O que é a Reflexologia? Podal, facial, palmar, benefícios e mais!

O que é a Reflexologia? Podal, facial, palmar, benefícios e mais!

Conheça mais sobre a Reflexologia, uma terapia alternativa que vem sendo usada para contribuir em tratamentos e no combate a enfermidades do corpo. Confira!


Significado geral da Reflexologia

Reflexologia.

Reconhecida, na atualidade, como uma terapia alternativa, a Reflexologia, ou Zonaterapia como as vezes é referenciada, vem ganhando espaço por auxiliar em tratamentos de algumas enfermidades, condições médicas e distúrbios. A partir do uso de pressão em pontos específicos do corpo (pés, mão, entre outros), a Reflexologia busca contribuir na produção de efeitos específicos em outras partes do corpo.

Ainda encarada como uma pseudociência, ou seja, disciplina baseada em crenças e afirmações sem comprovação científica formalizada para a medicina, a Reflexologia acredita que cada parte do corpo ou órgão tem pontos de comunicação que podem ser acessados através das plantas dos pés, das mãos ou de outros lugares como a orelha e a face.

Embora não haja evidências clinicas de que a Reflexologia pode ser utilizada para fins médicos, é um tema amplamente estudado e que tem sua história na medicina terapêutica bem aprofundada. Conheça mais sobre os benefícios, a história e como praticar a Reflexologia. Faça uso de mais este aliado para contribuir com a sua saúde e bem-estar!

Reflexologia, sua história, benefícios e como praticar

Reflexologia ao longo do pé.

Assim como outras técnicas, a Reflexologia é uma terapia que busca amenizar dores e sintomas em algumas partes do corpo. Como toda pseudociência, não há literatura formalizada de que seus efeitos são aplicáveis para situações médicas, mas pode ser utilizada para complementar tratamentos já em andamento. Conheça a história e veja os fundamentos desta terapia a seguir!

O que é a Reflexologia

A Reflexologia é uma terapia baseada em massagens que utilizam a pressão dos dedos das mãos em pontos específicos da face, dos pés, das mãos, da cabeça ou das orelhas, uma vez que estes estão diretamente ligados ou correspondem a alguns órgãos ou regiões específicas do organismo. Para executar a Reflexologia, são usados gráficos ou mapas de apoio que orientam sobre a região específica que corresponde aos pontos pressionados.

Como isso, podemos dizer que a Reflexologia estuda os reflexos que os pontos pressionados causam nas demais partes do corpo. É uma técnica de cura holística, ou seja, que busca entender os fenômenos do corpo e da anatomia humana em sua totalidade para melhorar ou amenizar sintomas e dores.

História da Reflexologia

Os primeiros estudos sobre o tema “reflexo” no corpo humano, apareceram na literatura científica a partir da teoria de “alto-reflexo” de René Descartes (1596-1950). Este conceito se aplicava ao exame do sistema neurológico e pequenas intervenções com terapias como a fisioterapia pediátrica e a psicologia. Com tudo, não se firmou como ciência.

Embora possua várias utilizações, em campos diferentes na história geral da medicina, o termo reflexo está alinhado a um padrão básico em que circunda a forma como os órgãos estão regulados e a atividade destes. Segundo a medicina, o reflexo também foi usado por Doutor Fitzgerald (1872-1942) no hospital em que atuava e o que o levou a escrever o livro “Zona de Terapia: ou Alívio da Dor em Casa”, publicado em 1917, falando sobre o efeito analgésico que as estimulações, em determinadas áreas do corpo, produziam.

Outra aparição do termo vem de Paris, na década de 50, quando, ao praticar uma técnica de estimulação na coluna vertebral, Louis Va Steen comentou estar influenciado pelas considerações da medicina chinesa, chegadas à França através de G. Soulié de Morant. Esses e outros escritores influenciaram as técnicas de osteopatia e quiropraxia, também utilizadas hoje como linhas de estudo da Reflexologia.

As culturas chinesas e japonesas também dispõem de técnicas e procedimentos que se assemelham as práticas da Reflexologia, embora estejam fundamentadas em conceitos tradicionais orientais, estão relativamente semelhantes entre si. Por isso, a acupuntura, também faz uso de alguns conceitos da Reflexologia, como os gráficos de direcionamento, para entender as relações entre as partes do corpo.

Benefícios da Reflexologia

A Reflexologia é indicada como terapia holística para qualquer pessoa. Suas técnicas não podem ser confundidas com os conceitos de uma massagem básica voltada apenas para o relaxamento. Ela tem a função de buscar as energias em desequilíbrio do corpo através da sensibilidade de alguns pontos.

