Qual o significado das cores dos chakras? Saiba como equilibrar e mais!

Qual o significado das cores dos chakras? Saiba como equilibrar e mais!

Os chakras são centros energéticos presentes nos corpos físicos e espirituais, com cores e significados diferentes. Saiba tudo sobre nesse artigo!


Qual a importância das cores dos chakras?

Meditação com chakras.

Cada chakra possui uma cor diferente e cada cor tem seu significado e impactos diferentes nos corpos físicos e espirituais. Cada um cuida de uma parte do corpo, sempre se mantendo em movimento, para fluir a energia vital.

Os principais centros energéticos estão localizados na coluna vertebral. As cores têm suas vibrações próprias e indicam as áreas em que esses centros atuam. Por exemplo, quanto mais perto do material, mais a cor é forte e vibrante.

As cores também indicam o que precisa estar em equilíbrio e o que pode ser usado para manter os chakras equilibrados ou realizar a manutenção dos mesmos, quando estão em desequilíbrio. Algumas das formas mais conhecidas de manter os chakras em harmonia são as sessões de Reiki, meditação e terapia com cristais. Confira tudo sobre cada cor dos chakras nesse artigo!

Sobre Chakras

Meditação.

Os chakras fazem parte de cada ser vivo e é importante mantê-los em equilíbrio e harmonia, para não desencadear sérios problemas na vida e no próprio corpo. Nesse artigo, serão abordados os significados de cada chakra, suas respectivas cores e como mantê-los em equilíbrio. Acompanhe!

O que são chakras?

De acordo com as escrituras sagradas do hinduísmo, em sânscrito, os chakras são rodas em constante movimento, centros energéticos ao longo de todo o corpo, por onde passa a energia vital. Quando estão em desequilíbrio, trazem problemas na saúde, no emocional e no comportamento.

Os chakras cuidam do corpo físico, espiritual, emocional e mental. Existem mais de 80 mil centros energéticos espalhados pelo corpo, de acordo com os textos védicos. Mas os 7 principais no corpo humano são: básico, umbilical, plexo solar, cardíaco, laríngeo, frontal e coronário. Cada um “governa” um órgão principal, que se conecta aos outros, ressoando na mesma frequência do chakra.

História e origem

Há muito tempo, antes do aparecimento das tecnologias e da ciência moderna, em diversas culturas antigas, principalmente no hinduísmo, já havia estudos e conhecimentos de que todos os seres vivos carregam energia vital. Então, estas foram chamadas de chakras.

Os primeiros registros surgiram em antigas escrituras hindus, por volta de 600 a.C. Porém há a hipótese de que a cultura hindu já tinha o conhecimento sobre os chakras antes do primeiro registro, com a ajuda de clarividentes que conseguiam ver esses centros de energia.

Como os chakras podem nos beneficiar?

A realização do alinhamento de chakras é essencial para manter boa saúde, felicidade e estar em harmonia consigo. Quando estão desequilibrados, aparecem problemas ou doenças nos órgãos e nos locais que “governam” o chakra e também podem trazer confusão emocional e mental.

Assim, a meditação para os chakras, feita por uma semana, traz o sentimento de amor com a própria vida e de aproveitar melhor o dia, fazendo o estresse diminuir. Além de ver a vida com mais positividade, também ajuda a ter mais forças para resolver os obstáculos do dia a dia.

Vermelho do chakra básico

Meditação com chakras.

O primeiro chakra, no ocidente, é chamado de chakra base ou raiz, e, na Índia, é chamado de Muladhara. Sua cor é vermelha e liga o corpo de energia com o plano terreno. Leia e descubra os detalhes sobre o primeiro chakra nos tópicos a seguir!

Significado do vermelho e como utilizar

De acordo com a cromoterapia, a cor vermelha é intensa, vibrante e estimulante. Ajuda a combater o desânimo e traz mais motivação para o indivíduo. Além disso, representa a ação, o movimento, o sangue e a paixão.

Assim, as cores também são utilizadas para manter o equilíbrio dos chakras, de acordo com a cor que vibram. Conforme suas características podem ser utilizadas para manter a força de vontade e a ação, a fim de concluir objetivos e ter mais aterramento, caso a pessoa esteja mais desligada da vida.

Local do chakra básico

O chakra básico fica localizado no final da coluna vertebral, no períneo, entre o ânus e os órgãos genitais. Esse chakra se abre para baixo, conectando o corpo de energia com a Terra, ou plano físico, e está associado à segurança, à sobrevivência e à prosperidade.

