamos fazendo o que queremos e um empurrão que nos motiva a mudar de projetos e objetivos.".

Conhecer o nível de tédio

Aqui vai um adendo importante sobre o tédio: as pessoas não devem temê-lo, entretanto, isso não significa que toda folga é útil. Assim como o menor estímulo pode ajudar alcançar mais criatividade e produtividade, é necessário ter em mente que o tédio mais crônico pode apresentar seus efeitos nocivos.

Pesquisas apontam, por exemplo, que as pessoas que se encontram em um estado de tédio extremo, isto é, em ócio agudo, tendem a consumir muito mais açúcares e gordura e isso, consequentemente, resulta em decréscimo de expectativa de vida.

Portanto, estar atento aos seus sentimentos e estados em que se encontra é muito importante, porque uma vez que você se dá conta de que está em um estado de tédio crônico, esse sentimento fará mal a sua saúde mental.

Como lidar com o tédio

tédio

Agora que você já conheceu mais sobre o tédio, como ele pode ajudar em alguns âmbitos da vida, nada mais justo que você entenda como lidar com ele, já que, como se sabe, uma vez que o tédio se torna algo nocivo e crônico ele pode ser prejudicial a saúde. Portanto, confira a seguir como lidar com o tédio!

Envolva-se com voluntariado

Uma vez que a mente humana deduz que não há nada para fazer e que estamos com tempo de sobra, o tédio pode aparecer. Quando isso acontecer, é recomendável que você se envolva em algum voluntariado. Além de contribuir com a solidariedade, você pode se sentir muito melhor. Na internet existem algumas atividades em que você pode se engajar e ajudar quem precisa.

Pratique a autossuficiência

A autossuficiência está relacionada com a forma que você projeta sua vida. Portanto, você não precisa procurar por lugares para que se sinta bem consigo mesmo. Ao invés disso, procure por praticar ou fazer algo que gosta, como por exemplo, plantar uma horta em casa, cuidar das plantas ou até mesmo praticar um hobby. Faça algo que deixe sua mente ocupada por alguns minutos.

Cuide de sua autoestima

Normalmente, o estado tedioso aparece como uma sensação ruim, que interfere diretamente na autoestima, pois a pessoa não consegue fazer as coisas que gostaria e, por isso, começa a se sentir frustrada ou culpada. Nesses momentos, é preciso relaxar, pensar em coisas boas e manter a calma. Assim, você será capaz de controlar a complexidade e eleva a confiança.

Explore seu lado criativo

Aproveite o seu estado ocioso e tente explorar seu lado criativo. Sabendo que o tédio é uma arma poderosa para deixar com que sua mente viaje por aí, permita se conhecer e ouvir as ideias que podem surgir nesse momento.

Seja mais objetivo

Se você costuma sentir tédio frequentemente, isso pode exigir mudanças no seu comportamento e te levar a um estágio mental mais evoluído. Isso é um grande indicador de que você precisa momentos ter objetividade e fazer um planejamento mais eficaz para a sua rotina.

Busque ajuda profissional

Diante do cenário que estamos vivendo, é certo que ninguém tem suporte suficiente para continuar seguindo em frente e tentando escapar de momentos como o do tédio. Entretanto, o que não podemos fazer - nem devemos - é deixar que a vontade de fazer nada nos consuma.

Portanto, quando sentir a necessidade de buscar ajuda, não hesite em procurar um psicólogo e pedir orientações e/ou recomendações. Lembre-se de que nossa saúde mental também precisa de cuidados.

O tédio pode ser sempre prejudicial?

tédio

Depois de tudo o que vimos no artigo, não há outra resposta para a pergunta: o tédio pode ser sempre prejudicial? É certo que não! Porém, é imprescindível que você tome certos cuidados e não extrapole a linha do chamado limite. O tédio pode nos ajudar, assim como pode nos prejudicar. Aquele ditado 'tudo demais vira veneno' é verídico.

Portanto, procure apreciar os seus momentos de ociosidade com responsabilidade, sem fazer com que o tédio vire algo extremo e prejudique sua saúde mental. Tire proveito e siga em frente. Na dúvida se está com tédio crônico ou não, opte por procurar ajuda de um profissional da saúde, porque é certo que ele irá te ajudar.

Autor deste artigo

Graduanda em Letras com ênfase em Tradução que escreve desde o dia em que aprendeu a segurar a caneta. Ama escrever temas relacionados à espiritualidade e viagens. Eu gosto de escrever, crer, ver e escrevo até poema, já dizia o Pensador.

Palavras-chave relacionadas


terapias autocuidado

Artigos relacionados


Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Você sabia que as fases da lua interferem e trazem diferentes significados para o ciclo menstrual? Leia o artigo e entenda mais sobre seu equilíbrio interior!


Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda: o que é, causas, sintomas, como vencer e mais!

Depressão profunda é a fase mais grave do transtorno psicológico, mas tem tratamento e o paciente precisa de apoio. Saiba mais aqui!


Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Afirmações positivas "eu sou": o que são, exemplos, como criar a sua e mais!

Você sabe o que são afirmações positivas e lei da atração? Então leia esse artigo e descubra o que é afirmação positiva, exemplos, como criar e mais!


Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos: o que são, tipos, exemplos, tratamento e mais!

Pensamentos intrusivos são mais comuns do que você imagina. Descubra neste artigo o que são, como lidar e outros aspectos desses tipos de pensamentos!


Depressão na gravidez: o que é, causas, sintomas, tratamento e mais!

Depressão na gravidez: o que é, causas, sintomas, tratamento e mais!

A depressão gestacional é muito comum e quando não tratada, pode causar diversas consequências, sobretudo, para mãe e o bebê. Leia o artigo para saber mais!


Últimos posts


Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

Banho de Exu: para abrir caminhos, limpeza espiritual, proteção e mais!

O banho de Exu é uma forma poderosa e eficaz para abertura de caminhos, limpar o campo energético, entre outros exemplos. Leia esse artigo e saiba mais!


Banho de Artemísia: para que serve, propriedades, como fazer e mais!

Banho de Artemísia: para que serve, propriedades, como fazer e mais!

Aprenda aqui como fazer o banho de Artemísia. A erva possui diversos benefícios para a saúde, além de promover limpeza energética, atrair proteção e muito mais!


Sonhar com nota de 2 reais: falsa, rasgada, nova, velha, na carteira e mais!

Sonhar com nota de 2 reais: falsa, rasgada, nova, velha, na carteira e mais!

Sabia que sonhar com nota de 2 reais traz vários significados? Pode revelar prosperidade, mas não fala só de dinheiro. Clique e entenda todas as interpretações!


Sonhar com ar condicionado: ligado, quebrado, pegando fogo e mais!

Sonhar com ar condicionado: ligado, quebrado, pegando fogo e mais!

Neste artigo nós desvendamos as interpretações de 19 tipos de sonhos com ar condicionado. São bons e maus presságios, além de alertas e conselhos. Confira!


Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Menstruar na lua minguante: entenda as fases da lua e o ciclo menstrual!

Você sabia que as fases da lua interferem e trazem diferentes significados para o ciclo menstrual? Leia o artigo e entenda mais sobre seu equilíbrio interior!