Tem como objetivo proporcionar, de forma natural e simples, sem o uso de técnicas evasivas, a estimulação de forças de cura para o corpo, visando sempre o bem-estar físico e também emocional. A Reflexologia trará sentimento de alivio e relaxamento quando aplicada a diversos distúrbios do corpo.

Como praticar a Reflexologia em casa

Através da realização de pressão em pontos dos próprios pés e das mãos, é possível praticar a Reflexologia em casa. Mas, para a correta aplicação é sempre interessante que haja o acompanhamento de um profissional e as indicações corretas de como executar a técnica e com o apoio de mapas sinalizadores dos pontos corretos a serem pressionados, para que você use a terapia da melhor maneira.

O uso dos polegares para praticar a Reflexologia, funciona bem, em alguns casos são usados um artefato parecido com um ponteiro, ambos devem ser usados para localizar os pontos específicos e assim, você poderá praticar alguns movimentos para aliviar o estresse e as tensões do dia-a-dia ou após trabalhos repetitivos ou pesados.

Com qual frequência a Reflexologia pode ser praticada

Não há uma frequência sugerida, mas em geral, as sessões com profissionais voltados especificamente para a Reflexologia são semanais e mostram tratamentos e resultados eficazes. Mas, se você tiver disponibilidade, pode fazer uso desta terapia sempre que achar necessário. Como a atuação está voltada para a prevenção e tratamento de disfunções do organismo, vale a pena observar sintomas e usá-la quando for preciso.

Reflexologia na medicina integrativa

Surgida como um novo conceito, a medicina integrativa tem como objetivo incluir o paciente como o centro e enxergá-lo como um todo. A partir desta visão, diversos profissionais e metodologias devem ser consultadas e inseridas no tratamento das patologias que se apresentam. Assim, em conjunto com a medicina que já conhecemos, a tradicional, a medicina integrativa visa permitir a interdisciplinaridade, alinhando técnicas paralelas e práticas meditativas e de Reflexologia, por exemplo, aos tratamentos.

É válido comentar que a Reflexologia não deve ser usada para substituir qualquer tratamento médico ou uso de medicação. Deve ser empregada como um cuidado adicional. O objetivo de aplicar diversas técnicas é buscar a diminuição de dores musculares, eliminação de inflamações, promover o controle de problemas do sistema digestivo e do intestino, melhorar o estresse, aliviar a ansiedade e também auxiliar em casos de depressão.

O objetivo da Reflexologia como terapia não é promover a cura, e sim equilibrar os sistemas do corpo para que possam exercer suas funções da melhor maneira, com base no estímulo de algumas áreas pouco ativadas no dia-a-dia e da promoção do relaxamento de áreas hiperativas. É uma terapia que não interfere no funcionamento de áreas que estão reguladas e trabalhando corretamente.

A classificação por áreas reflexivas

Mulher recebendo reflexologia na cabeça.

Segundo a Reflexologia, há uma classificação básica do corpo por áreas reflexivas e estas podem ser acessadas através de algumas partes do corpo: das mãos, chamado de reflexo palmar; através dos pés como reflexo podal; pelas orelhas chamado de reflexo auricular; pela coluna como reflexo vertebral; pela face intitulado de reflexo facial; a partir do crânio, como reflexo cranial e, em modo separado, os reflexos da boca, dentes e nariz.

Para cada área reflexiva, existem mapas e gráficos de apoio que ajudam a entender com quais partes do corpo ou órgãos elas se comunicam. Entenda os detalhes da aplicação da Reflexologia nas principais áreas reflexivas e os benefícios que esta terapia traz para sua saúde. Continue sua leitura e confira!

Coluna vertebral

Para a coluna vertebral, a técnica baseada na Reflexologia consiste em aplicar pequenos golpes suaves, chamados de percussões, com o dedo médio, atingindo as áreas que estão sob as vértebras. O profissional deve fazer as percussões o mais rente possível das vertebras e ainda, conforme algumas sugestões de aplicação, exercitar a estimulação elétrica das áreas com aparelhos específicos.

Pés

Os pontos dos pés são os mais usados pela Reflexologia por sua eficácia pois, segundo alguns estudos, os pés refletem praticamente todas as situações de saúde que o corpo pode estar envolvido. Assim, ao estimular as áreas corretas é possível aliviar as dores musculares e promover o equilíbrio corporal de maneira rápida e simples.

Neste cenário, o profissional estimula a pressão nos pontos mapeados e, se necessário, utiliza um artefato chamado de ponteiro ou até mesmo o próprio dedo. Os estímulos nos pés, por exemplo, buscam a regulação das concentrações sanguíneas, promovendo a conexão de comunicação ente os órgãos e o cérebro.