Em relação aos órgãos genitais, está ligado aos ovários e aos testículos. O estrogênio e a progesterona são hormônios produzidos pelos ovários e, enquanto o estrogênio é associado ao ciclo menstrual, a progesterona prepara o útero para receber o óvulo fecundado. Já os testículos produzem a testosterona, hormônio responsável pelo esperma.

Chakra básico em desequilíbrio

Em desequilíbrio, ou na falta de conexão com a Terra, o chakra básico traz problemas na saúde física, mental e emocional. No corpo físico, afeta pés, tornozelos e joelhos, pois são as partes do corpo que estão mais em contato com a terra e é por onde as energias passam em seu movimento para cima. Também podem afetar a região lombar e dos órgãos genitais.

No plano mental e emocional, caso a confiança em si mesmo não seja trabalhada, a vida acaba sendo afetada pelas experiências mais negativas ou pelos traumas. Vícios, medos, agressividade e compulsões também aparecem, quando o chakra está em desequilíbrio, por exemplo, fazendo o indivíduo ter obsessão com sexo e materialismo em excesso.

Chakra básico equilibrado

Quando o chakra básico está equilibrado, traz mais energia e disposição para o corpo. As pessoas amam mais seus corpos e não há obsessão com tudo o que envolve sexo, pois ficam mais conscientes e aproveitam o momento presente. No corpo físico, os órgãos genitais e a região das pernas funcionam harmoniosamente.

Para equilibrar o Muladhara, ou chakra básico, pode-se usar a cromoterapia, comer frutas ou verduras vermelhas, andar na terra com os pés descalços, dançar ou entoar o mantra Lam, ouvir a nota musical Dó ou utilizar cristais vermelhos onde esse centro de energia se localiza ao meditar.

Elemento

O elemento associado ao chakra básico é a terra. Atividades como jardinagem, caminhar descalço ou outras que envolvam mexer com a terra são boas opções para manter o equilíbrio e o alinhamento desse centro de energia e para manter a conexão com o planeta.

Além disso, outras atividades que podem ser feitas para manter o chakra equilibrado são passar um tempo sentado na grama de um jardim, um campo ou um parque, e cuidar de uma pequena horta, se tiver condições para ter uma, com pequenas ervas ou flores. Além de ser uma atividade considerada terapêutica, as plantas trazem inspiração e proteção.

Cristais

Os cristais são poderosas ferramentas naturais para manter os chakras equilibrados e são facilmente encontrados para comprar em lojas esotéricas, de artigos religiosos, feirinhas hippie e na internet. Existem meditações que os utilizam para o alinhamento de chakras e para a cristaloterapia, que faz o uso terapêutico dessas pedras.

Os cristais e as pedras usados para alinhar o Muladhara são Pedra do Sangue, Jaspe vermelha, Cornalina, Quartzo fumê, Granada, Turmalina preta, Obsidiana, Ônix e outros cristais pretos e vermelhos. Essas pedras e suas respectivas cores vibram na mesma frequência que o chakra, trazendo equilíbrio e outros benefícios para o corpo, a mente e o espírito.

Laranja do chakra umbilical

Meditação com chakras.

O segundo chakra tem três nomes: umbilical, sacro e, na Índia, Svadisthana. Está associado ao instinto e à energia sexual, porém não é meditado para as atividades sexuais, mas para a manutenção da vida e a criatividade. Saiba mais detalhes sobre esse chakra nos tópicos a seguir!

Significado do Laranja e como utilizar

A cor laranja está associada a coragem, força, determinação, alegria, vitalidade, prosperidade e sucesso. Essa cor quente é a mistura das cores primárias vermelho e amarelo. Ela estimula a criatividade, despertando a mente para processar novas ideias.

Essas características mais criativas podem ser estimuladas para a criação de artes, novos projetos e solução de problemas. Então, para ativar essas energias, pode pintar quadros, desenhar, acender uma vela laranja para meditar, comer frutas e legumes laranja e usar roupas ou cristais dessa cor.

Local do chakra umbilical

O chakra umbilical, ou sacro, fica localizado logo abaixo do umbigo, na região pélvica, um pouco acima do chakra base. É responsável pela produção e manutenção das glândulas reprodutoras, pelo sistema urinário e pela formação de relações emocionais e sexuais mais saudáveis, apesar de ser mais sensível, por captar as energias negativas.

Uma forma de proteger esse chakra das energias negativas e evitar que elas adentrem seu corpo é tapar o umbigo com alguma fita adesiva, com as mãos, com um símbolo de proteção ou um colar de cristal. Esse ato de tapar o umbigo é um ato simbólico milenar e, se quiser fazer isso, faça com a intenção de proteção em sua mente, pois tudo começa pelo pensamento.

Chakra umbilical em desequilíbrio

Quando em desequilíbrio, o chakra umbilical traz problemas emocionais e, consequentemente, físicos, principalmente na região pélvica e no sistema urinário. Com o aumento da ansiedade e de emoções mais negativas, ele pode acabar afetando também parte do sistema digestivo, uma área mais sensível às influências e aos ataques astrais.

Assim, o desalinhamento desse chakra resulta na dificuldade de receber amor e de se relacionar com pessoas das quais tenha um interesse sexual. O sexo também pode ser insatisfatório, pois as energias sexuais não passam desse chakra, por conta de seu bloqueio.

Chakra umbilical equilibrado

O chakra umbilical equilibrado faz a pessoa sentir mais entusiasmo e alegria pela vida, além de ser mais criativa, o que ajuda, quando se trabalha na área artística. A energia desse chakra impulsiona o indivíduo a se movimentar e a ir atrás de realizar seus objetivos.

Portanto, para reequilibrar esse chakra, trabalhe a consciência corpórea e se abra para explorar os prazeres sexuais e da sedução de forma saudável, sem o sentimento de culpa ou vergonha. Também pode usar roupas e acessórios da cor laranja, dançar, entoar o mantra Vam, ouvir a nota musical Ré ou aromatizar o ambiente com óleo essencial de ylang ylang e manjerona.

Elemento

O elemento do chakra umbilical é a água, que limpa e purifica as toxinas e as emoções, e também está associado ao sistema urinário e ao emocional. Sendo assim, no plano físico, ele elimina as toxinas do corpo, enquanto que, no plano mental e emocional, limpa os pensamentos e os sentimentos negativos, como a raiva, o medo, o ressentimento e outros.

Além disso, outras atividades que usam o elemento água e beneficiam no alinhamento e equilíbrio desse chakra são banhos de ervas para limpeza e reenergização, banho com água energizada pela lua cheia ou a ingestão de sucos que utilizem laranja, mamão, cenoura e outras hortaliças de cor alaranjada.

Cristais

Uma forma de manter os chakras equilibrados é a utilização de cristais no local onde o mesmo fica localizado. É possível fazer isso em uma meditação de 15 a 20 minutos ou pela cristaloterapia, uma atividade terapêutica que utiliza cristais para realinhar os chakras e purificar as energias das pessoas.

Assim, os cristais e pedras que podem ser utilizados para equilibrar o chakra umbilical são Cornalina, Ágata laranja, Citrino, Topázio amarelo dourado, Opala de fogo, Jaspe, Pedra do Sol, Selenita laranja, Calcita laranja e Quartzo tangerina. A Selenita e Calcita laranja têm uma conexão mais profunda com o chakra umbilical, trazendo alívio imediato.

Amarelo do chakra plexo solar

Meditação com chakras.

O terceiro chakra é o plexo solar, ou Manipura, e está associado ao sol, à vitalidade e ao modo como as pessoas se relacionam com o mundo. Está vinculado ao poder pessoal e é onde as pessoas sentem nervosismo, ao estarem em uma situação estressante ou quando têm ansiedade. Saiba mais sobre esse chakra nos próximos tópicos!

Significado do Amarelo e como utilizar

A cor amarela traz inspiração, alegria, felicidade, criatividade, otimismo, descontração, prosperidade e está associada ao sol, ao calor, ao verão e à luz. Seus significados são parecidos com a cor laranja, já que é uma cor básica que, juntando com a cor vermelha, forma a laranja.

Assim, o amarelo pode ser utilizado em velas, roupas, alimentos e cristais, para ativar as energias mais positivas do chakra plexo solar e viver com mais alegria e leveza. Através disso, é possível trazer a sensação de paz e a aceitação de si mesmo, sem se importar mais com o que as outras pessoas pensam.

Local do chakra plexo solar

O chakra plexo solar fica localizado no plexo solar físico, na região do estômago, logo ao centro do corpo e abaixo da caixa torácica. É com esse chakra e nessa região que se sente o nervosismo, ao vivenciar situações estressantes, ameaçadoras ou excitantes.

Além disso, ele “governa” os órgãos do sistema digestivo: estômago, fígado, baço, pâncreas, vesícula biliar, sistema nervoso vegetativo. Também tem relação na produção de insulina, para abaixar os níveis de açúcar no sangue e aumentar o glicogênio, além de absorver a energia solar e movimentar as energias pelo corpo físico.