Mãos

Assim como para os pés, as mãos são para a Reflexologia um grande ponto de concentração de áreas reflexivas. A região mais perto da ponta dos dedos, tanto nos pés quanto nas mãos, corresponde à cabeça e a regiões mais próximas do pulso e também do tornozelo até as áreas do quadril. Segundo relatos, recentemente, na acupuntura, a aplicação das agulhas nas mãos vem sendo aplicadas a partir de mapas e gráficos da Reflexologia.

Orelhas

A técnica de estimulação conhecida como auriculopuntura, é uma das linhas de estudo da Reflexologia. Com origem na China, a terapia vem sendo utilizada como mecanismo de estimulo para o sistema nervoso e também para o sistema digestivo. Embora não haja ainda um consenso entre quantos e quais são os pontos auriculares e seus efeitos, a técnica é uma possibilidade terapêutica e prove experiências já com alguns resultados publicados.

Reflexologia facial

Com base nos músculos da face, a Reflexologia facial busca, além de relaxar tonificar partes da face, ativar pontos do corpo que podem ser acessados através da face. É usada para transformar e contribuir com o bom funcionamentos dos órgãos e articulações de todo o corpo humano.

A Reflexologia podal e a Reflexologia palmar

Reflexologia na mão.

A Reflexologia podal, baseada nos pés, e a Reflexologia palmar, baseada nos pontos encontrados nas mãos, são as linhas de estudo da Reflexologia mais usadas em tratamentos medicinais. Consistindo sempre na pressão dos pontos, tem o intuído de promover o equilíbrio das energias do corpo e combater a aparição de doenças ou até mesmo de problemas com a saúde. Conheça agora mais detalhes destas duas modalidades. Siga a sua leitura!

A Reflexologia podal

As sessões de Reflexologia podal são realizadas, normalmente por um profissional chamado de reflexoterapeuta. Ele é conhecedor dos pontos de reflexos do corpo e suas terminações nervosas, presente nos pés. A sessão buscará estimular os pontos específicos presentes nas plantas dos pés.

O alivio para dores pode ser imediato ou promover o relaxamento progressivo que acalmará as tensões na sequência. Além disso, a sessão buscará promover uma melhora na circulação sanguínea para todos os órgãos do corpo. Embora seja procurada, na maioria das vezes para relaxamento muscular, a técnica irá ajudar nas sensações de equilíbrio de todo o corpo.

Como realizar a técnica

O reflexoterapeuta irá pressionar, de maneira controlada e não evasiva, os pontos das plantas dos pés que contemplam as terminações do sistema nervoso e que são também os pontos correspondentes a diversos órgãos. Ao provocar estes estímulos nas terminações, haverá um auxílio no processo de autocontrole do corpo. Ajudando na produção de nutrientes que o organismo precisa para se restabelecer.

A aplicação da técnica propicia um bem-estar e um relaxamento imediato o que, conforme a Reflexologia, promove a liberação de toxinas do organismo. Assim, é usada para melhorar problemas como falta de sono, estresse, dificuldades com a circulação do sangue, problemas hormonais e intestinais, crises de labirinto, cálculo renal, dificuldades respiratórias, dores de cabeça crônicas, dores musculares, entre outros.

Existem várias formas de aplicar a técnica de Reflexologia podal, veja algumas orientações de como praticar:
Segure o dedão com os dedos de apenas uma das mãos. Com o polegar de sua outra mão, suba da base até a ponta do dedo. Repita o movimento por um minuto, sempre em linhas paralelas. Depois, segure o dedão com os dedos de uma das mãos e com o polegar da outra mão trace uma cruz, encontrando o centro do dedo. Pouse e pressione o polegar para concluir círculos. Repita por 15 minutos essa atividade.

Por fim, dobrar o pé para traz com uma das suas mãos e com o polegar da outra, fazer movimentos laterais. Repita este movimento por 8 vezes e depois, torne a dobrar o pé para trás, mas agora, com o polegar da outra mão, suba até a base dos dedos. Repita por 5 vezes. Execute estes passos sempre que possível.

A Reflexologia palmar

A Reflexologia palmar, está baseada nas mãos. A Reflexologia acredita que as linhas e os pontos encontrados nas mãos, quando ativados ou pressionados, podem contribuir com o movimento de pulsação, sobretudo melhorando a circulação e o fluxo sanguíneo entregando a comunicação do corpo com outros órgãos.

A terapia é usada também para aliviar o estresse, promover o relaxamento físico de várias áreas do corpo e também para promover o alivio mental, deixando os pensamentos mais leves. Em muitas literaturas, a Reflexologia palmar aparece também intitulada como Reflexologia quirodal.