Chakra plexo solar em desequilíbrio

Quando o chakra plexo solar está desequilibrado, as pessoas tendem a ter uma visão e um pensamento mais pessimistas sobre a vida. Elas podem se tornar mais egoístas e arrogantes e se sentirem menos atraentes. Em uma situação pior, ficam mais depressivas, sem motivação para fazer atividades básicas e que deem prazer e ficam dependentes dos outros e de seus afetos.

Na saúde física, afeta todo o sistema digestivo, que surge do estresse e de outras emoções negativas mais intensas. As emoções afetam o corpo físico, podendo ser positivo ou negativo. A diabetes e a hipoglicemia também são resultados desse desequilíbrio.

Chakra plexo solar equilibrado

Em equilíbrio, o chakra plexo solar traz mais vitalidade, sensação de alegria e uma visão e pensamentos mais otimistas para a vida. As emoções dominam menos o indivíduo, o que traz mais clareza de pensamentos e tranquilidade, ao passar pelas diversas situações do dia a dia, além de trazer mais compreensão.

Para reequilibrar e alinhar esse chakra, é recomendado praticar o reiki, acender velas amarelas, usar roupas e acessórios amarelos, ouvir a nota musical Mi, entoar o mantra Ram e comer alimentos amarelos. Também é bom tomar um banho de sol por alguns minutos, absorvendo vitamina D, o que diminui a sensação de desânimo.

Elemento

O chakra plexo solar está ligado ao elemento fogo, que está associado a vitalidade, movimento, ação, paixão, sensação de ânimo para viver a vida, calor e poder. O uso do elemento fogo nas velas para meditar ou simplesmente para observar as chamas e sentir seu calor aumenta as energias e a vontade de se movimentar.

Além disso, outras atividades que podem ser realizadas para reequilibrar e alinhar o chakra são a união entre amigos em torno de uma fogueira. É possível também cozinhar alimentos bem saborosos, dar boas risadas, entoar o mantra RAM, recitar o ho’oponopono, praticar o reiki, fazer uma caminhada ou realizar exercícios de observação.

Cristais

Os cristais e as pedras que podem ser utilizados para reequilibrar o chakra plexo solar são aqueles transparentes, que servem para qualquer chakra: Citrino, Quartzo tangerina, Selenita laranja, Olho de Tigre, Cornalina, Calcita amarela, Olho de Falcão, Âmbar, Pedra do Sol e Labradorita Dourada.

Assim, é só colocar um deles na região do chakra durante uma meditação de 15 a 20 minutos ou fazer sessão de cristaloterapia.

Verde do chakra cardíaco

Símbolo do chakra verde.

O quarto chakra é o cardíaco, do coração, ou Anahata, e está ligado ao nível emocional, sendo associado ao amor incondicional, aos afetos, à paixão e à devoção, além de estar relacionado à esperança. Descubra mais sobre o chakra cardíaco nos tópicos a seguir!

Significado do Verde e como utilizar

A cor verde está associada à natureza e à saúde, além de representar o dinheiro, a juventude, a esperança, a renovação e a vitalidade. A cor rosa também é utilizada no chakra cardíaco, pelo fato de ser o centro energético ligado ao coração e ao amor incondicional.

As cores verde e rosa podem ser utilizadas juntas, para alinhar o chakra, como o uso de velas, cristais, roupas, alimentos e acessórios. Estar em contato com a natureza, as plantas e ter amor incondicional por todos os seres ajuda a manter o chakra cardíaco ativo e equilibrado.

Local do chakra cardíaco

O chakra cardíaco fica localizado no centro do peito. O coração, o sangue, os vasos sanguíneos, os nervos, o sistema circulatório e o pulmão são “governados” por ele, sendo responsáveis por circular o sangue e manter o corpo com vida.

Além da capacidade de amar incondicionalmente todos os seres, também mostra a necessidade de se abrir para receber amor, tanto incondicional quanto romântico. Outra função que esse chakra tem é de unir e harmonizar os três chakras inferiores, sendo o mediador entre o corpo físico e o espiritual.

Chakra cardíaco em desequilíbrio

Quando o chakra cardíaco está em desequilíbrio, o indivíduo tende a se isolar mais da sociedade e evitar interações sociais, tendo dificuldades em manter e criar novas amizades e parceiros românticos. Problemas cardíacos, circulatórios e respiratórios também tendem a aparecer.

Além disso, o apego ao passado também promove o desequilíbrio do chakra cardíaco, fazendo o indivíduo se fechar para o novo e para um novo amor, bloqueando esses sentimentos e, consequentemente, vários caminhos na vida. Por consequência, o indivíduo perde a esperança na vida.

Chakra cardíaco equilibrado

Se o chakra cardíaco estiver equilibrado, ele facilita o processo de perdoar as outras pessoas e de vê-las como seus semelhantes. Há a visão de que todos erram, todos tem os seus defeitos e a união é mais forte que a visão individualista e competitiva. Facilita também o processo de se entregar, confia e ter mais esperança e compaixão.

Para manter o chakra cardíaco em equilíbrio, as terapias são muito eficazes para aprender a se abrir, lidar com o que ainda machuca e aliviar o estresse. No mais, a meditação, o autoconhecimento e a prática do amor próprio são essenciais.

Elemento

O chakra cardíaco tem ligação com o elemento ar, que está associado à mentalidade, às ideias, à comunicação, ao próprio ato de falar, às palavras, aos aromas e ao sistema respiratório. Esse elemento ajuda a pessoa a se abrir mais para o amor, para falar o que sente e se desapegar de pensamentos e sentimentos negativos do passado.

Então, entoar o mantra Yam, ouvir a nota musical Fá, escutar uma música relaxante, meditar, buscar o autoconhecimento, deixar fluir a criatividade, conversar com quem sente mais confiança e acender um incenso são outras formas para se conectar ao elemento ar e manter o chakra cardíaco mais harmonizado.

Cristais

Os cristais e as pedras que podem ser utilizados para reequilibrar o chakra cardíaco e que possuem relação com o mesmo são: Quartzo verde, Amazonita, Quartzo rosa, Quartzo transparente, Malaquita, Fluorita verde, Morganita, Heliotrópio, Prasiolita, Turmalina melancia, Epídoto, Zoisita verde, Jade, Peridoto, Rodocrosita, Água Marinha, Esmeralda, Turmalina rosa e Turquesa.

Assim, é só colocar um deles na região do chakra durante uma meditação de 15 a 20 minutos ou fazer uma sessão de cristaloterapia.

Azul do chakra laríngeo

Símbolo do chakra azul.

O quinto chakra é o laríngeo, garganta ou Vishuddha. Ele está ligado com a comunicação externa, com a forma como as pessoas expressam suas ideias e emoções, com a voz, com o poder de usar as palavras e com o Eu interior. Descubra mais sobre o chakra laríngeo nos próximos tópicos!

Significado do Azul e como utilizar

A cor azul está associada a lealdade, segurança, compreensão, tranquilidade, paz, confiança, harmonia, serenidade, espiritualidade, estudos e limpeza. Por ser uma cor fria, também pode trazer a sensação de frio, solidão, tristeza, depressão, introspecção e algo mais místico.

Essa cor pode ser utilizada em meditações, velas, cristais, cromoterapia, roupas e alimentos, para harmonizar o chakra, para socializar, ajudar a trazer mais tranquilidade e aprender a expressar melhor todas as ideias, os pensamentos e as emoções para as pessoas.

Local do chakra laríngeo

O chakra laríngeo está localizado entre o centro da clavícula e a laringe e “governa” as cordas vocais, as vias respiratórias, o nariz, os ouvidos, a boca e a garganta. Também está relacionado com a glândula da tireoide, que produz tiroxina e iodotironina, hormônios importantes para o crescimento do corpo e reparação de células.

Esse chakra faz a ligação do lado espiritual com o material, expressando pensamentos e emoções, deixando claro suas posições sobre a vida e seus pontos de vista. A comunicação pode ser feita também pela escrita, pelo canto e pelas diversas formas de arte. O importante é o individuo transmitir o que está em seu campo mental e emocional.

Chakra laríngeo em desequilíbrio

Quando o chakra laríngeo está em desequilíbrio, a pessoa tende a ser mais tímida, quieta e introvertida, com medo de julgamentos e com receio de falar com gente nova e com o público. Tem dificuldades em expressar o que pensa, o que sente e o que deseja, criando situações conflituosas e desentendimentos.

No corpo físico, traz problemas de tireoide (hipotireoidismo), afeta as vias respiratórias, a região da boca e a garganta. A dificuldade ou o bloqueio da comunicação para expressar o que sente também traz dores de garganta e energias bloqueadas acabam afetando o corpo físico.