A Reflexologia podal para liberar a tensão da cabeça e pescoço

Para liberar a tensão que muitas vezes é sentida e iniciada no pescoço e na cabeça, é recomendada a utilização da Reflexologia podal, através dos pontos presentes nas plantas dos pés. Tente fazer em casa. Com os dedos das mãos entrelaçados aos dedos dos pés, faça com que se juntem e realize uma pequena pressão.

Os movimentos devem ser leves e com pequena rotação. Sinta o exercício e relaxe o pescoço e a cabeça. Mas lembre-se, procure um profissional especializado para se aprofundar na técnica se as dores forem constantes.

A Reflexologia podal para relaxar o diafragma

A liberação do diafragma também pode ser iniciada e trabalhada a partir das técnicas da terapia de Reflexologia podal. Execute os seguintes passos: com a mão direita apoiada no dorso do seu pé esquerdo, tente trazê-lo contra o polegar de sua mão esquerda. Veja que a pressão fará que ele venha aos poucos, cedendo até o quinto dedo do pé. Alterne movimentos de puxar e soltar da mão direita, com leve pressão.

A Reflexologia palmar para alívio do estresse

Quando o assunto é estresse, a Reflexologia indica o uso das técnicas terapêuticas envolvendo as mãos. Isso porque os pontos presentes nas mãos abrem os caminhos de circulação sanguínea e melhoram e aliviam as sensações de tensão do corpo. Para praticar, você deve juntar a ponta dos dedos das suas duas mãos e aplicar uma leve pressão entre eles.

Com movimentos que imitam uma pulsação, você deve seguir massageando a ponta de cada dedo, de preferência com o polegar. Perceba que irá se sentindo, à medida que o exercício evolui, mais tranquilo e menos ansioso. Exercite-se assim sempre que estiver estressado. Além da Reflexologia, busque realizar atividades de lazer, praticar exercícios e evitar pensamentos ruins.

A Reflexologia facial, visão holística e método para crianças

Reflexologia concentrada nos pés.

Também há um segmento da Reflexologia que estuda os pontos de ação presentes na face. A Reflexologia facial é indicada para auxiliar no tratamento de estresse infertilidade, problemas e dores musculares, dificuldades emocionais e psicológica, entre outras. Os benefícios são muitos. Também está orientada com métodos específicos para o uso com crianças. Confira mais sobre esta vertente da Reflexologia, a seguir!

A Reflexologia facial

Segundo a Reflexologia, a face possui várias áreas com pontos reflexivos que se comunicam com diversas partes do corpo. Com mais de 30 anos de existência, a técnica vem sendo estudada e acompanhada pela dinamarquesa Lone Soresen, em seu instituto reconhecido pelo Governo da Catalunha) de estudos sobre Reflexologia Internacional Facial e Podal. Com diversas outras escolas pelo mundo, esta terapia vem sendo oferecida aos pais e escolas para contribuir, sobretudo, com o desenvolvimento de crianças.

O que é

Os fundamentos aplicados para a Reflexologia facial são os mesmos conceitos abordados pela Reflexologia podal, ou seja, com base no estímulo de alguns pontos com terminações nervosas da face, busca-se desencadear reflexos, principalmente no cérebro. A Reflexologia acredita que este estimulo, através da face, é mais certeiro, uma vez que os pontos estão mais próximos do cérebro e são acatados cm mais velocidade.

Visão holística

A terapia de Reflexologia facial busca combinar técnicas da medicina oriental, com técnicas da terapia de acupuntura e também conceitos da neuroanatomia. Com isso, torna-se uma terapia holística por estar fundamentada na observação e na análise do todo. Segundo documentações do Instituto de Reflexologia Internacional, são utilizados mais de 14 métodos diferentes para compor as técnicas usadas na face.

O uso de diversas técnicas reforça o posicionamento holístico, onde há o estudo do todo, buscando entender todos os problemas que o corpo está passando para potencializar, através dos pontos reflexivos da face, a cura. Cada técnica irá atuar em postos específicos do funcionamento do corpo como: sistema respiratório, circulação sanguínea, sistema nervoso, entre outros.

Método para crianças

Ainda baseados nos estudos Sorensen (instituto de Reflexologia facial), foi criado um método direcionado para crianças. Esta terapia combina diversas técnicas da Reflexologia facial e também podal. Totalmente manual e com base na ativação muscular, o método para crianças busca tratar dificuldades de aprendizado, trabalhar a hiperatividade e a dislexia e ainda promover o autocontrole em situações de agressividade.