Chakra laríngeo equilibrado

Se o chakra laríngeo estiver em equilíbrio, a comunicação fica mais fluída e clara. A pessoa tende a se abrir mais com as outras, sendo mais comunicativa e menos tímida, tornando-se uma boa ouvinte e sabendo quais as melhores palavras a serem usadas em uma situação delicada. Isso favorece os artistas e a forma como se expressam pelas artes, pois a criatividade flui mais fácil.

Para harmonizar o chakra laríngeo, você pode fazer meditação, cantar, expressar seus sentimentos e suas ideias através de artes e diários, falar com honestidade, ser gentil consigo mesmo, expressar gratidão, dar boas risadas, usar acessórios que tenham cristais correspondentes a esse chakra, ouvir a nota musical Sol e entoar o mantra Ham.

Elemento

O chakra laríngeo está ligado ao elemento éter, ou espaço, que está associado ao espírito e à manifestação das vontades, à comunicação e às emoções para o exterior e o plano físico. A ideia de falar e ouvir não serve somente no sentido simples, mas em como será expresso e em como as outras pessoas vão interpretar.

Como esse chakra é uma ponte entre o espiritual e o físico, quando desbloqueado, facilita o desenvolvimento das mediunidades, como a clariaudiência, em que o médium escuta os espíritos e pode falar às outras pessoas o que estão querendo lhes dizer.

Além disso, a inspiração nas artes, através da intuição, também é uma forma de comunicação por uma mediunidade.

Cristais

Os cristais e as pedras que podem ser utilizados para reequilibrar o chakra cardíaco e que possuem relação com o mesmo são: Lápis Lazúli, Angelita, Apatita azul, Calcita azul, Ágata Blue Lace, Água Marinha, Turmalina azul, Azurita, Topázio azul, Celestita, Cianita azul, Quartzo azul, Safira, Dumortierita e Sodalita.

Assim, basta colocar um deles na região do chakra durante uma meditação de 15 a 20 minutos ou fazer sessão uma de cristaloterapia.

Índigo do chakra frontal

Símbolo do chakra índigo.

O sexto chakra é o frontal, terceiro olho ou Ajna. Ele está relacionado com a consciência e com o nível intelectual, criativo e mental de todas as formas. É ativado, quando o indivíduo pratica meditação, e está ligado às capacidades intuitivas e psíquicas. Saiba mais sobre o chakra frontal nos tópicos a seguir!

Significado do Índigo e como utilizar

O índigo é uma tonalidade da cor azul mais escura e intensa. Ele melhora a memória, expande e evolui a consciência, trazendo melhor compreensão da vida e mais pontos de vista, e aumenta a capacidade intuitiva, artística e imaginativa.

Assim, a cor índigo pode ser usada em cromoterapia, meditação, velas, cristais, acessórios, roupas e visualização, para trabalhar a empatia e a intuição, expandir o campo mental e psíquico, ter novas percepções sobre a vida e estimular a criatividade através das artes.

Local do chakra frontal

O chakra frontal fica localizado no centro da testa, entre as duas sobrancelhas, e “governa” os olhos, os ouvidos, a cabeça e a glândula pineal, que abre a mediunidade e faz a conexão com o lado espiritual. Além disso, a glândula pineal secreta a serotonina e a melatonina, responsáveis pela manutenção do sono e pela regulagem do humor.

Além das atividades mentais, intuitivas e criativas, o chakra frontal abre e desperta a mediunidade, como a clarividência, a clariaudiência, o sensitivo, a psicofonia e o odor astral. Ao perceber que alguma mediunidade está se manifestando em sua vida, busque orientação de uma pessoa ou uma casa espiritual confiável, para que seja trabalhada de forma segura.

Chakra frontal em desequilíbrio

Quando o chakra frontal está em desequilíbrio, pode causar confusão mental, excesso de pensamentos negativos, manipulação, depressão, vícios, dificuldade em raciocinar e ter processos criativos, ceticismo, acreditando somente no que consegue enxergar, e fanatismo.

Já no corpo físico, aparecem alterações no sono, perda de memória, indecisão, com dificuldades de realizar atividades simples, e problemas na glândula pineal. O indivíduo também pode ficar hiperativo, tendo excesso de pensamentos aleatórios e sobrecarregando a energia mental, levando à estafa e à dificuldade de concentração.

Chakra frontal equilibrado

Se o chakra frontal estiver em equilíbrio, ele aguça todos os sentidos e faz as pessoas acreditarem mais na intuição, sendo uma faculdade mediúnica essencial para guiar a vida. Aumenta a confiança em si mesmo e na espiritualidade, expande os conhecimentos e o intelecto fica mais ativo.

Assim, para equilibrar o chakra frontal, você pode fazer meditações, reflexões sobre a vida, ter mais amor próprio e empatia, observar mais e falar menos, aprender a ouvir a intuição, entoar o mantra Om, ouvir a nota musical Lá, escrever e comer alimentos ricos em ômega 3.

Elemento

O elemento do chakra frontal é o éter, que, para os antigos gregos, era o quinto elemento que formava uma esfera celestial em torno do planeta Terra. Também pode ser chamado de quintessência e, no paganismo em geral, junto com a Wicca e a bruxaria, o éter é o quinto elemento que representa o espírito.

Dessa forma, luz, espírito, energia cósmica, quintessência ou éter, todos tem uma origem universal e divina. Esta pode ser trabalhada para evoluir e expandir a consciência, observando o mundo com novos pontos de vista, sentindo as energias mais sutis e se conectando com energias e planos mais elevados.

Cristais

Os cristais e as pedras que podem ser utilizados para reequilibrar o chakra frontal são: Ametista, Azurita, Angelita, Lápis Lazúli, Sodalita, Apatita azul, Cristal com Rutilo, Ônix branco, Turmalina azul, Lepidolita, Kunzita rosa, Calcita azul, Ágata Blue Lace, Topázio azul, Celestita, Cianita azul, Opala roxa e Fluorita roxa.

Dessa forma é só colocar um deles na região do chakra durante uma meditação de 15 a 20 minutos ou fazer sessão de cristaloterapia.

Violeta do chakra coronário

Símbolo do chakra violeta.

O sétimo chakra é o coronário, ou Sahasrara, e está associado à ligação do espírito com o material e impulsiona a conexão com o divino, além de dar acesso a estados de consciência mais elevados, conforme deixa o materialismo de lado. Saiba mais sobre o chakra coronário nos tópicos a seguir!

Significado do Violeta e como utilizar

A cor violeta está associada à criatividade, à espiritualidade, ao misticismo e à calma. Quando a tonalidade está mais clara, traz energias de tranquilidade e sossego; quando está mais rosada, traz mais romance e, quando está mais azulada, estimula o estudo e a prática da espiritualidade.

Assim, a cor violeta também representa a transmutação, tanto que a Ametista e a chama violeta de Saint Germain são utilizadas em meditações para limpar e transmutar energias, sentimentos e emoções mais negativas, como a tristeza, a raiva, a inveja, os vícios e as obsessões.

Local do chakra coronário

O chakra coronário fica localizado bem no topo da cabeça e se abre para cima, em direção ao céu, diametralmente oposto ao primeiro chakra, que se abre para baixo. Diferente dos demais, o chakra coronário nunca deve ser fechado e, portanto, é preciso ter extremo cuidado ao trabalhar essa região.

Também está associado à glândula pineal e pituitária, que coordena outras glândulas e secreta diversos hormônios. Qualquer problema que houver com essa glândula afetará todo o sistema endócrino e também pode afetar a região cerebral.

Chakra coronário em desequilíbrio

Quando o chakra coronário está desequilibrado, o indivíduo entra em negação com a vida, não tem mais vontade de viver, fica obcecado com alguém ou com alguma coisa e retém a raiva e outros sentimentos negativos, sem permitir a exteriorização e a fluidez dessas emoções.

Assim, gera um medo excessivo pela falta de conexão com a espiritualidade e pelo individualismo, que acaba bloqueando todos os outros chakras. No corpo físico, pode resultar em pressão alta, dores de cabeça, mal de Parkinson, disfunções cerebrais e paralisia.

Chakra coronário equilibrado

Se o chakra coronário estiver equilibrado, ele traz conexão maior com a espiritualidade, expansão de consciência, plenitude do Ser, tranquilidade em saber que tudo tem um motivo de acontecer e que a vida é muito mais do que o ser humano consegue ver e perceber.

Por isso, para manter o chakra coronário em harmonia, pratique a inteligência emocional, a empatia, o amor incondicional, a caridade, a meditação, a honestidade e a prática da espiritualidade. Você também pode entoar o mantra Aum e ouvir a nota musical Si. Além do mais, é com esse chakra que se aumenta e desenvolve a fé.

Elemento

O chakra coronário é o único que não está associado a um elemento, justamente pela ligação com o espiritual e divino. É nesse chakra que ocorre a iluminação e, de acordo com a yoga, o elemento é o pensamento que manifesta tudo ao redor das pessoas.