Segundo relatos do instituto, também para um melhor controle e entendimento de deficiências mentais, possíveis danos cerebrais e quadros de autismo, a técnica é recomentada com resultados eficazes. As técnicas já são utilizadas em alguns países como Finlândia, Dinamarca e Suécia. O instituto de Reflexologia busca dissipar o conhecimento e levar a terapia a demais países com o intuito de ajudar o processo de restabelecimento de crianças.

É possível obter a cura através da Reflexologia?

Reflexologia nos pés.

Assim como outras terapias alternativas, a Reflexologia em todas as suas segmentações, é uma técnica que pode agregar em tratamentos de quadros médicos e na prevenção de sintomas para doenças de todo corpo. Embora tenha resultados comprovados e divulgados, ainda não pode ser usada única e exclusivamente para promover a cura total. Deve sempre estar alinhada a um tratamento médico pertinente e sob o acompanhamento de especialistas.

Não deixe de recorrer a técnicas alternativas para conhecer mais sobre seu corpo e sua saúde. Você deve ter o compromisso de estar ciente de suas capacidades e desempenhar esforços para manter o seu bem-estar. Leia bastante, procure entender sobre diversas técnicas e passe a utilizar a Reflexologia e outras terapias apenas se elas realmente estiverem alinhadas com as necessidades do seu corpo. Use as terapias em busca da sua saúde!

Autor deste artigo

Palavras-chave relacionadas


terapias

Artigos relacionados


Terapia comportamental: o que é, abordagens, como funciona e mais!

Terapia comportamental: o que é, abordagens, como funciona e mais!

A terapia comportamental é um recurso da psicologia muito usado em diversos tratamentos para facilitar a compreensão do paciente. Confira!


Terapia sistêmica: o que é, benefícios, técnicas, abordagens e mais!

Terapia sistêmica: o que é, benefícios, técnicas, abordagens e mais!

A terapia sistêmica pode ser feita em um indivíduo ou em um grupo de pessoas, cada forma possui uma tática. Descubra mais sobre essa abordagem tocando aqui!


Massagem terapêutica: o que é, para que serve, benefícios, tipos e mais!

Massagem terapêutica: o que é, para que serve, benefícios, tipos e mais!

A massagem terapêutica traz benefícios para a saúde física e mental através das suas técnicas. Quer saber mais sobre isso? Leia o nosso artigo completo!


O que é a terapia de casal? Como funciona, para que serve, dicas e mais!

O que é a terapia de casal? Como funciona, para que serve, dicas e mais!

Você já pensou em fazer terapia de casal? Neste artigo vai entender como funciona, seus objetivos e os problemas mais comuns dos casais. Clique para ler!


Acupuntura para ansiedade: benefícios, pontos, sessões e mais!

Acupuntura para ansiedade: benefícios, pontos, sessões e mais!

Você sofre com a ansiedade? Saiba que a acupuntura pode ajudar! Essa prática milenar alivia sintomas da ansiedade e de muitos outros quadros. Confira aqui!


Últimos posts


Os benefícios da ora-pro-nobis: Para imunidade, anemia e mais!

Os benefícios da ora-pro-nobis: Para imunidade, anemia e mais!

Conheça a ora-pro-nóbis, uma planta rica em fibras, proteínas e vitaminas com diversos atributos positivos para a saúde. Entenda aqui como consumir!


Horas iguais 22:22: significado no amor, para os anjos, espiritual e mais!

Horas iguais 22:22: significado no amor, para os anjos, espiritual e mais!

As horas iguais são uma mensagem divina com vibrações poderosas. Leia o texto e entenda qual mensagem as horas 22:22 quer entregar a você.


Chá de Cana-do-brejo: para que serve, efeitos colaterais, como fazer e mais!

Chá de Cana-do-brejo: para que serve, efeitos colaterais, como fazer e mais!

O chá de cana-do-brejo conta com propriedades anti-inflamatórias, adstringentes e que melhoram o funcionamento dos rins. Veja mais!


Pedra Sodalita: significado, propriedades, para que serve e mais!

Pedra Sodalita: significado, propriedades, para que serve e mais!

A Sodalita é um cristal azul real ligado a mente, intuição e cura, e pode melhorar a sua vida em diferentes níveis. Entenda mais sobre nesse artigo!


Planta Crista-de-Galo: origem, benefícios medicinais, como cuidar e mais!

Planta Crista-de-Galo: origem, benefícios medicinais, como cuidar e mais!

Conheça aqui a planta crista de galo, que traz diversos benefícios para a saúde, e saiba como cuidar dessa preciosidade em sua casa!