Cristais

Os cristais e as pedras que podem ser utilizados para reequilibrar o chakra coronário são: Ametista, Angelita, Lepidolita, Olho de Gato, Ametrino, Kunzita rosa, Rutilo, Calcita azul, Howlita, Ágata Blue Lace, Celestita, Pirita, Opala roxa, Fluorita transparente, Fluorita roxa e Quartzo transparente.

Assim, coloque um deles na região do chakra durante uma meditação de 15 a 20 minutos ou faça uma sessão de cristaloterapia.

Posso usar a cromoterapia para ajudar nos chakras?

Mulher em sessão de cromoterapia.

A cromoterapia tem o uso das cores como um meio terapêutico para tratamentos físico e mental. Existem diversas formas de usar as cores na cromoterapia, como bastões de luz em locais específicos do corpo, banhos por imersão, alimentação, lâmpadas e paredes dos cômodos de uma casa e cristais.

Esse tipo de terapia é utilizado para energizar os chakras. Assim, cada cor tem uma função que está ligada a cada chakra e órgão do corpo. Os ambientes são preparados para ativar esses centros energéticos, com pouca luz e muita tranquilidade.

Dessa forma, o uso da cromoterapia beneficia no equilíbrio e na harmonização dos chakras, mantendo-os saudáveis e sem afetar os corpos físico, mental, emocional e espiritual negativamente. Além disso, também pode ser usada para acalmar, aumentar ou equilibrar determinadas emoções e trazer curas.

Autor deste artigo

Leitora, entusiasta de esoterismo e espiritualidade, estudante de administração.

Palavras-chave relacionadas


energias chakras

Artigos relacionados


Como benzer? Aprenda 10 benzimentos para doenças, mau-olhado e mais!

Como benzer? Aprenda 10 benzimentos para doenças, mau-olhado e mais!

Com ingredientes simples e com esses benzimentos pode ajudar você a resolver problemas e doenças. Acesse agora e veja como!


O que é o Chakra Sacral? Entenda o segundo chakra e como equilibrar!

O que é o Chakra Sacral? Entenda o segundo chakra e como equilibrar!

O Chakra Sacral é um centro de poder do corpo. Clique e aprenda a equilibrá-lo para despertar a criatividade, aumentar a energia, ter mais felicidade e prazer!


O que significa sonhar com energia elétrica? Conta, fio, rede e mais!

O que significa sonhar com energia elétrica? Conta, fio, rede e mais!

Sonhar com energia elétrica é indicativo de vitalidade, força e vontade de conquistar objetivos. Quer saber mais sobre isso? Leia o nosso artigo completo!


Poder do pensamento: benefícios, como usar, lei da atração e mais!

Poder do pensamento: benefícios, como usar, lei da atração e mais!

Você já ouviu falar na lei da atração? Neste artigo será abordado tudo sobre o poder do pensamento, seus benefícios, como usar e mais!


Entenda a aura: o que é, como ver, significado das cores e mais!

Entenda a aura: o que é, como ver, significado das cores e mais!

A aura compõe o campo energético de um ser vivo. Ela funciona como uma assinatura energética e por isso é usada para decifrar as pessoas. Descubra como!


Últimos posts


O que significa sonhar com rosto? Inchado, machucado, sujo e mais!

O que significa sonhar com rosto? Inchado, machucado, sujo e mais!

Sonhar com rosto traz vários significados, mostram mudanças e momentos determinantes para a vida. Veja mais significados!


O que significa sonhar com convite? De casamento, aniversário e mais!

O que significa sonhar com convite? De casamento, aniversário e mais!

Sonhar com convite revela situações desafiadoras e faz alertas importantes a respeito de cansaços emocionais. Veja mais alguns significados!


Qual é o sentido da vida? Propósito, felicidade, eternidade e mais!

Qual é o sentido da vida? Propósito, felicidade, eternidade e mais!

Neste artigo, vamos conhecer reflexões relevantes acerca do sentido da vida, aprofundando noções também sobre a felicidade e a eternidade. Acompanhe!


Sonhar com roça: verde, seca, queimada, de milho, de mandioca e mais!

Sonhar com roça: verde, seca, queimada, de milho, de mandioca e mais!

Sonhar com roça traz várias interpretações, como dar mais atenção aos seus desejos e ambições e notícias que poderão mudar a vida. Leia mais significados!


Orações pelo casamento: para restauração, abençoar e mais!

Orações pelo casamento: para restauração, abençoar e mais!

Está passando por problemas no seu casamento? Acalme-se, pois existem algumas orações que poderão lhe ajudar. Confira a seguir!